quarta-feira, 28 de junho de 2017

Dulce María deixa a Televisa e assina contrato com a concorrente


Disposta a alçar novos voos não apenas com a carreira musical, como também na televisão, a atriz e cantora mexicana Dulce María surpreendeu boa parte de seus fãs na última terça-feira (27) com o inesperado anúncio de sua chegada ao time de talentos da emissora Imagen Televisión, concorrente direta da Televisa, empresa com a qual Dulce María vinha desenvolvendo sua carreira artística desde a sua infância.

Depois ter dado por finalizado seu contrato com a gigante mexicana Televisa, casa onde Dulce María trabalhava desde 1990, a estrela pertence agora exclusivamente à família de artistas do canal Imagen Televisión, emissora aberta que opera no México desde outubro de 2016 e que desde então vem somando ao seu staff estrelas reconhecidas nacional e internacionalmente, com a missão de oferecer o melhor conteúdo para o seu público.

Dulce María iniciou sua carreira artística com apenas 8 anos, atuando na série infantil Plaza Sésamo (a Vila Sésamo mexicana) e desde então não parou mais. Ainda pela Televisa, o talento da atriz pôde ser acompanhado em algumas produções como El Vuelo del Águila (1994), Retrato de familia (1995), Nunca te Olvidaré (1999), Primeiro Amor - A Mil Por Hora (2000), Clase 406 (2002), além do fenômeno mundial Rebelde (2004), que projetou sua carreira como cantora reconhecida internacionalmente, se destacando como uma das vocalistas do grupo RBD. Mais tarde, atuou em folhetins como Verano de Amor (2009), Mentir Para Vivir (2013) e mais recentemente deu vida à vilã de Coração Que Mente (2016), sua última telenovela gravada nos estúdios da Televisa, além de ter desenvolvido paralelamente sua carreira como cantora solo.

Em sua nova fase como contratada do canal Imagen Televisión, a ex-RBD poderá agora se integrar ao novo projeto original do canal que será gravado nos estúdios Ciudad Imagen, edifício corporativo do Grupo Imagen, de onde se especula possa nascer uma nova série protagonizada pela recém-chegada estrela, o que pode comprometer e diminuir as possibilidades de que aconteça o aguardado reencontro do grupo RBD.

Sobre essa nova fase de sua carreira, Dulce María expressou: “Acredito que os mexicanos estejam ansiosos por novos conteúdos e eu estou muito contente por receber a oportunidade da Imagen de fazer parte destas novas propostas e continuar me desafiando como artista. A recepção que me deram foi espetacular, fizeram com que eu me sentisse em minha nova casa”.

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Sebastián Rulli protagoniza Papá a Toda Madre

A divertida história de um pai que se vê obrigado a mudar radicalmente seu estilo de vida após o surgimento de uma pequena garota de nove anos que garantem ser sua filha será o próximo desafio do ator argentino Sebastián Rulli, que retorna à televisão após sua participação no melodrama Três Vezes Ana (Tres Veces Ana), finalizado no México no último mês de janeiro.

Em “Papá a Toda Madre”, ficção que estará a cargo do produtor Eduardo Meza, logo que Rosy Ocampo passou a assumir o cargo de Vice-presidente Corporativa de Conteúdo da Televisa, Sebastián Rulli dará vida a Mauricio, um frívolo empresário, mulherengo e sedutor, que é surpreendido ao conhecer Anifer (Lara Campos), uma garotinha de nove anos que supostamente é sua filha. A chegada da pequena à sua vida, causa uma série de mudanças em sua rotina profissional e pessoal, já que seus planos de casamento com a noiva milionária com quem poderia salvar a empresa da família da falência causada por Fabrizio, seu braço-direito e melhor amigo, correm o risco de ir por água abaixo.

Ainda sem muitos detalhes divulgados, a produção de “Papá a Toda Madre” está em busca do elenco que fará parte da história, cuja estreia poderia ocupar a faixa nobre do canal Univision, nos Estados Unidos, bem como a vaga de “Mi Marido Tiene Familia”, transmitida atualmente na faixa das 20h30 do canal Las Estrellas, no México. Entre os atores que poderiam fazer parte da nova comédia romântica soam os nomes de Esmeralda Pimentel, Ana La Salvia, Cynthia Olavarría, Lisette Morelos, Gloria Aura, Juan Carlos Barreto, Daniel Martínez, Rodrigo Murray, Verónica Jaspeado, Omar Germenos, Raúl Araiza, Laisha Wilkins, Liz Gallardo, Chantal Andere, Andrés Zuno e Raúl Coronado, que já realizaram testes para disputar algum personagem.

Em fase de pré-produção, as gravações oficiais estão previstas para o início do mês de agosto.

sábado, 10 de junho de 2017

Os dubladores de Mulheres de Negro


Recentemente lançada pela Televisa, Mujeres de Negro (Mulheres de Negro) foi ao no México em 2016, quando o produtor Carlos Moreno produziu a versão local inspirada no roteiro original da série finlandesa Mustat Lesket, escrita por Laura Suhonen e levada à televisão pela primeira vez em 2014. Estrelada por Mayrín Villanueva, Alejandra Barros e Ximena Herrera, a adaptação mexicana conta uma forte história policial onde essas três mulheres enfrentam dramas pessoais que as levam a encontrar uma solução para os seus problemas através de um crime pelo qual passam a viver cercadas pelo medo e a angústia de serem descobertas. O elenco da produção ainda traz nomes internacionalmente conhecidos, como Alexis Ayala, Francisco Gattorno, Mark Tacher, Diego Olivera, Arturo Peniche, Leticia Calderón, Marcelo Córdoba, Lourdes Reyes e muitos outros. A atração também desembarcou em Angola e Moçambique no último mês de maio e atualmente é exibida pela ZAP Novelas em substituição ao folhetim Três Vezes Ana. A seguir, conheça com exclusividade o elenco de vozes brasileiras de Mulheres de Negro, dublada em português pelos estúdios Alcateia, sob a direção de Roberta Nogueira e Marcelo Sandryni, no Rio de Janeiro, e de Silvia Goiabeira, em São Paulo:


Sabrina Miragaia: Mayrín Villanueva (Vanessa Leal Riquelme de Zamora)

Fabiana Aveiro: Alejandra Barros (Jacqueline “Jackie” Acosta Valente de Rivera)

Fernanda Bullara: Ximena Herrera (Kátia Millan Salvaterra de Lombardo)

Rodrigo Araújo: Alexis Ayala (Júlio Zamora Aldama)

Cassius Romero: Francisco Gattorno (Lorenzo Rivera)

Peterson Adriano: Mark Tacher (Nicolas Lombardo Suárez)

Rafael Mezadri: Diego Escalona (Diego Zamora Leal)

Oziel Monteiro: Marcelo Córdoba (Eduardo “Edy” Quijano)

Mckeidy Lisita: Diego Olivera (Patricio Bernal)

Angélica Borges: Lourdes Reyes (Rita Kuri)

Marco Antônio Abreu: Arturo Peniche (Bruno Borgetti)

Angélica Santos: Issabela Camil (Miriam del Villar)

Leila Di Castro: Leticia Calderón (Irene Palazuelos Mondragon)

Airam Pinheiro: Bruno Bichir (Zacarias Zaldivar)

Daniel Müller: Emmanuel Palomares (José Rivera)

Isabela Quadros: Julieta Egurrola (Isabella Aldama de Zamora)

Rita Lopes: Lilia Aragón (Catalina Suárez de Lombardo)

Melise Maia: Arlette Pacheco (Elisa Correa)

Márcia Coutinho: Adanely Núñez (Rebeca)

Luiz Paulo Valentin: Marco Uriel (Benjamin)

Filipe Albuquerque: Marco de Paula (Sandro)

Alexandre Maguolo: Iván Bronstein (Marçal)

Wagner Torres: Jony Hernández (Ramirez)

Glauco Marques: Jean Paul Leroux (Sebastian Lascurain)

Dláigelles Riba: Juan Ángel Esparza (Víctor Martinez / Víctor Palazuelos)

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Boom TV anuncia a estreia de Amor Valente


Mais novidades chegam ao canal Boom TV, em Angola e Moçambique, na próxima semana. Ocupando a faixa de Mentir Para Viver, estreia dia 12 de junho a telenovela mexicana Amor Valente (Amor Bravío), folhetim da Televisa lançado em 2012, cujo roteiro tem por base a junção de duas histórias diferentes: De Pura Sangre, escrita por María Zarattini e En los Cuernos del Amor, original das escritoras Martha Carrillo, Cristina García e Denisse Pfeiffer.

Os protagonistas de Amor Valente, Silvia Navarro e Cristian De La Fuente, são os responsáveis por dar vida a Camila Monterde e Daniel Diaz, um jovem casal que se conhece em circunstâncias adversas, mas que, apesar da desconfiança, da ambição desmedida, do rancor e da sede de vingança de pessoas próximas, tentam superar todos os obstáculos com coragem e valentia para proteger o verdadeiro amor que os une.

Narrada em 162 capítulos, a história tem início com um trágico acontecimento. Camila e Luis (Valentino Lanus), seu noivo, sofrem um terrível acidente no qual ele morre. Ela, com o coração endurecido e tomada pela culpa, cai em uma profunda depressão e, para se recuperar, decide passar um tempo no rancho de seu tio Daniel Monterde (Rogelio Guerra), onde, tratando de refazer sua vida, acaba se casando com Alonso Lazcano (Flavio Medina), o administrador do rancho, um homem ambicioso que, por ordens de sua mãe, Isadora (Leticia Calderón), se casa com Camila pensando em se apoderar de todo o dinheiro que ela poderá herdar após a morte do tio.

Pouco antes de morrer, porém, Daniel Monterde descobre que teve um suposto filho ilegítimo, ao mesmo tempo em que se dá conta de que Alonso não era o homem correto que ele acreditava ser. Desse modo, decide herdar apenas o seu “filho” para, assim, proteger Camila de Alonso, mas morre sem poder revelar à sua sobrinha o real motivo de sua decisão. No Chile, Daniel Diaz, descobre que um senhor no México o nomeou herdeiro de todos os seus bens e viaja ao país para receber essa herança.

A caminho do México, Daniel é vítima de uma emboscada e acaba indo parar na cadeia. Com sua prisão, acredita que a armadilha tenha sido provocada pela família Monterde, esperando que fossem os herdeiros da fortuna. Daniel, então, foge da cadeia e chega ao México com outra identidade. Acreditando que Camila seja a principal causadora de sua desgraça, decide seduzi-la e conquistá-la para se vingar, mas acaba se apaixonando inevitavelmente.

Amor Valente conta com um time de atores de primeiro nível, dentre os quais se destacam as atuações de César Évora, Olivia Bucio, Laura Carmine, Lisset, René Strickler, José Carlos Ruíz, Fernanda Castillo, Alex Sirvent, José Elías Moreno, Yolanda Ventura, María Sorté e muitos outros talentos.

Dublada em português, a atração vai ao ar às 15h50 (AO), 16h50 (MZ) e também será exibida em horários alternativos, à noite, às 20h20 (AO), 21h20 (MZ), e na faixa da manhã, às 8h15 (AO), 9h15 (MZ).


Confira a chamada de estreia:



terça-feira, 6 de junho de 2017

Os dubladores de No Limite da Paixão


Produção da Televisa assinada por Salvador Mejía Alejandre, Entre el Amor y el Odio foi lançada no México em 2002 e contou a história de um romance livremente inspirado na radionovela Cadena de Odio, escrita por Hilda Morales de Allouis. Estrelado pelo cubano César Évora e pela mexicana Susana González, que graças à sua atuação recebeu o troféu de Melhor Revelação Feminina nos prêmios TVyNovelas de 2002, o melodrama reuniu em cena nomes de peso da teledramaturgia mexicana, como Sabine Moussier, Alberto Estrella, Marga López, Luis Roberto Guzmán, María Sorté, Carmen Salinas, Fabián Robles e vários outros. No Brasil, rebatizada de No Limite da Paixão, a trama estreou ainda em 2003 pelo SBT e, apenas recentemente, 14 anos após sua exibição inédita, ganhou a primeira reprise pelo canal paulista, substituindo Rubi, na faixa vespertina. No Limite da Paixão foi dublada pelo extinto estúdio carioca Herbert Richers, sob a direção de Ricardo Schnetzer. Conheça os dubladores:


Izabel Lira: Susana González (Ana Cristina Nóbrega)

Roberto Macedo: César Évora (Otávio Villareal)

Carla Pompilio: Sabine Moussier (Frida Diaz de Villareal)

Alexandre Moreno: Alberto Estrella (Maciel Andrade)

Selma Lopes: Marga López (Josefa Villareal)

Pietro Mário: Joaquín Cordero (Fernando Villareal)

José Leonardo: Fabián Robles (José Alfredo Moreno Ortiz)

Lina Rossana: Maria Sorté (Maria Madalena Ortiz de Moreno)

Júlio Chaves: José Ángel García (Rodolfo Moreno)

Felipe Grinnan: Luis Roberto Guzmán (Gabriel Moreno)

Carla Neves: Ofelia Cano (Rebeca Ortiz)

André Belizar: Miguel Córcega (Manoel Nóbrega)

Carlos Marques: Radamés de Jesús (Marcelino)

Sheila Agued: Maritza Olivares (Caetana)

Mário Cardoso: Harry Geithner (Everaldo Castelo)

Nádia Carvalho: Carmen Salinas (Célia)

Gilza Mello: Luz Elena González (Fernanda de Moreno - 1ª voz)

Gabriela Bicalho: Luz Elena González (Fernanda de Moreno - 2ª voz)

Sônia Ferreira: Ninón Sevilla (Macarena)

Maria Helena Pader: Elizabeth Aguilar (Mirna)

Sérgio Muniz: Mauricio Aspe (Tobias Moran)

Isabela Quadros: Marlene Favela (Cecília Amaral)

Eduardo Lassah: José Luis Reséndez (Cesário Amaral)

Hamilton Ricardo: Juan Carlos Serrán (Vicente Amaral)

Waldir Fiori: Eduardo Noriega (Moisés)

Izabella Bicalho: Violeta Isfel (Paz)

Dolores Machado: Aurora Alonso (Prudência)

Samir Murad: Juan Carlos Casasola (Aldir)

Marcelo Sandryni: Benjamín Rivero (Rato)

Ricardo Vooght: Jaime Lozano (Dr. Edgar Ramos)

Jussanam Dejah: Silvia Manríquez (Rosália)

Élcio Romar: Enrique Lizalde (Rogério Valença)

Teresa Cristina: Felicia Mercado (Lucila Montes)

Rita Lopes: Vanessa Guzmán (Juliana Valença Montes)

Philippe Maia: Victor Noriega (Paulo Sacristão)

Alfredo Martins: Arturo Peniche (Fábio Sacristão)

Clécio Souto: Pablo Montero (Almas)

Zoraia Corrêa: Patricia Romero (Lúcia)

Élida L’Astorina: Susana Lozano (Glória) 

Jomeri Pozzoli: Ernesto Alonso (Padre Abad)

Marisa Leal: Armando Palomo (Liberdade)

Ricardo Schnetzer: Hiram Vilchez (Recepcionista)

Carlos Comério: Oscar Traven (Nicolau Villareal)

Andrea Murucci: Jacqueline Bracamontes (Leonela Montenegro de Valença)

Jorge Lucas: Auxílio

Malta Júnior: Ramiro

segunda-feira, 5 de junho de 2017

Mi Marido Tiene Familia estreia no canal Las Estrellas

Comédia e drama são os ingredientes principais de Mi Marido Tiene Familia, nova produção de Juan Osorio para a Televisa, que estreia hoje (05) no México, às 20h30, pelo canal Las Estrellas, em substituição a El Bienamado, finalizada no último domingo (04), depois de 96 capítulos.

Baseada em um roteiro de Héctor Forero e Pablo Ferrer, inspirado livremente em My Husband Got a Family, telenovela coreana de 2012, a história reúne os conhecidos protagonistas Zuria Vega e Daniel Arenas em uma trama diferente, que promete promover os valores da família, o respeito e a honestidade, bem como tocar temas de interesse sem cair no cotidiano, conectando o público rapidamente.

Diana Bracho, Rafael Inclán, Jessica Coch, José Pablo Minor, Ignacio Casano, Bárbara Islas, Olivia Bucio, Regina Orozco, Luz María Jerez, Marco Muñoz, Lola Merino, René Casados, Gaby Platas, Emilio Osorio, Jade Fraser, Juan Vidal e Laura Vignatti são os principais nomes que integram o elenco, que marca, ainda, o retorno de Silvia Pinal às telenovelas desde sua participação especial em Una Família con Suerte (2011).


SINOPSE

Julieta Aguilar (Zuria Vega) e Robert Cooper(Daniel Arenas) têm o relacionamento perfeito: cada um tem o seu trabalho, compartilham os mesmos sonhos e estão dispostos a se casar em breve. Para eles, o segredo encontra-se em dois pontos: a comunicação e o fato de que a família adotiva de Robert vive em outro país, poupando-lhes os problemas em lidar com a família política.

No entanto, o destino prepara uma surpresa para os dois quando se mudam para um apartamento em uma modesta região de Oaxaca. Neste lugar, conhecem os proprietários do edifício, a família Córcega, sem saber que eles são a verdadeira família de Robert, cujo nome verdadeiro é Juan Pablo. A partir daí, Robert / Juan Pablo e Julieta deverão aprender a conviver com seus sogros Blanca (Diana Bracho) e Eugenio (Rafael Inclán), e com suas cunhadas, com todos os conflitos que isto implica, uma verdadeira batalha entre a tradição e a modernidade, em uma viagem que dará início a um redemoinho de emoções e aventuras.

Para alcançarem a felicidade que tanto buscavam no casamento, Julieta e Juan Pablo terão que aprender a viver com sua nova família, ainda que isso seja mais complicado do que imaginavam.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Telemundo Africa anuncia a estreia de Relações Perigosas


Para ocupar a vaga de O Filho que Nunca Conheci (Vuelve Temprano), que encerra sua transmissão nos próximos dias, a Telemundo Africa estreia em sua programação no próximo 12 de junho a ficção estadunidense Relações Perigosas (Relaciones Peligrosas), folhetim lançado originalmente em 2012, inspirado na série espanhola “Física o Química”.

Protagonizada pela mexicana Sandra Echeverría e pelo venezuelano Gabriel Coronel, Relações Perigosas conta uma história polêmica, moderna, atrevida e sem tabus, aprofundando nas relações muitas vezes conflituosas entre os adolescentes, seus pais e professoras de uma escola bilíngue. É a história de um amor entre duas pessoas para as quais a idade torna-se a pior das inimigas ao serem julgadas pelas leis de uma sociedade que castiga e impõe limites até mesmo em seus sentimentos.

Miranda Cruz (Sandra Echeverría) é uma professora de 26 anos, recém-formada, que está prestes a começar um novo trabalho como educadora em um colégio de nível médio. Mesmo sendo uma jovem mulher, está apaixonada por Mauricio Blanco (Gabriel Coronel), um garoto vários anos mais novo que ela. Esse conflito pela diferença de idades se intensifica ainda mais quando Miranda descobre que Mauricio será um dos alunos do colégio onde em breve ela começará a trabalhar.

Miranda tenta inutilmente lutar contra esse turbilhão de sentimentos, que, por um lado, a faz vibrar como adolescente, mas, por outro, a leva a enfrentar grandes conflitos internos, éticos e sociais. Porém, quanto mais se debate contra o que sente, mais profundo irá caindo. Quando Miranda perceber no que se meteu, será tarde demais e estará à margem da lei por ter se envolvido com um menor de idade.

Relações Perigosas também integra em seu elenco rostos como Ana Layevska, Gonzalo García Vivanco, Maritza Bustamante, Daniela Navarro, Mercedes Molto, Jeannette Lehr, Sandra Destenave, Christian de la Campa e muitos outros.

A estreia acontece dia 12 de junho, às 17h10 (CAT), com exibição dublada em português para Angola e Moçambique. Para os outros países do continente africano que sintonizam a emissora, a transmissão acontece dublada em inglês. Atualmente, o canal exibe também Rosa de Ferro (La Doña), Encontro em Manhattan (Una Maid in Manhattan), Manuel & Silvana (Silvana Sin Lana) e os últimos capítulos de O Filho que Nunca Conheci (Vuelve Temprano).