...

terça-feira, 8 de março de 2011

Prêmios TVyNovelas 2011: Uma noite cheia de emoções


Todos os anos, os seguidores de nossas adoradas telenovelas esperam por uma noite cheia de magia, para a qual nossas estrelas favoritas se vestem de gala e, com os nervos à flor da pele, se dispõem a ser julgadas pelo público e por um júri especializado, que decide quais foram os melhores ao longo do ano. Assim, na noite deste domingo, 06 de março, aconteceu a esperada celebração dos prêmios TVyNovelas 2011, realizada no porto de Acapulco, no México.

Mesmo que diversas produções tenham levado suas estatuetas, a grande ganhadora da noite foi Para volver a amar, telenovela que, apesar de não contar com uma grande audiência, contou com uma qualidade, tanto de produção, como de atuações, fantástica, e caiu no gosto do público, tornando-se uma divisora  de águas dentro dos melodramas mexicanos, e sendo considerada por muitos como a melhor telenovela da Televisa nos últimos tempos.

Diante da expectativa, os prêmios TVyNovelas 2011 foram distribuídos da seguinte forma:


MELHOR TELENOVELA
Para volver a amar

Competindo nesta categoria as produções Cuando me enamoro, de Carlos Moreno; Llena de amor, de Angelli Nesma; Para volver a amar, de Roberto Gómez Fernández e Giselle González; Soy tu dueña, de Nicandro Díaz; e Teresa, de José Alberto Castro, finalmente a grande ganhadora foi Para volver a amar.

A favorita nesta categoria era mesmo a ganhadora, além de Cuando me enamoro e Teresa, nome este que os presentes na cerimônia gritaram, inclusive quando os ganhadores subiram ao palco. O mesmo ocorreu no ano passado, quando Hasta que el dinero nos separe foi a ganhadora e o único nome que se escutava gritando pelos seguidores fervorosos era Sortilegio.


MELHOR ATRIZ
Angelique Boyer


Sem sombra de dúvida a grande surpresa da noite foi o prêmio para a Melhor Atriz, entregue diante dos gritos do público aclamando a intérprete de Teresa. Nesta categoria competiram três atrizes que surpreenderam em seus respectivos trabalhos: por um lado, a grande Lucero, de Soy tu dueña; por outro Rebecca Jones, de Para volver a amar e, por último, a bela Angelique Boyer, em sua estreia como protagonista.

E qual foi a surpresa? A revelação protagônica se sobressaiu à experiência! O prêmio foi entregue a esta linda francesa, que tocou fundo o coração dos telespectadores e se tornou a nova grande promessa da empresa.

MELHOR ATOR
Fernando Colunga

Apesar dos insistentes gritos do auditório a favor de Sebastián Rulli, nomeado por seu papel protagônico em Teresa, finalmente o prêmio não foi nem para ele, nem para Valentino Lanús por Llena de amor, nem para René Strickler, por Para volver a amar, mas sim para o único protagonista ausente: Fernando Colunga, que com seu papel de José Miguel, em Soy tu dueña, voltou a conseguir este reconhecimento.

MELHOR ATRIZ ANTAGÔNICA
Rocío Banquells


Sem dúvida, as vilãs de Carlos Moreno arrasam nos TVyNovelas. Isso porque no ano passado, a merecedora do prêmio foi a temida Carlota Espinoza de los Monteros de En nombre del amor, e este ano a ganhadora foi a malvada Fina, de Cuando me enamoro, magistralmente interpretada por Rocío Banquells.

Assim, foi ela quem desbancou outras grandes vilãs, como Azela Robinson, de Llena de amor; Jacqueline Andere, de Soy tu dueña; e  Margarita Magaña, de Teresa.

MELHOR ATOR ANTAGÔNICO
Juan Carlos Barreto

Para volver a amar não somente foi galardoada como a Melhor Telenovela, como também diversos de seus atores e atrizes foram premiados. Este é o caso de Juan Carlos Barreto, que graças à sua atuação como um homem violento ganhou este merecido prêmio.

Os principais competidores nesta categoria eram Alexis Ayala, por Llena de amor; Manuel Landeta, por Teresa; e Sergio Goyri, por Soy tu dueña, considerado como o possível ganhador deste prêmio, que finalmente foi parar nas mãos de um integrante da produção de Roberto Gómez Fernández.

MELHOR PRIMEIRA ATRIZ
Magda Guzmán

Nenhum filho malvado é de fato malvado sem ter uma mãe que também seja mais malvada ainda. Assim, o prêmio de Melhor primeira atriz foi concedido, nesta ocasião, à veterana Magda Guzmán, por sua grande atuação na produção Para volver a amar.

Outras competidoras que disputavam o troféu eram Ana Martín, de Soy tu dueña; Silvia Pinal, também de Soy tu dueña; Laura Zapata, de Zacatillo, un lugar en tu corazón; e María Sorté, de Mar de amor.

MELHOR PRIMEIRO ATOR
Alejandro Camacho

Mesmo que Rebecca Jones não tenha ganhado o prêmio, quem saiu com a estatueta foi seu marido, Alejandro Camacho, como Melhor Primeiro Ator, graças à sua interpretação em Para volver a amar, com a qual conseguir arrebatar o prêmio de seus companheiros como Eric del Castillo, de Soy tu dueña; José Elías Moreno, de Niña de mi corazón; e Juan Ferrara, de Mar de amor.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Alejandra Barros


Com certeza uma das atrizes que mais surpreendeu esse ano nos melodramas mexicanos foi a bela Alejandra Barros. Isso porque com o papel de Bárbara em Para volver a amar, uma mulher maltratada e com AIDS, fez com que o México se rendesse a seus pés, tornando-a a merecedora dos prêmios TVyNovelas 2011, como Melhor Atriz Coadjuvante.

As principais competidoras nesta categoria, bastante disputada por sinal, eram Patricia Navidad, por Zacatillo, un lugar en tu corazón; onde mostrou sua faceta mais cômica como Zoraida; Jessica Coch, por Cuando me enamoro, onde encarnou Roberta; e Ana Brenda, como Aurora, em Teresa, que, a princípio era a clara favorita para protagonizar esta história e uma das mais cogitadas para ganhar este prêmio.

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Jesús Ochoa

Aos prêmios já mencionados se soma o de Melhor Ator Coadjuvante, que foi para Jesús Ochoa, graças à sua atuação como um homem casado que gostava de garotinhas, em Para volver a amar.

Arath de la Torre, de Zacatillo, un lugar en tu corazón; David Zepeda, de Soy tu dueña; e René Casados, de Cuando me enamoro, eram os outros nomeados nesta categoria.

MELHOR ATRIZ JUVENIL
Paulina Goto

O prêmio de Melhor Atriz Juvenil sempre tem uma grande importância, isso porque as garotas que chegam a ser nomeadas nesta categoria podem chegar a se tornar as próximas heroínas de nossas telenovelas.

Este ano, nem Renata Notni, de Mar de amor; nem Gabriela Mellado, de Zacatillo, un lugar en tu corazón, levaram a estatueta. A grande vencedora foi a nova revelação de Pedro Damián: a debutante Paulina Goto, graças ao seu papel de menina-menino em Niña de mi corazón.

MELHOR ATOR JUVENIL
Alfonso Dosal

Na categoria de Melhor Ator Juvenil, o escolhido para levar o sétimo prêmio para a telenovela Para volver a amar foi o jovem Alfonso Dosal, que desbancou a concorrência composta por Diego Amozorrutia, de Llena de amor; e Eleazar Gómez, de Cuando me enamoro.

Cabe destacar que este último foi nomeado quando nem havia aparecido na produção de Carlos Moreno, à qual se integrou quando as gravações já estavam bastante avançadas.

MELHOR REVELAÇÃO FEMININA
Fátima Torre


O público e o júri reservou o prêmio de Melhor Revelação Feminina para a simpática Fátima Torre, por sua excelente atuação no melodrama protagonizado por Colunga e Lucero.

As outras atrizes que faziam parte desta categoria eram Thelma Madrigal, de Para volver a amar; e Cristina Masón, de Llena de amor.

MELHOR REVELAÇÃO MASCULINA
Paul Stanley

E para acompanhar a revelação feminina, o prêmio de Melhor Revelação Masculina também foi parar nas mãos de um integrante da produção de Nicandro Díaz, Soy tu dueña, graças à Paul Stanley.

Assim, este foi o ganhador, derrotando José Carlos Fernat, de Zacatillo, un lugar en tu corazón; e Brandon Peniche, de Niña de mi corazón.


Assim, termina um novo ciclo das telenovelas mexicanas, que a cada ano chegam carregadas de ilusões e sonhos para fazer felizes milhões de telespectadores. E sem sombra de dúvidas, apesar de que Para volver a amar foi a grande ganhadora da noite, todos os aplausos foram para a produção de Teresa, que se tornou um grande êxito e conseguiu quebrar recordes e se posicionar como a telenovela mais assistida no horário das 18h00 e com um final mais bem-sucedido dos últimos anos.
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário: