terça-feira, 16 de agosto de 2016

Tres Veces Ana sofre censura em sua exibição no México


Tres Veces Ana ainda nem estreou no México e sua exibição por lá já está repleta de polêmicas. Além do fato de a trama de Angelli Nesma (Abismo de Paixão) ter começado sua transmissão nos Estados Unidos antes de seu país natal, a Televisa decidiu de antemão providenciar diversos cortes nos capítulos a fim de adequá-los à faixa em que irão ao ar - a das 20h.

De acordo com o jornal Basta, a direção da emissora vetou as sequências eróticas em que Ana Leticia (Angelique Boyer), grande vilã da história, aparece fazendo sexo com Iñaki (Pedro Moreno) ou se insinuando para Ramiro (David Zepeda). Também deverão ser censuradas outras sequências mais "calientes", como as noites de amor entre Ana Lucía (Angelique Boyer) e Santiago (Sebastián Rulli) e ainda um trecho específico em que Ana Leticia aparece se masturbando numa banheira de espuma.

A medida, vale ressaltar, não é inédita. O canal hispânico Univisión, que transmite a novela desde maio nos Estados Unidos, também editou diversos momentos mais, digamos, "ousados" da história adaptada por Juan Carlos Alcalá, medida que inclusive foi alvo de reclamações da atriz Angelique Boyer no Twitter.

Tres Veces Ana narra a história de trigêmeas que são separadas quando crianças em um trágico acidente de carro. Graças a esse ocorrido, Ana Lucía cresce afastada de suas irmãs, a doce Ana Laura (Angelique Boyer) - que perde uma perna no desastre - e a perversa Ana Leticia.

Casada com o investigador particular Marcelo (Sebastián Rulli), Ana Leticia se apavora ao saber que ele encontrou pistas concretas sobre sua irmã perdida e manda matar o próprio marido. Marcelo, porém, sobrevive ao atentado e, sem memória, adota a identidade de Santiago, um simpático taxista. Anos depois, ele conhece Ana Lucía e apaixona-se pela moça, sem desconfiar que ela é a irmã de sua esposa, a quem o rapaz sequer recorda.

Blog Widget by LinkWithin

Um comentário:

Andy Pereira disse...

Até a Televisa está cortando as próprias novelas. Tá igual o SBT aqui no Brasil. Se fracassar no México, será por culpa deles mesmos.