sábado, 31 de outubro de 2015

ZAP Novelas anuncia a estreia de Infâmia

Os Rey se aproxima de seu grande final e para ocupar seu lugar, a ZAP Novelas prepara para o próximo dia 24 de novembro, às 13h00 (AO), 14h00 (MZ), a estreia de Infâmia, mais uma telenovela mexicana realizada pela Azteca. Protagonizada por Carla Hernández e Andrés Palacios, com a participação estelar de Christian Bach, a nova atração é uma produção de 2010, assinada por Georgina Castro e Emy Lamothe e conta com uma história original do escritor argentino Jorge Maestro.

Recheada de drama, amor, ódio, luta por poder e um passado que retorna trazendo vingança, loucura e desespero, Infâmia relata a história de Maria Júlia Fernández Vidal (Christian Bach), uma mulher obcecada por dinheiro e poder, que esconde grandes segredos, sendo o mais grave deles o assassinato de seu filho, vinte anos atrás. Suas mentiras tecem uma série de intrigas que pouco a pouco dão início a uma bola de neve que parece não ter fim.

Um dos atos mais graves que Maria Júlia cometeu no passado foi arrancar de sua nora Paula (Amara Villafuerte) as gêmeas recém-nascidas, fato que detonou mais mentiras e cumplicidades. As gêmeas foram separadas e uma delas, de nome Camila (Carla Hernández), foi criada por Maria Júlia, tornando-se uma mulher egoísta e desequilibrada. A outra, batizada de Luz (Carla Hernández), cresceu com uma família diferente e totalmente distante da realidade de sua irmã.

A vida de ambas as irmãs dará um giro inesperado quando, por ironia do destino, se conhecerem, o que novamente desatará a ira de Maria Júlia, que fará tudo o que for possível para que o passado jamais seja revelado.

O elenco de Infâmia integra também figuras juvenis, como Pedro Sicard e Daniel Elbittar, além da atuação de José Alonso, Alma Delfina, Martha Cristiana, Luis Felipe Tovar, Carmen Delgado, Lupita Sandoval, Sergio Bonilla, Luis Ernesto Franco, Eduardo Arroyuelo, Rodrigo Arias e Maria de la Fuente, entre outros.

Os dubladores de Muchacha Italiana


Original da escritora argentina Delia González Márquez, a história de Muchacha Italiana Viene a Casarse, escrita no final da década de 60, voltou à televisão mexicana em uma nova versão em 2014, realizada pela Televisa, sob a produção de Pedro Damián. Com Livia Brito e José Ron nos papéis principais, a trama contou, também, com atores renomados, como Enrique Rocha, Isela Vega, Fernando Allende, Nailea Norvind, Ricardo Blume, Maribel Guardia, Salvador Pineda, Lourdes Munguía, Francisco Gattorno, Claudio Báez, entre outros, além da participação de jovens talentos, como Ela Velden, José Pablo Minor e Paula Marcellini. Dublada em português pelo estúdio Sigma, de São Paulo, Muchacha Italiana estreou através da ZAP novelas, em Angola e Moçambique, em setembro passado, abrindo um novo horário para telenovelas inéditas. A seguir, conheça alguns nomes que integram o elenco de vozes da telenovela, com direção de dublagem de Silvio Giraldi, Raquel Marinho e Rosa Barcellos:



Isabel de Sá: Livia Brito (Fiorella Bianchi Ángeles)

Thiago Zambrano: José Ron (Pedro Ángeles)

Antônio Moreno: Enrique Rocha (Vittorio Dragone)

Alna Ferreira: Isela Vega (Eloísa de Ángeles)

Walter Cruz: Claudio Báez (Máximo Ángeles)

Ricardo Teles: Fernando Allende (Sérgio Ángeles)

Teca Pinkovai: Nailea Norvind (Frederica Ángeles)

Roberto Garcia: Mike Biaggio (Osvaldo Ángeles)

Tatiane Keplmair (1ª voz): Mimi Morales (Sônia Roldán de Ángeles)

Fernanda Bullara (2ª voz): Mimi Morales (Sônia Roldán de Ángeles)

Luciana Baroli: Paula Marcellini (Roxana Ángeles)

Alex Morales: José Pablo Minor (Gael Ángeles)

Bruna Matta: Ela Velden (Gianna Bianchi)

Luiz Carlos de Moraes: Ricardo Blume (Mário Bianchi)

Silvia Goiabeira: Jessica Coch (Tânia Casanova)

Karen Ramalho: Maribel Guardia (Julieta Michel)

Paulo Celestino: Salvador Pineda (Dante Dávalos)

Daniela Campos: Lourdes Munguía (Joaquina)

Arthur Machado: Eleazar Gómez (Benito Segura)

Raquel Marinho: Raquel Garza (Adela Segura)

Alexandre Soares: César Bono (Reynaldo Segura)

Fábio Moura: Francisco Gattorno (Aníbal Valencia)

Veridiana Benassi: Candela Márquez (Aitana de la Riva)

Douglas Monteiro: José Antonio Barón (Benigno de la Riva)

Mara Lídia Manetti: Sol Méndez Roy (Diana Alarcón)

Gilmar Lourenço: Arturo García Tenorio (Fidel)

Paula Zaneti: Claudia Acosta (Simone)

Cássia Biceglia: Mariagna Prats (Pilar Bravo)

Sandra Mara Azevedo: Dobrina Cristeva (Belinda)

Luiz Laffey: Marco Di Mauro (Santino Ortzini)

Rebeca Modena: Vanessa Restrepo (Alina)

Cassiano Ávila: Aitor Iturrioz (Ramiro)

Lia Mello: Irina Baeva (Kátia)

Glauco Marques: Julio Mannino (Osvaldo, pai de Gael) 

Douglas Guedes: Juan Colucho (Professor Henríquez)

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

El Señor de los Cielos estreia na Netflix dublada em português


Juntamente com o acréscimo dos capítulos legendados de sua segunda temporada, estreou no Brasil na última terça-feira, 27 de outubro, através da plataforma de vídeo sob demanda por assinatura Netflix, a versão dublada de El Señor de los Cielos, uma coprodução entre a Telemundo, dos Estados Unidos, a Argos Comunicación, do México, e a Caracol Televisión, da Colômbia, lançada em 2013. Escrita por Luis Zelkowicz e Mariano Calasso, com base no livro de Andrés López López, que narra os fatos reais da vida do narcotraficante mexicano Amado Carrillo Fuentes, El Señor de los Cielos é protagonizada por Rafael Amaya e conta com um elenco de estrelas internacionais, integrado por nomes como Carmen Villalobos, Ximena Herrera, Fernanda Castillo, Carmen Aub, Raúl Méndez, Mauricio Ochmann, Marlene Favela, Gabriel Porras e Robinson Díaz, entre outros.

A primeira temporada, composta por 74 capítulos, persegue os passos de Aurelio Casillas (Rafael Amaya) em sua odisseia a fim de tornar-se o maior narcotraficante do México nos anos 90, o único capaz de ocupar o lugar de Pablo Escobar (Andrés Parra) em toda a região. E, para conseguir isso, deverá enfrentar todo tipo de obstáculos, em um turbilhão de emoções, ação, paixões desenfreadas, luxos, intrigas, traições e perigo. Porém, atrás de seus passos se encontra Marco Mejía (Gabriel Porras), um agente policial obstinado em capturá-lo. Após a aparição de sua fotografia na imprensa, Casillas - cuja frota de 27 aviões lhe rendeu o apelido de “O Senhor dos Céus” - decide submeter-se a uma arriscada cirurgia plástica para modificar seu rosto e desaparecer sem deixar pista, colocando em risco a vida de sua amada Helena (Ximena Herrera) e de seus filhos.

Já na segunda temporada, narrada em 84 capítulos, quando todos acreditavam que Aurelio Casillas havia morrido tentando modificar seu rosto para conseguir o anonimato e “O Senhor dos Céus” já era um mito de canções e lendas, descobre-se que tudo não passou de um plano muito bem armado para que ele voltasse das sombras para eliminar seus inimigos e, sem obstáculos, estender ainda mais sua rede de tráfico pelo mundo inteiro. Aurelio terá que atuar entre as trevas, evitando que possam reconhecê-lo, e agindo com pressa já que perdeu quase a totalidade de sua imensa fortuna para seu antigo grande aliado, Turco (Arturo Barba), que não somente lhe roubou suas últimas reservas de dinheiro e bens, como também o amor e a devoção que sua esposa antes lhe confiava cegamente e, com ela, suas filhas e seu sobrinho. Fazendo uso de sua melhor arma, que é seu encanto viril, Aurelio Casillas seduzirá mulheres para fazer negócios que o conduzam novamente ao caminho do poder.

No elenco de El Señor de los Cielos ainda se destacam atores como Lisa Owen, Tommy Vásquez, Jorge Luis Moreno, Ruy Senderos, Sara Corrales, Javier Díaz Dueñas e Fernando Solorzano, entre outros. A produção executiva é de Marcela Mejía, Martha Godoy e Joshua Mintz, com direção de José Luis García Agraz.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

A Traiçoeira estreia na ZAP Novelas


A ZAP Novelas estreia nesta terça-feira, 20 de outubro, em Angola (19h00) e Moçambique (20h00), substituindo Rosário, a telenovela colombiana A Traiçoeira, uma produção da Fox Telecolombia, realizada em 2011 para o canal RCN Televisión e distribuída internacionalmente pela Televisa. Intitulada originalmente La Traicionera, o folhetim trata-se de uma adaptação de Malparida, formato original da produtora argentina Pol-ka, criado por Adrián Suar.

Adaptada pelos escritores Aura Niño, Faber Soto e Rodrigo Holguín, sob a direção de Lilo Villaplana e María Cecilia Vásquez e produção executiva de Oscar Guarín, A Traiçoeira reúne um distinto elenco, onde se destaca a atriz venezuelana Marianela González, em sua estreia como protagonista na televisão colombiana, e Juan Manuel Mendoza, que enfrenta seu primeiro papel como galã. A atração ainda conta com a participação de Víctor Mallarino, Ana Lucía Domínguez, Vicky Hernández, Jorge Cárdenas, Kristina Lilley, Marcela Benjumea, Vicky Rueda, Cony Camelo, José Narváez, Silvia de Dios, Alberto Pujol, Norma Nivia, Carla Giraldo, Víctor Rodríguez, María Fernanda Martínez, Paula Castaño, Mario Ruiz, Freddy Flórez, Carlos Mariño e Ignacio Menéses, entre outros.

Em versão dublada em português, A Traiçoeira conta a história de uma vingança amorosa, onde sua atípica protagonista, movida pelo ódio que sente, a fé e sua beleza, guarda um veneno prestes a destilar. Além disso, em meio ao seu plano de vingança, acaba por criar um triângulo amoroso cheio de perversão, amor e dor.


SINOPSE

A história tem início vinte anos atrás, quando Maria Hererra (Juliana Roldán), uma humilde jovem, se apaixona profundamente pelo milionário Eduardo Sanint (Víctor Mallarino). Entre Maria e Eduardo surge um amor profundo e intenso, mas este sentimento não é suficiente para que ele deixe sua família e fique junto dela. Eduardo decide se casar com uma mulher de sua mesma posição social. Maria, tão pobre quanto apaixonada, se suicida por amor.

Vinte anos mais tarde, Renata Medina (Marianela González), fruto do relacionamento de Maria com outro homem, é uma mulher decidida e sensual, que se propõe a colocar um fim a tantos anos de sofrimento e de ausência materna: fará justiça utilizando como armas sua beleza, a fé e a raiva que sente. Para isso, arranja uma forma de cruzar o caminho de Eduardo, o homem que tanta tristeza trouxe à sua mãe, fazendo com que ele a atropele. Eduardo contrata Renata para trabalhar em sua construtora e não consegue ficar indiferente à sua beleza e poder de sedução.

Porém, o que Renata não imagina é que um obstáculo poderá arruinar seu plano por completo: apaixonar-se por Estevão Sanint (Juan Manuel Mendoza), o filho do homem a quem tanto odeia, o que pode ser um verdadeiro perigo para o sucesso de seu plano.


PERSONAGENS


RENATA MEDINA (Marianela González)

É filha de Maria Herrera e neta de Graça Herrera. Desde menina, guarda um profundo ressentimento contra Eduardo Sanint, pois sente que ele foi o causador de todas as desgraças de sua família e está disposta a se vingar mesmo que para isso tenha que passar por cima de quem quer que seja, utilizando qualquer tipo de estratégia. Seu plano é seduzi-lo e fazê-lo se apaixonar para depois provocar sua morte. Apesar de ser uma mulher decidida e obstinada de uma forma obsessiva a conseguir seu objetivo, cruza o caminho de Estevão Sanint, filho de Eduardo, que lhe fará entrar em uma encruzilhada, pois logo se apaixona por ele. Ainda assim, seu desejo de vingança é tão forte que está disposta a matar até mesmo quem a impeça de levar adiante suas intenções macabras.



ESTEVÃO SANINT (Juan Manuel Mendoza)

É filho de Eduardo Sanint. Realizou estudos no exterior e retorna disposto a demonstrar a seu pai que tem capacidade suficiente para conduzir o rumo da Sanint Construtores. Assume os negócios de forma contrária à de seu pai: gosta de arriscar demais, mas é pouco assertivo. Isto não agrada muito a Eduardo, que acredita que em algum momento ele poderá colocar em risco o trabalho de muitos anos. É fanático pelas motos e galã inveterado. Sua faceta de namorador é conhecida por todo o escritório, mas tudo muda quando Renata chega para trabalhar. Sente que ela é a mulher com a qual gostaria de estar e se apaixona, colocando em risco a antiga relação que mantém com Martina, sua namorada de toda a vida.



EDUARDO SANINT (Víctor Mallarino)

É pai de Estevão Sanint e Manuel. É um homem respeitável e querido por sua família e funcionários. No passado, teve um romance com Maria Herrera, mãe de Renata, e apesar do amor que sentia por aquela mulher, decidiu abandoná-la para não causar mal a sua esposa Ana e a seu filho Estevão. Tudo parece felicidade na vida deste arquiteto que vinte anos depois de sua imprudência, conhece Renata, sem saber que é filha de Maria. Ele lhe abre as portas de sua empresa e se apaixona por ela, sem imaginar que ela vem para vingar a morte de sua mãe. A atração por Renata faz com que volte a sentir que sua vida familiar caminha em direção ao abismo. Apesar de ser um homem rico, acredita que as coisas devem ser conquistadas com muito esforço e trabalho, por isso se preocupa pela vida libertina de seu filho. Sem se darem conta, pai e filho lutarão pela mesma mulher, que se tornará uma desgraça para os dois.



MARTINA FIGUEROA (Ana Lucía Domínguez)

É a noiva de Estevão Sanint. Está a seu lado há mais de quatro anos e esperou com paciência que ele terminasse seus estudos no exterior para reestabelecer sua relação sentimental na Colômbia. O problema é que se dá conta que suas aspirações e as dele são contrárias. Ela quer consolidar seu compromisso, enquanto ele só está pensando em se desenvolver profissionalmente. Adicionalmente, a situação se complica ainda mais a partir da aparição de Renata Medina, que provoca nele uma forte atração. Martina é uma jovem médica, dedicada a seu trabalho e que em pouco tempo consegue progredir na clínica onde trabalha, tornando-se a chefe dos residentes.



GRAÇA HERRERA (Vicky Hernández)

É mãe de Maria Herrera e avó de Renata. Durante anos, alimentou em Renata o ódio contra Eduardo Sanint pelo sofrimento de sua filha, sem saber que isso provocaria o retorno da desgraça à sua casa. É uma mulher amargurada, que no fundo de seu coração sente que levou sua filha à morte ao forçá-la a estar com um homem casado para melhorar sua situação econômica. Entretanto, é tão soberba que não aceita que sua filha, sangue do seu sangue, tenha sido rejeitada pelos Sanint. É cega e perdeu um olho devido a uma briga travada com o marido de sua irmã. Tem um olfato aguçado e um ouvido que a torna uma mulher difícil de se enganar. Adicionalmente, conta com poderes que lhe permitem prever o futuro e com isso aumenta sua preocupação após a entrada de Renata na Sanint Construtores.



MORO (Jorge Cárdenas)

É o ex-namorado de Renata. Pela obsessão que sente por ela, decide tornar-se o ajudante de Graça, acreditando que com isso conseguirá estar próximo de Renata. Inclusive, consegue trabalhar na Sanint Construtores, a fim de vigiá-la, e se encontra com Márcia, a secretária de Eduardo, a quem tenta seduzir para se manter em seu local de trabalho. É tosco em suas relações de casal e se deixa influenciar. Tem tendência a cometer delitos constantemente e gosta de dinheiro fácil. Se mostra como um homem serviçal, mas sempre tem uma segunda intenção ou procura algum proveito em cada favor que faz.



ANA MARIA DE SANINT (Kristina Lilley)

É a companheira leal de Eduardo durante quase trinta anos. Inclusive, nos momentos de crise matrimonial, nos quais ela suspeitava que havia outra mulher na vida dele, se manteve firme, a fim de conservar sua família. Deixou de exercer sua profissão de arquiteta para se dedicar exclusivamente à família e a seu filho. Depois da chegada de Renata Medina, começa a perceber uma atitude em seu marido similar à que ele teve vinte anos atrás, o que a faz suspeitar que ele está sendo infiel. Por esta razão, decide fazer até o impossível para não deixar que o tomem dela. Planeja viagens ao exterior, controla seu tempo, para que cada um tenha seu espaço e tenta compreender seu marido, mas tudo isso será inútil, porque não sabe que sua família se encontra diante de uma mulher disposta a acabar com a vida de Ana a fim de ficar com Eduardo para, assim, poder executar seus planos de vingança.



MABEL DÍAZ (Marcela Benjumea)

É uma antiga funcionária da Sanint Construtores. Ela prefere a segurança à intranquilidade, por isso, desde que entrou na empresa se manteve no mesmo cargo. Seu lema é: “Para melhor cargo, melhor salário, mas também mais responsabilidades”, então opta por evitar problemas. Tem um humor bastante sarcástico e se dá bem com Márcia. Tem um enorme respeito por seus superiores.



NOÉLIA (Vicky Rueda)

Assim como as outras, é uma mulher propensa às fofocas do corredor, certamente ressentida, gosta de falar de seus companheiros. Sempre anda em busca de alguma fofoca. É hiperativa, de gênio forte e valente, será uma das mulheres a criticar Renata, tanto que terminará sendo despedida por lhe dar um tapa em uma festa da empresa. Sente ciúmes de sua beleza e pela rápida ascensão no emprego; no fundo, acredita que Renata é uma víbora, que busca conquistar Eduardo para receber favores.



ANDRÉA (Cony Camelo)

É uma mulher de gênio forte, que não se deixa intimidar facilmente por suas colegas. Tem uma relação de cumplicidade com Estevão, seu chefe. Conhece sua relação com Renata, mas sabe guardar em segredo. Como todas as secretárias da empresa, é vítima das fofoqueiras de plantão e costuma ser severa com suas colegas. É a única pessoa que se mostra afável com Renata em sua chegada à empresa, tornando-se sua defensora, amiga e conselheira de trabalho. Durante toda a história terá um forte romance com Abel, um funcionário da empresa, que será seu namorado.



HERNANI POSADA (José Narváez)

É o cúmplice e melhor amigo de Estevão, mas seu grande segredo é que sempre esteve apaixonado por Martina. É um excelente profissional, por esta razão, tem progredido na Sanint Construtores. Por um momento, se desvia e deixa de ser esse rapaz compreensivo e leal, porque sente que seu trabalho é pouco valorizado e começa a filtrar informações sigilosas para a concorrência. Finalmente, sua lealdade faz com que recapacite e volte a pensar em prol da empresa do pai de seu melhor amigo. É um homem solitário, que não quer iniciar uma relação com nenhuma mulher devido à esperança que guarda de que em algum momento Martina decida ficar com ele.



VANESSA (Carla Giraldo)

Vive com ciúmes de Renata, já que Moro, por quem ela está apaixonada, vive atrás de Renata. Trata amorosamente a pessoa que ama, mas se desconfia que estão invadindo seu espaço, é capaz de sair nos tapas. A princípio, é tanta sua obsessão por Moro, que procura Graça para que ela, em troca de favores, faça feitiços para que ele não pense em Renata.



OLGA (María Fernanda Martínez)

É uma mulher humilde, honesta que trabalhadora. Tem uma devoção especial por Eduardo, por quem sente uma atração secreta. Gosta de Estevão como um filho, já que o viu crescer, desde menino. Cuida e protege a integridade da família Sanint e gostaria que tudo estivesse estável no interior da casa. Sua estreita proximidade com a família fez com que descobrisse os segredos guardados há muitos anos. Aconselha Estevão, Martina, a senhora Ana e Eduardo, atuando muitas vezes como uma espectadora silenciosa e outras como mediadora discreta de alguns conflitos.



PLÍNIO (Mario Ruiz)

É motorista dos Sanint há vários anos. É um homem de semblante alegre, responsável, comprometido com seu trabalho e com Eduardo, seu chefe. Respeitoso e de bons modos, conta com a confiança da família, sendo muito próximo a Olga, a empregada da casa, com quem se dá bem e conversa em seu tempo livre, bebendo ou comendo algo na cozinha. Com Estevão tem uma relação amistosa, o aconselha, o ajuda no que pode, mas nunca coloca sua amizade com o rapaz acima de sua responsabilidade com Eduardo, seu chefe imediato.



ESMERALDA GARCIA (Paula Castaño)

Na infância, foi acolhida por Maria Herrera e Graça, por esta razão é como uma irmã para Renata. Foi abandonada em uma igreja e desde então não voltou a saber sobre o paradeiro de sua mãe. Trabalha como enfermeira e sempre foi uma pessoa leal a quem lhe estende a mão, inclusive, suporta os maus-tratos de Graça, que sempre lhe joga na cara sua origem. É um apoio incondicional para Renata, a quem sempre aconselha para que abandone seus planos de vingança.



MANUEL HERRERA (Ignacio Menéses)

É o meio-irmão de Renata e Estevão. Filho de Maria Herrera e Eduardo. É autista e por isso tem tendência a se isolar da realidade, ainda que nos momentos de lucidez deixa Renata pensando sobre seus sentimentos de vingança. É odiado por Graça, que o considera o símbolo da desgraça deixada por Eduardo Sanint na vida de sua filha Maria. Ela lhe faz feitiços e bruxaria, rogando que morra e sofra assim como seu pai.

Os dubladores de Fatmagül - A Força do Amor


Produzida entre 2010 e 2012 pela companhia de mídia Ay Yapım para o Kanal D, da Turquia, Fatmagül'ün Suçu Ne? tornou-se uma das mais conhecidas e polêmicas telenovelas turcas dos últimos anos. Estrelada pela atriz Beren Saat, que conquistou diversos prêmios graças a este trabalho, a trama é inspirada em fatos reais e tem como base o romance homônimo do roteirista Vedat Turkali, levado ao cinema pela primeira vez em 1986. Dublada em português pelo estúdio Dublavídeo, de São Paulo, o folhetim teve sua estreia aqui no Brasil no último dia de agosto deste ano, sucedendo sua compatriota Mil e Uma Noites, na tela na Band. Conheça a seguir os nomes dos dubladores que dão voz à “versão brasileira” de Fatmagül - A Força do Amor, sob direção de Vanessa Alves: 


Priscila Ferreira: Beren Saat (Fatmagül Ketenci)

Gabriel Noya: Engin Akyürek (Kerim Ilgaz)

Renato Soares: Fırat Çelik (Mustafá Nalçin)

Thiago Longo: Engin Öztürk (Selim Yaşaran)

Rodrigo Firmo: Kaan Taşaner (Erdoğan Yaşaran)

Douglas Guedes: Buğra Gülsoy (Vural Namlı)

Cecília Lemes: Sumru Yavrucuk (Meryem Aksoy “Ebe Nine”)

Hélio Vaccari: Musa Uzunlar (Reşat Yaşaran)

Armando Tiraboschi: Mehmet Uslu (Rifat Yaşaran)

Suzete Piloto: Deniz Türkali (Perihan Yaşaran)

Adna Cruz: Deniz Baytaş (Hilmiye Yaşaran)

Ricardo Fábio: Murat Daltaban (Münir Telci)

Raquel Marinho: Esra Dermancıoğlu (Mukaddes Ketenci)

Sérgio Rufino: Bülent Seyran (Rahmi Ketenci)

Renan Gonçalves: Aziz Sarvan (Turanar Alagöz)

Tarsila Amorim: Seda Güven (Meltem Alagöz)

Teca Pinkovai: Veda Yurtsever İpek (Ender Alagöz)

Nair Silva: Sacide Taşaner (Halide Nalçali)

Eudes Carvalho: Toygun Ateş (Emin Nalçali)

Michelle Zampieri: Sevtap Özaltun (Asu Ünsalan / Hacer Ovacik) 

Leonardo José: Serdar Gökhan (Fahrettin Ilgaz) 

Alessandra Araújo: Servet Pandur (Leman Namlı)

Mauro Ramos: Zühtü Erkan (Şemsi Namlı)

Luiz Antônio Lobue: Civan Canova (Kadir Pakalın)

Márcio Marconato: Alper Kut (Ömer Akari)

Mariana Zink: Ata Yılmaz Önal (Murat Ketenci)

Dado Monteiro: Alper Saylık (Sami)

Felipe Zilse: Emre Yetim (Emre)

Rosane Corrêa: Nilay Kaya (Gaye) 

Gabriela Milani: Gözde Kocaoğlu (Deniz Ilgaz)

Letícia Quinto: Bengü Engin (Dra. Nil Yörgen) 

Paulo Celestino: Ismael 

Ricardo Sawaya: Yaşar 

Rogério César: Serdar 

Gisa della Mare: Yadigar

Angélica Santos: Yasemin 

Elisa Vilon: Kaadsin 

Renata Pillonato: Yardi

domingo, 18 de outubro de 2015

Os dubladores de Que te Perdoe Deus... Eu Não


Remake de Abraça-me Muito Forte, folhetim realizado há quinze anos com base no clássico televisivo Pecado Mortal, de 1960, original de Caridad Bravo Adams, Que te Perdoe Deus... Eu Não foi mais uma produção de Angelli Nesma para a Televisa, no México, e trouxe como protagonistas Zuria Vega e Mark Tacher, acompanhados por um time de atores de grande trajetória na televisão mexicana, como Rebecca Jones, Sergio Goyri, Sabine Moussier, Eric del Castillo, María Sorté, Ana Bertha Espín, René Strickler, Alejandro Ávila, Antonio Medellín, Manuel Ojeda, Dacia González, Zaide Silvia Gutiérrez, Alejandra Procuna, Ana Patricia Rojo, Irán Castillo e Fabián Robles, além de nomes de destaque como Altair Jarabo, Ferdinando Valencia, Laisha Wilkins e Brandon Peniche. Dublada em português pelo estúdio Sigma, de São Paulo, Que te Perdoe Deus... Eu Não chegou ao continente africano em agosto deste ano, através da ZAP Novelas, que transmite sua programação em Angola e Moçambique. Atualmente, a telenovela também é veiculada pela TVM, rede de televisão pública de Moçambique, e pode ser assistida online. A seguir, conheça os nomes dos dubladores que emprestam suas vozes aos personagens de Que te Perdoe Deus... Eu Não, cuja direção de dublagem está a cargo de Denise Simonetto, Maria Cláudia Cardoso e Sergio Rufino.


Shallana Costa: Zuria Vega (Abigail Rios)

Dado Monteiro: Mark Tacher (Mateo López Guerra Fuentes)

Vanya Kizzy: Rebecca Jones (Renata Flores del Ángel de López Guerra)

Marco Antônio Abreu: Sergio Goyri (Fausto López Guerra)

Maria Cláudia Cardoso: Sabine Moussier (Macária Rios)

Patt Souza: Altair Jarabo (Diana Montero)

Claudio Satiro: Eric del Castillo (Bruno Flores Riquelme)

Cristina Rodrigues: Ana Bertha Espín (Constância del Ángel de Flores)

Denise Simonetto: María Sorté (Helena Fuentes)

Márcio Marconato: Ferdinando Valencia (Diego Muñoz)

Rodrigo Araújo: René Strickler (Dr. Patrício Duarte)

Ulisses Bezerra: Alejandro Ávila (Lúcio Ramírez)

Raquel Marinho: Laisha Wilkins (Ximena / Daniela Negrete)

Suzete Piloto: Dacia González (Vicenta Muñoz)

Ana Lucia Ribeiro: Myrrha Saavedra (Amanda Rios)

Cyntia Moran: Alejandra Ávalos (Mia Montero)

Cecília Lemes: Zaide Silvia Gutiérrez (Simone Sánchez)

Bruno Mello: Adriano Zendejas (Antônio “Tonho” Sánchez)

Adrian Tatini: Santiago Hernández (Alfredo “Fredy” Sánchez)

Angélica Santos: Ana Patricia Rojo (Efigênia de la Cruz y Ferrera)

Rosangela Mello: Alejandra Procuna (Edwiges de la Cruz y Ferrera)

Gilmar Lourenço: Antonio Medellín (Padre Francisco Ojeda Bernal)

Wilken Mazzei: José María Galeano (Padre Tomás Ojeda Bernal)

Walter Cruz: Manuel Ojeda (Meliton)

Silvio Giraldi: Fabián Robles (Júlio Acosta Montero “Julian Montero”)

Felipe Mônaco: Carlos Athié (Maximiliano “Max” Zarazúa)

Renan Gonçalves: Héctor Sáez (Comandante Efraín Barragán)

Junior Nannetti: Óscar Bonfiglio (Marcelino Escalante)

Andressa Bodê: Alejandra Robles Gil (Teodora de Zarazúa)

Rebeca Zadra: Lakshmi Picazo (Nieves)

Douglas Guedes: Raúl Olivo (Motor)

Glauco Marques: Julio Mannino (Benito)

Ricardo Fábio: Moisés Arizmendi (Porfírio) 

Monalisa Capella: Daniela Basso (Joana) 

Fernando Prata: Brandon Peniche (Pablo Ramos)

Samira Fernandes: Irán Castillo (Renata - Jovem)

Léo Caldas: Erik Díaz (Fausto - Jovem)

Melissa Lucena: Alejandra García (Macária - Jovem)

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

A Sombra do Passado estreia na ZAP Novelas


Estreia hoje, 14 de outubro, em Angola e Moçambique, através da ZAP Novelas, a produção mexicana A Sombra do Passado, a mais recente versão de Manancial (2001), uma história original dos escritores Cuauhtémoc Blanco e Víctor Manuel Medina. Produzida por MaPat López de Zatarain e lançada pela Televisa em 2014, a nova versão do folhetim conta com roteiros de Antonio Abascal, Carlos Daniel González e Dante Hernández e marca a estreia de Michelle Renaud e Pablo Lyle como protagonistas.

Nos papéis principais atuam também Alexis Ayala, Alejandra Barros, Susana González, René Strickler, Lisset, Alfredo Adame, Thelma Madrigal, Cynthia Klitbo, Luis Xavier, Alex Sirvent, Horacio Pancheri, Sachi Tamashiro, Beatriz Moreno, Manuel ‘Flaco’ Ibáñez e José Carlos Farrera.

Dublada em português, a trama será exibida de segunda a sexta-feira, às 20h00 em Angola, e às 21h00 em Moçambique.


SINOPSE

No povoado de Santa Lúcia vivem duas famílias muito diferentes, mas que estão envolvidas no mesmo turbilhão de paixões, sofrimento e vingança. Por um lado, está Severiano Mendonza (Alexis Ayala) e Camila Santana (Alejandra Barros), gente rica e poderosa, que vive na fazenda “As Almas”, e seu pequeno filho Cristóvão. Por outro, estão Roberta (Susana González) e Raymundo Alcocer (René Strickler), que também têm uma pequena filha de nome Aldonza; no entanto, eles não vivem com o mesmo luxo da família Mendonza, o que provoca frustração e ressentimento em Roberta, pois nada é suficiente para sanar o complexo de inferioridade que a persegue como sombra.

Ninguém imagina que Roberta mantém uma relação sentimental com Severiano, mas um dia o relacionamento é descoberto por Raymundo, que acaba ferido por um disparo de Severiano. Roberta, assustada, dispara contra seu marido, provocando sua morte. Ambos fazem parecer que Raymundo sofreu um acidente. Dessa relação proibida, Roberta fica grávida, mas a criança é arrancada por Severiano com mentiras e Roberta acredita que o bebê morreu. A partir desse momento, Roberta torna-se o símbolo do excesso e da maldade, entrega-se aos vícios sem remorso e deixa sua filha Aldonza aos cuidados de Adelina (Lisset), sua irmã.

O tempo passa. Agora, Aldonza (Michele Renaud) é uma bela jovem, criada na companhia de Adelina e Roberta, mas os excessos de sua mãe fizeram com que Aldonza fosse rejeitada por muitos dos habitantes do povoado. Por outra parte, Cristóvão (Pablo Lyle) retorna a Santa Lúcia, pois desde pequeno esteve ausente, estudando longe do povoado.

O primeiro encontro entre os jovens provoca emoções difíceis de se esconder e, apesar das negativas de Aldonza de estar com Cristóvão, ele a convence a serem amigos, explicando que as diferenças entre suas famílias não têm porque afetá-los. Aldonza se dá conta de que ele tem razão e, assim, inicia-se uma linda amizade entre eles, uma amizade que não tarda em transformar-se em amor.

Camila, a mãe do rapaz, não está de acordo com esta relação, já que sempre odiou tudo o que tivesse a ver com Roberta, e pede a Severiano que faça com que Aldonza deixe o povoado. Em um ato imperdoável, Severiano abusa de Aldonza, o que a obriga a desaparecer junto de sua mãe e sua tia, sem dizer os motivos a ninguém, nem mesmo a Cristóvão.

Anos depois, Roberta morre e Aldonza retorna ao povoado levando suas cinzas. Cristóvão, decepcionado ao sentir-se abandonado por Aldonza, se comprometeu com Valéria (Thelma Madrigal), no entanto, ao rever Aldonza, sente que o amor de sua vida está de volta e que está disposto a lutar por ela, o que significa romper seu compromisso com Valéria.

Porém, o caminho até sua felicidade não será nada fácil, pois a sombra do passado de seus pais, continua trazendo sofrimento e tragédia para suas vidas. Aldonza e Cristóvão terão que lutar contra a maldade, o ódio, o capricho e a ambição daqueles que conspiram contra ela e assim poder se entregar ao amor.


PERSONAGENS


ALDONZA ALCOCER LOZADA (Michelle Renaud)

É a bela filha de Raymundo e Roberta. De coração nobre e generoso, herdou o melhor de seu pai. É introvertida, mas muito inteligente e intuitiva. A ausência de seu pai, que morre assassinado por Severiano Mendonza e Roberta, sua própria esposa, assim como o estigma de ser filha de uma mulher mal falada, a marcaram desde pequena e a tornaram reservada, mas, também, acostumada a lutar contra as adversidades. Sua tia Adelina sempre foi como uma segunda mãe para ela. Quando adolescente, Aldonza se apaixonou por Cristóvão, apesar da rivalidade entre suas famílias e de sua oposição feroz e constante, contra a qual deverá lutar até o final para poder ser feliz ao lado dele.



CRISTÓVÃO MENDONZA SANTANA (Pablo Lyle)

É o filho de Severiano e Camila. Foi um menino alegre e de personalidade afável, com a qual ganhou o carinho das pessoas. É nobre de caráter, mas não ao ponto de se deixar fraquejar, já que Cristóvão é um homem apaixonado e obstinado, capaz de dar a vida por aquilo que ama. Cristóvão sempre procurou a independência da superproteção materna. Passou a maior parte de sua infância estudando na capital e na adolescência voltou a Santa Lúcia e se apaixonou por Aldonza, a mulher mais odiada por sua família. Quando Aldonza deixou o povoado, Cristóvão foi estudar na Espanha e retornou anos depois comprometido com Valéria Zapata, mas o reencontro com Aldonza reavivará a chama do amor, um amor proibido, que seus entes mais queridos tentarão sufocar.



SEVERIANO MENDONZA (Alexis Ayala)

É o marido de Camila e o pai de Cristóvão. Desde que se casou com Camila a sentiu distante e tratou de usar isso como pretexto para ir atrás de diversas amantes, uma delas foi Roberta. Quando Raymundo, o marido dela, descobriu a relação, tiveram um enfrentamento no qual Severiano perdeu um braço e Raymundo perdeu a vida. Roberta tem um filho dele, um filho secreto, pois a fizeram acreditar que o bebê havia nascido morto. Severiano é um homem amargurado, desprezível e capaz de qualquer coisa a fim de conseguir o que quer, inclusive, estuprar e assassinar. Fará todo o possível para impedir a relação de seu filho com Aldonza, assim como irá despojá-la das terras e das belas cascatas que ele sempre invejou da família Alcocer.



CAMILA SANTANA DE MENDONZA (Alejandra Barros)

É a esposa de Severiano, a mãe de Cristóvão e a dona da fazenda “As Almas”. Vive para seu filho e quer que Cristóvão viva para ela, por isso sempre foi controladora e manipuladora. No fundo, não é uma vilã, mas se deixa levar por suas emoções mais negativas e isso a faz cometer grandes erros, como o de evitar que seu filho ame Aldonza. Desde jovem, era apaixonada por Jerônimo e quando ele a deixou para ser sacerdote, ela se casou com Severiano por despeito. Quando descobriu que seu marido era amante de Roberta, terminou com Severiano, mas continuaram vivendo juntos para manter as aparências. Apesar disso, ao longo da história, em diversos momentos se alia com seu marido por uma causa em comum: separar seu filho de Aldonza, a quem Camila abomina, por ser filha da mulher que destruiu seu casamento.



ROBERTA LOZADA DE ALCOCER (Susana González)

É a esposa de Raymundo, mãe de Aldonza e irmã de Adelina. Roberta é uma mulher complexada, que sempre deseja mais. Nada é suficiente para sanar o complexo de inferioridade que a persegue como sombra. Não é feliz com sua vida, nem com seu marido, nem com a bela propriedade onde vive. Dona de uma sensualidade que transborda, Roberta se aproveita disso para conseguir seus propósitos e torna-se amante de Severiano. Graças a este relacionamento, termina sendo coautora do crime que acaba com a vida de Raymundo, assim como dá à luz um filho gerado fora de seu casamento. Roberta torna-se o símbolo do excesso e da maldade em Santa Lúcia. Entrega-se aos vícios sem remorsos e acaba sendo desprezada por todos.



ADELINA LOZADA (Lisset)

É a irmã mais velha de Roberta e tia de Aldonza, apesar de desempenhar o papel de mãe para ela, não somente por sua afinidade e parentesco, mas também porque Adelina é uma verdadeira mulher maternal, ainda que, ao contrário, nunca teve filhos. Tem uma personalidade afável, é bem-humorada, carinhosa, solidária e um pouco preocupada; tem um vínculo muito próximo de cumplicidade positiva com Aldonza. Adelina esteve secretamente apaixonada por seu cunhado e nunca se atreveu a manifestar isso, já que é uma mulher de moral, conservadora e completamente o contrário de sua irmã Roberta.



PADRE JERÔNIMO ALCOCER (Alfredo Adame)

É o irmão de Raymundo. É sacerdote e mesmo não atuando no povoado, as circunstâncias e a necessidade de proteger sua sobrinha Aldonza de todo o mal que possa acontecer, fazem com que peça transferência para Santa Lúcia, lugar onde terá que enfrentar as vilanias de Severiano e a sombra de um antigo amor: Camila. Sempre discute com sua cunhada Roberta pela forma de vida que leva e pelo jeito que trata sua filha.



VALÉRIA ZAPATA (Thelma Madrigal)

É a filha do Dr. Humberto e de Prudência. É a versão jovem de uma garota mimada, malcriada e enjoada, que sempre esteve obstinada a conquistar Cristóvão, a quem enxerga como o maior troféu que pode ganhar. Mais do que um autêntico sentimento de amor por ele, Valeria é movida pelo sonho de se tornar a esposa do herdeiro da família Mendonza. É astuta, manipuladora, controladora, rancorosa e hipócrita. Além disso, é aconselhada por sua mãe, Prudência, que sempre a incentiva para que conquiste seus objetivos e assim consiga que a família cresça ao se juntar com os Mendonza. Ao longo da história, fará até o impossível para conquistar Cristóvão e não estará longe de conseguir.



PRUDÊNCIA DE ZAPATA (Cynthia Klitbo)

É a esposa de Humberto Zapata. É uma mulher ambiciosa, fofoqueira e constantemente se mete em problemas por dar com a língua nos dentes. Devido a sua cobiça, é cúmplice de sua filha em todas suas maldades. Trata mal seu marido Humberto, a quem recrimina por seus erros do passado. Odeia Emanuel e o humilha sempre que é possível, já que não lhe agrada sua presença em casa e suspeita que ele seja um filho bastardo de seu marido. Por sua ambição, suporta as humilhações feitas por Camila.



HUMBERTO ZAPATA (Luis Xavier)

É um médico com o passado sombrio, algo que a todo momento tem sido aproveitado por Severiano Mendonza para chantageá-lo e manipulá-lo à sua maneira, obrigando-o, com isso, a fazer coisas que ele mesmo não está de acordo. No entanto, com o passar dos anos, tem tratado de consertar seu caminho corrigindo seus erros, apesar das ameaças de Severiano. Adora Prudência e Valéria, por isso não se atreve a enfrentá-las. No dia em que faz isso, a vida torna-se um inferno para ele.



EMANUEL ZAPATA (Alex Sirvent)

É um jovem sensível, honesto e muito trabalhador, criado no seio da família Zapata, já que Humberto, o médico, atendeu sua mãe, uma jovem solteira, que morreu quando ele nasceu. Emanuel conhece sua história e por isso mesmo tolera as constantes humilhações das quais é alvo por parte de Prudência e de Valéria. Ainda que Humberto sinta carinho por ele, não o defende dos insultos para evitar conflitos em casa. Lola está apaixonada por ele, mas Emanuel se apaixona por Aldonza, sem saber que um forte laço o une a ela. Respeita Cristóvão, que sempre foi bom com ele, mas logo sente que está em concorrência com ele ao lhe invejar tudo o que possui.



RENATO BALLESTEROS MEDRANO (Horacio Pancheri)

É um advogado que aparece na vida de Aldonza, a quem ele pretende conquistar, mesmo conhecendo seus sentimentos por Cristóvão. Apesar de despertar na jovem um grande carinho, acaba por tornar-se seu ombro amigo e cúmplice, mas, sobretudo, rival de Cristóvão na disputa pelo coração de Aldonza.



LOLA OTERO (Sachi Tamashiro)

Seu nome completo é Dolores Otero Saavedra, mas todos a chamam carinhosamente de Lola. É órfã de pai e mãe e sempre viveu com seus avós, aos quais adora. É a melhor amiga de Aldonza. É alegre, aberta e muito franca, o que frequentemente a mete em problemas, já que age sem pensar, mesmo com boas intenções. Está apaixonada por Emanuel e sofre porque ele não corresponde seu sentimento. Sua vida também está envolta em um segredo que rapidamente será descoberto.



DOMINGA DE OTERO (Beatriz Moreno)

É a avó de Lola. Apesar de sua origem humilde tem a sabedoria dos mais velhos. “Sempre há um bom ditado para cada problema”, costuma dizer. Trata de orientar Lola, ainda que ela se esquive. Trabalha na fazenda “As Almas”, propriedade de Severiano e Camila Mendonza. É uma mulher muito paciente, foi babá de Camila desde que ela era praticamente uma menina; depois disso foi também a de Cristóvão, a quem adora e nunca perde a oportunidade de lhe dar um conselho. É a confidente de Camila e a única que se atreve a lhe dizer as verdades, fazendo com que reflita, mas sempre acaba tendo algum conflito com ela.
 


MELÉSIO OTERO (Manuel ‘Flaco’ Ibáñez)

É o marido de Dominga. Apesar de sua idade, é um homem muito trabalhador e muito cuidadoso com suas tarefas. Ajuda Severiano e permanece ao seu lado, fiel, discreto e respeitoso, mesmo sabendo que nem sempre ele tem razão. Adora sua neta Lola, a quem considera um pouco sem juízo e imprudente, mas ela é quem o diverte e faz rir com suas ideias e impertinências. Compartilha com sua mulher todos os segredos da fazenda, mas está disposto a levá-los com ele para o túmulo antes de revelá-los.



ABELARDO LAGOS (José Carlos Farrera)

É o filho do gerente do banco de Santa Lúcia e acredita que por sua posição pode-se dar o luxo de não fazer nada positivo na vida. É um parasita e gosta de jogar, situação que o leva a se meter em uma infinidade de problemas. Louco pelas mulheres, em nenhum momento perde a oportunidade de conquistar Aldonza, mesmo ela tratando de rejeitá-lo mil e uma vezes. Valéria, ao contrário, o usa por conveniência e com ela sim ele chega a ter uma relação, ainda que seja às escondidas de todo mundo. Morre assassinado por seus credores de jogo e Cristóvão é culpado por isso.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Rede Aparecida exibe filme mexicano Guadalupe

A Rede Aparecida exibe amanhã, 10 de outubro, às 16h15, na faixa “Tela de Sábado”, o filme mexicano Guadalupe, escrito e dirigido por Santiago Parra e lançado em 2006. Ambientado na época atual, a ficção narra a aventura dos espanhóis José María (Aleix Albareda) e sua irmã Mercedes (Ivana Miño), dois arqueólogos que decidem investigar a história da Virgem de Guadalupe após o descobrimento de novas informações.

Enquanto José María analisa fenômenos com os cientistas, Mercedes se une a Diego (Fabián Robles), seu amigo mexicano, em uma peregrinação à Basílica, onde participam das festividades ao longo do caminho, aprendendo sobre a história do México e o significado por trás de suas tradições. Ambos irmãos, que se encontram em um momento crítico em suas vidas, marcadas por uma dolorosa e traumática infância, veem sua existência transformada à medida que vão percorrendo os artefatos da história e não imaginam o impacto que seus estudos têm sobre suas vidas.

Paralelamente, o filme conta a história da aparição da Virgem de Guadalupe a Juan Diego (José Carlos Ruiz), um indígena que, de seu lugarejo, caminhava para a Cidade do México a fim de participar da catequese e da Santa Missa enquanto estava na colina de Tepeyac, perto da capital. Nossa Senhora disse a Juan Diego que fosse até o bispo e lhe pedisse que naquele lugar fosse construído um santuário para a honra e glória de Deus. O bispo local, usando de prudência, pediu um sinal da Virgem ao indígena que, somente na terceira aparição, foi concedido.

No elenco, atores conhecidos pelo público como Pedro Armendáriz Jr., Angélica Aragón e Eric del Castillo. Atuam também Sandra Espil, Gemma Guilemany, Olivia Rosati, Àngels Poch, Marta Martorell, Enrick Arquimbau, Jaskaran Brady e Antonio Monroi, entre outros.


Confira a chamada de exibição de Guadalupe na Rede Aparecida: