terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Os dubladores de Amor Proibido


Drama turco produzido pela companhia Ay Yapım, Aşk-ı Memnu é inspirado na obra literária homônima, escrita originalmente em 1899 por Halid Ziya Uşaklıgil. Lançada em 2008, a versão televisiva trouxe como protagonista a premiada atriz Beren Saat e contou com duas temporadas que foram ao ar na Turquia até 2010, pela emissora Kanal D. Depois de conquistar o mercado latino-americano, onde já foi transmitida em países como Chile, Peru, Equador, Argentina e Uruguai, o folhetim chegou também ao continente africano, onde é exibida atualmente em Angola e Moçambique dublada em português, sob o título Amor Proibido, pelo canal pago ZAP Novelas. Conheça a seguir os nomes dos principais dubladores que dão voz aos personagens de Amor Proibido, dublada em São Paulo pelos estúdios Sigma, sob a direção de Silvio Giraldi e Mirna Rodrigues.


Priscila Ferreira: Beren Saat (Bihter Yoreoglu)

Spencer Toth: Kıvanç Tatlıtuğ (Behlul Haznedar)

Alessandra Araújo: Nebahat Çehre (Firdevs Yoreoglu)

Cássius Romero: Selçuk Yöntem (Adnan Ziyagil)

Jussara Marques: Hazal Kaya (Nilay Ziyagil)

Enrico Espada
: Batuhan Karacakaya (Bulent Ziyagil)

Mara Lídia Manetti: Zerrin Tekindor (Denise DeCourton)

Maíra Paris: Nur Fettahoğlu (Peyker Yoreoglu Onal)

Rodrigo Nanal: İlker Kırmaz (Nihat Onal)

Ricardo Fábio: Recep Aktuğ (Hilmi Onal)

Cyntia Moran: Zerrin Nişancı (Aynur Onal)

Yuri Chesman
: Baran Akbulut (Besir Elci)

Antônio Moreno: Rana Cabbar (Suleyman Kahya)

Rosana Beltrame: Fatma Karanfil (Sayeste)

Cássia Biceglia: Evren Duyal (Nesrin)

Lívia Simardi: Pelin Ermiş (Cemile)

Érica Kou
: Ufuk Kaplan (Katya Melinkov)

Fernanda Hartmann: Eda Özerkan (Elif Bender)

Regiane Toledo: Gülizar Irmak (Sevil)

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

As telenovelas turcas dubladas em espanhol - Parte 2

Para conferir a primeira parte da publicação, clique aqui.


KAÇAK (Kaçak)

Canal do grupo mexicano Azteca, o Azteca America, com programação voltada principalmente ao público hispânico residente nos Estados Unidos, também se aventurou na onda dos dramas turcos com a estreia de Kaçak, série dramática de êxito internacional, que chegou à emissora no dia 01 de fevereiro de 2016, ocupando a faixa nobre da programação. Exibida originalmente pela rede ATV da Turquia, onde teve seu lançamento em 2013, Kaçak foi uma produção da Süreç Film e contou com a atuação do ator Gürkan Uygun, o principal intérprete da ficção, em cuja história dá vida a um pai de família que ao descobrir que já não pode fugir de seu passado, se vê envolvido em uma guerra contra seus antigos adversários da máfia. Seu personagem, Serhat, trabalhava como policial quando matou o filho de um reconhecido chefe da máfia turca e por esta razão se vê obrigado a mudar de identidade e a fugir para um pequeno vilarejo, onde inicia uma vida tranquila como proprietário de uma cafeteria. Porém, sua vida dá um giro inesperado quando se transforma em um herói local do dia para a noite ao capturar um criminoso e impedir o roubo a uma joalheria. Sua atitude e sua imagem se destacam em todos os noticiários nacionais e, apesar de preservarem sua identidade, a máfia consegue localizá-lo e assassinam o seu filho. A partir desse momento, Serhat se enche de ódio e dá início a um elaborado plano de vingança. Dublada em espanhol pelos estúdios Caaliope Dubbing & Distribution, até então Kaçak foi exibida no continente americano apenas nos Estados Unidos.



NO TE ENAMORES (Kaderimin Yazıldığı Gün)

No te Enamores... del Hombre que Compró tu Vientre chegou ao canal Megavisión, no Chile, no dia 04 de fevereiro de 2016, logo após a despedida de sua compatriota Gümüs, com a missão de reforçar a programação vespertina do canal. Realizada na Turquia pela produtora O3 Medya e lançada pela emissora Star TV, em 2014, sob o título original de Kaderimin Yazıldığı Gün, que em tradução livre quer dizer “O Dia em que Meu Destino foi Escrito”, a trama apresenta como protagonistas o trio formado por Özcan Deniz, Hatice Şendil e Begüm Kütük Yaşaroğlu, e discorre sobre o polêmico tema das barrigas de aluguel, problemática que desata uma série de intrigas na vida de um rico casal que enfrenta dificuldades para gerar um filho e recorre uma jovem desesperada por dinheiro a fim de realizar um sonho que parece impossível. Em No te Enamores, Karaman (Özcan Deniz) é o filho mais velho da abastada família Yörükhan e infelizmente não consegue conceber um filho com sua esposa Defne (Begüm Kütük Yaşaroğlu). Após uma desagradável reunião familiar onde o julgam por não poder dar um herdeiro à família, o casal decide contratar uma bela jovem de nome Elif (Hatice Şendil), para que sirva de barriga de aluguel. Entretanto, devido a um acidente, um óvulo de Elif é usado no procedimento médico, o que inevitavelmente a torna mãe biológica da criança. Entre vários conflitos, Elif não somente lutará para recuperar seu filho ao descobrir a verdade, como, também, despertará profundos sentimentos por Karaman. O roteiro de No te Enamores é similar ao de Mujer Comprada, folhetim argentino de 1986, do qual também foram feitas versões posteriores no México, em 2009, e na Rússia, em 2015. Para sua exibição no mercado latino-americano, a atração foi dublada em espanhol pelos estúdios DINT Doblajes Internacionales, no Chile, e além deste, também foi exibida em países como Peru (Latina), onde recebeu o título de Una Parte de Mí, e no Uruguai (Canal 10), onde foi rebatizada de Elif: Una Parte de Mí.



20 MINUTOS (20 Dakika)

No Equador, outra emissora que resolveu apostar nas produções otomanas foi o canal Teleamazonas, com a estreia do drama policial 20 Minutos (20 Dakika), no dia 04 de abril de 2016. Adaptação do filme estadunidense 72 Horas (The Next Three Days), de 2010, e que por sua vez é um remake de Tudo Por Ela (Pour Elle), longa-metragem francês de 2008, a série 20 Minutos foi produzida na Turquia em 2013 pela companhia Ay Yapım e exibida originalmente pela Star TV. Com ligeiras modificações em relação ao roteiro original do filme, a trama de apenas 25 capítulos mantém a história de uma mulher que é presa por um crime que não cometeu e seu marido se vê na obrigação de libertá-la. Esta mulher é Melek (Tuba Büyüküstün), que vive uma vida feliz e tranquila ao lado do marido e de seus dois filhos. Porém, o que parecia uma vida perfeita, muda no mesmo dia em que a polícia bate à porta de sua casa e a leva presa por homicídio. Ninguém entende o que aconteceu e a vida de toda a família dá um giro radical a partir desse momento. Ali Halaskar (İlker Aksum), seu marido, que sempre soube manter uma postura reta, tenta provar a inocência de Melek por todos os meios possíveis, mas, ao perceber que nada tem surtido efeito, decide quebrar todas as regras necessárias a fim de ver sua esposa livre outra vez, sem imaginar que neste crime muitos interesses estão envolvidos. O elenco de 20 Minutos ainda integra o ator Fırat Çelik, conhecido internacionalmente por seu papel como Mustafá em Fatmagül - A Força do Amor (Fatmagül'ün Suçu Ne?). Produzida no México, a dublagem em espanhol de 20 Minutos foi realizada pelo estúdio Doblajes París, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing, e até agora a ficção foi exibida em território latino-americano apenas no Equador.



MEDCEZIR (Medcezir)

Anunciado para o dia 19 de abril de 2016, o capítulo de estreia de Medcezir no Chile foi ao pelo canal Megavisión apenas um dia depois (20), em decorrência da exibição de um documentário especial veiculado na noite do dia 19, dedicado ao ex-presidente chileno Patricio Aylwin, falecido naquela data. Versão livre da aclamada série estadunidense The O.C.: Um Estranho no Paraíso (The O.C.), Medcezir foi escrita pela mesma roteirista de Fatmagül e Amor Prohibido e seu lançamento na Turquia se deu em 2013, através da emissora Star TV, onde conquistou alta sintonia. O drama é mais um título da produtora Ay Yapım e é liderada pelo ator Cagatay Ulusoy, o mesmo protagonista de El Secreto de Feriha. Sua história segue a vida de Yaman (Cagatay Ulusoy), um rapaz de poucos recursos que mora junto de sua mãe, o irmão e o padrasto em um bairro pobre de Istambul. Guerreiro, honesto e trabalhador, o jovem é envolvido no roubo de um carro e vai parar na cadeia. Encrencado, conhece Selim (Balis Falay, o Ali de Ezel), um renomado advogado que enxerga muito potencial em Yaman, o resgata e, compadecido, o leva para viver em sua luxuosa mansão. Selim se torna o seu benfeitor e pede ao rapaz que termine seus estudos e alcance suas metas. O caminho parece não ser fácil e Yaman passar a conviver com pessoas que não conhece, descobrindo um mundo totalmente diferente daquele com o qual estava habituado. Ao mesmo tempo, se prepara para iniciar seus estudos de Direito e torna-se amigo do filho de sua nova família, o tímido Mert (Taner Ölmez). Yaman também conhece um grupo de jovens milionários que pensam apenas em se divertir, mas entre eles encontra o amor em uma garota que mudará sua vida para sempre, a bela Mira (Serenay Sarıkaya), que terá que decidir entre ele e Orkun (Metin Akdülger), seu pretendente esnobe, mesmo contra a oposição de sua mãe classista. A versão de Medcezir dublada em espanhol foi produzida pelo estúdio DINT Doblajes Internacionales, no Chile, em parceria com o estúdio Civisa Media, da Argentina, que ficou encarregado de dublar apenas as falas do protagonista Yaman. Além do Chile, onde encerrou sua exibição recentemente, Medcezir é transmitida atualmente em países como Estados Unidos e Porto Rico (Pasiones) e Argentina (Canal 13).



HONOR Y RESPETO (Şeref Meselesi)

Primeira aposta turca para o horário nobre do canal, Honor y Respeto chegou à Telemundo em Porto Rico no dia 02 de maio de 2016, após o sucesso de suas antecessoras ¿Qué Culpa Tiene Fatmagül? e Secretos, exibidas na faixa vespertina. Inspirada na série italiana L'Onore e il Rispetto (2006), a versão otomana nasceu em 2014 nos estúdios da companhia D Productions e foi exibida originalmente pelo Kanal D, na Turquia, no mesmo ano. Através de um elenco atraente e de uma história cativante, Honor y Respeto narra o drama de dois irmãos de personalidades totalmente opostas, Yigit (Kerem Bürsin) e Emir Kılıç (Sükrü Özyildiz), que após a morte do avô paterno deixam seu povoado no interior da Turquia e se mudam com os pais para a capital Istambul, onde pretendem iniciar uma nova vida. Na cidade grande, a vida de todos passa por uma grande mudança quando a família é convencida por um agiota chamado Sadullah (Taner Turan) a investir em um negócio muito caro e a abrir uma joalheria. A loja é saqueada antes mesmo de abrir as portas e vendo sua vida arruinada, Hasan (Şerif Erol), o pai dos rapazes, se suicida. A tragédia marca a vida dos irmãos, que decidem vingar a morte do pai, cada um à sua maneira. Yigit, que não respeita a lei, busca justiça com as próprias mãos, diferentemente de Emir, que se une às autoridades para conduzir o caso por vias legais. Paralelamente, os irmãos conquistam a atenção de três jovens do bairro, Silbel (Yasemin Allen), Derya (Şükran Ovalı) e Kübra (Burcu Biricik), que iniciam uma disputa pelo coração dos rapazes. A partir daí, as vidas destes cinco jovens fica marcada não somente por uma questão de honra, como, também, pelo amor e o ódio. Dublada no México pelos estúdios Doblajes París, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing, a versão em espanhol desta produção chegou pouco tempo depois ao país norte-americano, onde foi ao ar pela emissora Azteca, rebatizada de Cuestión de Honor. A ficção também já conta com uma dublagem em português, realizada pelos estúdios Sigma, de São Paulo, cuja versão foi recentemente exibida em Angola e Moçambique pela ZAP Novelas.



MERCY (Merhamet)

Atendendo à demanda do público hispânico, o canal Pasiones dos Estados Unidos também se deixou convencer pela “turcomania” e lançou em sua programação no dia 03 de maio de 2016 a produção internacional Mercy, conhecida originalmente como Merhamet (Misericórdia, em turco), adaptação televisiva do romance “Kahpereng”, escrito por Hande Altaylı em 2012. Realizada pela Most Production e lançada na Turquia, pelo Kanal D, em 2013, Mercy relata a história de Narin (Özgü Namal), uma jovem de família pobre e com um pai alcoólatra e aproveitador, que tem superado as dificuldades da vida e lutado contra a pressão da família para que ela abandone os estudos. Sua saga começa em um pequeno vilarejo do interior, mas termina em Istambul, onde sua sorte começa a mudar. Já na capital, o destino de Narin cruza com o caminho de Deniz (Burçin Terzioğlu), a filha de uma rica família, e as duas jovens tornam-se amigas no mesmo instante. Deniz ajuda Narin a se adaptar à vida na cidade grande e, em troca, Narin lhe oferece uma sincera amizade e torna-se uma brilhante advogada. Entretanto, Irmak (Yasemin Allen), a irmã mais nova de Deniz, com ciúmes, se empenha em recuperar a irmã que Narin lhe tomou e deixa sua luxuosa vida na Suíça para voltar a Istambul, disposta a acabar com essa amizade. Irmak, porém, não está sozinha e volta a Turquia acompanhada de Fırat (İbrahim Çelikkol), um atraente gerente de banco. Narin se dá conta de que Fırat foi seu primeiro amor ainda na infância e se magoa ao perceber que o rapaz nem ao menos parece reconhecê-la. O escritório de advocacia onde Narin trabalha a encarrega de cuidar do caso de Sermet Karayel (Mustafa Üstündağ), um sujeito suspeito para quem o banco onde Fırat trabalha concedeu crédito e a quem Narin conhece de muito tempo atrás. A proximidade com Fırat faz com que Narin descubra rapidamente que estava enganada e que o amor que ela pensava ter morrido continua vivo e está renascendo das cinzas, complicando ainda mais a sua vida. Produzida no México pelos estúdios Made in Spanish, a dublagem de Mercy em espanhol também foi utilizada para sua exibição em Porto Rico, onde a ficção também foi lançada em maio de 2016, pelo canal Wapa TV.



SELIN: UN AMOR INOLVIDABLE (Gecenin Kraliçesi)

Meryem Uzerli, atriz alemã que cativou os seguidores da produção de época El Sultán na pele da sultana Hürrem, voltou a brilhar na tela do Canal 13, no Chile, no dia 28 de junho de 2016, com a estreia de Selin: Un Amor Inolvidable (Gecenin Kraliçesi, “Rainha da Noite” em turco), ficção realizada pela produtora O3 Medya e exibida originalmente pela emissora Star TV, da Turquia, no início de 2015. Em Selin - Un Amor Inolvidable, Meryem Uzerli dá vida à personagem-título, uma jovem perfumista que vive com seus pais na cidade francesa de Grasse. A história tem início 30 anos antes, com a morte do pai de Kartal (Ilgaz Ceribas), garoto que depois de ter ficado órfão é acolhido pelo próprio assassino de seu pai, Aziz (Uğur Polat), um poderoso empresário turco que vive junto de sua querida filha Esra (Funda Eryiğit). Anos mais tarde, viúvo e milionário, Aziz faz de Kartal (Murat Yıldırım) um empresário de sucesso e seu braço-direito e concede a ele a mão de sua filha Esra. Kartal chega a França em uma viagem de negócios e conhece Selin, com quem rapidamente faz amizade e vivencia um intenso e fugaz romance de uma noite, cercados pela bela paisagem e por um brilho especial. Apesar da promessa do casal de voltar ficar juntos aconteça o que acontecer, Kartal deve voltar a Turquia, onde a esposa, o sogro e o trabalho o esperam como de costume. Quatro anos depois, a bela Selin viaja a Turquia junto de seu filho de três anos e durante a viagem conhece um homem mais velho que mostra a ela uma vida plena. Esse homem é Aziz, que pela primeira vez depois da morte de sua esposa, sente-se atraído por outra mulher e, profundamente impressionado pela beleza de Selin, a convida para morar com ele em Istambul. Ela aceita sua proposta e inevitavelmente volta a se encontrar com Kartal no lugar menos provável. A partir daí, o amor que ambos sentiram no passado começa a renascer, mas, apesar do vínculo que os une, se vêem separados pelas más intenções de Aziz. Selin: Un Amor Inolvidable foi dublada em espanhol no Chile pelos estúdios DINT Doblajes Internacionales, em parceria com o estúdio argentino Civisa Media, que se encarregou de dublar as falas da protagonista Selin, mantendo a mesma dubladora que já havia sido a voz de Meryem Uzerli em El Sultán. Até o momento, o romance de Selin e Kartal foi exibido em território latino-americano apenas pelo Canal 13 do Chile.



¿QUIÉN SE ROBÓ MI VIDA? (O Hayat Benim)

Depois de alcançar bons resultados com os dramas turcos, o Canal 10 do Uruguai adquiriu mais um título até então inédito na América Latina e lançou no dia 04 de julho de 2016 sua quarta aposta: ¿Quién se Robó mi Vida? (O Hayat Benim), que em tradução livre significa “Essa Vida é Minha”. Produzida pela companhia Pastel Film, a história nasceu na Turquia em 2014 e foi exibida pelo canal local da Fox em quatro temporadas. A atração tem como eixo central a história de Bahar (Ezgi Asaroğlu), uma jovem ingênua que leva uma vida modesta em um bairro humilde de Istambul. Devido às dificuldades econômicas, Bahar abandona a escola e começa a trabalhar em uma confeitaria para ajudar a família. O que ela não imagina é que todos escondem um segredo sobre sua origem. Bahar nasceu em berço de ouro, mas seu avô, totalmente contra a relação de sua filha Hasret (İclal Aydın) e Mehmet Emir (Sinan Albayrak), mentiu à Mehmet dizendo que sua filha havia morrido e ocultou sua gravidez. Não satisfeito com isso, entregou sua neta aos empregados da casa, Ilyas (Süleyman Atanısev) e Nuran (Yeşim Ceren Bozoğlu), que juntos de Efsun, a orgulhosa filha do casal, iniciaram uma nova vida junto à doce Bahar. A garota tornou-se uma jovem otimista e trabalhadora, enquanto sua irmã Efsun (Ceren Moray) sempre foi totalmente o oposto. Enquanto Bahar faz todo o possível para que sua irmã seja feliz, Efsun só pensa em lhe causar dano e será capaz até mesmo de roubar sua vida. Isso porque, prestes a morrer e atormentado pela culpa, o avô decide revelar a verdade ao milionário Mehmet e falece em seguida. A partir deste momento, a vida de Bahar e de ambas as famílias começam a mudar, mas, não pelo rumo natural, e sim, provocando uma troca de destinos, pois a ambição de Nuran faz com que a filha que seja entregue não seja Bahar, mas sim, Efsun, sua filha biológica. Assim, sem saber de nada, Bahar segue com sua vida modesta, enquanto Efsun começa uma nova vida que não lhe pertence. Poucos dias após sua estreia no Uruguai, o folhetim desembarcou na ilha de Porto Rico (Telemundo), sob o título Me Robó mi Vida, e posteriormente chegou também ao Peru (Latina) rebatizada de Se Robó mi Vida, e ao Panamá (Telemetro). Recentemente, foi lançada nos Estados Unidos pelo canal Pasiones, que conta com uma retransmissora para grande parte da América Latina. A dublagem em espanhol foi produzida pelos estúdios Doblajes París, no México, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing.



ELIF (Elif)

A Caracol Televisión, da Colômbia, também apostou suas fichas por uma história inédita e levou ao ar no dia 25 de julho de 2016 o primeiro capítulo de Elif, a história de uma garotinha que sofre por ser obrigada a viver separada de sua mãe desde os seis anos de idade. Lançada em terras turcas no ano de 2014, Elif leva a assinatura da produtora Green Yapım e atualmente é transmitida pelo Kanal 7 em sua terceira temporada. A atriz-mirim Isabella Damla Güvenilir é a responsável por dar vida a Elif, cuja história tem início quando a pequena sai de casa para comprar os remédios de Melek (Selin Sezgin), sua mãe, que está muito doente. Melek era uma empregada quando se apaixonou por Kenan Emiroğlu (Altuğ Seçkiner), o primogênito da família para a qual ela trabalhava. Kenan também se apaixonou por ela, mas, a mãe do rapaz, decidida a separá-los, enviou Melek para longe. Grávida, Melek acreditou que Kenan a havia abandonado e ele nunca soube que seria pai. Passado algum tempo do nascimento de Elif, Kenan se casou com outra mulher, Arzu (Cemre Melis Çınar) e Melek iniciou uma relação com Veysel (Hasan Ballıktaş), um violento apostador que tem planos de vender a pequena Elif a fim de pagar suas dívidas de jogo. Ao descobrir as intenções do parceiro, Melek decide salvar sua filha e a entrega aos cuidados de Ayşe (Ozanay Alpkan), sua antiga amiga e governanta da família Emiroğlu. A medida que o tempo passa, as tensões na casa só aumentam e Elif se encontra no meio de uma luta de poder familiar, somente sua bondade poderá reparar os danos causados a ela e a sua mãe e devolver a felicidade à mansão Emiroğlu. Elif tem conquistado diversos países ao redor do mundo e, na América Latina, além da Colômbia, chegou também ao Peru (Latina), à Costa Rica (Teletica) e ao Chile, onde foi a responsável por inaugurar a faixa turca do canal estatal TVN. Recentemente, a atração também desembarcou no México pelo recém-lançado canal Imagen Televisión, sob o título Elif: Un Ángel en Busca de Amor. Sua dublagem em espanhol é uma produção do estúdio mexicano Doblajes París, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing.



INOLVIDABLE (Unutulmaz)

Após a experiência com Mercy, o canal Pasiones, dos Estados Unidos, se aventurou com mais uma produção dramática exclusiva, Inolvidable (“Inesquecível”, em tradução livre), que chegou ao canal no dia 05 de setembro de 2016. Produção original da companhia Stil Medya para o canal ATV, da Turquia, Inolvidable foi exibida originalmente entre 2009 e 2011 e narra a história de Harun (Serhan Yavaş), o filho de Feyyaz (Fikret Hakan), um rico homem de negócios, com quem administra o negócio da família. Harun sente um grande carinho por Melda (Sinem Oztufan), uma funcionária que trabalha com eles na empresa, e que é querida por Feyyaz por ser uma jovem muito racional e idealista. Apesar do afeto que sente por Melda, Harun se deixa levar por uma longa noite regada a álcool e vive um breve romance com Eda (Özlem Yılmaz), a mulher mais extraordinária que já conheceu em sua vida. Arrependido de sua atitude, o rapaz diz a Eda que jamais voltará a vê-la, pois está comprometido com outra mulher. Os dias passam e quando Harun e sua família vão pedir a mão de Melda aos pais dela, uma surpresa desagradável o aguarda: Harun descobre que Eda é irmã de Melda. Eda permanece em silêncio e se comporta como se nada tivesse acontecido entre eles e, escondendo que esteja triste, não se deixa demonstrar seus verdadeiros sentimentos por Harun para não arruinar a felicidade de sua irmã. Porém, a história se complica quando Eda descobre que está grávida e que o seu filho não pode ter outro pai além de Harun. Ainda sem muita repercussão, Inolvidable não foi adquirida por mais nenhuma emissora da América Latina até então. Sua dublagem em espanhol, realizada na Colômbia, é uma produção dos estúdios Centauro Group.



MI ÚLTIMO DESEO (Elveda Derken)

Para ocupar a vaga de No te Enamores... o canal chileno Megavisión anunciou a estreia do melodrama Mi Último Deseo, a emocionante história de sacrifício e amor incondicional de uma mãe para com suas filhas que comoveu a Turquia em 2007, quando debutou pelo Kanal D. No Chile, a produção da companhia Yağmur Ajans chegou à grade vespertina do canal Mega no dia 03 de outubro de 2016, liderando a audiência de sua faixa horária e se destacando entre o público nas redes sociais. O capítulo de estreia da atração apresentou a história de uma família unida pelo amor, onde Lale (Ece Uslu), uma dedicada pediatra, enfrenta um doloroso destino. Mãe de família e irmã de Eda (Seda Güven), uma verdadeira “ovelha negra”, Lale vive com o marido Ege (Sinan Sümer) e suas duas filhas pequenas. Certo dia, após um estranho desmaio, Lale descobre que sofre de um tumor cerebral hereditário, que, além de ser impossível de operar, poderá matá-la no prazo de dois ou três meses. Diante desta cruel realidade, Lale não pensa em outra coisa a não ser tomar a difícil decisão de encontrar por si mesma uma nova mãe para suas filhas e consequentemente outra esposa para o seu marido. Sua desesperação é tanta que suas súplicas são ouvidas e a pediatra encontra na professora de suas filhas, Zeynep (Burcu Kara), uma jovem mulher que não pode ter filhos e ainda mora com seus pais, a candidata ideal para torná-la a nova mãe para suas meninas. Mi Último Deseo foi dublada em espanhol no Chile pelos estúdios DINT Doblajes Internacionales e até o momento não foi exibida por nenhuma outra emissora latino-americana.



KARA SEVDA: AMOR ETERNO (Kara Sevda)

As tardes do canal Caracol Televisión, na Colômbia, ganharam uma nova história de amor no dia 18 de outubro de 2016, com o lançamento de Kara Sevda: Amor Eterno, romance turco sobre a história de dois jovens de mundos opostos, mas tão próximos entre si, que se encontram por casualidade em uma região litorânea de Istambul e com apenas um encontro, permanecem unidos para sempre, bastando apenas uma segunda oportunidade para concretizarem o seu amor eterno. Produção da Ay Yapım, exibida originalmente na Turquia pelo canal Star TV, em 2015, Kara Sevda gira em torno da vida de Kemal (Burak Özçivit) e Nihan (Neslihan Atagül): ele, o terceiro irmão de uma família de classe média, estudante de engenharia de minas, cujo único objetivo na vida é poder sobreviver e alcançar algumas comodidades. Cético, procura não acreditar em milagres, sobretudo nos relacionados ao amor. Ela, uma jovem de família rica, mas à beira da falência, que, apesar de morar em uma região nobre da cidade, não se importa com os bens materiais e vive distante de seu próprio mundo. Inteligente e sensata, não gosta de ter que viver sob a pressão da alta sociedade. As vidas destes dois jovens se cruzam de maneira insólita dentro de um ônibus e a atração entre eles é imediata. Apesar de o amor entre o casal parecer impossível devido a diferença de classes sociais, eles dão um jeito de ficar juntos e superar os obstáculos, até o dia em que Kemal deixa Istambul para trabalhar em uma mina. Pouco tempo depois da separação, Nihan se casa obrigada com Emir (Kaan Urgancıoğlu), um rico empresário, que vive apaixonado por ela desde a infância. Mesmo que para todos o casamento pareça perfeito, para Nihan não existe amor maior do que o de Kemal, que se dedica apenas ao trabalho dia após dia. Entretanto, a vida prepara outros planos para ele e, cinco anos mais tarde, um acidente inesperado nas minas marca o início de um novo caminho em sua vida: Kemal decide voltar a Istambul para enfrentar o passado. Completamente mudado, se empenha em enfrentar Nihan, Emir e tudo o que deixou para trás, para finalmente viver o que deixou por concluir. Dublada em espanhol pelos estúdios Doblajes París, no México, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing, Kara Sevda tem caído no gosto do público e chegado a outras praças. O México foi o segundo país da América Latina em adquiri-la e, curiosamente, seu lançamento por lá aconteceu no mesmo dia que na Colômbia, pelo canal Imagen Televisión, sob o título Amor Eterno. Já neste ano, a história de Kemal e Nihan também chegou ao Panamá (TVN) e em breve estará na programação de canais do Chile (Megavisión), Argentina (Telefe) e Peru (Latina).



AMAR ES PRIMAVERA (Kiraz Mevsimi)

Lançado há poucos meses, o canal Imagen Televisión surgiu com a missão de diversificar a programação televisiva com títulos inéditos no território mexicano e logo no seu primeiro dia no ar, 18 de outubro de 2016, deu início a exibição de seu segundo título turco: Amar es Primavera, comédia romântica produzida pela Süreç Film e exibida em meados de 2014 pela Fox Turquia, no decorrer de duas temporadas. Em tradução livre, o título turco, que siginfica “Temporada de Cerejas”, trouxe uma nova proposta para a televisão local, com uma história mais leve, romântica e diferente dos tradicionais dramas otomanos. Na trama, a atriz Özge Gürel interpreta Oyku, uma promissora designer de modas que vive uma vida modesta junto de sua mãe e o irmão mais novo. Daghan Gulegec dá vida a Ayaz, um jovem arquiteto, arrogante e mulherengo, que é filho da dona do ateliê para o qual Oyku trabalha. O caminho destes dois jovens toma o mesmo rumo quando ambos se encontram pela primeira na rua e, por casualidade, ao discutirem por tomar o mesmo táxi, ambos o acabam perdendo. Após esse encontro, suas vidas acabam se entrelaçando. Mas, enquanto Oyku vive deslumbrada e apaixonada desde menina por Mete (Dağhan Külegeç), ele, por sua vez, está de olho em Şeyma (Nilperi Şahinkaya), uma garota ciumenta que aparenta ser a melhor amiga de Oyku. O destino, porém, resolve lhe pregar uma peça. Oyku, que nunca teve coragem de revelar os seus sentimentos, na tentativa de confessar seu profundo amor, envia uma carta a Mete, mas quem a recebe é Ayaz. Depois desse mal-entendido, Oyku decide fingir que realmente está apaixonada por Ayaz e essa falsa história de amor acaba virando um grande romance. Produzida pelos estúdios Doblajes Paris, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing, a versão dublada em espanhol de Amar es Primavera também chegou a Porto Rico e aos Estados Unidos, pela Telemundo, e em breve desembarcará no Peru pela emissora ATV.



LA VIDA AMARGA (Acı Hayat)

Apostando na popularidade do galã de Ezel, Kenan İmirzalıoğlu, o canal América Televisión, do Peru, arriscou na escolha de La Vida Amarga, uma produção relativamente antiga (2005), realizada pela Sinegraf Film Yapım e exibida na Turquia pela emissora Show TV, em duas temporadas. A atração, que chegou às telinhas peruanas no dia 01 de dezembro de 2016, conta a história de um casal apaixonado que, apesar de viver um amor sincero, tem o rumo de seu destino alterado quando a jovem decide deixar o seu amado em troca dos luxos que terá com outro homem. Mehmet (Kenan İmirzalıoğlu) e Nermin (Selin Demiratar) são dois jovens que moram em um bairro humilde de Istambul. Ambos estão perdidamente apaixonados e compartilham a plena intenção de se casarem. Impedidos pela situação econômica precária em que vivem, trabalham duro para que o sonho dos dois possa se realizar. Mehmet trabalha como soldador em um estaleiro, enquanto Nermin é funcionária em um salão de beleza. Em seu trabalho, Nermin conhece Ender (Oğuz Galeli), e, a princípio, o ignora. Certo dia, porém, vendo que as oportunidades de seguir adiante com sua relação estão cada vez mais distantes, Nermin decide se casar com Ender, para, assim, ter acesso a uma vida de luxos, e acaba deixando Mehmet no passado. Por sua vez, a vida de Mehmet se torna amarga, mas, decidido a se esforçar cada dia mais, o rapaz planeja buscar vingança pelo amor de Nermin. A proposta do canal peruano não atendeu às suas expectativas e a exibição de La Vida Amarga literalmente amargou a audiência da emissora, que passou a alterar não somente seu horário de exibição, como, também, a diminuir a duração de seus capítulos. O folhetim foi dublado em espanhol nos estúdios mexicanos Made in Spanish e não ultrapassou mais nenhuma fronteira da América Latina até o momento.



KÖSEM, LA SULTANA (Muhteşem Yüzyıl Kösem)

O ano de 2017 teve início com a estreia de uma nova superprodução turca em terras chilenas. Logo no dia 03 de janeiro, o Canal 13 apresentou ao seu público a volta triunfal da atriz Beren Saat em Kösem, la Sultana, ambiciosa produção inspirada em fatos históricos que leva o selo dos mesmos criadores de El Sultán e conta a história da primeira mulher otomana a receber o título de regente oficial do império, em uma época em que as sultanas possuíam um grande poder sobre os seus soberanos. Estrelada pela premiada protagonista de ¿Qué Culpa Tiene Fatmagül?, Kösem, la Sultana surgiu na Turquia em 2015, como fruto de um árduo trabalho da produtora Tims Productions e foi exibida originalmente pela emissora Star TV. Sua primeira temporada, ambientada no século XVII, mais precisamente no ano de 1603, se inicia quando o príncipe Ahmed I (Ekin Koç) torna-se o mais jovem sultão da história turca até então, após a morte de seu pai. Ahmed se apaixona por Anastasia (Anastasia Tsilimpiou), uma jovem a quem conhece apenas através de um quadro com o qual sua avó, a sultana Safiye (Hülya Avşar), o presenteou. Para realizar o desejo de seu neto, ela manda capturar a musa da pintura e ordena que a tragam até o harém do novo sultão. Após as diversas tentativas de fuga de Anastasia, ambos se conhecem e vivem uma intensa relação, marcada por assassinatos, intrigas e muito perigo. O tempo passa e Anastasia (agora vivida por Beren Saat), deixa para trás sua origem e seu nome e passa a ser Kösem, com a missão de proteger o legado e o trono do homem que ama daqueles que o ameaçam, tornando-se uma das mulheres mais poderosas de sua geração. Dublada em espanhol pelos estúdios DINT Doblajes Internacionales, no Chile, a atração ainda está no ar pelo Canal 13 e por enquanto não há registros de sua exibição por outro canal da América Latina, embora emissoras do Panamá (TVN) e do Uruguai (Monte Carlo) já tenham adquirido seus direitos de exibição.



GUERRA DE PASIONES (Güllerin Savaşı)

Após comprovar o sucesso de Las Mil y Una Noches, o Canal 11 de Honduras decidiu sair na frente e se coroar como a primeira emissora da América Latina em exibir Guerra de Pasiones, produção da Med Yapım, rodada entre 2014 e 2016, que foi ao originalmente pelo Kanal D, da Turquia, onde conquistou boa acolhida. A série, que desembarcou em Honduras no dia 11 de janeiro de 2017, segue os passos de Gülru (Damla Sönmez), uma jovem que nasceu em um bairro humilde e cresceu morando no quarto de empregados de uma bela mansão onde seu pai trabalha como jardineiro. Junto de mais duas irmãs, que também ajudam a rica família nos serviços domésticos, Gülru vive entre sonhos de grandeza, mas não se esquece de sua origem humilde. Porém, se existe uma pessoa em quem Gülru se inspira esta é Gülfem (Canan Ergüder), a bela filha de seus patrões, a quem desde sua infância ela admira. Sua admiração é tanta que Gülru decide ser uma profissional de sucesso como ela e, por esta razão, entra para a universidade com uma bolsa de estudos, planejando trabalhar com Gülfem assim que se formar. Gülfem, que deixou a família há alguns anos para morar no exterior, retorna à mansão para assistir ao funeral do pai, despertando novamente a admiração que Gülru sentia por ela desde criança. Ninguém aprova essa admiração, já que Gülru tenta ser a mesma pessoa que Gülfem. Certo dia, o caminho de Gülru cruza com o do ex-namorado de Gülfem, Ömer (Barış Kılıç) e sua vida vira de cabeça para baixo, desatando uma guerra em meio a um triângulo amoroso marcado pela diferença de classe entre famílias ricas e pobres. Para piorar a situação, Gulfem dispensa as irmãs e o pai de Gülru, que, passando por dificuldades, devem encontrar uma nova casa para viver. Em meio a tantos problemas, Gülru ainda é acusada por Gulfem pelo sumiço de um colar. Do dia para a noite, o carinho que Gülru sentia por Gülfem se transforma em ódio e Gülru é tomada por um enorme desejo de vingança com o qual se empenhará em tomar tudo o que é de Gülfem, incluindo Ömer, o primeiro e único amor daquela que um dia foi digna de sua admiração. A versão em espanhol de Guerra de Pasiones é dublada no México pelos estúdios Doblajes París, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing e até então não foi utilizada por nenhuma outra emissora da América Latina. Curiosamente, o folhetim também se encontra em terras brasileiras, onde é dublado em São Paulo nos estúdios Alcateia, para exibição em Angola e Moçambique pela ZAP Novelas, onde chegou primeiro, intitulada Guerra das Rosas.



PARAMPARÇA (Paramparça)

O drama de duas meninas trocadas ao nascer que descobrem a verdade sobre sua origem após um impactante acidente é o detonador de Paramparça (“Em Pedaços”, em tradução livre), comovente história que chegou ao Canal 13, no Chile, no último dia 16 de janeiro, ampliando a oferta de folhetins turcos exibidos pela emissora. Narrada em seu país de origem ao longo de duas temporadas e com uma terceira ainda no ar pela Star TV, a ficção produzida em 2014 pela Endemol Shine Turkey arranca com cenas que prendem o olhar do público logo em seus primeiros minutos. Gülseren (Nurgül Yeşilçay) é uma jovem mulher que, após quase ser atropelada, entra em trabalho de parto. Por outro lado, Dilara (Ebru Özkan), uma mulher de muito mais recursos, também é levada às pressas ao hospital, onde ambas acabam dando a luz no mesmo momento. Devido ao erro das enfermeiras, as meninas são confundidas e vão parar nos braços de mães trocadas. Quinze anos mais tarde, Gülseren continua levando uma vida humilde com sua filha Hazal (Alina Boz) e se encontra separada de seu marido, que permanece preso na Alemanha. Dilara é mãe de Cansu (Leyla Tanlar) e enfrenta alguns problemas conjugais com seu marido Cihan (Erkan Petekkaya). A aparente tranquilidade do casal se vê ainda mais abalada quando Cansu sofre um acidente e é submetida a uma série de exames que revelam a verdade: Cansu não é filha de Cihan e Dilara. Quando a verdade vem à tona, os problemas de ambas as famílias se multiplicam devido à evidente diferença socioeconômica na qual vivem e o destino das duas adolescentes sofre uma grande mudança. Entretanto, esta situação faz com que Gülseren e Cihan se aproximem mais do que devem, encontrando um no outro o amor que parece ter se esquivado de suas vidas. Apesar de ter sido anunciada pelo canal peruano América Televisión no início do ano passado, a atração ainda não foi lançada até o momento e também não há registros de exibição por outra emissora da América Latina. Sua dublagem em espanhol é uma produção da casa chilena DINT Doblajes Internacionales.



AMOR A SEGUNDA VISTA (Aşk Yeniden)

E por falar em Canal 13, a emissora chilena resolveu abrir mão dos melodramas clássicos por um instante e tem testado desde o último dia 06 de fevereiro a história de Amor a Segunda Vista, comédia romântica que inovou sua programação vespertina e levou novamente às telinhas a atuação do ator Buğra Gülsoy, conhecido do público por seu trabalho em ¿Qué Culpa Tiene Fatmagül? e Kuzey Guney. Ao lado de Buğra, um rosto novo: Özge Özpirinçci, que juntos interpretam duas pessoas de diferentes personalidades que se encontram no mesmo voo de volta a Turquia e decidem fingir que estão casados para solucionar mutuamente seus problemas familiares. Produzida na Turquia pela Süreç Film e exibida originalmente pelo canal local da Fox, em 2015, Amor a Segunda Vista tem início com a história de Zeynep (Özge Özpirinçci), uma jovem que se apaixona por um homem a quem sua família não aprova e, por isso, decide fugir com ele para os Estados Unidos. Poucos meses depois, fica grávida, mas é abandonada pelo parceiro e decide voltar a Turquia. Fatih (Buğra Gülsoy), por sua vez, viajou aos Estados Unidos para fugir de um casamento arranjado por seus pais e aí começou um relacionamento que não teve futuro, pois sua pretendente não aceitou casar-se com ele. Com os corações partidos, Zeynep e Fatih viajam no mesmo voo e se dão conta de que um pode ser a solução para os problemas do outro: Se Fatih chegar em casa com uma esposa e um bebê, sua família desistirá de casá-lo com uma mulher que ele não quer; enquanto que Zeynep poderá chegar acompanhada do suposto pai de seu filho sem que ninguém a questione. A produção obteve um grande sucesso em seu país de origem e atualmente vem colhendo bons frutos em território ocidental, pois países como Peru e Porto Rico também já despertaram interesse pelas desventuras de Zeynep e Fatih e em breve anunciarão sua estreia. A versão dublada em espanhol é produzida no México pelos estúdios Doblajes Paris, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing.



EL PAÑUELO ROJO (Al Yazmalım)

Depois de uma tentativa de exibição frustrada em agosto de 2016 e de outro anúncio de estreia para a faixa noturna de sua programação no início deste ano, o recente canal venezuelano TLT - TeleTuya, finalmente conseguiu levar ao ar os capítulos iniciais de El Pañuelo Rojo, romance turco que está no ar pela emissora desde o último dia 13 de fevereiro, agora, na faixa vespertina. Inspirada no romance “Selvi Boylum Al Yazmalım” (A Garota do Lenço Vermelho), escrito por Cengiz Aytmatov na década de 60 e que também serviu de base para a versão cinematográfica homônima, lançada em 1978, a história deste folhetim, reproduzida pela companhia Ay Yapım e exibida pela ATV, em 2011, gira em torno da vida da bela Asiye - aqui também interpretada por Özge Özpirinçci (Amor a Segunda Vista) - e de seu encontro casual com İlyas (Seçkin Özdemir), um rebelde e ambicioso rapaz que se acidenta enquanto pratica motocross nas proximidades do vilarejo. Este inesperado encontro despertará um amor à primeira vista que trará muitos problemas para ambos. İlyas, que vive sem dinheiro, participa em competições usando as motos da oficina de seu pai, que é totalmente contra a sua vocação. Asiye, por sua parte, deseja formar uma família e procura manter este desejo acima de qualquer coisa. Além disso, sua família ainda a pressiona para que se case com um bom partido. Ironicamente, Asiye e Ilyas iniciam uma relação, mas o rapaz se deixa corromper dia a dia por sua ambição desmedida e o destino intervém entre os dois levando-os a tomar caminhos diferentes. Asiye, então, conhece em Cemşit (Barış Falay) um amor incondicional, que pouco a pouco conquistará o seu coração. Para sua exibição na Venezuela, El Pañuelo Rojo conta com a dublagem em espanhol produzida pelos Estudios Backstage, já para o canal Megavisión, no Chile, onde desembarcará em breve, será exibida em versão dublada pela DINT Doblajes Internacionales. Segundo informações de sua distribuidora, a ITV Inter Medya, também já existe um acordo que permitirá a adaptação da história para o mercado mexicano, cujos direitos de reprodução foram adquiridos pela Televisa durante a LA Screenings de 2015.



GONUL (Hatırla Gönül)

No ar desde o último dia 19 de fevereiro pela Telemundo Internacional, Gonul trouxe como proposta a abordagem de um debate social que vai muito além da ficção: a violência contra as mulheres disfarçada de amor, um problema mundial tratado nesta série através da história de uma jovem que, deslumbrada pelos encantos de um homem, se nega a acreditar que algum dia ele chegue a maltratá-la. Produção de 2015, realizada pela empresa Most Production, Gonul foi ao ar originalmente pela Star TV, na Turquia, onde ganhou destaque ao refletir na telinha uma realidade muitas vezes ocultada pela sociedade. Por trás de uma romântica história de amor pode se esconder um grave delito e Gonul (Gökçe Bahadır), uma determinada enfermeira crescida em um orfanato, descobrirá que a pessoa que ela escolheu para se casar não é o homem que ela imaginava ser. Gonul conhece um famoso cirurgião no hospital onde trabalha, um homem atraente chamado Tekin (Onur Saylak), com quem descobre ter muito em comum, já que ambos tiveram uma infância difícil, e acabam se apaixonando. O casal planeja se casar, mas, no dia do casamento, uma ex-namorada de Tekin ressurge do passado e começa a revelar segredos de Tekin que causam intrigas no relacionamento. A princípio, Tekin inclusive nega conhecer a garota, mas, Gonul, sem ter a certeza, fica devastada ao acreditar que Tekin esteja mentindo. Quando a ex-namorada é encontrada morta alguns dias depois, Gonul começa a suspeitar que Tekin seja realmente um homem perigoso. Ela decide deixá-lo e ele a agride na sua tentativa de fuga. Gonul consegue escapar e reencontra seu pai, passando a enfrentar um terrível passado que a atormenta. Composta por apenas 13 episódios, Gonul será exibida nas noites de domingo pelo sinal da Telemundo Internacional, sintonizada em países como Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai, Venezuela, entre outros. Até o momento, nenhuma outra emissora latino-americana anunciou sua aquisição. A dublagem em espanhol é produzida nos estúdios mexicanos da Doblajes París, parceira da Universal Cinergía Dubbing.


OUTRAS PRODUÇÕES

O sucesso mais do que esperado proporcionado pelas tramas turcas ainda continua despertando o interesse de canais de toda a América Latina. Para a nova temporada de estreias, títulos como Intikam (versão turca protagonizada por Beren Saat da aclamada série Revenge); Vatanım Sensin (drama histórico que reúne novamente na ficção os protagonistas de Las Mil y Una Noches, Halit Ergenç e Bergüzar Korel); Anne (que reapresenta Cansu Dere, a protagonista de Sila e Ezel, em uma adaptação do drama japonês Mother); Bu Şehir Arkandan Gelecek (que traz o ator de Honor y Respeto, Kerem Bürsin); Cesur ve Güzel (estrelado pelo protagonista de Amor Prohibido, Kıvanç Tatlıtuğ); İçerde (inspirada no filme estadunidense Os Infiltrados); Hayat Yolunda (drama sobre o cotidiano de uma equipe médica de Istambul); Bir Bulut Olsam (que reúne no elenco o ator Engin Akyürek, protagonista de Kara Para Aşk e Fatmagül); Diriliş: Ertuğrul (ambientada numa época a princípios do Império Otomano e também protagonizada por Halit Ergenç); Ulan Istambul (que retrata a vida de um grupo de artistas que pratica fraudes para juntar dinheiro) e Güneşi Beklerken (série juvenil que tem como pano de fundo o universo esportivo) também estão na lista de produções  em fase de dublagem que concorrem à uma vaga na programação de diferentes canais latino-americanos.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Amor Proibido estreia na ZAP Novelas


Neste dia de São Valentim, Angola e Moçambique festejam o amor com a chegada de mais um sucesso da ficção turca à programação da ZAP Novelas. Com previsão de estreia às 18h (AO) / 19h (MZ), Amor Proibido (Aşk-ı Memnu) desembarca em território africano dublada em português para ocupar a vaga de Uma Questão de Honra (Şeref Meselesi), e promete apaixonar os angolanos e moçambicanos com a volta de Beren Saat, atriz conhecida internacionalmente como a intérprete de Fatmagul no drama turco que revolucionou a história da teledramaturgia mundial, alcançando altos índices de audiência em diversos países.

Produzida entre 2008 e 2010, tendo como base uma obra clássica da literatura turca escrita em 1899 por Halid Ziya Uşaklıgil, Amor Proibido narra uma história romântica marcada por momentos de paixão e vingança e além disso conta com um toque de sensualidade que certamente arrebatará corações. O elenco principal se destaca com as atuações do galã Kıvanç Tatlıtuğ e dos coadjuvantes Selçuk Yöntem, Nebahat Çehre, Hazal Kaya, Batuhan Karacakaya, acompanhados por um grande time de talentos.


SINOPSE

Adnan (Selçuk Yöntem) é um homem de negócios respeitável e rico, cuja esposa faleceu há onze anos. Viúvo, seguiu em frente com os dois filhos pequenos e dedicou sua vida inteira a protegê-los. Além disso, também se responsabilizou pela educação de seu sobrinho Behlul (Kıvanç Tatlıtuğ), que perdeu sua família em um acidente de carro há vários anos.

Com tantas responsabilidades, Adnan nunca imaginou que chegaria a se apaixonar novamente, até encontrar a jovem e bela Bihter (Beren Saat), filha de uma família nobre que também compartilha um passado trágico. Alguns anos atrás, Melih, o pai de Bihter, ao saber que sua esposa Firdevs (Nebahat Çehre­) o havia traído, sofreu um forte ataque cardíaco. Depois de sua morte, a família enfrentou grandes dificuldades financeiras e Bihter se deixou consumir por um grande ódio contra sua mãe, pois a culpa pela morte de seu pai.

Bihter descobre que Firdevs está interessada em Adnan, principalmente por causa de sua fortuna, então, encontra a oportunidade perfeita para se vingar se casando com ele. Pouco tempo depois de começarem a se encontrar, Adnan propõe casamento a Bihter, apesar da forte objeção de sua família e especialmente de sua filha Nilay (Hazal Kaya). Mesmo assim, o casamento acontece e Bihter se muda para a casa de Adnan, onde juntos iniciam uma nova etapa de suas vidas.

Behlul, o sobrinho de Adnan, é um típico playboy, com quem, a princípio, Bihter não se simpatiza, já que, algum tempo atrás, ele havia se comprometido com a irmã dela, mas foi infiel. Behlul, que também não vê com bons olhos a relação entre Bihter e seu tio, bem que tentou convencer Adnan a não levar adiante seu casamento, mas nada o impediu.

Com o tempo, Behlul sente-se atraído por Bihter e ambos acabam por se aproximar. No início, Behlul nega seus sentimentos e pensa em propor casamento a sua namorada como um meio para fugir dessa situação, mas logo percebe que está profundamente apaixonado. Bihter, por sua parte, também luta contra seus sentimentos e se refugia no marido tentando resistir à atração pelo rapaz. Quando Behlul anuncia o noivado com a sua namorada, Bihter percebe a intensidade de seus sentimentos, ao mesmo tempo em que Behlul confessa seu desejo por ela... Assim, um amor proibido e secreto começa a florescer, dando origem a fortes emoções e intrigas.


PERSONAGENS

BIHTER YOREOGLU (Beren Saat)

Aos seus 25 anos, se formou recentemente em Relações Públicas por uma universidade dos Estados Unidos. É uma jovem muita bonita que, junto de sua mãe, pertence à alta sociedade. Vive perturbada pelas fofocas sobre sua mãe e sempre amou muito o seu pai, a quem ela perdeu recentemente. Desde a infância não mantém uma boa relação com sua mãe, situação esta que piora anos depois, quando a vê com outro homem durante uma visita à fazenda. Esta traição causa a morte de seu pai, Bihter acusa sua mãe e passa a odiá-la. Seu maior medo é ser reconhecida como sua mãe e ser parecida com ela, pois, o fato de ser a filha da Sra. Firdevs faz com que ela seja vista dentro dos círculos sociais como uma jovem apenas para passar o tempo e não para se casar. Ao conhecer Adnan e se dar conta de que ele quer se casar com ela, Bihter sofre uma grande transformação. A diferença de idade ou o fato de não poderem ter filhos não a impede de tentar um relacionamento. O temperamento calmo de Adnan a faz recordar o pai que ela perdeu e Bihter espera dele o mesmo afeto que recebia do pai. Mas é claro que sendo a filha da Sra. Firdevs, se vê afetada inconscientemente pelos bens e pelas contas bancárias de Adnan, isso porque deseja ser mais poderosa que sua mãe, para quem o dinheiro representa um poder supremo. Depois de se casar, Bihter tenta controlar a vida de Adnan e conquistar o carinho dos filhos do marido, a fim de formarem uma verdadeira família, mas percebe que tudo é em vão. Bihter descobre que Adnan é exatamente o homem que ela pensou, mas não consegue despertar por ele nada além de respeito, pois não sente amor e não há paixão entre eles. Neste aspecto, Bihter é miserável, é uma mulher que nunca experimentou a paixão, mesmo sendo jovem. Entretanto, o coração de Bihter bate de maneira diferente após conhecer Behlul, um parente de Adnan, e os dois se tornam vítimas da paixão, mesmo contra toda sua resistência.


BEHLUL HAZNEDAR (Kıvanç Tatlıtuğ)

É um parente distante de Adnan. Na verdade, são primos distantes, mas Behlul o chama de “tio”. É universitário e tem aproximadamente 25 anos. Não tem sucesso nos estudos, pois raramente comparece às aulas. É um boêmio que adora lugares de entretenimento. Rapaz despreocupado, simpático e que vive cada momento. Tem um bom comportamento com seu tio, que vive alheio às coisas que o sobrinho faz, pois, para ele, se faz passar por um bom menino. Sua família mora em outra cidade e Behlul convive com a família de Adnan desde o ensino médio, sob os cuidados do tio. Ocasionalmente, a família de Behlul envia dinheiro para ele, assim como ele também consegue tirar algo do tio Adnan. Mesmo assim, vive sempre sem dinheiro, já que é um grande esbanjador. Está determinado a não se apegar a nenhuma mulher. Ao conhecer Bihter, passa a gostar muito dela, mas, a princípio, não demonstra interesse depois de notar o desejo de seu tio por ela. Behlul passa a admirá-la e quando Bihter chega à sua casa como a esposa de seu tio, tenta manter distância, mas uma irresistível atração surge entre eles. Behlul pretende que Bihter experimente com ele a paixão que ela não pode viver com Adnan, deseja que ela o ame e esteja próximo a ele. Embora no início Bihter resista aos seus encantos, acabar por cair na armadilha de Behlul, mas tenta manter o relacionamento a uma certa distância. Porém, quando Bihter se apaixona loucamente por ele, as coisas realmente saem fora do controle e os dois passam a viver um amor proibido. Com o tempo, Behlul se cansa de Bihter e, ao perceber que Nilay se tornou uma bela mulher, aceita se envolver com ela, não só para ficar mais próximo da riqueza da família, como, também, para se livrar de Bihter. Mas Bihter não aceitará a derrota facilmente.


ADNAN ZIYAGIL (Selçuk Yöntem)

É um homem extremamente rico. Tem 55 anos e é um verdadeiro cavalheiro. Mora em Istambul e tornou-se mais reservado após ter perdido sua esposa. Deixou os seus negócios nas mãos de seus representantes legais e de vez em quando os acompanha a partir do escritório de sua casa ou, quando necessário, comparece às reuniões da junta de diretores. Sua esposa morreu pouco tempo depois do nascimento de seu filho Bulent. Adnan é dedicado aos filhos, é um homem carinhoso, cheio de amor e de bastante calma. É um viúvo cobiçado, apesar de não frequentar muito as reuniões dos círculos sociais. Conhece Bihter como a filha do Sr. Melih, por quem ficou muito triste quando este faleceu. O estado de Bihter o comoveu durante o funeral do pai dela e desde então Adnan passou a gostar da jovem, a sonhar com ela e a segui-la à distância. Enquanto Bihter costumava visitar o túmulo do pai todos os dias, Adnan frequentemente visitava o túmulo da esposa e, após um curto período de tempo, essas coincidências fizeram com que ambos se permitissem conversar, confiar um no outro e se conhecer mais intimamente. Para Adnan, não importa que Bihter seja a filha de Firdevs, pois ele não faz questão de saber ou de ouvir o que dizem sobre ela. Adnan não é mulherengo e está realmente impressionado com a beleza de Bihter. Triste por ter perdido sua esposa depois de doze anos de casamento, Adnan tenta dar o seu melhor para que seus filhos não sintam a falta da mãe. Por isso, pensa principalmente em como Nilay irá reagir com a notícia de que ele está apaixonado e decidido a se casar com Bihter e tenta prepará-la para esta situação com a ajuda de sua preceptora. Mesmo assim, começa a deixar a filha de lado devido ao amor que sente por Bihter, por quem se rende completamente. Fica no meio dos conflitos entre Nilay e Bihter.


FIRDEVS YOREOGLU (Nebahat Çehre­)

É uma mulher de aproximadamente 50 anos. Bonita e ambiciosa, é alvo frequente das colunas sociais. Tem duas filhas: Bihter e Peyker, que é casada. Se casou com pouca idade e perdeu recentemente o seu marido. De personalidade forte, Firdevs é atraente e extravagante e atrai a atenção de muitos homens, o que faz com que outras mulheres não gostem dela. Elegante, gosta de seguir a moda e não perde um convite a fim de manter sua popularidade. Mesmo tendo passado pouco tempo após a morte de seu marido, Firdevs não deixa de sair e tem sido o nome mais importante nos eventos de Istambul, isso desde que Melih, seu marido, ainda era vivo. Com a morte de Melih, se vê obrigada a economizar o seu dinheiro, mas, por outro lado, tem feito o que pode para não ficar de fora de nenhum evento social. Enfrenta uma rivalidade aberta com suas filhas, principalmente com Bihter, com quem disputa em juventude e beleza e a quem vê como sua principal concorrente. Sedutora, após a morte de seu marido vê em Adnan um forte candidato para marido e coloca seus olhos sobre ele. Apesar disso, Adnan deseja ter Bihter como sua esposa, mesmo com a diferença de idade entre eles. Quando esse desejo é revelado, a competição oculta entre Firdevs e Bihter vêm à tona e mãe e filha acabam por declarar guerra uma a outra.


NILAY ZIYAGIL (Hazal Kaya)

É uma jovem de 18 anos de idade. É formada pela Escola Secundária Francesa. Tornou-se mais sensível e frágil desde que perdeu sua mãe onze anos atrás. Por um bom tempo após este acontecimento, Nilay sequer podia falar e desde então sofre com crises de desmaios. Adnan é extremamente preocupado com o estado de saúde de sua filha e a leva a diversos médicos, até seu desmaio ser diagnosticado como algo psicológico. Adnan, inclusive, acha que em algumas ocasiões Nilay desmaia para testar o seu amor. Nilay passou por crises de choro quando seu irmão nasceu, mas, desde o momento em que sua babá colocou Bulent nos braços dela e pediu a ela que o criasse, a garota acolheu seu irmão com uma responsabilidade diferente. Nilay age como uma verdadeira mãe para Bulent, e Besir, que também convive com eles, é outra que está sob a responsabilidade de Nilay, que a considera como uma irmã. Sendo ela a mãe da casa e a queridinha de seu pai, fica desorientada quando Bihter aparece de repente e se opõe duramente ao ouvir de seu pai a decisão de se casar novamente. Somente depois de fazer o pai prometer que continuará a amá-la como sempre, é que Nilay aceita o casamento. É uma boa amiga para Behlul, mas brigam feito crianças e ela nem percebe que o rapaz a explora. Nilay torna-se uma bela jovem e se prepara para a universidade. Seu comportamento também muda especialmente depois que Bihter entra na casa. Percebendo a mudança de Nilay, Behlul se interessa por ela e a amizade entre os dois se transforma em amor.


BULENT ZIYAGIL (Batuhan Karacakaya)

É um agaroto de 11 anos. Perdeu sua mãe com apenas um ano de idade. Cresceu cercado pelo afeto e pela preocupação de Nilay e Deniz. Nilay, além de ser sua irmã mais velha é como se fosse sua mãe e sua amiga na hora das brincadeiras. É o único que não se deixa afetar pelo casamento de seu pai com Bihter, já que ela o conquistou antes de todos. No entanto, ao chegar à mansão de Adnan, Bihter decide enviar Bulent para estudar na Suíça e, assim, se livrar de uma responsabilidade. Nilay é quem mais sofre com a partida de Bulent.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Os dubladores de O Que a Vida me Roubou (SBT)


Produzida por Angelli Nesma para a Televisa, no México, em 2013, O Que a Vida me Roubou (Lo Que la Vida me Robó) é inspirada livremente em uma história original de Caridad Bravo Adams, a mesma adaptada anteriormente para a televisão em duas ocasiões, Bodas de Odio (1983) e Amor Real (2003). Com Angelique Boyer e Sebastián Rulli à frente do elenco, a versão atual se destaca pela volta de Luis Roberto Guzmán ao gênero das telenovelas e também marca o retorno de Gabriela Rivero ao time de atores da Televisa. O elenco do folhetim integra ainda grandes nomes da televisão mexicana, como Daniela Castro, Rogelio Guerra, Ana Bertha Espín, Eric del Castillo, Grettell Valdez, Alberto Estrella, Sergio Sendel, Carlos de la Mota e diversos talentos da casa. Após seu lançamento no Brasil, em 2015, pela plataforma de vídeos Netflix, onde ficou disponível por pouco tempo, O Que a Vida me Roubou chegou à televisão aberta brasileira recentemente pelo SBT, canal em que é exibida desde janeiro com uma nova dublagem, desta vez realizada pela Rio Sound Estúdios, do Rio de Janeiro. A seguir, conheça o elenco de dubladores que dá voz aos personagens de O Que a Vida me Roubou, cuja direção de dublagem leva a assinatura de Márcia Morelli e Thiago Fagundes:


Fernanda Crispim: Angelique Boyer (Monserrat Mendonça Giacinti)

Peterson Adriano: Sebastián Rulli (Alessandro Almonte Dominguez)

Vinícius Barros: Luis Roberto Guzmán (José Luis Álvarez / Antônio Olivares)

Isis Koschdoski: Daniela Castro (Graziela Giacinti de Mendonça)

Reinaldo Pimenta: Rogelio Guerra (Lauro Mendonça São Romão)

Marlene Costa: Gabriela Rivero (Carlota Mendonça São Romão)

Christiano Torreão: Osvaldo Benavides (Demétrio Mendonça Giacinti)

Flávia Saddy: Verónica Jaspeado (Josefina Valverde)

Mônica Magnani: Grettell Valdez (Maria Zamudio)

Márcio Dondi: Alberto Estrella (Joventino Zamudio)

Júlio Chaves: Eric del Castillo (Padre Anselmo Quiñones)

Mariangela Cantú: Ana Bertha Espín (Rosário Dominguez)

Rodrigo Antas: Ferdinando Valencia (Adolfo Arguelles “Escorpião”)

Regina Maria Maia: Alejandra García (Nádia Arguelles de Medina)

Malta Júnior: Sergio Sendel (Pedro Medina)

Flávia Fontenelle: Margarita Magaña (Esmeralda Ramos)

José Leonardo: Carlos de la Mota (Renato Solares)

Carla Pompilio: Alejandra Procuna (Sofia Garcia de Peralta)

Mário Cardoso: Juan Carlos Barreto (Macário Peralta)

Gutemberg Barros: Alejandro Ávila (Vítor Hernandez)

Larissa de Lara: Issabela Camil (Amélia Betrand de Arechiga)

Ricardo Vooght: Luis Xavier (Joaquim Arechiga)

Evie Saide: Ilithya Manzanilla (Angélica Arechiga Betrand)

Teline Carvalho: Natalia Juárez (Virgínia Arechiga Betrand)

Ronaldo Júlio: Alexis Ayala (Ezequiel Basurto)

Marcelo Sandryni: Alexis Ayala (Ezequiel Basurto - apenas 2ª aparição)

Márcio Aguena: Iván Caraza (Tomás Valverde)

Priscila Amorim: Lisset (Fabíola Guillén Almonte / Fabíola Almonte Giacinti)

Marco Moreira: Francisco Gattorno (Sandro Narváez)

Alfredo Martins: Luis Uribe (Capitão Inácio Robledo)

Marize Motta: Patricia Conde (Florência Robledo)

Patrícia Garcia: Jessica Mas (Tenente Mônica Renteria)

Hélio Ribeiro: Marco Uriel (Efrain Loreto)

José Santa Cruz: Juan Romanca (Gaspar Zamudio)

Oscar Henriques: Luis Gatica (Bruno Gamboa)

Jeane Marie: Joss Waleska (Manuela)

Márcia Morelli: Rocío Gallardo (Susana)

Mônica Barros: Maru Dueñas (Zulema)

Naiaama Belle: Talia Rivera (Célia)

Rodrigo Oliveira: Ricardo Kleinbaum (Samuel Barajas)

Ângela Bonatti: Lizetta Romo (Violeta de Icaza)

Cafi Balloussier: Osvaldo de León (Sebastião de Icaza)

Sérgio Stern: Alfredo Adame (Benjamim Almonte)

Duio Botta: Ignacio Casano (Benjamim Almonte - Jovem)

Alexandro Borba: Enrique Montaño (Jacinto)

Enzo Dannemann: Óscar Daniel Duarte (Lauro “Laurinho” Almonte Mendonça)

Mariana DondiAna Paula Martínez (Vitória Hernández Arguelles)

Sérgio Fortuna: Ricardo Vera (Dr. Cervera)

Renato Rosenberg: Julio Vega (Dr. Carrera)

Leonel Abrantes: José María Negri (Juiz Gonçalo)

Nando Sierpe: Daniel Rascón (Capanga)

Maurício Berger: Esteban Franco (Carcereiro)

Ana Lúcia Menezes: Leonor

Johnny Wallace: Miguel

Rebeca Joia: Rosário - Jovem

Myriam Thereza: Margarida

Waldyr Sant’Anna: Padre Renato