segunda-feira, 24 de abril de 2017

A Dona do Paraíso estreia no Mais Globosat


Uma nova produção da Telemundo, dos Estados Unidos, em parceria com a TVN - Televisión Nacional de Chile, chega hoje (24) ao Brasil através do canal pago Mais Globosat. A estreia de A Dona do Paraíso, originalmente intitulada Dueños del Paraíso, está marcada para às 22h50 e promete ser mais um sucesso de repercussão como suas antecessoras do gênero “narconovela” já transmitidas pelo canal, como Pablo Escobar: O Senhor do Tráfico e A Rainha do Tráfico.

Estrelada pela mexicana Kate del Castillo, A Dona do Paraíso foi lançada nos Estados Unidos em 2015 e seu roteiro, escrito pelo chileno Pablo Illanes, nos transporta à Miami do final da década 70, quando o narcotráfico se apoderava da cidade, para relatar a história de uma mulher marcada pela violência e cuja ambição a leva a usar o narcotráfico como meio para se tornar uma das mulheres mais poderosas de sua época, que encontra nos negócios ilícitos de seu marido a riqueza que sempre sonhou. Sua sede de poder a leva a desrespeitar qualquer limite na hora de escolher suas vítimas e, disposta a tudo para derrotar seus inimigos, ela conhecerá os dissabores da traição e a impossibilidade de viver o verdadeiro amor.

O elenco da superprodução conta também com a participação de Jorge Zabaleta, José María Torre, Adriana Barraza, Miguel Varoni, Ximena Duque, Alberto Jiménez, Tony Dalton, María Elena Swett, Tiago Correa, Guillermo Quintanilla, Sofía Lama, Geraldine Bazán, Juan Pablo Llano, Andrea López, Pepe Gámez, Gabriel Valenzuela, Ariel Texido, Margarita Muñoz, María Luisa Flores, Yuly Ferreira, Ana Osorio, Jorge Hernández, Beatriz Monroy, Rachell Vallori, Alberto Mateo, Daniela Wong, Maxi Iglesias e muitos outros.

O primeiro capítulo de A Dona do Paraíso vai ao ar nesta segunda-feira (24), às 22h50, pelo Mais Globosat.


SINOPSE

Cada cidade é um tabuleiro de xadrez onde as paixões humanas se enfrentam estrategicamente. O tabuleiro, neste caso, não é o clássico quadrado branco e preto, mas sim, uma cidade tropical, invejada pelo mundo inteiro: Miami. Na história que conhecemos, Miami nasceu do turismo, de suas praias e de seu clima. Porém, não é bem assim. A verdadeira história é que Miami surgiu em meio a uma época turbulenta que marcou o destino de todo o país e a fez de capital do sol a capital da droga.

Neste ambiente de crime, violência e alianças perigosas, uma mulher traída se levanta como a implacável rainha branca do jogo: Anastásia Cardona (Kate del Castillo), que fará deste paraíso de praias solitárias, um império à sua maneira, para os seus caprichos e para os seus excessos.

A história começa em 1977, em Bahia Porvenir, uma localidade costeira do México, onde se comemora o aniversário de Anastásia Cardona, a atraente e encantadora esposa de Nataniel Cardona (Guillermo Quintanilla), um mafioso do narcotráfico local.

Durante a comemoração, um grupo armado interrompe a festa, com o objetivo de eliminar Nataniel. À beira da praia, Anastásia observa apavorada como os seus guarda-costas levam Nataniel na lancha, com destino incerto. Protegida por alguns homens da segurança, Anastásia permanece na fazenda, esperando recomendações. As suspeitas recaem sobre o Cartel de Santa Norma, comandado pelo mafioso colombiano Leandro Quesada (Miguel Varoni), inimigo implacável de Cardona.

Enquanto isso, em Miami, uma família chega à cidade. Os Romero são mexicanos e estão dando um grande passo se mudando para os Estados Unidos. Adan Romero (José María Torre) chega junto de sua mulher, Verônica (Geraldine Bazán), e de sua filha Luciana (Daniela Wong), a um condomínio chamado Panorama Villas, onde conhecem ao chileno Conrado San Miguel (Jorge Zabaleta), vendedor de maconha em pequena escala e administrador do local. Conrado lhe apresenta sua mulher, Érica (Ximena Duque), modelo e aspirante a atriz. Este primeiro encontro marca Adan e Érica para sempre.

Na Fazenda Cardona, três homens desarmam o sistema de segurança e agridem Anastásia brutalmente, como vingança contra Nataniel. Este fato determina a personalidade de Anastásia, que fica obcecada com a ideia de eliminar os seus três agressores. Renato Maldonado (Tony Dalton), fiel guarda-costas de Anastásia, se encarrega de cobrar justiça contra os dois primeiros, mas, o terceiro, Ignacio Elizondo (Juan Pablo Llano), continua vivo sem que Anastásia saiba.

Adan descobre que seus novos chefes o tem enganado, não somente sobre sua futura residência, como, também, sobre seu salário. Conrado se oferece para participar de seu pequeno negócio de venda de maconha, contribuindo com seu conhecimento em finanças e administração. Sem comunicar sua família e motivado por seu desejo de seguir em frente com sua família, pagar a operação de sua mãe doente e conquistar o sonho americano, Adan aceita. Ambas as famílias, os Romero e os San Miguel, se unem mais que nunca, enquanto a atração sexual entre Adan e Érica se intensifica.

A pedido de Nataniel, Anastásia decide viajar a Miami levando cocaína. Anastásia se encontra com Nataniel e percebe que algo está diferente. Não tarda em descobrir que seu marido tem uma amante, se trata de Gina Bianchi (Margarita Muñoz), sua assistente, que além disso, está esperando um filho dele. Cega pelo ódio e pela raiva, Anastásia decide se vingar.

Motivado pelo desejo de ganhar mais dinheiro e sob ameaça de morte, Conrado decide aceitar a proposta de outro chileno, Mário Alejandro Esparza (Tiago Correa), que vende cocaína e se oferece para participar do negócio. Anastásia chega a Miami disposta a tudo, com um só objetivo: tomar conta do negócio de venda de droga no sul da Flórida e distribuir nos Estados Unidos. Para conseguir isso, oferece uma sociedade a Adan, Conrado e Esparza. Sem saber no que estão se metendo, os sócios aceitam a proposta.

Obcecada após aquela agressão no passado e a traição de seu marido, Anastásia desenvolve uma personalidade cruel, carregada de ódio e ressentimento contra os homens. Mas, isso não a impede de admirar Conrado, que se encarrega de conquistá-la e deixá-la apaixonada.

Porém, toda a violência e morte que esta nova prosperidade econômica deixa em sua passagem por Miami, graças ao negócio das drogas, não passa desapercebida pela polícia de Miami e pelo DEA, que começam a intensificar sua guerra contra o tráfico. Por esta razão, os sócios decidem buscar outras maneiras de enviar a droga a Flórida e, disposta a tudo a fim de derrotar seus concorrentes, Anastásia inicia uma vingança pessoal contra todos àqueles que se opõem a ela.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

SBT prepara a reestreia de No Limite da Paixão

Catorze anos após sua primeira emissão pelo SBT, um dos títulos mais recordados entre os melodramas mexicanos voltará a ocupar em breve a programação do canal paulista. No Limite da Paixão, folhetim conhecido originalmente como “Entre el Amor y el Odio”, foi lançado pela Televisa em 2002 e pouco mais de um ano depois desembarcou no Brasil. Agora, retorna para sua primeira reprise e será a responsável por substituir a reapresentação de Rubi, que já caminha para suas emoções finais.

Inspirada livremente na radionovela “Cadena de Odio”, romance original de Hilda Morales de Allouis, a história de No Limite da Paixão foi adaptada para a televisão pela atriz e escritora Liliana Abud, sob a produção de Salvador Mejía Alejandre e rendeu aos renomados atores Susana González e César Évora os primeiros créditos da trama.

Com as participações de Sabine Moussier e Alberto Estrella na pele dos vilões principais, o melodrama também conta com nomes de peso na teledramaturgia mexicana, como María Sorté, Carmen Salinas, Silvia Manríquez, Fabián Robles, Luz Elena González, Mauricio Aspe e Felicia Mercado. Ainda relembra a saudosa atuação de Marga López, Joaquín Cordero, Enrique Lizalde, Ninón Sevilla e Miguel Córcega e apresenta Luis Roberto Guzmán - no ar atualmente pelo SBT em O Que a Vida me Roubou - como destaque em um dos núcleos centrais da telenovela.

No início de No Limite da Paixão, Ana Cristina (Susana González) e Otávio (César Évora), são completos desconhecidos, porém, a última vontade de Fernando Villareal (Joaquín Cordero), tio de Otávio e protetor de Ana Cristina, obriga o sobrinho a se casar com a moça para que possa receber sua herança. Logo no primeiro encontro de ambos, uma relação conflituosa se inicia entre insultos e bofetadas e a partir daí, profundos sentimentos alimentados pelo amor e pelo ódio marcarão a vida do casal, que viverá em pé de guerra e terá que lidar diariamente com enfrentamentos que se intensificarão dia a dia, ainda mais com as intrigas de Frida (Sabine Moussier) e Maciel (Alberto Estrella), que se unirão para impedir a felicidade Ana Cristina e Otávio.

A reestreia de No Limite da Paixão pelo SBT deve ocorrer em meados de maio, dividindo o horário de seus capítulos iniciais com os últimos capítulos de Rubi.

sexta-feira, 14 de abril de 2017

ZAP Novelas anuncia a estreia de Mulheres de Negro


O mês de maio marca a grande estreia de mais uma aposta internacional na programação da ZAP Novelas. O canal, que exibe com exclusividade diversas produções dubladas em português, estreia brevemente em Angola e Moçambique a recente produção mexicana Mulheres de Negro (Mujeres de Negro), realizada por Carlos Moreno para a Televisa em 2016, que reúne à frente do elenco três atrizes queridas pelo público, Mayrín Villanueva, Alejandra Barros e Ximena Herrera, em um thriller policial carregado de suspense, mistérios, romance e muita ação.

De curta duração, a telenovela de apenas 52 capítulos é inspirada na série finlandesa Mustat Lesket/Black Widows (2014), uma ideia original de Laura Suhonen, adaptada em sua versão mexicana por Martha Carrillo e Cristina García. Rompendo com o estilo tradicional das telenovelas clássicas, a história combina elementos narrativos envolventes de modo a contar o drama de três esposas que encontram a solução ideal para deixar para trás a vida infeliz na qual vivem ao armarem um plano para assassinar os seus maridos. Daí em diante, essas três mulheres terão que aprender a viver com o medo e a angústia devido ao crime que cometeram e que não foi perfeito, pois deixou mais problemas do que elas imaginam.

Entre os nomes que integram o elenco de Mulheres de Negro também figuram o de Arturo Peniche, Diego Olivera, Alexis Ayala, Leticia Calderón, Bruno Bichir, Marcelo Córdoba, Mark Tacher, Francisco Gattorno, Lourdes Reyes, Emmanuel Palomares, Manuel Ojeda, Julieta Egurrola, Lilia Aaragón, Diego Escalona, Pedro Sicard, Marco de Paula, Yolanda Ventura, Issabela Camil, Jean Paul Leroux, Lupita Lara, Juan Ángel Esparza, Iván Caraza, Paola Real, Adanely Núñez, Arlette Pacheco, Ricardo Franco, Jonnathan Kuri, Sandra Kai, Jony Hernández, Michael Gregorio e muitos outros.

Confira a chamada de estreia de Mulheres de Negro, na ZAP Novelas.


quarta-feira, 12 de abril de 2017

Os dubladores de Amo Despertar Contigo


Adaptação da telenovela colombiana Pobre Pablo (2000), Amo Despertar Contigo - ou simplesmente Despertar Contigo - foi lançada pela Televisa, no México, em 2016 e contou com as atuações estelares de Daniel Arenas e Ela Velden. Gravada em belas locações litorâneas sob a produção de Pedro Damián, a comédia romântica reúne um elenco de talentos recém-chegados à produtora mexicana, como Sara Corrales, Aura Cristina Geithner, Enoc Leaño, Anna Ciocchetti, Leticia Huijara e vários outros, além de contar com a participação dos ex-rebeldes Christian Chávez e Estefanía Villareal e de Gonzalo Peña como um dos principais antagonistas. Dublada em português no Brasil pelo estúdio paulista Sigma, Amo Despertar Contigo estreou em Angola e Moçambique no último mês de março e atualmente ocupa a vaga de Cachito do Céu na programação noturna da ZAP Novelas. A seguir, conheça com exclusividade os nomes dos principais atores que emprestam sua voz aos personagens do folhetim, em sua versão dublada dirigida por Denise Simonetto, Antônio Moreno, Raquel Marinho, Mirna Rodrigues e Henrique Canales:


Fábio Azevedo: Daniel Arenas (Pablo Hermínio Leal Ventura)

Bruna Matta: Ela Velden (Maia Alcalá Gonzalez)

Priscila Franco: Sara Corrales (Cindy Reyna)

Rogério Vieira: Gonzalo Peña (Frederico Villegas)

Sandra Mara Azevedo: Aura Cristina Geithner (Antonia Santamaria)

Marco Antônio Abreu: Rodrigo Murray (Eládio Vallejo)

Marcelo Salsicha: Enoc Leaño (Othon Alcalá)

Raquel Marinho: Mara Cuevas (Carmen Gonzalez de Alcalá)

Denise Reis: Leticia Huijara (Talía Ventura de Leal)

Márcio Vaz: Christian Chávez (Cristian Leal Ventura)

Isabela Guarnieri: Roberta Damián (Jenny Paola Leal Ventura)

Walter Cruz: Armando Silvestre (Silvestre Leal)

Alex Barone: Alejandro Calva (Rafael Reyna)

Maria Cláudia Cardoso: Anna Ciocchetti (Cinthia Madrigal / Isaura Hidalgo de Reyna)

Léo Caldas: Marcus Ornellas (Nestor Valenzuela / Nestor Leal)

Henrique Reis: Daniel Tovar (Rodolfo Soler)

Veridiana Benassi: Estefanía Villareal (Frida Diaz de la Vega)

Daniel Figueira: Sebastián Poza (Abel “Mosquito” Rojas)

Lia Mello: Natasha Esca (Tatiana Vallejo Santamaria)

Kátia Campos: Luz Aldán (Flora)

Carolina Ruis: Isidora Vives (Rosália)

Vyni Takahashi: Emilio Caballero (Monkey)

Michel Di Fiori: Lucas Bernabé (Wilson)

Robson Vigiani: Alejandro Valencia (Ferney)

Vanderlan Mendes: Eloy Ganuza (Álvaro)

Gilmar Lourenço: Arturo García Tenorio (Ismael)

Heitor Assali: César Rodríguez Ureña (Raymundo)

Renata Villaça: Martha

Ricardo Fábio: Maurício

Rita Ávila: Úrsula

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Boom TV anuncia a estreia de Doce Amor


Uma doce história romântica é a próxima novidade do canal Boom TV, transmitido em Angola e Moçambique, exclusivamente pela operadora DStv. Com uma programação variada, que combina atualmente a exibição de novelas turcas, portuguesas, brasileiras e mexicanas, em idioma português, além de filmes, seriados e diversos programas internacionais, a emissora lança em sua grade no dia 29 de maio a produção argentina Doce Amor (Dulce Amor), versão original da história que conquistou o mundo e inspirou adaptações locais na Colômbia (Dulce Amor), México (Hasta el Fin del Mundo) e Chile (El Amor lo Manejo Yo), nos últimos anos.

Produção de 2012, criada por Quique Estevanez, Doce Amor (Dulce Amor) conta com a atuação de Carina Zampini e Sebastián Estevanez nos papéis principais, acompanhados por Juan Darthés, Segundo Cernadas, Laura Novoa e um vasto elenco de atores convidados e participações especiais.

Tendo como pano de fundo uma fábrica de doces muito famosa, a história gira em torno dos amores e desamores das irmãs Bandi, donas do maior império de doces no país. Victoria (Carina Zampini), a irmã mais velha, é quem está à frente da empresa. Embora ela ignore, Lorenzo (Segundo Cernadas), seu namorado, tem sido o principal obstáculo para que a empresa prospere e a família enfrenta um de seus piores momentos.

Apesar das dificuldades de Victoria, as voltas da vida fazem com que Marcos (Sebastián Estevanez), um ex-piloto de corrida, acabe por se tornar o motorista particular desta mulher sem alegria. A chegada deste homem à família mudará o destino das Bandi em todos os níveis possíveis. Julián (Juan Darthés) é o melhor amigo de Marcos e juntos dedicam cada hora livre preparando o carro de corrida de Marcos. Porém, quando o fechamento imprevisto da oficina onde trabalham deixa a ambos no olho da rua, Julián segue os passos de Marcos e acaba se tornando o motorista da irmã de Victoria, Natacha (Calu Rivero), uma bela mulher quinze anos mais jovem que ele, que o deixará louco e fará estremecer seu casamento com Gaby (Laura Novoa).

Doce Amor ainda conta com a presença de Sol Estevanez, Georgina Barbarossa, Arturo Bonín, María Valenzuela, Mercedes Oviedo, Rocío Igarzabal, Graciela Pal, Esteban Prol, Nicolás Riera, Jorge Sassi, Micaela Vázquez e grande elenco. A atração irá ao ar com dublagem brasileira para Angola e Moçambique, às 17h45 (CAT), a partir do dia 29 de maio, em substituição ao folhetim luso-angolano A Única Mulher.

Canal Eva anuncia a estreia de A Outra Cara da Alma


No próximo dia 12 de abril, mais uma história de amor e ódio inédita desembarca no continente africano através do canal Eva. Estrelada por Gabriela Spanic, chega à programação vespertina da emissora a trama mexicana A Outra Cara da Alma (La Otra Cara del Alma), produção de Rita Fusaro para a Azteca, lançada em 2012, que traz ainda rostos conhecidos internacionalmente, como Eduardo Capetillo e Michelle Vieth.

Remake de “El Ángel Caído” (1985), história original produzida pela Televisa, a nova versão com Gabriela Spanic conta, em 130 capítulos, como a inocência e a doçura da pequena Alma (Gala Montes) foram apagadas após a morte de seus pais durante uma noite chuvosa, em um terrível acidente onde somente ela conseguiu se salvar. Seu tio Carlos (Sergio Bonilla), que, antes do ocorrido os havia expulsado de sua mansão devido a uma suposta fraude, decide junto de sua esposa Josefina (Saby Kamalich), resgatar Alma do orfanato e lhe oferecer uma vida de luxos ao lado de sua prima Daniela (Ana Sofía Durán).

Os anos passam, Alma (Gabriela Spanic) e Daniela (Michelle Vieth) crescem como irmãs, amadas igualmente por Josefina. Entretanto, Alma continua alimentando um profundo rancor contra sua tia por não ter ajudado seus pais, e contra Carlos, por considerá-lo culpado pela morte deles. Tomada por uma maldade sem limites, Alma não se deixará amedrontar diante de nada para alcançar seus objetivos e buscará vingar seus pais e recuperar a herança que lhe corresponde. Porém, Roberto Monteagudo (Eduardo Capetillo), um bem-sucedido homem de negócios, chegará não só para conquistar seu coração, mas também o de Daniela. Os impulsos destrutivos de Alma, porém, jogarão contra ela e Alma terá que decidir entre perseguir sua vingança ou se deixar vencer pelo amor.

O elenco do folhetim também contempla atores como Jorge Alberti, Saby Kamalich, Sergio Kleiner, Lambda García, Melissa Barrera, Verónica Langer, Cecilia Piñeiro e Ramiro Huerta, entre outros nomes. A Outra Cara da Alma será exibida às 13h (CAT), dublada em português, para Angola e Moçambique, e em inglês, para os demais países que sintonizam o canal Eva na África.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Zuria Vega e Daniel Arenas protagonizam Mi Marido Tiene Familia

Longe dos melodramas desde que protagonizou Que te Perdoe Deus... Eu Não (2015), Zuria Vega está de volta aos estúdios da Televisa para o próximo projeto do produtor Juan Osorio: “Mi Marido Tiene Familia”, nova aposta que o executivo apresentou à imprensa na última sexta-feira (31), revelando boa parte do elenco que estará envolvida em mais esta produção.

Ao lado do galã colombiano Daniel Arenas, visto recentemente na televisão mexicana em Amo Despertar Contigo, Zuria se reunirá com toda a equipe da telenovela no próximo dia 10 abril, data prevista para o início das gravações, cuja direção de cena estará a cargo do também ator Héctor Bonilla, que com este desafio marca o seu retorno à emissora.

Conhecido anteriormente como “Inesperadamente Tú”, o folhetim está previsto para contemplar 80 capítulos e sua história será responsável por ocupar a vaga atual de “El Bienamado”, na faixa das 20h, a partir do início de junho.

Com um elenco de luxo, que marcará também o retorno da grande atriz Silvia Pinal à teledramaturgia depois de mais de seis anos, a proposta servirá de palco para as atuações de talentosas figuras do espetáculo mexicano como Jessica Coch, Diana Bracho, Olivia Bucio, Luz María Jerez, Rafael Inclán, Lola Merino, Emilio Osorio, Juan Vidal, Federico Ayos, Regina Orozco, Gabriela Platas, René Casados, Jade Fazer, Barbara Islas, José Pablo Minor, Marco Muñoz, Ignacio Cassano, Emilio Osorio, Regina Orozco, Marcos Montero, Laura Vignatti, Ligia Uriarte, Xavi Galan e muitos outros.

Ainda sem muitos detalhes sobre a sinopse da nova história, especula-se que a trama seja uma versão livre da série sul-coreana “My Lovely Sam Soon”, de 2005. Por sua vez, Zuria Vega adiantou que sua personagem será uma mulher muito trabalhadora e ativa, que se dedica à produção de séries. Já Daniel Arenas, encarnará um cirurgião plástico que dedicará sua vida a cuidar de crianças vítimas de queimaduras.

As gravações externas de Mi Marido Tiene Familia terão como cenário a cidade histórica de Oaxaca, no México, reconhecida pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, desde 1987.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Band anuncia a estreia de Amor Proibido entre suas novidades para 2017

Na última quarta-feira (29), a Band reuniu no restaurante Casa Bossa, no Shopping Cidade Jardim, zona sul da capital paulista, grande parte de seu staff e executivos da imprensa para apresentar ao mercado publicitário suas novas atrações para o ano de 2017. Tendo como anfitriões os jornalistas Ana Paula Padrão e Ricardo Boechat, o evento do canal do Morumbi anunciou aos convidados a estreia de sete atrações inéditas que farão parte da nova grade ao longo do ano.

Focada no entretenimento, no jornalismo e no esporte, a Band confirmou que os destaques da programação ficarão por conta dos formatos estrangeiros, que ganharão versões brasileiras, como o show de talentos infantil “Little Big Shots” e o programa de namoros “Primeiro Encontro”, onde o público poderá acompanhar as surpresas, decepções e amores de um casal que sai junto pela primeira vez; o reality “Shark Tank Brasil - Negociando com Tubarões”, na qual investidores buscarão empresas inovadoras nas quais investir dinheiro; a superprodução “Era Uma Vez Uma História”, que experimentará um formato misto entre ficção e documentário e será apresentado pela historiadora Lilia Schwarcz e pelo ator Dan Stubalch em quatro episódios; a série de reportagens “Ana Paula Padrão.Doc”, onde a jornalista abordará temas contemporâneos sob uma nova perspectiva e o programa de ilusionismo “Efeito Carbonaro”, comandado por Michael Carbonaro, que acompanhará a vida deste popular mestre da ilusão.

Já no quesito teledramaturgia, o grande trunfo ficará por conta de “Amor Proibido” (Aşk-ı Memnu), ficção turca que novamente levará ao público a atuação de Beren Saat, atriz que cativou o público brasileiro em Fatmagül - A Força do Amor, exibida por aqui em meados de 2015. Prevista para substituir a compatriota Ezel, em exibição atualmente, por volta de junho, a atração foi sucesso de público na Turquia, onde chegou à TV originalmente em 2008 e foi exibida em duas temporadas, até 2010. O sucesso, porém, cruzou fronteiras e o folhetim de Beren Saat conquistou boa acolhida em vários países árabes do Oriente Médio e, mais recentemente, no continente americano, onde já foi exibida no Chile, Peru, Equador, Argentina e Uruguai.

Inspirada em um clássico da literatura turca, escrito em 1899 por Halid Ziya Uşaklıgil, a história de Amor Proibido ganha vida ao contar o romance entre um jovem casal marcado por um amor impossível. Bihter, caracterizada por Beren Saat, interpreta uma jovem tão bela, quanto infeliz, que odeia sua mãe e a culpa pela morte de seu pai. Kıvanç Tatlıtuğ, que pode ser visto atualmente em Ezel como Oito, personifica Behlül, o sobrinho de Adnan (Selçuk Yöntem), um viúvo milionário de Estambul com quem Bihter aceita se casar para chatear a mãe, que já havia enxergado no ricaço a solução perfeita para os seus problemas econômicos. Porém, o inevitável acontece: Behlül se apaixona pela jovem esposa de seu tio, que acaba por correspondê-lo e apesar da culpa que sentem, surge entre eles um amor proibido que trará grandes consequências para cada membro da família.

À atração internacional se soma ainda as novas temporadas do “MasterChef Profissionais” e “X Factor Brasil”, além das partidas da “Copa das Confederações FIFA de 2017”, diretamente da Rússia.

quinta-feira, 30 de março de 2017

Amo Despertar Contigo estreia na ZAP Novelas


Em mais um dia de estreia, chegou à ZAP Novelas, em Angola e Moçambique, nesta quarta-feira (29), uma nova história protagonizada por Daniel Arenas e Ela Velden: Amo Despertar Contigo, folhetim mexicano produzido por Pedro Damián e lançado pela Televisa em 2016. Adaptação da telenovela colombiana Pobre Pablo (2000), a comédia romântica é narrada através das atuações de grandes talentos da ficção internacional e reúne em seu elenco nomes como Sara Corrales, Gonzalo Peña, Aura Cristina Geithner, Enoc Leaño, Alejandro Calva, Mara Cuevas, Armando Silvestre, Christian Chávez, Estefanía Villarreal, Anna Ciocchetti, Rodrigo Murray, Leticia Huijara e muitos outros.

A atração é exibida de segunda a sexta-feira, dublada em português exclusivamente para Angola (19h) e Moçambique (20h), em substituição a Cachito do Céu.


SINOPSE

Pablo Hermínio (Daniel Arenas) é um homem apaixonado por seu trabalho, o qual consiste em proteger a quem possa estar em perigo. Seu instinto heroico se deve em parte ao seu avô, Silvestre (Armando Silvestre), bombeiro aposentado, e ao seu pai, Hermínio Leal (Paco Morales), bombeiro morto em cumprimento de seu dever. Após a morte de seu pai, sua mãe Talía (Leticia Huijara), lhe proibiu terminantemente de seguir o ofício paterno e Pablo, querendo ser útil para a sociedade, decidiu se transformar em guarda-costas, e no melhor.

Desempenha sua atividade na escolta com profissionalismo e responsabilidade, já que é o principal líder de sua família. Há cinco anos é namorado de Cindy (Sara Corrales), uma sexy e possessiva mecânica, ansiosa para se casar com ele, apesar de que, no fundo, ambos sabem que já não se amam como no princípio e estão juntos por “costume”, ela, porém, precisa se casar com Pablo para que seu pai lhe deixe como herança a oficina mecânica com a qual ela deseja empreender o negócio de sua vida e se empenha ao máximo para isso.

Maia Alcalá (Ela Velden) é uma bela jovem, inteligente, refinada e encantadora. Tem vivido toda a sua vida entre luxos e fartura e seu grande coração a faz ser generosa com aqueles que não tiveram a mesma sorte. Trabalha em um hospital desde uma tragédia familiar que afetou sua vida e que lhe deu uma grande sensibilidade em favor das pessoas que necessitam de atenção e ajuda, especialmente as crianças. Sua ocupação não é muito bem vista por seu pai, Othon (Enoc Leaño), que sempre desejou ter um filho homem que pudesse dar continuidade aos seus negócios e, na falta disso, teria esperado que sua filha se interessasse pelos assuntos administrativos e comerciais para ajudá-lo. Por isso, Othon tem pressa em casá-la com algum bom partido que possa colaborar nas empresas da família. Este “bom partido” é Frederico (Gonzalo Peña), filho de um destacado político mexicano, no entanto, Frederico esconde que sua família está na ruína e que essa é a verdadeira razão pela qual deseja se casar com Maia.

Othon Alcalá, o pai de Maia, é um poderoso empresário comerciante de flores, que fez sua fortuna mediante seu talento para os negócios e certas mentiras que lhe deram a possibilidade de ascender social e economicamente. Aprendeu a esconder sua origem humilde e conseguiu acumular uma certa fortuna. Frequentando os círculos da classe alta, conheceu Carmen (Mara Cuevas), a mãe de Maia, uma mulher milionária e de boa família, que lhe permitiu subir de posição. Othon, por sua vez, nunca conseguiu se livrar do complexo de ter sido um homem pobre e se comporta como um novo rico, o que por sinal o torna muito simpático. Além de progredir em seus negócios, Othon se interessa por duas coisas na vida: casar sua filha com Frederico Villegas, a quem considera um partido inigualável para ela; e vencer de Antonia Santamaria (Aura Cristina Geithner), sua principal rival, nos negócios.

Antonia e Othon viveram um intenso amor na juventude, o mesmo que se transformou em ódio quando ela descobriu que Othon era pobre e que havia mentido sobre sua origem para ascender socialmente graças a ela e sua família. Apesar de Othon realmente ter se apaixonado por ela, nada conseguiu deter a fúria de Antonia, que piorou quando soube que Othon havia se casado com Carmen, sua melhor amiga. A partir de então, Antonia lhe declarou guerra nos negócios e ambos buscam a menor oportunidade para incomodar um ao outro.

Após salvá-la de uma tentativa de sequestro, Antonia contrata Pablo como seu guarda-costas e quando ele a acompanha a um congresso de floricultores, conhece Maia. O encontro acontece de maneira confusa e Antonia faz com Maia acredite que Pablo é um empresário milionário e propicia um romance entre os jovens com o objetivo de se vingar de Othon mais adiante.

O amor entre Maia e Pablo torna-se tão intenso que resiste às mentiras de Antonia e a uma série de confusões e mal-entendidos que vão acontecendo na história. Neste caminho, Cindy insiste em se casar com Pablo, e Frederico com Maia, e após muitos conflitos, ambos os jovens se veem obrigados a terminar sua relação, cada um acreditando que o outro está mentindo e traindo. Para ficarem juntos, terão que superar os seus problemas, recuperar a esperança e a confiança e conciliar suas profissões para continuarem a fazer o bem aos outros.


PERSONAGENS

PABLO HERMÍNIO LEAL VENTURA (Daniel Arenas)

Tem 26 anos. Trabalha como guarda-costas. É nobre, disciplinado e comprometido. Profissional, responsável e honesto, apesar de ser ingênuo e muito desligado nos assuntos relacionados ao amor. Quando era pequeno, seu avô lhe apresentou o Manual do Bom Bombeiro, um conjunto de regras éticas e de resgate que Pablo segue com convicção. Irmão de Cristian e Jenny Paola. É filho de Hermínio Leal e de Talía, uma mulher trabalhadora e determinada. Carrega no sangue o desejo de ajudar e dar a vida pelos outros, por isso tornou-se guarda-costas quando sua mãe lhe impediu de ser bombeiro como o seu avô e o seu pai, que morreu exercendo sua função. É o chefe da escolta que protege Antonia. É namorado de Cindy, uma mecânica com quem convive há vários anos e, apesar de estar com ela mais por costume e dever do que por amor, está disposto a casar-se com ela. Ao conhecer Maia, sua vida dá um giro, pois se apaixona completamente por ela. Apesar de querer seu bem e de tentar ser sincero, deve mentir para ficar ao seu lado.


MAIA ALCALÁ GONZALEZ (Ela Velden)

Tem 23 anos. Bonita, vivaz e inteligente, é bastante curiosa e sempre está em busca de coisas que possam surpreendê-la. Maia tem tudo para ser feliz: a casa perfeita, um pretendente que parece ser o ideal e um pai milionário que lhe satisfaz em quase tudo. Apesar disso, mantém sua humildade. Maia é uma jovem que desfruta da boa vida e também sente afinidade pelas causas nobres. É filha de Carmen e Othon. Sofreu muito com a morte de Gael, seu irmão mais novo, a quem perdeu em um acidente fatal oito anos atrás. Estudou medicina e está sempre preocupada em ajudar os demais. Tem um pretendente rico e obsessivo, Frederico Villegas, mas não o ama, pois o considera hipócrita. Por esta razão, se apaixona imediatamente pela serenidade e honestidade de Pablo... mesmo sem saber o que ele lhe esconde.


CINDY REYNA (Sara Corrales)

Tem 25 anos. Ambiciosa, impulsiva e muito mandona, não tolera que as coisas não sejam feitas como e quando ela deseja, pois está acostumada a ter o que quer pelo simples fato de ser bonita. Com seu estilo vulgar, é sedutora mesmo sem querer e lhe custa muito trabalho ser fiel e estar com apenas um homem. Mas, apesar de ser infiel por natureza, deseja se casar com Pablo (Hermínio, para ela), apenas para que seu pai lhe deixe como herança a oficina mecânica onde Cindy sempre trabalhou. É filha de Rafael e não conhece sua mãe, porque ela a abandonou poucos meses depois de seu nascimento. Além disso, cresceu em um bairro violento e tem trabalhado desde pequena. Tudo isso a tornou uma jovem rude e destemida.


FREDERICO VILLEGAS DUARTE (Gonzalo Peña)

Tem 28 anos. Bonito, manipulador, orgulhoso, egoísta e supérfluo, é filho de um político que perdeu seu dinheiro em um mal negócio feito por Frederico. Sempre foi um garoto mimado e rico que tem feito o que quer. Seus pais o tem convencido a conquistar o coração de Maia para que essa união lhes devolva o esplendor econômico que perderam. Mas, a quem conquista de imediato é ao pai dela, Othon, que fica fascinado com o aparente poder e as influências de sua família e por ser filho de Fausto, um político de renome, e o contrata em sua empresa. Frederico se dedica dia e noite a tentar conquistar, sem resultados, o coração de Maia.


ANTONIA SANTAMARIA (Aura Cristina Geithner)

Tem 45 anos. É a mulher que emprega Pablo como seu guarda-costas pessoal em uma importante empresa produtora e distribuidora de flores. É impulsiva e voluntariosa. Tem dinheiro, beleza e poder. Não tem medo de nada, nem de ninguém. É a principal rival de Othon Alcalá no negócio da floricultura e sua rivalidade vem de um amor mal resolvido no passado. É casada com Eládio Vallejo, um homem de excelente posição econômica, a quem não ama, mas que lhe serviu para aparentar que havia superado sua separação de Othon. São pais de Tatiana Santamaria, uma jovem que atualmente estuda fora do país. Antonia tem passado muitos anos à espera da oportunidade perfeita para se vingar de Othon e essa oportunidade bate à sua porta no dia em que descobre que Pablo, seu guarda-costas, está apaixonado por Maia, a filha de Othon e Carmen, e usa os jovens para ferir Othon onde mais lhe dói, sem se importar com mais ninguém.


ELÁDIO VALLEJO (Rodrigo Murray)

Tem 47 anos. É um bon-vivant, refinado e de bons costumes. É um homem amoroso e sem máscaras. É marido de Antonia Santamaria. É muito cuidadoso com sua saúde, por isso, frequenta a academia. Apesar de ter sua própria fortuna pessoal, se dedica às relações públicas de sua poderosa mulher e o sucesso dela não é algo que o incomoda. Eládio ama Antonia por força de hábito, já que está com ela há mais de 20 anos. Eládio a quer muito bem e sabe que sua mulher não é uma pessoa fácil.


OTHON ALCALÁ (Enoc Leaño)

Tem 50 anos. De origem humilde, subiu socialmente e tornou-se rico, agora é um empresário bem-sucedido nos Estados Unidos, onde é dono de uma empresa que comercializa flores. Se casou com Carmen Gonzalez, uma rica mulher da alta sociedade. É extremamente competitivo. Adora ostentar e gosta quando o reconhecem por suas conquistas e por sua fortuna. Ama sua filha Maia à sua maneira e se dedica a moldá-la ao seu gosto por conveniência. Também é pai de Gael, que morreu em um acidente. Othon esconde uma grande ferida do passado: esteve profundamente apaixonado por Antonia Santamaria, a melhor amiga de Carmen, mas sua separação foi dolorosa e todo o ódio que sente por ela é o outro lado da moeda daquela paixão que ela lhe despertou algum dia, por isso ambos vivem em uma constante batalha.


CARMEN GONZALEZ DE ALCALÁ (Mara Cuevas) 

Tem 45 anos. É mãe de Maia e foi a submissa esposa de Othon Alcalá. É uma pessoa instruída e com classe, mas o casamento com Othon a tornou uma mulher sombria e sem amor próprio. A tragédia na qual ambos perderam um filho quase a levou à loucura, mas se recuperou por seu imenso amor por Maia. Tentou ser mais ativa e participativa, mas Othon sempre a reprimia. Othon nunca deixou de amar Antonia, a ex-melhor amiga de Carmen. A frustração e o ressentimento a tornaram uma mulher apagada e sem personalidade, até que chegou ao limite e desapareceu de casa sem dizer nada. Seu paradeiro é um mistério.


TALÍA VENTURA DE LEAL (Leticia Huijara)

Tem 47 anos. É mãe de Pablo, Cristian e Jenny Paola. Ficou viúva há alguns anos. Seu falecido marido era bombeiro e morreu exercendo sua função de salvar vidas. Vive trabalhando para cuidar de seus filhos. Pablo lhe ajuda com os gastos, mas ela ainda sustenta Cristian, a quem superprotege, e Jenny Paola, em plena adolescência. Sente um profundo ressentimento contra as pessoas de dinheiro, pois foi por salvar uma família rica que seu marido Hermínio morreu. É dona de um local que aluga a Rafael, o pai de Cindy, onde ele vende mariscos.


CRISTIAN LEAL VENTURA (Christian Chávez)

Tem 20 anos. É o irmão mais novo de Pablo, a quem inveja por todas suas virtudes, que contrastam com suas fraquezas e defeitos. Diferentemente de Pablo, Cristian nunca se destacou na escola, nem por suas habilidades e nunca se interessou por nada. Odeia o fato de Pablo sempre ter sido o melhor em tudo e que tenha conquistado um bom futuro graças ao seu profissionalismo e empenho. Ao contrário, Cristian é um “espertalhão”, um mentiroso e sempre está se metendo em negócios ilegais.


JENNY PAOLA LEAL VENTURA (Roberta Damián)

Tem 13 anos. É a irmã mais nova de Pablo. Em plena fase adolescente, inquieta, curiosa e rebelde, está na expectativa de tudo o que viverá quando crescer, inclusive se apaixonar. Jenny Paola sempre quer passar dos limites, no entanto, são sua mãe e seu avô quem a controlam e Pablo quem a protege. Jenny está continuamente exposta aos perigos que os jovens correm em uma sociedade moderna e dominada pela tecnologia. Tem um pretendente, ainda que ela não saiba, Mosquito, a quem ela considera apenas como um amigo.


SILVESTRE LEAL (Armando Silvestre) 

Tem 70 anos. É o avô de Pablo, pai de Hermínio. Metódico e honrado, leva tatuado em sua mente os princípios do Manual do Bom Bombeiro, os quais ensinou a Pablo para fazer dele um homem de bem e a serviço dos demais. É um homem reto, que representa os melhores valores de honestidade e valor, mas, sua retidão entra em conflito com as gerações mais novas, que buscam a vida fácil e passam por cima dos outros para crescer.


RAFAEL REYNA (Alejandro Calva) 

Tem 50 anos. É pai de Cindy. É um homem que tem trabalhado toda a sua vida. Administra a oficina mecânica onde sua filha Cindy trabalha e a qual pretende lhe deixar como herança quando ela se casar com um homem responsável como Pablo Hermínio. Pertence a uma classe média baixa e trabalha honestamente, apesar de às vezes ser ambicioso e egoísta. Tem um parente muito próximo que conseguiu subir na vida e tornar-se milionário, dando as costas a todo o restante da família, por isso Rafael lhe guarda ressentimento.

CÍNTIA MADRIGAL (Anna Ciocchetti)

Tem 45 anos. Sofreu um acidente há mais de 20 anos e perdeu a memória, algo que o responsável por salvá-la, e que agora é seu marido, Rogélio, o paramédico que a resgatou, tem lhe escondido. Adora cantar música sertaneja e participa em diversos concursos de talentos para ver se algum dia consegue se tornar famosa.


NESTOR VALENZUELA (Marcus Ornellas) 

Tem 28 anos. É guarda-costas e companheiro de Pablo no mesmo centro de treinamento. Apesar de ser mais velho, nunca conseguiu se destacar como ele, por isso alimenta uma profunda inveja. É ambicioso e egoísta e, apesar de aparentar ser um bom companheiro, o trai na primeira oportunidade. Seu rancor pelas conquistas de Pablo produz vários ressentimentos que o tornarão seu inimigo.


RODOLFO SOLER (Daniel Tovar) 

Tem 28 anos. É amigo e assistente de Frederico, a quem apoia em tudo. É bonito e tem um estilo mais discreto que Frederico. Inseguro e tímido. Tem um pequeno problema de pronunciação com a letra “S” e usa óculos, mesmo assim, consegue ter seu charme. É inteligente e tem boas ideias. Trabalha para se manter e continua estudando o mestrado em seus tempos livres.


FLORA (Luz Aldán)

Tem 40 anos. É criativa, engraçada, está de olho em tudo, é alerta, simpática e astuta. É babá de Maia desde que nasceu e a principal empregada doméstica da família Alcalá. É mexicana, mas quando a família se muda para os Estados Unidos, decide ir com eles para continuar ao lado de Maia logo após a tragédia familiar pela qual passaram. É divertida e indiscreta e, sendo uma mulher que nunca teve uma vida própria, sente-se atraída por todos os homens jovens e bonitos que se aproximam da casa, começando por Rodolfo, o amigo de Frederico.


WILSON (Lucas Bernabé) 

Tem 25 anos. É o galã do bairro. Simpático e sexy, gosta de levar vantagem, é chantagista, aproveitador e com aspirações. Trabalha como mecânico na oficina de Rafael. Mantém uma relação secreta com Cindy. São cúmplices e amantes. Apesar de Wilson a amar de verdade, se deixa levar pela possibilidade de tirar vantagem. Não vê a hora de tornar-se chefe, por isso apoia Cindy em seu sonho de ficar com a oficina mecânica de Rafael para torná-lo um negócio “de alto nível”. Sempre está metido em negócios suspeitos.


FERNEY (Alejandro Valencia)

Tem 26 anos. É guarda-costas da família Alcalá, contratado especialmente para acompanhar Maia a todo momento. Está há alguns meses na família e mesmo assim ainda comete alguns erros devido a sua inexperiência e sua boa vontade. Está platonicamente apaixonado por Maia em segredo.


FRIDA DIAZ DE LA VEGA (Estefanía Villareal)

Tem 24 anos. É norte-americana de nascimento, mas mexicana de coração. É filha de imigrantes mexicanos e sente orgulho de sua origem. É a melhor amiga de Maia e se adoram. Extrovertida, rica, despojada e divertida, vive em busca do amor. Apesar de ter tudo, não se importa com as classes sociais e sabe conviver bem como seja e com quem seja. É uma amiga leal e uma cúmplice feroz. É capaz de pôr as mãos no fogo por Maia, a quem conhece desde que eram adolescentes. A única contradição em Frida é que sendo ela tão disposta para o amor, este pareça evitá-la.


ÁLVARO (Eloy Ganuza)

Tem mais de 40 anos. É guarda-costas, mas não tão hábil quanto Pablo, mas honesto, experiente e responsável. Apesar de ter mais idade e mais experiência que ele, Pablo rapidamente o supera por seu perfil de líder. Mesmo assim, Álvaro sempre permanece como um fiel companheiro e um interlocutor que situa Pablo na realidade. É inseguro e um pouco medroso, porém, é um bom homem e um bom amigo para Pablo nos bons e nos maus momentos.


ISMAEL (Arturo García Tenorio) 

Tem 50 anos. Guarda-costas de Othon. Trabalha há 20 anos para a família Alcalá. Conhece todos os seus segredos e sua história. Quando jovem, era amigo de Othon e moravam no mesmo bairro. Sabe que Othon tem uma família “pobre”, por isso Othon o proibiu de revelar qualquer assunto familiar. Quando Othon ascende socialmente, pede a Ismael que se prepare para ser seu guarda-costas e lhe dá trabalho, mas ainda assim, continua sendo seu confidente.


ABEL “MOSQUITO” (Sebastián Poza)

Tem 12 anos. É um garoto do bairro. Menino simpático e esperto. Está secretamente apaixonado por Jenny Paola, a quem segue em todas as redes sociais na tentativa de se comunicar com ela de algum modo, já que na vida real ela o considera pouco menos que invisível. Talía e Silvestre gostam dele e sempre lhe oferecem algo para comer ou lhe oferecem apoio. Quando não está na escola, ajuda na oficina mecânica de Rafael e sempre escuta coisas que não deveria. Todo mundo pensa que vive com sua mãe, mas, na realidade, sua família é um mistério.


TATIANA VALLEJO SANTAMARIA (Natasha Esca) 

Tem 21 anos. É filha de Antonia e Eládio. É uma jovem rica, bonita, caprichosa e voluntariosa, que sempre consegue o que quer. Atualmente cursa seus estudos universitários na Suíça.










sábado, 18 de março de 2017

ZAP Novelas anuncia a estreia de Amo Despertar Contigo


A partir do dia 29 de março, Daniel Arenas (Coração Indomável) e Ela Velden (Muchacha Italiana) estão de volta à ZAP Novelas em Amo Despertar Contigo, nova atração mexicana que chega à programação do canal para ocupar a vaga de Cachito do Céu, que se despede de Angola e Moçambique no dia 28.

Lançada pela Televisa em 2016, Amo Despertar Contigo trata-se de uma nova versão da telenovela colombiana Pobre Pablo (2000) e narra a história de Maia (Ela Velden), uma jovem bondosa e de família rica, que está sempre disposta a ajudar os outros, e de Pablo (Daniel Arenas), um corajoso segurança que não pertence à mesma classe social de Maia e se passa por milionário para tentar conquistar a bela herdeira.

Em Amo Despertar Contigo também participam os ex-rebeldes Christian Chávez e Estefanía Villareal, além de nomes como Aura Cristina Geithner, Enoc Leaño, Sara Corrales, Marcus Ornellas, Sebastián Poza, Gonzalo Peña, Alejandro Calva, Mara Cuevas, Armando Silvestre, Leticia Huijara, Anna Ciocchetti e muitos outros.

Dublada em português, a comédia romântica estreia na ZAP Novelas em Angola, às 19h, e Moçambique, às 20h, no próximo dia 29.

Confira as chamadas de estreia:



segunda-feira, 6 de março de 2017

Hugo Chávez: O Comandante estreia na TNT Brasil

A TNT estreia no Brasil nesta madrugada de segunda (06) para terça-feira, às 0h00, a série colombiana Hugo Chávez: O Comandante (El Comandante), produção da Sony Pictures Television inspirada na vida do militar e ex-presidente de Venezuela, Hugo Chávez, falecido em 2013.

Drama político baseado em fatos reais, combinados com tramas e universos de ficção regados com fortes doses de romance, espionagem, traição e heroísmo, Hugo Chávez: O Comandante é ambientado na Venezuela dos anos 1970 até 2013 e narra em 60 episódios, filmados com qualidade cinematográfica, uma história idealizada por Moisés Naim, com roteiros de Juan Andrés Granados, centrada na figura de um dos líderes latino-americanos mais controversos das últimas décadas.

A atração, estrelada pelo ator colombiano Andrés Parra, já conhecido pelo público graças ao seu trabalho como Pablo Escobar na série Pablo Escobar: O Senhor do Tráfico (Escobar, El Patrón del Mal), ainda conta com um vasto elenco que reúne diversos talentos da televisão internacional, como Stephanie Cayo, Julián Román, Gabriela Vergara, Juan Pablo Gamboa, Albi de Abreu, Paulina Dávila, Marianela González, César Manzano, Sheila Monterola, Vicente Peña, Natalia Reyes, Jimmy Vásquez, Jeanette Lehr, Viña Machado, Johana Morales e muitos outros.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Canal Eva anuncia a estreia de Tanto Amor


Uma nova história romântica chega à programação do Canal Eva no próximo dia 28 de março com a estreia de Tanto Amor, folhetim produzido pela Azteca, lançado no México pelo canal Azteca Trece, em 2015, e exibido simultaneamente a nível internacional através da emissora AZ Mundo, sintonizada em diversos países da América Latina.

Remake da telenovela argentina Pasiones (1988), que curiosamente já havia servido de base para outras duas adaptações também realizadas pela Azteca - Con Toda el Alma (1995) e Por Ti (2002) - a terceira releitura mexicana da trama é estrelada por Melissa Barrera e Leonardo García, traz como antagonista Rossana Nájera e conta um grande elenco composto por nomes como Arap Bethke, Ofelia Medina, Omar Fierro, Matías Novoa, Aura Cristina Geithner, María José Magán, Miri Higareda, Sergio Klainer e muitos outros.

Em Tanto Amor, a história original de Ligia Lezama, reescrita por Mauricio Somuano e Gloria Bautista, narra a desventura amorosa de um casal de apaixonados que ignora a verdade sobre sua origem e de um destino que os une provocando a revelação de segredos, mentiras e traições por trás de suas vidas e a de suas famílias.

Em questão de poucas horas, Mía González (Melissa Barrera) perdeu seu lar e sua mãe. Junto de suas irmãs, Noélia (Adianez Hernández) e Mary (Miri Higareda), passou a viver sob a proteção de Óscar (Sergio Klainer), o patriarca da família Lombardo. Por sua vez, Alberto Lombardo (Leonardo García) acreditava ter o controle de sua vida e do mundo e de ter encontrado o verdadeiro amor em Oriana (Rossana Nájera), sua namorada, mas isso está a ponto de acabar.

A morte inesperada de seu avô, Óscar, o faz voltar da Espanha para a fazenda da família Lombardo, a mais poderosa da região. Mía e Alberto se conhecem e lutam para negar o sentimento que nasceu na noite em que ela o salvou; mesmo assim, ele decide se casar com Oriana e descobre neste mesmo dia que ela mantém um relacionamento com um amante. Um forte senso de justiça leva Mía e Alberto a buscarem a verdade e uma forma de ficarem juntos, pois o amor que surgiu desde a primeira vez que se viram se tornou um amor sublime, puro e incondicional.

A produção de Tanto Amor é assinada por Rita Fusaro. A atração conta com 120 capítulos e estreia em Angola e Moçambique dublada em português. Para os demais países do continente africano onde o Canal Eva é sintonizado, a exibição acontece dublada em inglês.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Os dubladores de Amor Proibido


Drama turco produzido pela companhia Ay Yapım, Aşk-ı Memnu é inspirado na obra literária homônima, escrita originalmente em 1899 por Halid Ziya Uşaklıgil. Lançada em 2008, a versão televisiva trouxe como protagonista a premiada atriz Beren Saat e contou com duas temporadas que foram ao ar na Turquia até 2010, pela emissora Kanal D. Depois de conquistar o mercado latino-americano, onde já foi transmitida em países como Chile, Peru, Equador, Argentina e Uruguai, o folhetim chegou também ao continente africano, onde é exibida atualmente em Angola e Moçambique dublada em português, sob o título Amor Proibido, pelo canal pago ZAP Novelas. Conheça a seguir os nomes dos principais dubladores que dão voz aos personagens de Amor Proibido, dublada em São Paulo pelos estúdios Sigma, sob a direção de Silvio Giraldi e Mirna Rodrigues.


Priscila Ferreira: Beren Saat (Bihter Yoreoglu)

Spencer Toth: Kıvanç Tatlıtuğ (Behlul Haznedar)

Alessandra Araújo: Nebahat Çehre (Firdevs Yoreoglu)

Cássius Romero: Selçuk Yöntem (Adnan Ziyagil)

Jussara Marques: Hazal Kaya (Nilai Ziyagil)

Enrico Espada
: Batuhan Karacakaya (Bulent Ziyagil)

Mara Lídia Manetti: Zerrin Tekindor (Denise DeCourton)

Maíra Paris: Nur Fettahoğlu (Peyker Yoreoglu Onal)

Rodrigo Nanal: İlker Kırmaz (Nihat Onal)

Ricardo Fábio: Recep Aktuğ (Hilmi Onal)

Cyntia Moran: Zerrin Nişancı (Aynur Onal)

Yuri Chesman
: Baran Akbulut (Besir Elci)

Antônio Moreno: Rana Cabbar (Suleyman Kahya)

Rosana Beltrame: Fatma Karanfil (Sayeste)

Cássia Biceglia: Evren Duyal (Nesrin)

Lívia Simardi: Pelin Ermiş (Cemile)

Érica Kou
: Ufuk Kaplan (Katya Melinkov)

Fernanda Hartmann: Eda Özerkan (Elif Bender)

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

As telenovelas turcas dubladas em espanhol - Parte 2

Para conferir a primeira parte da publicação, clique aqui.


KAÇAK (Kaçak)

Canal do grupo mexicano Azteca, o Azteca America, com programação voltada principalmente ao público hispânico residente nos Estados Unidos, também se aventurou na onda dos dramas turcos com a estreia de Kaçak, série dramática de êxito internacional, que chegou à emissora no dia 01 de fevereiro de 2016, ocupando a faixa nobre da programação. Exibida originalmente pela rede ATV da Turquia, onde teve seu lançamento em 2013, Kaçak foi uma produção da Süreç Film e contou com a atuação do ator Gürkan Uygun, o principal intérprete da ficção, em cuja história dá vida a um pai de família que ao descobrir que já não pode fugir de seu passado, se vê envolvido em uma guerra contra seus antigos adversários da máfia. Seu personagem, Serhat, trabalhava como policial quando matou o filho de um reconhecido chefe da máfia turca e por esta razão se vê obrigado a mudar de identidade e a fugir para um pequeno vilarejo, onde inicia uma vida tranquila como proprietário de uma cafeteria. Porém, sua vida dá um giro inesperado quando se transforma em um herói local do dia para a noite ao capturar um criminoso e impedir o roubo a uma joalheria. Sua atitude e sua imagem se destacam em todos os noticiários nacionais e, apesar de preservarem sua identidade, a máfia consegue localizá-lo e assassinam o seu filho. A partir desse momento, Serhat se enche de ódio e dá início a um elaborado plano de vingança. Dublada em espanhol pelos estúdios Caaliope Dubbing & Distribution, até então Kaçak foi exibida no continente americano apenas nos Estados Unidos.



NO TE ENAMORES (Kaderimin Yazıldığı Gün)

No te Enamores... del Hombre que Compró tu Vientre chegou ao canal Megavisión, no Chile, no dia 04 de fevereiro de 2016, logo após a despedida de sua compatriota Gümüs, com a missão de reforçar a programação vespertina do canal. Realizada na Turquia pela produtora O3 Medya e lançada pela emissora Star TV, em 2014, sob o título original de Kaderimin Yazıldığı Gün, que em tradução livre quer dizer “O Dia em que Meu Destino foi Escrito”, a trama apresenta como protagonistas o trio formado por Özcan Deniz, Hatice Şendil e Begüm Kütük Yaşaroğlu, e discorre sobre o polêmico tema das barrigas de aluguel, problemática que desata uma série de intrigas na vida de um rico casal que enfrenta dificuldades para gerar um filho e recorre uma jovem desesperada por dinheiro a fim de realizar um sonho que parece impossível. Em No te Enamores, Karaman (Özcan Deniz) é o filho mais velho da abastada família Yörükhan e infelizmente não consegue conceber um filho com sua esposa Defne (Begüm Kütük Yaşaroğlu). Após uma desagradável reunião familiar onde o julgam por não poder dar um herdeiro à família, o casal decide contratar uma bela jovem de nome Elif (Hatice Şendil), para que sirva de barriga de aluguel. Entretanto, devido a um acidente, um óvulo de Elif é usado no procedimento médico, o que inevitavelmente a torna mãe biológica da criança. Entre vários conflitos, Elif não somente lutará para recuperar seu filho ao descobrir a verdade, como, também, despertará profundos sentimentos por Karaman. O roteiro de No te Enamores é similar ao de Mujer Comprada, folhetim argentino de 1986, do qual também foram feitas versões posteriores no México, em 2009, e na Rússia, em 2015. Para sua exibição no mercado latino-americano, a atração foi dublada em espanhol pelos estúdios DINT Doblajes Internacionales, no Chile, e além deste, também foi exibida em países como Peru (Latina), onde recebeu o título de Una Parte de Mí, e no Uruguai (Canal 10), onde foi rebatizada de Elif: Una Parte de Mí.



20 MINUTOS (20 Dakika)

No Equador, outra emissora que resolveu apostar nas produções otomanas foi o canal Teleamazonas, com a estreia do drama policial 20 Minutos (20 Dakika), no dia 04 de abril de 2016. Adaptação do filme estadunidense 72 Horas (The Next Three Days), de 2010, e que por sua vez é um remake de Tudo Por Ela (Pour Elle), longa-metragem francês de 2008, a série 20 Minutos foi produzida na Turquia em 2013 pela companhia Ay Yapım e exibida originalmente pela Star TV. Com ligeiras modificações em relação ao roteiro original do filme, a trama de apenas 25 capítulos mantém a história de uma mulher que é presa por um crime que não cometeu e seu marido se vê na obrigação de libertá-la. Esta mulher é Melek (Tuba Büyüküstün), que vive uma vida feliz e tranquila ao lado do marido e de seus dois filhos. Porém, o que parecia uma vida perfeita, muda no mesmo dia em que a polícia bate à porta de sua casa e a leva presa por homicídio. Ninguém entende o que aconteceu e a vida de toda a família dá um giro radical a partir desse momento. Ali Halaskar (İlker Aksum), seu marido, que sempre soube manter uma postura reta, tenta provar a inocência de Melek por todos os meios possíveis, mas, ao perceber que nada tem surtido efeito, decide quebrar todas as regras necessárias a fim de ver sua esposa livre outra vez, sem imaginar que neste crime muitos interesses estão envolvidos. O elenco de 20 Minutos ainda integra o ator Fırat Çelik, conhecido internacionalmente por seu papel como Mustafá em Fatmagül - A Força do Amor (Fatmagül'ün Suçu Ne?). Produzida no México, a dublagem em espanhol de 20 Minutos foi realizada pelo estúdio Doblajes París, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing, e até agora a ficção foi exibida em território latino-americano apenas no Equador.



MEDCEZIR (Medcezir)

Anunciado para o dia 19 de abril de 2016, o capítulo de estreia de Medcezir no Chile foi ao pelo canal Megavisión apenas um dia depois (20), em decorrência da exibição de um documentário especial veiculado na noite do dia 19, dedicado ao ex-presidente chileno Patricio Aylwin, falecido naquela data. Versão livre da aclamada série estadunidense The O.C.: Um Estranho no Paraíso (The O.C.), Medcezir foi escrita pela mesma roteirista de Fatmagül e Amor Prohibido e seu lançamento na Turquia se deu em 2013, através da emissora Star TV, onde conquistou alta sintonia. O drama é mais um título da produtora Ay Yapım e é liderada pelo ator Cagatay Ulusoy, o mesmo protagonista de El Secreto de Feriha. Sua história segue a vida de Yaman (Cagatay Ulusoy), um rapaz de poucos recursos que mora junto de sua mãe, o irmão e o padrasto em um bairro pobre de Istambul. Guerreiro, honesto e trabalhador, o jovem é envolvido no roubo de um carro e vai parar na cadeia. Encrencado, conhece Selim (Balis Falay, o Ali de Ezel), um renomado advogado que enxerga muito potencial em Yaman, o resgata e, compadecido, o leva para viver em sua luxuosa mansão. Selim se torna o seu benfeitor e pede ao rapaz que termine seus estudos e alcance suas metas. O caminho parece não ser fácil e Yaman passar a conviver com pessoas que não conhece, descobrindo um mundo totalmente diferente daquele com o qual estava habituado. Ao mesmo tempo, se prepara para iniciar seus estudos de Direito e torna-se amigo do filho de sua nova família, o tímido Mert (Taner Ölmez). Yaman também conhece um grupo de jovens milionários que pensam apenas em se divertir, mas entre eles encontra o amor em uma garota que mudará sua vida para sempre, a bela Mira (Serenay Sarıkaya), que terá que decidir entre ele e Orkun (Metin Akdülger), seu pretendente esnobe, mesmo contra a oposição de sua mãe classista. A versão de Medcezir dublada em espanhol foi produzida pelo estúdio DINT Doblajes Internacionales, no Chile, em parceria com o estúdio Civisa Media, da Argentina, que ficou encarregado de dublar apenas as falas do protagonista Yaman. Além do Chile, onde encerrou sua exibição recentemente, Medcezir é transmitida atualmente em países como Estados Unidos e Porto Rico (Pasiones) e Argentina (Canal 13).



HONOR Y RESPETO (Şeref Meselesi)

Primeira aposta turca para o horário nobre do canal, Honor y Respeto chegou à Telemundo em Porto Rico no dia 02 de maio de 2016, após o sucesso de suas antecessoras ¿Qué Culpa Tiene Fatmagül? e Secretos, exibidas na faixa vespertina. Inspirada na série italiana L'Onore e il Rispetto (2006), a versão otomana nasceu em 2014 nos estúdios da companhia D Productions e foi exibida originalmente pelo Kanal D, na Turquia, no mesmo ano. Através de um elenco atraente e de uma história cativante, Honor y Respeto narra o drama de dois irmãos de personalidades totalmente opostas, Yigit (Kerem Bürsin) e Emir Kılıç (Sükrü Özyildiz), que após a morte do avô paterno deixam seu povoado no interior da Turquia e se mudam com os pais para a capital Istambul, onde pretendem iniciar uma nova vida. Na cidade grande, a vida de todos passa por uma grande mudança quando a família é convencida por um agiota chamado Sadullah (Taner Turan) a investir em um negócio muito caro e a abrir uma joalheria. A loja é saqueada antes mesmo de abrir as portas e vendo sua vida arruinada, Hasan (Şerif Erol), o pai dos rapazes, se suicida. A tragédia marca a vida dos irmãos, que decidem vingar a morte do pai, cada um à sua maneira. Yigit, que não respeita a lei, busca justiça com as próprias mãos, diferentemente de Emir, que se une às autoridades para conduzir o caso por vias legais. Paralelamente, os irmãos conquistam a atenção de três jovens do bairro, Silbel (Yasemin Allen), Derya (Şükran Ovalı) e Kübra (Burcu Biricik), que iniciam uma disputa pelo coração dos rapazes. A partir daí, as vidas destes cinco jovens fica marcada não somente por uma questão de honra, como, também, pelo amor e o ódio. Dublada no México pelos estúdios Doblajes París, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing, a versão em espanhol desta produção chegou pouco tempo depois ao país norte-americano, onde foi ao ar pela emissora Azteca, rebatizada de Cuestión de Honor. A ficção também já conta com uma dublagem em português, realizada pelos estúdios Sigma, de São Paulo, cuja versão foi recentemente exibida em Angola e Moçambique pela ZAP Novelas.



MERCY (Merhamet)

Atendendo à demanda do público hispânico, o canal Pasiones dos Estados Unidos também se deixou convencer pela “turcomania” e lançou em sua programação no dia 03 de maio de 2016 a produção internacional Mercy, conhecida originalmente como Merhamet (Misericórdia, em turco), adaptação televisiva do romance “Kahpereng”, escrito por Hande Altaylı em 2012. Realizada pela Most Production e lançada na Turquia, pelo Kanal D, em 2013, Mercy relata a história de Narin (Özgü Namal), uma jovem de família pobre e com um pai alcoólatra e aproveitador, que tem superado as dificuldades da vida e lutado contra a pressão da família para que ela abandone os estudos. Sua saga começa em um pequeno vilarejo do interior, mas termina em Istambul, onde sua sorte começa a mudar. Já na capital, o destino de Narin cruza com o caminho de Deniz (Burçin Terzioğlu), a filha de uma rica família, e as duas jovens tornam-se amigas no mesmo instante. Deniz ajuda Narin a se adaptar à vida na cidade grande e, em troca, Narin lhe oferece uma sincera amizade e torna-se uma brilhante advogada. Entretanto, Irmak (Yasemin Allen), a irmã mais nova de Deniz, com ciúmes, se empenha em recuperar a irmã que Narin lhe tomou e deixa sua luxuosa vida na Suíça para voltar a Istambul, disposta a acabar com essa amizade. Irmak, porém, não está sozinha e volta a Turquia acompanhada de Fırat (İbrahim Çelikkol), um atraente gerente de banco. Narin se dá conta de que Fırat foi seu primeiro amor ainda na infância e se magoa ao perceber que o rapaz nem ao menos parece reconhecê-la. O escritório de advocacia onde Narin trabalha a encarrega de cuidar do caso de Sermet Karayel (Mustafa Üstündağ), um sujeito suspeito para quem o banco onde Fırat trabalha concedeu crédito e a quem Narin conhece de muito tempo atrás. A proximidade com Fırat faz com que Narin descubra rapidamente que estava enganada e que o amor que ela pensava ter morrido continua vivo e está renascendo das cinzas, complicando ainda mais a sua vida. Produzida no México pelos estúdios Made in Spanish, a dublagem de Mercy em espanhol também foi utilizada para sua exibição em Porto Rico, onde a ficção também foi lançada em maio de 2016, pelo canal Wapa TV.



SELIN: UN AMOR INOLVIDABLE (Gecenin Kraliçesi)

Meryem Uzerli, atriz alemã que cativou os seguidores da produção de época El Sultán na pele da sultana Hürrem, voltou a brilhar na tela do Canal 13, no Chile, no dia 28 de junho de 2016, com a estreia de Selin: Un Amor Inolvidable (Gecenin Kraliçesi, “Rainha da Noite” em turco), ficção realizada pela produtora O3 Medya e exibida originalmente pela emissora Star TV, da Turquia, no início de 2015. Em Selin - Un Amor Inolvidable, Meryem Uzerli dá vida à personagem-título, uma jovem perfumista que vive com seus pais na cidade francesa de Grasse. A história tem início 30 anos antes, com a morte do pai de Kartal (Ilgaz Ceribas), garoto que depois de ter ficado órfão é acolhido pelo próprio assassino de seu pai, Aziz (Uğur Polat), um poderoso empresário turco que vive junto de sua querida filha Esra (Funda Eryiğit). Anos mais tarde, viúvo e milionário, Aziz faz de Kartal (Murat Yıldırım) um empresário de sucesso e seu braço-direito e concede a ele a mão de sua filha Esra. Kartal chega a França em uma viagem de negócios e conhece Selin, com quem rapidamente faz amizade e vivencia um intenso e fugaz romance de uma noite, cercados pela bela paisagem e por um brilho especial. Apesar da promessa do casal de voltar ficar juntos aconteça o que acontecer, Kartal deve voltar a Turquia, onde a esposa, o sogro e o trabalho o esperam como de costume. Quatro anos depois, a bela Selin viaja a Turquia junto de seu filho de três anos e durante a viagem conhece um homem mais velho que mostra a ela uma vida plena. Esse homem é Aziz, que pela primeira vez depois da morte de sua esposa, sente-se atraído por outra mulher e, profundamente impressionado pela beleza de Selin, a convida para morar com ele em Istambul. Ela aceita sua proposta e inevitavelmente volta a se encontrar com Kartal no lugar menos provável. A partir daí, o amor que ambos sentiram no passado começa a renascer, mas, apesar do vínculo que os une, se vêem separados pelas más intenções de Aziz. Selin: Un Amor Inolvidable foi dublada em espanhol no Chile pelos estúdios DINT Doblajes Internacionales, em parceria com o estúdio argentino Civisa Media, que se encarregou de dublar as falas da protagonista Selin, mantendo a mesma dubladora que já havia sido a voz de Meryem Uzerli em El Sultán. Até o momento, o romance de Selin e Kartal foi exibido em território latino-americano apenas pelo Canal 13 do Chile.



¿QUIÉN SE ROBÓ MI VIDA? (O Hayat Benim)

Depois de alcançar bons resultados com os dramas turcos, o Canal 10 do Uruguai adquiriu mais um título até então inédito na América Latina e lançou no dia 04 de julho de 2016 sua quarta aposta: ¿Quién se Robó mi Vida? (O Hayat Benim), que em tradução livre significa “Essa Vida é Minha”. Produzida pela companhia Pastel Film, a história nasceu na Turquia em 2014 e foi exibida pelo canal local da Fox em quatro temporadas. A atração tem como eixo central a história de Bahar (Ezgi Asaroğlu), uma jovem ingênua que leva uma vida modesta em um bairro humilde de Istambul. Devido às dificuldades econômicas, Bahar abandona a escola e começa a trabalhar em uma confeitaria para ajudar a família. O que ela não imagina é que todos escondem um segredo sobre sua origem. Bahar nasceu em berço de ouro, mas seu avô, totalmente contra a relação de sua filha Hasret (İclal Aydın) e Mehmet Emir (Sinan Albayrak), mentiu à Mehmet dizendo que sua filha havia morrido e ocultou sua gravidez. Não satisfeito com isso, entregou sua neta aos empregados da casa, Ilyas (Süleyman Atanısev) e Nuran (Yeşim Ceren Bozoğlu), que juntos de Efsun, a orgulhosa filha do casal, iniciaram uma nova vida junto à doce Bahar. A garota tornou-se uma jovem otimista e trabalhadora, enquanto sua irmã Efsun (Ceren Moray) sempre foi totalmente o oposto. Enquanto Bahar faz todo o possível para que sua irmã seja feliz, Efsun só pensa em lhe causar dano e será capaz até mesmo de roubar sua vida. Isso porque, prestes a morrer e atormentado pela culpa, o avô decide revelar a verdade ao milionário Mehmet e falece em seguida. A partir deste momento, a vida de Bahar e de ambas as famílias começam a mudar, mas, não pelo rumo natural, e sim, provocando uma troca de destinos, pois a ambição de Nuran faz com que a filha que seja entregue não seja Bahar, mas sim, Efsun, sua filha biológica. Assim, sem saber de nada, Bahar segue com sua vida modesta, enquanto Efsun começa uma nova vida que não lhe pertence. Poucos dias após sua estreia no Uruguai, o folhetim desembarcou na ilha de Porto Rico (Telemundo), sob o título Me Robó mi Vida, e posteriormente chegou também ao Peru (Latina) rebatizada de Se Robó mi Vida, e ao Panamá (Telemetro). Recentemente, foi lançada nos Estados Unidos pelo canal Pasiones, que conta com uma retransmissora para grande parte da América Latina. A dublagem em espanhol foi produzida pelos estúdios Doblajes París, no México, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing.



ELIF (Elif)

A Caracol Televisión, da Colômbia, também apostou suas fichas por uma história inédita e levou ao ar no dia 25 de julho de 2016 o primeiro capítulo de Elif, a história de uma garotinha que sofre por ser obrigada a viver separada de sua mãe desde os seis anos de idade. Lançada em terras turcas no ano de 2014, Elif leva a assinatura da produtora Green Yapım e atualmente é transmitida pelo Kanal 7 em sua terceira temporada. A atriz-mirim Isabella Damla Güvenilir é a responsável por dar vida a Elif, cuja história tem início quando a pequena sai de casa para comprar os remédios de Melek (Selin Sezgin), sua mãe, que está muito doente. Melek era uma empregada quando se apaixonou por Kenan Emiroğlu (Altuğ Seçkiner), o primogênito da família para a qual ela trabalhava. Kenan também se apaixonou por ela, mas, a mãe do rapaz, decidida a separá-los, enviou Melek para longe. Grávida, Melek acreditou que Kenan a havia abandonado e ele nunca soube que seria pai. Passado algum tempo do nascimento de Elif, Kenan se casou com outra mulher, Arzu (Cemre Melis Çınar) e Melek iniciou uma relação com Veysel (Hasan Ballıktaş), um violento apostador que tem planos de vender a pequena Elif a fim de pagar suas dívidas de jogo. Ao descobrir as intenções do parceiro, Melek decide salvar sua filha e a entrega aos cuidados de Ayşe (Ozanay Alpkan), sua antiga amiga e governanta da família Emiroğlu. A medida que o tempo passa, as tensões na casa só aumentam e Elif se encontra no meio de uma luta de poder familiar, somente sua bondade poderá reparar os danos causados a ela e a sua mãe e devolver a felicidade à mansão Emiroğlu. Elif tem conquistado diversos países ao redor do mundo e, na América Latina, além da Colômbia, chegou também ao Peru (Latina), à Costa Rica (Teletica) e ao Chile, onde foi a responsável por inaugurar a faixa turca do canal estatal TVN. Recentemente, a atração também desembarcou no México pelo recém-lançado canal Imagen Televisión, sob o título Elif: Un Ángel en Busca de Amor. Sua dublagem em espanhol é uma produção do estúdio mexicano Doblajes París, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing.



INOLVIDABLE (Unutulmaz)

Após a experiência com Mercy, o canal Pasiones, dos Estados Unidos, se aventurou com mais uma produção dramática exclusiva, Inolvidable (“Inesquecível”, em tradução livre), que chegou ao canal no dia 05 de setembro de 2016. Produção original da companhia Stil Medya para o canal ATV, da Turquia, Inolvidable foi exibida originalmente entre 2009 e 2011 e narra a história de Harun (Serhan Yavaş), o filho de Feyyaz (Fikret Hakan), um rico homem de negócios, com quem administra o negócio da família. Harun sente um grande carinho por Melda (Sinem Oztufan), uma funcionária que trabalha com eles na empresa, e que é querida por Feyyaz por ser uma jovem muito racional e idealista. Apesar do afeto que sente por Melda, Harun se deixa levar por uma longa noite regada a álcool e vive um breve romance com Eda (Özlem Yılmaz), a mulher mais extraordinária que já conheceu em sua vida. Arrependido de sua atitude, o rapaz diz a Eda que jamais voltará a vê-la, pois está comprometido com outra mulher. Os dias passam e quando Harun e sua família vão pedir a mão de Melda aos pais dela, uma surpresa desagradável o aguarda: Harun descobre que Eda é irmã de Melda. Eda permanece em silêncio e se comporta como se nada tivesse acontecido entre eles e, escondendo que esteja triste, não se deixa demonstrar seus verdadeiros sentimentos por Harun para não arruinar a felicidade de sua irmã. Porém, a história se complica quando Eda descobre que está grávida e que o seu filho não pode ter outro pai além de Harun. Ainda sem muita repercussão, Inolvidable não foi adquirida por mais nenhuma emissora da América Latina até então. Sua dublagem em espanhol, realizada na Colômbia, é uma produção dos estúdios Centauro Group.



MI ÚLTIMO DESEO (Elveda Derken)

Para ocupar a vaga de No te Enamores... o canal chileno Megavisión anunciou a estreia do melodrama Mi Último Deseo, a emocionante história de sacrifício e amor incondicional de uma mãe para com suas filhas que comoveu a Turquia em 2007, quando debutou pelo Kanal D. No Chile, a produção da companhia Yağmur Ajans chegou à grade vespertina do canal Mega no dia 03 de outubro de 2016, liderando a audiência de sua faixa horária e se destacando entre o público nas redes sociais. O capítulo de estreia da atração apresentou a história de uma família unida pelo amor, onde Lale (Ece Uslu), uma dedicada pediatra, enfrenta um doloroso destino. Mãe de família e irmã de Eda (Seda Güven), uma verdadeira “ovelha negra”, Lale vive com o marido Ege (Sinan Sümer) e suas duas filhas pequenas. Certo dia, após um estranho desmaio, Lale descobre que sofre de um tumor cerebral hereditário, que, além de ser impossível de operar, poderá matá-la no prazo de dois ou três meses. Diante desta cruel realidade, Lale não pensa em outra coisa a não ser tomar a difícil decisão de encontrar por si mesma uma nova mãe para suas filhas e consequentemente outra esposa para o seu marido. Sua desesperação é tanta que suas súplicas são ouvidas e a pediatra encontra na professora de suas filhas, Zeynep (Burcu Kara), uma jovem mulher que não pode ter filhos e ainda mora com seus pais, a candidata ideal para torná-la a nova mãe para suas meninas. Mi Último Deseo foi dublada em espanhol no Chile pelos estúdios DINT Doblajes Internacionales e até o momento não foi exibida por nenhuma outra emissora latino-americana.



KARA SEVDA: AMOR ETERNO (Kara Sevda)

As tardes do canal Caracol Televisión, na Colômbia, ganharam uma nova história de amor no dia 18 de outubro de 2016, com o lançamento de Kara Sevda: Amor Eterno, romance turco sobre a história de dois jovens de mundos opostos, mas tão próximos entre si, que se encontram por casualidade em uma região litorânea de Istambul e com apenas um encontro, permanecem unidos para sempre, bastando apenas uma segunda oportunidade para concretizarem o seu amor eterno. Produção da Ay Yapım, exibida originalmente na Turquia pelo canal Star TV, em 2015, Kara Sevda gira em torno da vida de Kemal (Burak Özçivit) e Nihan (Neslihan Atagül): ele, o terceiro irmão de uma família de classe média, estudante de engenharia de minas, cujo único objetivo na vida é poder sobreviver e alcançar algumas comodidades. Cético, procura não acreditar em milagres, sobretudo nos relacionados ao amor. Ela, uma jovem de família rica, mas à beira da falência, que, apesar de morar em uma região nobre da cidade, não se importa com os bens materiais e vive distante de seu próprio mundo. Inteligente e sensata, não gosta de ter que viver sob a pressão da alta sociedade. As vidas destes dois jovens se cruzam de maneira insólita dentro de um ônibus e a atração entre eles é imediata. Apesar de o amor entre o casal parecer impossível devido a diferença de classes sociais, eles dão um jeito de ficar juntos e superar os obstáculos, até o dia em que Kemal deixa Istambul para trabalhar em uma mina. Pouco tempo depois da separação, Nihan se casa obrigada com Emir (Kaan Urgancıoğlu), um rico empresário, que vive apaixonado por ela desde a infância. Mesmo que para todos o casamento pareça perfeito, para Nihan não existe amor maior do que o de Kemal, que se dedica apenas ao trabalho dia após dia. Entretanto, a vida prepara outros planos para ele e, cinco anos mais tarde, um acidente inesperado nas minas marca o início de um novo caminho em sua vida: Kemal decide voltar a Istambul para enfrentar o passado. Completamente mudado, se empenha em enfrentar Nihan, Emir e tudo o que deixou para trás, para finalmente viver o que deixou por concluir. Dublada em espanhol pelos estúdios Doblajes París, no México, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing, Kara Sevda tem caído no gosto do público e chegado a outras praças. O México foi o segundo país da América Latina em adquiri-la e, curiosamente, seu lançamento por lá aconteceu no mesmo dia que na Colômbia, pelo canal Imagen Televisión, sob o título Amor Eterno. Já neste ano, a história de Kemal e Nihan também chegou ao Panamá (TVN) e em breve estará na programação de canais do Chile (Megavisión), Argentina (Telefe) e Peru (Latina).



AMAR ES PRIMAVERA (Kiraz Mevsimi)

Lançado há poucos meses, o canal Imagen Televisión surgiu com a missão de diversificar a programação televisiva com títulos inéditos no território mexicano e logo no seu primeiro dia no ar, 18 de outubro de 2016, deu início a exibição de seu segundo título turco: Amar es Primavera, comédia romântica produzida pela Süreç Film e exibida em meados de 2014 pela Fox Turquia, no decorrer de duas temporadas. Em tradução livre, o título turco, que siginfica “Temporada de Cerejas”, trouxe uma nova proposta para a televisão local, com uma história mais leve, romântica e diferente dos tradicionais dramas otomanos. Na trama, a atriz Özge Gürel interpreta Oyku, uma promissora designer de modas que vive uma vida modesta junto de sua mãe e o irmão mais novo. Daghan Gulegec dá vida a Ayaz, um jovem arquiteto, arrogante e mulherengo, que é filho da dona do ateliê para o qual Oyku trabalha. O caminho destes dois jovens toma o mesmo rumo quando ambos se encontram pela primeira na rua e, por casualidade, ao discutirem por tomar o mesmo táxi, ambos o acabam perdendo. Após esse encontro, suas vidas acabam se entrelaçando. Mas, enquanto Oyku vive deslumbrada e apaixonada desde menina por Mete (Dağhan Külegeç), ele, por sua vez, está de olho em Şeyma (Nilperi Şahinkaya), uma garota ciumenta que aparenta ser a melhor amiga de Oyku. O destino, porém, resolve lhe pregar uma peça. Oyku, que nunca teve coragem de revelar os seus sentimentos, na tentativa de confessar seu profundo amor, envia uma carta a Mete, mas quem a recebe é Ayaz. Depois desse mal-entendido, Oyku decide fingir que realmente está apaixonada por Ayaz e essa falsa história de amor acaba virando um grande romance. Produzida pelos estúdios Doblajes Paris, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing, a versão dublada em espanhol de Amar es Primavera também chegou a Porto Rico e aos Estados Unidos, pela Telemundo, e em breve desembarcará no Peru pela emissora ATV.



LA VIDA AMARGA (Acı Hayat)

Apostando na popularidade do galã de Ezel, Kenan İmirzalıoğlu, o canal América Televisión, do Peru, arriscou na escolha de La Vida Amarga, uma produção relativamente antiga (2005), realizada pela Sinegraf Film Yapım e exibida na Turquia pela emissora Show TV, em duas temporadas. A atração, que chegou às telinhas peruanas no dia 01 de dezembro de 2016, conta a história de um casal apaixonado que, apesar de viver um amor sincero, tem o rumo de seu destino alterado quando a jovem decide deixar o seu amado em troca dos luxos que terá com outro homem. Mehmet (Kenan İmirzalıoğlu) e Nermin (Selin Demiratar) são dois jovens que moram em um bairro humilde de Istambul. Ambos estão perdidamente apaixonados e compartilham a plena intenção de se casarem. Impedidos pela situação econômica precária em que vivem, trabalham duro para que o sonho dos dois possa se realizar. Mehmet trabalha como soldador em um estaleiro, enquanto Nermin é funcionária em um salão de beleza. Em seu trabalho, Nermin conhece Ender (Oğuz Galeli), e, a princípio, o ignora. Certo dia, porém, vendo que as oportunidades de seguir adiante com sua relação estão cada vez mais distantes, Nermin decide se casar com Ender, para, assim, ter acesso a uma vida de luxos, e acaba deixando Mehmet no passado. Por sua vez, a vida de Mehmet se torna amarga, mas, decidido a se esforçar cada dia mais, o rapaz planeja buscar vingança pelo amor de Nermin. A proposta do canal peruano não atendeu às suas expectativas e a exibição de La Vida Amarga literalmente amargou a audiência da emissora, que passou a alterar não somente seu horário de exibição, como, também, a diminuir a duração de seus capítulos. O folhetim foi dublado em espanhol nos estúdios mexicanos Made in Spanish e não ultrapassou mais nenhuma fronteira da América Latina até o momento.



KÖSEM, LA SULTANA (Muhteşem Yüzyıl Kösem)

O ano de 2017 teve início com a estreia de uma nova superprodução turca em terras chilenas. Logo no dia 03 de janeiro, o Canal 13 apresentou ao seu público a volta triunfal da atriz Beren Saat em Kösem, la Sultana, ambiciosa produção inspirada em fatos históricos que leva o selo dos mesmos criadores de El Sultán e conta a história da primeira mulher otomana a receber o título de regente oficial do império, em uma época em que as sultanas possuíam um grande poder sobre os seus soberanos. Estrelada pela premiada protagonista de ¿Qué Culpa Tiene Fatmagül?, Kösem, la Sultana surgiu na Turquia em 2015, como fruto de um árduo trabalho da produtora Tims Productions e foi exibida originalmente pela emissora Star TV. Sua primeira temporada, ambientada no século XVII, mais precisamente no ano de 1603, se inicia quando o príncipe Ahmed I (Ekin Koç) torna-se o mais jovem sultão da história turca até então, após a morte de seu pai. Ahmed se apaixona por Anastasia (Anastasia Tsilimpiou), uma jovem a quem conhece apenas através de um quadro com o qual sua avó, a sultana Safiye (Hülya Avşar), o presenteou. Para realizar o desejo de seu neto, ela manda capturar a musa da pintura e ordena que a tragam até o harém do novo sultão. Após as diversas tentativas de fuga de Anastasia, ambos se conhecem e vivem uma intensa relação, marcada por assassinatos, intrigas e muito perigo. O tempo passa e Anastasia (agora vivida por Beren Saat), deixa para trás sua origem e seu nome e passa a ser Kösem, com a missão de proteger o legado e o trono do homem que ama daqueles que o ameaçam, tornando-se uma das mulheres mais poderosas de sua geração. Dublada em espanhol pelos estúdios DINT Doblajes Internacionales, no Chile, a atração ainda está no ar pelo Canal 13 e por enquanto não há registros de sua exibição por outro canal da América Latina, embora emissoras do Panamá (TVN) e do Uruguai (Monte Carlo) já tenham adquirido seus direitos de exibição.



GUERRA DE PASIONES (Güllerin Savaşı)

Após comprovar o sucesso de Las Mil y Una Noches, o Canal 11 de Honduras decidiu sair na frente e se coroar como a primeira emissora da América Latina em exibir Guerra de Pasiones, produção da Med Yapım, rodada entre 2014 e 2016, que foi ao originalmente pelo Kanal D, da Turquia, onde conquistou boa acolhida. A série, que desembarcou em Honduras no dia 11 de janeiro de 2017, segue os passos de Gülru (Damla Sönmez), uma jovem que nasceu em um bairro humilde e cresceu morando no quarto de empregados de uma bela mansão onde seu pai trabalha como jardineiro. Junto de mais duas irmãs, que também ajudam a rica família nos serviços domésticos, Gülru vive entre sonhos de grandeza, mas não se esquece de sua origem humilde. Porém, se existe uma pessoa em quem Gülru se inspira esta é Gülfem (Canan Ergüder), a bela filha de seus patrões, a quem desde sua infância ela admira. Sua admiração é tanta que Gülru decide ser uma profissional de sucesso como ela e, por esta razão, entra para a universidade com uma bolsa de estudos, planejando trabalhar com Gülfem assim que se formar. Gülfem, que deixou a família há alguns anos para morar no exterior, retorna à mansão para assistir ao funeral do pai, despertando novamente a admiração que Gülru sentia por ela desde criança. Ninguém aprova essa admiração, já que Gülru tenta ser a mesma pessoa que Gülfem. Certo dia, o caminho de Gülru cruza com o do ex-namorado de Gülfem, Ömer (Barış Kılıç) e sua vida vira de cabeça para baixo, desatando uma guerra em meio a um triângulo amoroso marcado pela diferença de classe entre famílias ricas e pobres. Para piorar a situação, Gulfem dispensa as irmãs e o pai de Gülru, que, passando por dificuldades, devem encontrar uma nova casa para viver. Em meio a tantos problemas, Gülru ainda é acusada por Gulfem pelo sumiço de um colar. Do dia para a noite, o carinho que Gülru sentia por Gülfem se transforma em ódio e Gülru é tomada por um enorme desejo de vingança com o qual se empenhará em tomar tudo o que é de Gülfem, incluindo Ömer, o primeiro e único amor daquela que um dia foi digna de sua admiração. A versão em espanhol de Guerra de Pasiones é dublada no México pelos estúdios Doblajes París, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing e até então não foi utilizada por nenhuma outra emissora da América Latina. Curiosamente, o folhetim também se encontra em terras brasileiras, onde é dublado em São Paulo nos estúdios Alcateia, para exibição em Angola e Moçambique pela ZAP Novelas, onde chegou primeiro, intitulada Guerra das Rosas.



PARAMPARÇA (Paramparça)

O drama de duas meninas trocadas ao nascer que descobrem a verdade sobre sua origem após um impactante acidente é o detonador de Paramparça (“Em Pedaços”, em tradução livre), comovente história que chegou ao Canal 13, no Chile, no último dia 16 de janeiro, ampliando a oferta de folhetins turcos exibidos pela emissora. Narrada em seu país de origem ao longo de duas temporadas e com uma terceira ainda no ar pela Star TV, a ficção produzida em 2014 pela Endemol Shine Turkey arranca com cenas que prendem o olhar do público logo em seus primeiros minutos. Gülseren (Nurgül Yeşilçay) é uma jovem mulher que, após quase ser atropelada, entra em trabalho de parto. Por outro lado, Dilara (Ebru Özkan), uma mulher de muito mais recursos, também é levada às pressas ao hospital, onde ambas acabam dando a luz no mesmo momento. Devido ao erro das enfermeiras, as meninas são confundidas e vão parar nos braços de mães trocadas. Quinze anos mais tarde, Gülseren continua levando uma vida humilde com sua filha Hazal (Alina Boz) e se encontra separada de seu marido, que permanece preso na Alemanha. Dilara é mãe de Cansu (Leyla Tanlar) e enfrenta alguns problemas conjugais com seu marido Cihan (Erkan Petekkaya). A aparente tranquilidade do casal se vê ainda mais abalada quando Cansu sofre um acidente e é submetida a uma série de exames que revelam a verdade: Cansu não é filha de Cihan e Dilara. Quando a verdade vem à tona, os problemas de ambas as famílias se multiplicam devido à evidente diferença socioeconômica na qual vivem e o destino das duas adolescentes sofre uma grande mudança. Entretanto, esta situação faz com que Gülseren e Cihan se aproximem mais do que devem, encontrando um no outro o amor que parece ter se esquivado de suas vidas. Apesar de ter sido anunciada pelo canal peruano América Televisión no início do ano passado, a atração ainda não foi lançada até o momento e também não há registros de exibição por outra emissora da América Latina. Sua dublagem em espanhol é uma produção da casa chilena DINT Doblajes Internacionales.



AMOR A SEGUNDA VISTA (Aşk Yeniden)

E por falar em Canal 13, a emissora chilena resolveu abrir mão dos melodramas clássicos por um instante e tem testado desde o último dia 06 de fevereiro a história de Amor a Segunda Vista, comédia romântica que inovou sua programação vespertina e levou novamente às telinhas a atuação do ator Buğra Gülsoy, conhecido do público por seu trabalho em ¿Qué Culpa Tiene Fatmagül? e Kuzey Guney. Ao lado de Buğra, um rosto novo: Özge Özpirinçci, que juntos interpretam duas pessoas de diferentes personalidades que se encontram no mesmo voo de volta a Turquia e decidem fingir que estão casados para solucionar mutuamente seus problemas familiares. Produzida na Turquia pela Süreç Film e exibida originalmente pelo canal local da Fox, em 2015, Amor a Segunda Vista tem início com a história de Zeynep (Özge Özpirinçci), uma jovem que se apaixona por um homem a quem sua família não aprova e, por isso, decide fugir com ele para os Estados Unidos. Poucos meses depois, fica grávida, mas é abandonada pelo parceiro e decide voltar a Turquia. Fatih (Buğra Gülsoy), por sua vez, viajou aos Estados Unidos para fugir de um casamento arranjado por seus pais e aí começou um relacionamento que não teve futuro, pois sua pretendente não aceitou casar-se com ele. Com os corações partidos, Zeynep e Fatih viajam no mesmo voo e se dão conta de que um pode ser a solução para os problemas do outro: Se Fatih chegar em casa com uma esposa e um bebê, sua família desistirá de casá-lo com uma mulher que ele não quer; enquanto que Zeynep poderá chegar acompanhada do suposto pai de seu filho sem que ninguém a questione. A produção obteve um grande sucesso em seu país de origem e atualmente vem colhendo bons frutos em território ocidental, pois países como Peru e Porto Rico também já despertaram interesse pelas desventuras de Zeynep e Fatih e em breve anunciarão sua estreia. A versão dublada em espanhol é produzida no México pelos estúdios Doblajes Paris, em parceria com a Universal Cinergía Dubbing.



EL PAÑUELO ROJO (Al Yazmalım)

Depois de uma tentativa de exibição frustrada em agosto de 2016 e de outro anúncio de estreia para a faixa noturna de sua programação no início deste ano, o recente canal venezuelano TLT - TeleTuya, finalmente conseguiu levar ao ar os capítulos iniciais de El Pañuelo Rojo, romance turco que está no ar pela emissora desde o último dia 13 de fevereiro, agora, na faixa vespertina. Inspirada no romance “Selvi Boylum Al Yazmalım” (A Garota do Lenço Vermelho), escrito por Cengiz Aytmatov na década de 60 e que também serviu de base para a versão cinematográfica homônima, lançada em 1978, a história deste folhetim, reproduzida pela companhia Ay Yapım e exibida pela ATV, em 2011, gira em torno da vida da bela Asiye - aqui também interpretada por Özge Özpirinçci (Amor a Segunda Vista) - e de seu encontro casual com İlyas (Seçkin Özdemir), um rebelde e ambicioso rapaz que se acidenta enquanto pratica motocross nas proximidades do vilarejo. Este inesperado encontro despertará um amor à primeira vista que trará muitos problemas para ambos. İlyas, que vive sem dinheiro, participa em competições usando as motos da oficina de seu pai, que é totalmente contra a sua vocação. Asiye, por sua parte, deseja formar uma família e procura manter este desejo acima de qualquer coisa. Além disso, sua família ainda a pressiona para que se case com um bom partido. Ironicamente, Asiye e Ilyas iniciam uma relação, mas o rapaz se deixa corromper dia a dia por sua ambição desmedida e o destino intervém entre os dois levando-os a tomar caminhos diferentes. Asiye, então, conhece em Cemşit (Barış Falay) um amor incondicional, que pouco a pouco conquistará o seu coração. Para sua exibição na Venezuela, El Pañuelo Rojo conta com a dublagem em espanhol produzida pelos Estudios Backstage, já para o canal Megavisión, no Chile, onde desembarcará em breve, será exibida em versão dublada pela DINT Doblajes Internacionales. Segundo informações de sua distribuidora, a ITV Inter Medya, também já existe um acordo que permitirá a adaptação da história para o mercado mexicano, cujos direitos de reprodução foram adquiridos pela Televisa durante a LA Screenings de 2015.



GONUL (Hatırla Gönül)

No ar desde o último dia 19 de fevereiro pela Telemundo Internacional, Gonul trouxe como proposta a abordagem de um debate social que vai muito além da ficção: a violência contra as mulheres disfarçada de amor, um problema mundial tratado nesta série através da história de uma jovem que, deslumbrada pelos encantos de um homem, se nega a acreditar que algum dia ele chegue a maltratá-la. Produção de 2015, realizada pela empresa Most Production, Gonul foi ao ar originalmente pela Star TV, na Turquia, onde ganhou destaque ao refletir na telinha uma realidade muitas vezes ocultada pela sociedade. Por trás de uma romântica história de amor pode se esconder um grave delito e Gonul (Gökçe Bahadır), uma determinada enfermeira crescida em um orfanato, descobrirá que a pessoa que ela escolheu para se casar não é o homem que ela imaginava ser. Gonul conhece um famoso cirurgião no hospital onde trabalha, um homem atraente chamado Tekin (Onur Saylak), com quem descobre ter muito em comum, já que ambos tiveram uma infância difícil, e acabam se apaixonando. O casal planeja se casar, mas, no dia do casamento, uma ex-namorada de Tekin ressurge do passado e começa a revelar segredos de Tekin que causam intrigas no relacionamento. A princípio, Tekin inclusive nega conhecer a garota, mas, Gonul, sem ter a certeza, fica devastada ao acreditar que Tekin esteja mentindo. Quando a ex-namorada é encontrada morta alguns dias depois, Gonul começa a suspeitar que Tekin seja realmente um homem perigoso. Ela decide deixá-lo e ele a agride na sua tentativa de fuga. Gonul consegue escapar e reencontra seu pai, passando a enfrentar um terrível passado que a atormenta. Composta por apenas 13 episódios, Gonul será exibida nas noites de domingo pelo sinal da Telemundo Internacional, sintonizada em países como Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai, Venezuela, entre outros. Até o momento, nenhuma outra emissora latino-americana anunciou sua aquisição. A dublagem em espanhol é produzida nos estúdios mexicanos da Doblajes París, parceira da Universal Cinergía Dubbing.


OUTRAS PRODUÇÕES

O sucesso mais do que esperado proporcionado pelas tramas turcas ainda continua despertando o interesse de canais de toda a América Latina. Para a nova temporada de estreias, títulos como Intikam (versão turca protagonizada por Beren Saat da aclamada série Revenge); Vatanım Sensin (drama histórico que reúne novamente na ficção os protagonistas de Las Mil y Una Noches, Halit Ergenç e Bergüzar Korel); Anne (que reapresenta Cansu Dere, a protagonista de Sila e Ezel, em uma adaptação do drama japonês Mother); Bu Şehir Arkandan Gelecek (que traz o ator de Honor y Respeto, Kerem Bürsin); Cesur ve Güzel (estrelado pelo protagonista de Amor Prohibido, Kıvanç Tatlıtuğ); İçerde (inspirada no filme estadunidense Os Infiltrados); Hayat Yolunda (drama sobre o cotidiano de uma equipe médica de Istambul); Bir Bulut Olsam (que reúne no elenco o ator Engin Akyürek, protagonista de Kara Para Aşk e Fatmagül); Diriliş: Ertuğrul (ambientada numa época a princípios do Império Otomano e também protagonizada por Halit Ergenç); Ulan Istambul (que retrata a vida de um grupo de artistas que pratica fraudes para juntar dinheiro) e Güneşi Beklerken (série juvenil que tem como pano de fundo o universo esportivo) também estão na lista de produções  em fase de dublagem que concorrem à uma vaga na programação de diferentes canais latino-americanos.