quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Fox Life anuncia a estreia da série Emergências Médicas


A partir da próxima segunda-feira, 16 de novembro, às 20h30, o canal pago Fox Life dá início à exibição de Emergências Médicas (Sala de Urgencias), série colombiana realizada pela Resonant TV para a RCN Televisión e Fox International Channels, baseada no premiado drama médico ER - Emergency Room, um formato original da Warner Brothers, produzida nos Estados Unidos e já exibida no Brasil com o nome Plantão Médico.

Adaptada por Jörg Hiller, Johanna Gutiérrez e Claudia Fernanda Sánchez, sob a direção de Rodrigo Triana e William Barragán, Emergências Médicas traz em seu elenco atores como Paola Rey, Rafael Novoa, Cristina Umaña, Rubén Zamora, Carlos Torres e Adrián Makala e narra em 60 episódios o cotidiano de um grupo de médicos que trabalha na sala de emergências de um hospital metropolitano, acompanhando dia a dia suas histórias pessoais e o drama vivido nos movimentados corredores ocupados por médicos, enfermeiras e pacientes, todos imersos entre a dor e a salvação física, emocional e também pessoal.


Assista a chamada de estreia de Emergências Médicas, no Fox Life:



Blog Widget by LinkWithin

4 comentários:

Mônica disse...

Se dedicar a salvar vidas não é uma tarefa facil, pois exige muito empenho e dedicação, é uma responsabilidade imensa e que não pode haver falhas, pois é uma vida que está em jogo. Porém assim como os pacientes tem suas vidas cotidianas, médicos e enfermeiros tbm tem uma vida fora do hospital, tem problemas com a família, financeira, conjugal, entre outros.E é isso que a série Emergências médicas mostra todos os dia para o publico, a vida dê muitos médicos, enfermeiros e de toda uma equipe que compõe um hospital de emergências. Porém na realidade existem muitos hospitais e postos de saúde que não tem condições de fazer um atendimento adequado, e não é por falta de vontade nos últimos tempos estamos ouvindo muito descaso nos hospitais, pois Por falta de verba naobesta tendo o material para que médicos e enfermeiros possam trabalhar adequadamente, ocasionando um descaso com a população que necessita de uma atendimento. Muitos moram longe e para que sejam atendidos precisam ir a outra Cidade para ter um atendimento, mas é que não tem condições de ir a outra Cidade como fica? Infelizmente estamos vivendo essa realidade quem tem condições paga para ter um bom atendimento e um bom tratamento, mas quem depende do governo fica a espera de ser atendido no mínimo com um pouco mais de dignidade. Mas a série está de parabéns.

Anônimo disse...

Não perco um episódio

Clau disse...

Adoro...muito bom

Anônimo disse...

E agora que os 60 capítulos terminaram? Quando haverá continuação?