sábado, 23 de setembro de 2017

Coração Traído estreia no canal Eva


Uma nova história de mistérios, intrigas e traições chega ao canal Eva neste sábado (23), com o lançamento de Coração Traído (Corazón Traicionado), telenovela venezuelana, realizada entre 2015 e 2016 pela RCTV Producciones e já adquirida por países como Colômbia, Chile, Equador, Honduras e Nicarágua, mas, ironicamente, não transmitida na Venezuela, seu país de origem, devido à censura televisiva local.

Narrada em 120 capítulos, a produção conta uma história original do reconhecido autor e roteirista Martín Hahn, estrelada pelos atores Yelenia Maciel e Cristóbal Lander, onde o instinto maternal se faz elemento principal de uma trama que segue os passos de uma mãe que se atreve a enfrentar o seu pior inimigo para proteger o seu filho do perigo.

Coração Traído também traz no elenco importantes nomes como Norkys Batista, Caridad Canelón, Aroldo Betancourt, Julio Alcázar, Estefanía López, Gonzalo Velutini, Claudio de la Torre, Ángel Casallas e muitos outros. A exibição acontece para todos os países do continente africano onde o canal Eva é sintonizado, com dublagem em português para Angola e Moçambique e inglês para as demais localidades, de segunda a sexta-feira, às 14h, com reposições às 20h, 2h e 8h (CAT).


SINOPSE

Uma mãe é capaz de fazer tudo pelos seus filhos. Foi exatamente isso o que fez Lorena García (Yelana Mmaciel) quando o seu filho de cinco anos foi raptado. Tudo começou na noite em que Lorena descobriu que Guillermo (Ángel David Díaz), o seu marido, era um assassino de aluguel e que falhou na tentativa de assassinar Marco Aurélio Corona (Aroldo Betancourt), um prestigiado advogado da cidade.

Movido pelo desespero, Guillermo e o seu chefe decidem raptar o filho de Lorena, forçando-a a trabalhar como enfermeira na casa do advogado com a intenção de matá-lo. Para Lorena, isso significa um passo perigoso, já que podiam descobri-la, pois ela trabalhou para esta família no passado, ajudando sua irmã na casa de campo dos Corona.

De fato, isso faz 15 anos, quando ela ainda era uma adolescente que se apaixonou platonicamente por Alberto Corona (Cristóbal Lander), um jovem que tinha 20 anos, filho do prestigiado advogado. Lorena chegou a confessar os seus sentimentos e Alberto prometeu que quando ela fosse mais velha se casaria com ela. Agora que ela já é uma mulher, o destino a confronta com o amor de sua vida, mas sob terríveis circunstâncias. Ela chega sob ameaças, para colaborar com a morte do pai de Alberto e, ao que parece, não tem outra alternativa senão formar parte de um complô onde irá assassinar Marco Aurélio Corona. O destino cumpre sua parte e Alberto se apaixona por Lorena.

Marco Aurélio morre com um disparo certeiro em seu coração. Alberto deseja fazer justiça e descobrir quem está por trás da morte de seu pai. A única coisa que o reconforta é o grande amor que sente por Lorena. O que para ela significa um amor impossível torna-se a única saída para encobrir sua relação com o assassinato.

Lorena e Alberto conseguem se casar, apesar das negativas de Gertrudis (Caridad Canelón), a mãe dele. Porém a felicidade do casal é passageira porque toda a verdade é descoberta. Alberto sente o peso da traição das duas mulheres que mais ama, sua mãe e sua esposa. Sua mãe por ser ela, junto ao seu tio Claudio (Gonzalo Velutini), os autores intelectuais da execução de seu pai; e sua esposa, porque as evidências a apontam como autora material do crime.

A vingança de Alberto é inevitável. Não será até que Lorena demonstre sua inocência, que Alberto pensará duas vezes e se convencerá de que ela foi obrigada a participar contra sua vontade no homicídio de seu pai. Mas, até então, não haverá perdão, nem misericórdia. Duas pessoas que se amam terão que esclarecer juntos o mistério sobre a morte de um renomado advogado para salvar o imenso amor que os une.

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário: