...

terça-feira, 23 de julho de 2013

As próximas telenovelas de 2013 - Parte 5


Somos los Carmona (TVN)

A história de uma típica família da zona rural do sul do Chile que recebe uma milionária quantia pela desapropriação de suas terras e passa a viver em um bairro de alta classe em Santiago é o roteiro de Somos los Carmona, telenovela que em breve substituirá Dos por uno, no horário das 20h00, na emissora estatal chilena TVN.

Original de Carlos Oporto, junto a David Bustos e Jaime Morales, a nova atração do canal é produzida por Daniela Demicheli, sob a direção geral de María Eugenia Rencoret e contará a divertida história da família Carmona, que, de um dia para o outro, torna-se milionária e passa a viver em uma mansão em Santiago, sem deixar de lado seus costumes do campo, criando, assim, um grande choque cultural e intensos conflitos com os Velasco, seus vizinhos.

Baseada em The Beverly Hillbillies (A Família Buscapé) - famosa série americana dos anos sessenta, a qual também originou o filme homônimo - a telenovela terá em seu elenco Carolina Arregui e Álvaro Rudolphy, que voltam a atuar juntos após vinte anos, quando participaram da versão chilena de Marrón Glacé, folhetim criado pelo brasileiro Cassiano Gabus Mendes.

Junto à Carolina e Álvaro, destacam-se também os papéis principais de Ingrid Cruz e Fernando Larraín. Os quatro atores interpretam os chefes das duas famílias que se verão enfrentadas, mas cujos laços afetivos os levarão por novos caminhos inesperados.

Completam o elenco Francisco Puelles (foto), Magdalena Müller, Gaby Hernández, Luis Alarcón, Valentina Carvajal, Ignacio Susperreguy, María de los Ángeles García, Matías Gil, Gabriela Medina, Agustina Lavín, Gonzalo Bulnes, Vivi Shuy, Víctor Montero, Andrea Eltit, entre outros.



Mamá Mechona (Canal 13)

Uma mamãe quarentona que volta a enfrentar o mundo dos jovens e a universidade é parte da história de Mamá Mechona, a nova telenovela que o Canal 13, do Chile, está preparando para retomar o horário das 20h00, com Sigrid Alegría como sua grande protagonista.

Escrita por Sergio Díaz e sua equipe, sob a direção de Germán Barriga e produção de Vania Portilla, esta comédia tem início quando Macarena, uma mulher casada e mãe de três filhos, ao passar inesquecíveis férias em Playa del Carmen, no México, reencontra suas ex-companheiras, todas bem-sucedidas no trabalho, o que a motivará a abandonar sua vida de dona de casa, dedicada à sua família, para entrar na universidade de Psicologia, gerando surpresas e conflitos.

Além de Sigrid Alegría, fazem parte do elenco Álvaro Espinoza, Carolina Varleta, Begoña Basauri, Katyna Huberman, Alonso Quintero, Simón Pesutic, Paula Sharim, Mariana Derderián, María José Prieto, Monica Godoy, Pablo Schwarz, Jaime Artus, Hernán Contreras, Constanza Piccoli, Álvaro Gómez, Dominique Gallego, Paulo Brunetti, entre outros.



Guerreras y centauros (TVes)

A esperada e primeira telenovela de época da televisão venezuelana, Guerreras y centauros, é ambientada entre os anos de 1821 e 1863 e destaca a combinação de personagens fictícios juntamente a figuras históricas do país, como Simón Bolívar, José Antonio Páez, Manuelita Saez e Barbarita Nieves.

A trama central da telenovela terá como pano de fundo a fazenda La Concepción, onde se passa a história de amor entre os personagens de Remedios Domínguez, a dona do lugar, e Eneas Montoya, que trabalha como seu peão. Eles terão que enfrentar a luta de classes sociais que se impunha na época. Outro dos cenários será a fazenda La Guerrereña, onde habita María Marta Guerrero - viúva de um general e mãe de quatro filhas - que se apaixona por seu capataz, Jacinto Farfán, homem que terá que decidir entre o prazer e o dever. Por sua parte, os papéis do general Páez e de Barbarita Nieves recriarão parte do amor que definiu a vida destes dois personagens históricos venezuelanos.

Guerreras y centauros conta com a participação de talentos como: Ana Karina Casanova, Jessika Grau, Jesús Cervó, Víctor Cámara, Aisha Stambouli, Amado Zambrano, Henry Galué, Ricardo Bianchi, Marisela Buitrago, Félix Loreto, Simón Pestana, Henry Salvat, Rosalinda Serfaty, Adolfo Cubas, Henry Soto, Ramón Hinojosa, Yajaira Orta, Carl Hoffman, Vicente Tepedino, William Colmenares, Alejandro Corona, entre outros.

O roteiro, que viajará por três épocas distintas da história venezuelana é uma ideia original do ator, produtor e diretor Henry Galué, escrita por Carmelo Castro. Conta com Juan Carlos Wessolovsky na direção e Norma Scaglione na produção executiva. A obra, uma produção independente, conta, ainda, com o apoio da Presidência da República e do Ministério da Cultura.
Blog Widget by LinkWithin

Um comentário:

Maria de Fatima disse...

Parabéns pela maravilhosa criação deste blog. É completo e muito bem elaborado. Uma sujestão para ficar melhor ainda: postem novelas mexicanas, principalmente coração apixonado. abraços.