...

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Sin Tu Mirada estreia no canal Las Estrellas

Sin Tu Mirada, a nova produção de Ignacio Sada Madero para a Televisa, protagonizada por Claudia Martín e Osvaldo de León, ambos em seu primeiro trabalho como protagonistas, chegou esta tarde à televisão mexicana pelo canal Las Estrellas, ocupando a faixa das 16h30.

Versão moderna de Esmeralda (1970), uma história originalmente venezuelana, que em sua primeira adaptação mexicana de 1997 levou Leticia Calderón ao auge de sua carreira, acompanhada por Fernando Colunga, a nova aposta da emissora também traz nomes conhecidos em seu elenco, como Claudia Ramírez, Eduardo Santamarina, Luz Elena González, Cecilia Toussaint, Carlos de la Mota, Ana Martín, Luis Bayardo, Isela Vega, Sergio Reynoso, Lourdes Munguía, Emanuel Orenday e vários outros talentos da casa. A nova produção marca ainda a estreia de Scarlet Gruber no time da Televisa, onde a venezuelana de 28 anos dará vida à vilã da trama e terá como missão tornar impossível a vida de Marina, personagem de Claudia Martín.

Em Sin Tu Mirada, Marina Ríos (Claudia Martín) aprendeu a conhecer e desvendar o mundo de uma maneira diferente e, apesar de ter nascido cega, sua deficiência não a impediu de se apaixonar por Luis Alberto (Osvaldo de León), o suposto filho de Don Luis Alberto Ocaranza (Eduardo Santamarina) e Prudencia Arzuaga (Claudia Ramírez), uma mulher nobre, distinta e elegante, porém solitária e submissa ao marido, de quem esconde um terrível segredo. Mesmo sendo de classes sociais diferentes, as vidas de Marina e Luis Alberto se unem inevitavelmente e, ainda que a felicidade do casal pareça ser impossível de ser alcançada, afetada por tantas mentiras, segredos e o desprezo que terão que enfrentar, o destino fará justiça quando a verdade sobre a origem destes dois personagens vier à tona e, a partir de então, a vida deles não será igual.

Vale lembrar que a história original da cubana Delia Fiallo, levada primeiramente à televisão venezuelana na década de 70, também serviu de inspiração para Topázio, produção do canal RCTV de 1984, estrelada por Grecia Colmenares e exibida no Brasil em 1992; além da própria versão brasileira, Esmeralda, realizada pelo SBT e estrelada por Bianca Castanho, em 2004. Sin Tu Mirada, por sua vez, conta com um roteiro livre de Gabriela Ortigoza, co-adaptado por Ricardo Tejeda, Félix Cortés e Gerardo Sánchez.


SINOPSE

Em uma noite de tormenta, nasce a bela Marina aparentemente sem vida. A bebê é recebida por Damiana (Cecilia Toussaint), a parteira do povoado, a mesma que algumas horas antes havia realizado o parto de um garoto saudável que, infelizmente, ficou órfão de mãe ao nascer. Don Luis (Eduardo Santamarina), o pai de Marina, desde que se casou com Prudencia (Claudia Ramírez), vive empenhado em ter um filho homem e a todo momento adverte sua esposa que em caso contrário a deixará por outra que possa oferecer a ele um herdeiro que dê continuidade ao seu ilustre sobrenome Ocaranza.

Lamentavelmente, Prudencia fica impossibilitada de voltar a engravidar, situação esta que obriga sua babá Angustias (Ana Martín) a convencer Damiana de beneficiar a família e ao bebê que ficou órfão fazendo-o se passar pelo legítimo filho Ocaranza Arzuaga. Desse modo, é como Alberto (Osvaldo Ríos), o grande orgulho de Don Luis, cresce em berço de ouro e viaja ao exterior para se formar em Medicina.

Marina, que milagrosamente sobreviveu, cresce feliz e rodeada pela natureza ao lado de Damiana, que a ensinou a conhecer o mundo de maneira diferente, já que a menina é cega. O encanto de Marina e seu jeito alegre, espontâneo e independente, conquista o carinho de todos que a conhecem. A vida de Marina cruza com a do doutor Isauro (Carlos de la Mota), que, fascinado por sua beleza física e interior, decide torná-la sua protegida e educá-la. A primeira atitude de Isauro é ensiná-la a ler e a escrever em braile, tornando-a uma grande leitora. Posteriormente, Isauro treina Marina como assistente para que ela trabalhe em seu consultório médico.

Um acidente faz com que a cabana de Damiana arda em chamas com Marina dentro. Isauro, sem hesitar, entra na cabana para salvá-la e seu rosto acaba se desfigurando. O amável, gentil e atraente doutor Isauro, a partir deste momento, torna-se um homem ressentido e egoísta, um ermitão que apenas permite e desfruta da companhia de Marina.

Os Ocaranza retornam à fazenda. Prudencia pede à sua babá que encontre a sepultura de sua filha. Angustias localiza Damiana, mas esta se nega a lhe confessar a verdade. Vinte anos atrás, quando estava decidida a revelar que a menina não havia morrido, todos já haviam partido para a cidade e agora ela não está de acordo em entregar Marina, nem que se interessem por ela.

Marina tem um grande amigo chamado Toribio (Luis Bayardo), e apesar de ser bem mais velho, sua alma é de um garoto de oito anos. Toribio a adora e tem sido seu companheiro de brincadeiras desde sempre. Em um desses divertidos dias, Marina e Toribio se assustam ao escutar um disparo. Toribio foge para se esconder, mas Marina se depara com Luis Alberto, a quem ela acusa de assustar, maltratar e matar aos animais que não lhe fizeram nada.

Alberto fica impressionado com a jovem e tenta se aproximar dela, mas Marina não permite, até que um dia voltam a se encontrar e Alberto lhe promete que nunca mais voltará a tocar em uma arma. Um bonito sentimento que nenhum deles conhecia, cresce entre Marina e Alberto. A atração é tão intensa que em um acidente que os deixa bem próximos, se beijam com os lábios e com a alma. Alberto cai em si e se sente mal porque há vários anos é namorado de Vanessa (Scarlet Gruber). Ele se desculpa com Marina, diz que foi um erro e se despede. Marina não entende que para Alberto seja um erro o que para ela foi a coisa mais bonita de sua vida.

Alberto tenta inutilmente continuar com sua vida, mas Marina o prendeu com seu coração. Ele decide terminar seu relacionamento com Vanessa, o que ela não aceita, mesmo que mais pressionada por Susana (Luz Elena González), sua mãe, do que por sua própria vontade, já que seu casamento é esperado e exigido por ambas as famílias.

Os pais de Alberto rejeitam a ideia de que seu filho se envolva com uma pobre cega, a quem maltratam e humilham por considerá-la uma aproveitadora, mas, o amor de Alberto e Marina é imenso, por isso se casam às escondidas e quando ele a apresenta como sua esposa, o conflito é tão grande que Damiana revela a troca das crianças. Don Luis se nega a acreditar que teve uma filha cega e a rejeita.

Ao ficar sabendo sobre o casamento de Marina e Alberto, Isauro, furioso, reclama a Marina que ela o pertence porque ele sempre a amou, cuidou dela e a educou e lhe mostra seu rosto desfigurado por ter salvo a sua vida. Marina, que sempre o considerou como um pai, se impressiona fortemente. Isauro lhe aplica um sonífero como pretexto para que se tranquilize, para depois fazê-la acreditar que ela foi sua mulher.

Pouco tempo depois, Marina descobre que está grávida e dá notícia a Alberto, ambos têm dúvida sobre a paternidade do bebê. Alberto não quer como filho o produto de um abuso. Marina sofre, mas se divorciam e continuam suas vidas separados, mesmo sem deixar de se amarem. Marina se enche de felicidade quando dá a luz a Mateo, o motivo que a impulsiona a se esforçar mais e mais a cada dia.

No hospital onde trabalha como enfermeira, Marina se encontra com o doutor Ricardo Bazán, referência em oftalmologia, que a convence a se submeter a uma operação. A cirurgia é realizada com sucesso. A primeira coisa que Marina vê é o sorriso de seu filho. Posteriormente, descobre que Alberto tem estado próximo dela, já que trabalham no mesmo local, mas Lucrecia, a nova namorada de Alberto, irá tramar todo o tipo de artimanha para evitar que o casal retome seu relacionamento, o que também convém a Ricardo, que se apaixona por Marina e lhe propõe casamento.

Muitos serão os obstáculos a vencer, muitos irão se opor à sua felicidade, mas seu amor imenso triunfará ao lado de seu filho Mateo, com ou... “Sem o seu olhar”.

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário: