quarta-feira, 30 de março de 2011

Personagens de Dona Bárbara: Santos Luzardo


PERSONAGEM: Santos Luzardo

INTÉRPRETE: Christian Meier

É um jovem de princípios e de bom coração, descendente de genuínos habitantes das planícies e graduado em Direito. Odeia a violência porque cresceu nela e acredita firmemente no poder das leis e da razão acima da impunidade e da injustiça.

É um homem otimista e de espírito pacificador. Quando Dona Assunção, sua mãe, morreu, Santos Luzardo decidiu regressar à fazenda da família Altamira para organizar os assuntos econômicos e familiares, vendê-la e rumar à Europa com sua futura esposa.

Entretanto, aí se encontra com as terríveis lembranças da família e descobre que está sendo despojado do que legitimamente lhe pertence por Dona Bárbara. Sendo um homem honrado, respeitoso, moderno e liberal, movido por uma grande quantidade de sentimentos e emoções que o invadem, decide ficar e, com a cultura e a inteligência adquirida na universidade, combater a barbárie e a injustiça nascidas da ignorância, trazendo a civilização à terra que o viu crescer.

Dona Bárbara vê no jovem advogado sua próxima vítima e põe em jogo toda sua arte de sedução, porém, desta vez, enfrentará um homem diferente. Santos Luzardo entra conflito com a selvagem mulher, acolhe Maricela em sua casa, a educa e se apaixona por ela, tratando de não cair das garras de Dona Bárbara. No final, consegue derrotar todas suas artimanhas e trazer a civilização, a liberdade e a reivindicação de seus direitos

terça-feira, 29 de março de 2011

Sinopse de Emperatriz


A exatamente uma semana da estreia de Emperatriz, a nova telenovela do canal mexicano Azteca, eis aqui a sinopse do melodrama, que terá como protagonistas os atores Gaby Spanic e Bernie Paz, com estreia programada para o dia 05 de abril, às 20h30.

Emperatriz nos conta a história de Emperatriz Jurado (Gaby Spanic), uma mulher que se entregou ao amor de Armando Mendoza (Omar Fierro) de forma desinteressada e apaixonada, porém, ele a traiu, tomou sua filha recém-nascida e, mais tarde, a abandonou. Emperatriz Jurou a si mesma que cobraria vingança contra Armando, para que pagasse por todo o dano que lhe causou e, assim, recuperar sua filha.

No caminho de Emperatriz cruzam dois homens: Manuel León (Rafael Sánchez Navarro), que compartilha o mesmo desejo de aniquilar Armando e que se unirá a ela em uma sociedade de conveniência para ambos, e Alejandro Miranda (Bernie Paz), o homem que lhe arrebatará o coração e por quem Emperatiz estará disposta a tudo, inclusive a enfrentar sua própria filha.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Personagens de Dona Bárbara: Bárbara Guaimarán


PERSONAGEM: Bárbara Guaimarán

INTÉRPRETE: Edith González

Proveniente da obscuridade mais profunda da selva amazônica e fruto da união entre a índia mansa e o branco oportunista, pouco se sabe sobre seus primeiros anos de vida. É uma bela mestiça que vive com sua babá Eustáquia e seu pai a bordo de uma embarcação que transporta mercadoria de um lado ao outro do rio Orinoco, o que a acostumou desde cedo ao trato brusco com os homens.

Sua mãe morreu ao dar a luz e seu pai não lhe presta a menor atenção, porém, apesar disso, Bárbara é feliz, pois conta com o carinho de Eustáquia e o amor de Asdrúbal, um jovem terno e educado, que subiu à embarcação como passageiro, e que passou a trabalhar para seu pai e a ensiná-la a ler e a escrever.

Ao conhecê-lo, Bárbara imediatamente se apaixonou e viveu as delícias do primeiro amor adolescente. No entanto, sua felicidade foi retalhada na noite em que cinco homens que viajavam com eles no barco, enciumados pela relação entre os dois jovens, mataram o pai de Bárbara, juntamente com Asdrúbal, além de violá-la selvagemmente.

Após o ocorrido, Bárbara é resgatada por Eustáquia e curada pelos índios da região, mas seu caráter doce e ingênuo nunca voltou a ser o mesmo. Desde então, essa mulher despertou o ódio dentro de si contra todos os homens, tornou-se ambiciosa e, agora, usa todos os recursos, inclusive a magia negra e o assassinato, para dominar aos machos débeis que atravessam seu caminho.

Astuta, valente e manipuladora, vítima das circunstâncias, mas de ardente sensualidade, Bárbara não quer ser dona de apenas uma fazenda, mas, sim, possuir todas as terras que a rodeiam. Nela se fundem a força de um caráter selvagem, que busca dominar o mundo, com a beleza de uma mulher, duas qualidades que lhe permitem seduzir a quem esteja ao seu lado. As mesmas qualidades que são capazes de levá-la a cometer ações atrozes, a fim de conseguir o que se propõe.

Dona Bárbara torna-se a amante de Lourenço Barquero com a nítida intenção de ficar com sua fortuna e sua fazenda. Assim, engravida, mas, como a maternidade a deixa envergonhada de si mesma e seu rancor contra o homem torna-se cada vez maior, já que um filho significa para ela mais um êxito do macho, renega Maricela, a recém-nascida. Após despojar Lourenço de seus bens e de sua juventude o abandona, e ele, infeliz e arruinado pelos vícios, é expulso da fazenda com a bebê nos braços.

Assim, durante anos, tem tratado de espalhar o medo em uma região onde a justiça do homem tem sua própria lei. Sua ambição e sua sede de vingança não têm limites, mesmo se tratando de sua própria filha. A magia de sua beleza sobrenatural tem lhe servido para conquistar homens e governos. Para ela, não há animal que escape de seu chicote, nem ser humano que fuja de sua crueldade. O que não consegue por meio da força, obtém através de sua melhor aliada: a feitiçaria. Santos Luzardo será o único que terá as armas para domar e derrotar a “devoradora de homens”, como a chamam em sua terra.

Site oficial de Dona Barbara já está disponível no portal da Rede CNT

  
Clique aqui e acesse a página oficial da telenovela Dona Barbara, que estreia dia 02 de maio na Rede CNT, substituindo Acorrentada.

A história começa em meio à beleza, magia, encantos e mistérios da floresta amazônica. Barbara é uma jovem inocente, envolvida em seu pequeno mundo que vai muito além da sua imaginação.

Além dos perigos comuns à floresta, seu pai tem que cuidar da menina-moça contra a selvageria que habita a vida de muitos homens daquela terra hostil. Mesmo diante de tantos cuidados, ele não consegue evitar que um grupo de sanguinários piratas que assustam a região se aposse de sua filha abusando dela sexualmente e matando a ele e ao primeiro grande amor da jovem, o maestro Asdrúbal.

A partir do ocorrido ela cresce revoltada e disposta a se vingar e com o passar do tempo adquire um grande poder e respeito em sua região, tornando-se uma mulher decidida e disposta a fazer valer a lei a qualquer preço. Inimigos não lhe faltam, a começar pelo não menos poderoso Santos Luzardo, por quem Barbara irá se apaixonar. Ele conquistou grandes áreas de terras e manadas por meios ilegais, subornando servidores públicos locais.

Mas antes de cruzar no caminho de Barbara, muitas coisas aconteceram, tendo ele inclusive, deixado suas terras para trás e ido morar na Europa onde se formou em direito. Vinte anos depois de sua partida ele regressa com o desejo de vender suas terras em Altamira onde o espera sua noiva. Mas ao regressar descobre que tem uma dívida com a terra que o viu nascer e decide levantar a fazenda para torná-la produtiva.

Ele também descobre que seu capataz, Balbino Paiva tem trabalhado muito para Dona Barbara e sua real intenção é lhe roubar. Assim, ele o despede e grita aos peões que agora o poder na região está a ponto de mudar.

Protagonizada por Edith González e Christian Meier, a trama surpreende pelos acontecimentos que vão levar esta mulher decidida a vingar-se de todos os homens e a lutar por uma grande paixão, ainda que o homem de sua vida   seja o mesmo objetivo de sua filha Maristela, que ela desprezou ainda pequena e deixou aos cuidados de um pai alcoólatra.

Amor, ódio, paixão, aventura e fortes emoções são os ingredientes dessa produção que é uma adaptação do romance de Rômulo Gallegos, escrito em 1929 e que escancara a realidade de uma terra selvagem, a paixão desenfreada entre homens e mulheres e a luta de cada um para conquistar seu pedaço de chão, seu grande amor e, acima de tudo e a qualquer custo, ter a chance de se ganhar um beijo no fundo da alma.

Adela Noriega poderia voltar às telenovelas



Há alguns dias, foi revelada a intenção da aclamada produtora de telenovela mexicana Carla Estrada, considerada como uma das melhores criadoras do gênero de todos os tempos, de realizar a adaptação do best-seller literário A la sombra del ángel, escrito por Katherine S. Blair. Trata-se de uma obra de época, que poderia trazer de volta grandes nomes para a telinha.

Após dois anos sem realizar telenovelas, já que sua última produção havia sido o remake de Só você, que ficou conhecido como Sortilegio e foi protagonizado com enorme êxito por William Levy e Jacqueline Bracamontes, Carla Estrada se mostra muito entusiasmada com este novo projeto, já que esta será sua nova grande aposta para o horário nobre do Canal de las estrellas, no México, a qual chegará às telinhas no início de 2012, após a finalização de Dos hogares.

E, para que sua volta seja com grande estilo, a produtora já se encontra escolhendo o elenco que a acompanhará nesta história. E, para a protagonista, já se encontra conversando com a incomparável Adela Noriega. Caso aceite, este seria o regresso da protagonista-estrela do horário nobre do México, que não aparece na telinha desde Fuego en la sangre.

Junto dela, o galã da história poderia ser Fernando Colunga, voltando a unir, assim, os protagonistas de sua telenovela mais bem-sucedida da última década, Amor real. Ainda está tudo em preparação, mas os nomes destes grandes atores cada vez são os que soam mais fortes.

Outras das atrizes que poderia participar no melodrama de Carla é Adamari López, que regressaria após sua participação na telenovela Alma de hierro.

Natalia del mar inicia gravações


Nesta segunda-feira, 28 de março, será dada a largada para as gravações de Natalia del mar, a nova telenovela da Venevisión, que terá como protagonistas o casal Sabrina Salvador e Manuel Sosa (foto), e como antagonistas Julie Lima e Adrián Delgado, além da presença de atores como Yul Bürkle, Victor Cámara, Franklin Virgüez, Eduardo Serrano, Fedra López, Dora Mazzone, Florelena González, Victor Drija, Aroldo Betancourt, Esther Orjuela, Flor Elena González, Rosita Vázquez, Fernando Flores, Damián Genovese, Héctor Peña, Christian Mc Gaffney, Dayra Lambis, Daniel Martínez Campos e Vanessa Pallas.

A telenovela, sem data de estreia definida, ocupará o horário das 13h00 na programação da emissora, marcando, assim, o regresso dos melodramas venezuelanos nesse horário vespertino, coisa que não se via há dez anos, já que a última telenovela transmitida foi Carissima, produzida pela RCTV, no ano de 2001.

A volta de telenovelas neste horário se deve a uma reforma na Lei de Responsabilidade Social no Rádio e Televisão, que indica que “No horário entre as 7h00 e 19h00, todo usuário poderá difundir somente duas horas de radionovelas ou telenovelas, e, pelo menos, 50% deverá ser produção nacional”.

Natalia del Mar é uma história original de Alberto Gómez, reconhecido por megassucessos dos 80 e 90 - como  Abigaíl (Abigail) e Cara sucia (Sombras do destino) - e pelos bem-sucedidos melodramas Gata selvagem, de 2002, Acorrentada, de 2006 e Alma indomável, de 2009. A nova trama contará, ainda, com Manuel Federico Fraíz-Grijalba, como produtor executivo e Carlos Izquierdo, como diretor geral, e suas locações terão lugar nas mais espetaculares praias venezuelanas.

domingo, 27 de março de 2011

Sombras do passado


NOME ORIGINAL
Cara sucia

ESCRITORES
Carlos Romero e Alberto Gómez (Baseados na obra de Inés Rodena)

PRODUTORA
Marisol Campos

PAÍS DE ORIGEM
Venezuela

NÚMERO DE EPISÓDIOS
174

ANO DE GRAVAÇÃO
1992

ANO DE ESTREIA NO BRASIL
1999

EMISSORA
Rede Bandeirantes

TEMA DE ABERTURA
Antología de caricias

INTÉRPRETE
Altamira Banda Show

Como dulce melodía esa noche
tu numbre penetró en mis sentidos
y se metió tan a dentro, tan a dentro,
que por eso salir no ha podido.

Me coloqué como si fuera acto de magia
en un espacio colorido e imaginario,
situando entre el deseo de mis ansias
y el rojo humedecido de tus tibios labios.

Esta noche descubrí mil emociones
bajo tu hechizo y tus gemidos excitantes,
que deslumbrado por aquellas sensaciones
de tanto amar casi te bebo en cada frase.

Vamos a hacer en lo adelante
una antología de caricias
de lo mejor de la primera noche,
cuando allí me diste la primicia.

Vamos a hacer en lo adelante
una antología de caricias,
en petición de los mejores actos
del amor que endulza nuestras vidas.
Aún yo guardo en mi pudor
el dolor de tu primera vez,
un dolor que supo a miel
y una piel que invita ven,
ven endúlzame otra vez.…

Vamos a hacer en lo adelante
una antología de caricias
de lo mejor de la primera noche,
cuando allí me diste la primicia.

Vamos a hacer en lo adelante
una antología de caricias,
en petición de los mejores actos
del amor que endulza nuestras vidas.

Aún yo guardo en mi pudor
el dolor de tu primera vez,
un dolor que supo a miel
y una piel que invita ven,
ven endúlzame otra vez.…

Un dolor que supo a miel
y una piel que invita ven,
ven endúlzame otra vez.


ELENCO

Sonya Smith: Estrella Montenegro Campuzano

Guillermo Dávila: Miguel Ângelo González

Gigi Zanchetta: Santa Ortigosa

Humberto García: Horácio González

Chony Fuentes: Rebecca

Elio Rubens: Leonardo Montenegro

Adolfo Cubas: Antônio González “Tony”

Solmayra Castillo: Dejanira

Marcelo Rodríguez: Augustinho

Hans Christopher: Víctor Iriarte

Hilda Moreno: Corália

Coromoto Roche: Teresa

Deyanira Hernández: Eloísa

Gonzalo Contreras: Doutor Gordillo

José Ángel Urdaneta: Chuy

Enrique Oliveros: Oscar

Joel de la Rosa: Fabiano

Eduardo Angulo: Querico

Winston Vallenilla: Freddy

Eva Blanco: Candelária Camacho

Julio Capote: Fermim

Marcelo Romo: Carmelo

Helianta Cruz: Beba Ortigoza

Rita De Gois: Carmen dos Santos

Alberto Marín: Padre Lombarito

Ana Martínez: Asunção

Simón Pestana: José Grigorio

Hilda Blanco: Moncha

Mauricio González: Fernando Guzmán

Juan Carlos Baena: Fotógrafo

Humberto Buonocuore: Pepino

Lizbeth Manrique: Loly

Manolo Manolo: Doutor

Swenn Luna: Policial



INTRODUÇÃO

Produzida por Marisol Campos, Sombras do passado, originalmente chamada Cara sucia, é uma versão livre de La gata, radionovela escrita por Inés Rodena, da qual, ao longo dos anos, se fizeram várias adaptações: La gata, telenovela de 1970; La fiera, de 1983; Sueño de amor, de 1993; Por un beso, de 2000; Muñeca de trapo, de 2000; Seus olhos, de 2004 e, mais recentemente, Pobre diabla, de 2009.


RESUMO

O amor, o ódio, a maldade e as paixões se conjugam para dar a este melodrama uma realista e bela história de amor, onde o fantasma do passado se empenha em ofuscar a felicidade de um jovem casal.

Miguel Ângelo é membro de uma das famílias mais ricas de Caracas, enquanto Estrella é uma garota pobre, porém muito bonita e trabalhadora que, para sobreviver, vende jornais em uma esquina. Ao se conhecerem, acidentalmente, ambos se apaixonam à primeira vista e assim começa um romance que pouco tempo depois conduz ao casamento.

Porém, nem tudo é felicidade para o casal, já que os apaixonados têm que suportar a oposição dos pais de Miguel Ângelo - Horácio e Rebecca -, além da paixão obsessiva que a malvada Santa Ortigosa, ex-namorada de Miguel Ângelo, sente por ele.

A família de Miguel Ângelo se opõe esta relação, não somente pelas diferenças sociais, mas, também, por um trágico passado que os envolve: o brutal assassinato, há dezoito anos, da mãe de Estrella, pelo pai de Miguel Ângelo. Obviamente, nem Estrella, nem Miguel estão a par desta verdade que, com desespero, todos tratam de ocultar.

Entretanto, a verdade vem à tona quando Leonardo Montenegro, o pai dela, consegue sair em liberdade para poder revelar que o assassino de sua esposa não foi ele. Leonardo tratará de buscar sua filha, mas quando a encontrar talvez será tarde demais, pois Estrella já haverá sido destruída pela maldade, pelo ódio e pela situação criada em torno do homem que ama.

A saúde mental de Horácio se deteriora e o torna cada vez mais perigoso, a ponto de sequestrar os filhos gêmeos de Miguel Ângelo e Estrella. Já nesta ocasião, Rebecca muda de postura e se dá conta que mantinha um conceito errôneo sobre sua nora, acusando-a de interesseira, e se dá conta que, na realidade, era Santa quem queria Miguel por puro interesse. Além disso, descobre que seu marido não era o homem que aparentava ser.

Horácio se suicida após a polícia separá-lo dos gêmeos, e Santa morre ao sofrer um acidente de carro num barranco. Miguel e Estrella recuperam seus bebês e finalmente alcançam o amor e a felicidade que tanto desejavam. Rebecca aceita sua nora e seus netos como membros de sua família.


CURIOSIDADES

A princípio, Sombras do passado, ou melhor, Cara sucia, seria protagonizada por Maite Delgado, que recusou o convite para ser animadora. Ao final, a opção foi Sonya Smith, uma jovem pouco conhecida até então, que havia feito pequenos papéis nas telenovelas da RCTV.

Esse foi o ano em que nasceram novas estrelas e ano que abriu portas para a mesma Sonya Smith, que protagonizou uma trilogia de telenovelas: a própria Cara sucia, em 1992; Rosangélica, em 1993 e Maria Celeste, em 1994.

Este foi seu primeiro papel protagônico e mesmo que a crítica venezuelana a tenha tachado como dramática ao extremo, este trabalho lhe brindou com uma projeção internacional muito sólida. A atriz tinha que dividir o tempo como podia, para continuar com seus estudos de Veterinária, as gravações e os cuidados com seus animais exóticos: uma cobra, dois cachorros, um hamster e um louro, sem contar as araras e os peixes de sua mãe.

Guillermo Dávila, mais conhecido em seu país de origem, Venezuela, como cantor, onde já havia gravado diversos discos, também teve sua estreia no mundo das telenovelas com Cara sucia.

A telenovela, que originalmente contou com 174 capítulos de uma hora cada, foi exibida na Venezuela de 05 de março a 12 de outubro de 1992, com grande popularidade. É uma das telenovelas da Venevisión com maior número de vendas a nível internacional, sendo emitida em mais de 80 países, entre eles Espanha, Itália, Rússia, Filipinas, Líbano, Síria, Egito, Jordânia, Emirados Árabes e Mongólia, país que com esta produção viu pela primeira vez uma telenovela latino-americana. Cara sucia é somente vencida em número de vendagem por Gata selvagem, da Venevisión Internacional.

TV Brasil apresenta Los ladrones viejos

Neste domingo, 27 de março, a TV Brasil exibe, às 23h00, o filme mexicano Los ladrones viejos, a história de uma geração de ladrões bem-sucedida e notória que viveu nos anos 60, no país azteca.

Dirigido por Everardo González, o premiado filme foi produzido em 2007 e mostra, em 97 minutos, o submundo do crime que governou a Cidade do México na década de 60, narrando a história de cinco ladrões. Cada um deles revela suas façanhas e tragédias dentro da “profissão”. Os protagonistas falam sobre seus primeiros passos como ladrões, descrevem suas táticas de roubo e seu respeito pelas normas e valores do ofício.

Conforme se passam os minutos do documentário, entendemos que El Fantomas, El Carrizos, El Burrero, El Xochi e El Chacón nos contam suas histórias desde prisões e relatam suas alianças com os policiais que lhes permitiram seguir em frente, as traições posteriores e o preço que finalmente tiveram que pagar. O documentário também explora as motivações dos diversos protagonistas para dedicar sua vida à delinquência.

A situação de pobreza e a falta de oportunidades tornam-se uma detonante inicial e esta motivação é rapidamente deixada para trás para ser substutída pela do dinheiro fácil e pela concepção comum entre esta geração de delinquentes de que somente estavam roubando àqueles que tinham mais do que necessitavam, e que desta maneira podiam experimentar validamente de um determinado nível de vida, além de dar o necessário aos seus familiares.

É admirável a sensibilidade do diretor ao filmar estes homens, tanto que suas feitorias chegam a ser fascinantes histórias que relatam com paixão e até orgulho. O documentário não idealiza os presos, muito menos o ato criminal, mas sim nos introduz ao roubo limpo, sem violência.

Em 2007, o filme foi escolhido como Melhor Documentário, no Festival de Guadalajara; recebeu o Ariel de Prata por ser o Melhor Longa-metragem Documentário e também foi ganhador do Ariel de Prata pela Melhor Edição. Além disso foi nomeado ao Ariel de Ouro como Melhor Filme e pela Melhor Direção.

sábado, 26 de março de 2011

Jorge Salinas: O coadjuvante de Gutierritos

O ator Jorge Salinas (foto) irá participar na nova versão de Gutierritos, a série que a Televisa prepara sob a direção do produtor Emilio Larrosa, e que faz parte do projeto da emissora mexicana de se realizar novas adaptações de telenovelas clássicas em formato de série, para que sejam exibidas aos domingos pelo Canal de las estrellas.

Jorge Salinas será o encarregado de interpretar o melhor amigo de Gutierritos, papel a cargo de Adal Ramones, personagem que na versão original, de 1958, foi interpretado por Mauricio Garcés.

Outra possível candidata a se integrar ao elenco deste novo remake é Ludwika Paleta, que bem poderia interpretar a esposa de Gutierritos, uma mulher que o maltrata, o humilha e o despreza por ser tão medíocre.

Sinopse de Mi corazón insiste

Mi corazón insiste é a história de Lola Volcán (Carmen Villalobos) e Andrés Santacruz (Jencarlos Canela), dois jovens impetuosos que se amam com entusiasmo e paixão. Muitos irão se opor a esta união, entre eles, o pai de Andrés, que culpa Lola por um crime que não cometeu e faz com que pague com a cadeia.

A partir desse momento, a vida de Lola muda drasticamente e, junto a Andrés, irá enfrentar novas provações e obstáculos antes de poder desfrutar seu amor. A bela, mas manipuladora Débora Noriega (Ana Layevska) competirá ferozmente contra Lola pelo amor de Andrés e para consegui-lo será capaz de vender sua alma.

Em meio a todo este conflito, aparece Chabela Volcán (Angélica María), a tia de Lola, que se tornará o eixo central desta história de amor.

Mi corazón insiste: Ana Layevska obcecada por Jencarlos Canela


A atriz ucraniana dará vida a uma vila histérica na telenovela Mi corazón insiste; onde também dará dores de cabeça à protagonista.

Logo após a Telemundo ter anunciado que sua próxima telenovela, Mi corazón insiste, será protagonizada por Jencarlos Canela e Carmen Villalobos, a atriz Ana Layevska foi revelada como a vilã que estará obcecada pelo galã da história.

“Minha personagem não quer ser notada como tonta, como uma mulher completamente frágil por dentro; que está obcecada pelo protagonista”, declarou a atriz de 29 anos à Agencia Mezcalent.

A loira comentou que sua personagem não somente é uma mulher obsessiva e intensa, mas que também possui problemas mentais que a tornam ainda mais interessante na trama da telenovela.

“Gosto de acrescentar transtornos psiquiátricos e psicológicos aos meus personagens. Ela é muito insegura, é dessas vilãs que recorrem à histeria para conseguir seus objetivos”.

A atriz também se mostrou emocionada por ter de mudar à cidade de Miami, onde será gravada a telenovela, e comentou que já tem quase tudo preparado: “Falta arrumar algumas maletas, vou na segunda-feira, por seis meses”.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Camaleões


NOME ORIGINAL
Camaleones

ESCRITORES
Gustavo Barrios e Diana Segovia

PRODUTORA
Rosy Ocampo

PAÍS DE ORIGEM
México

NÚMERO DE EPISÓDIOS
108

ANO DE GRAVAÇÃO
2009

ANO DE ESTREIA NO BRASIL
2010

EMISSORA
SBT

TEMA DE ABERTURA
Sal de mi piel

INTÉRPRETE
Belinda

Ya no estás desde ayer, llueve sal, sal de mi piel,
te miré junto a mí, desperté,
supe que no estabas ahí, trata de entender…

Que no puedo olvidarte, sacarte de mí,
respiro no puedo, me ahoga mirarte, pensarte,
sal de mi piel…

Recordar un mar de miel, amargo amor te digo adiós.
Huele a ti en cada rincón, en cada canción
y me mata dejarte ir.

Que no puedo olvidarte, sacarte de mí,
respiro no puedo, me ahoga mirarte, pensarte,
sal de mi piel…

Y te amo, y te odio, y te amo…

Y no puedo olvidarte, sacarte de mí,
respiro no puedo, me ahoga mirarte, pensarte,
sal de mi piel, sal de mi piel…


ELENCO

Belinda: Valentina Izaguirre

Alfonso Herrera: Sebastião Jaguaribe

Edith González: Francisca Campos

Guillermo García Cantú: Augusto Ponce de León

Sherlyn: Solange Ponce de León Campos “Sol”

Pee Wee: Ulisses Morán

José Luis Reséndez: Pedro Recalde / Pedro Cantú

Manuel "Flaco" Ibáñez: Leônidas “Léo” / Horário García Montaño

Ana Bertha Espín: Guadalupe Ramírez de Morán “Lupita”

José Elías Moreno: Armando Jaguaribe

Ferdinando Valencia: Patrício Calderón

Roberto Ballesteros: Ricardo Calderón

Luis Manuel Ávila: Eusébio Portillo

Karla Álvarez: Ágata Menéndez

Mariana Ávila: Carmen Castillo

Marisol Santacruz: Magdalena Orozco

Ricardo de Pascual: Conrado Tapia

Erick Guecha: Geraldo Zúñiga

Alberich: Frederico Díaz Ballesteros

Paul Stanley: Ronaldo Rincón

Juan Carlos Flores: Bruno Pintos Castro

Lucía Zerecero: Rosa Santoscoy

Mariluz Bermúdez: Lorena González

Michelle Renaud: Betina Montenegro

Erick Díaz: Lúcio Barragán

Taide: Cristina Hernández Campos

Grettell Valdéz: Silvana Saenz Arroyo

Carla Cardona: Mercedes Márquez

Alejandro Correa: Edgar Márquez

Evelyn Zavala: Lucila Márquez

Eduardo Cáceres: José Ignácio Márquez

Anaís: Evangelina de Márquez

Roberto Blandón: Xavier Saavedra

Jessica Salazar: Catarina de Saavedra

Arsenio Campos: Senhor Santoscoy

Lucero Lander: Florência de Santoscoy

Eduardo Liñán: Víttorio Barragán

Esteban Franco: Senhor Pintos

Reneé Varsi: Norma de Pintos

Ricardo Vera: Efraim Castillo

Rosángela Balbó: Marcela de Castillo

Amairani: Senhora de Rincón

Mónica Dossetti: Senhora de Díaz

Flor Rubio: Irene Alatriste

Rafael del Villar: Damião Montenegro

Jesus More: Enrique García Rivero

Theo Tapia: Ramón Velásquez Buendía

Roberto Marín: Roberto Morán

Lilibeth: Sabrina

Queta Lavat: Graziela

Jonathan Becerra: Jonathan

Jorge Alberto Bolaños: Vicente

Ginny Hoffman: Gabriela

Lilí Brillanti: Susana

Ernesto Faxas: Paulo

Martha Ortiz: Manuela


PERFIL DAS PERSONAGENS

Valentina (Belinda) - é uma bela jovem, caracterizada por sua coragem e moral. Às vezes é impulsiva e pouco diplomática, mas supre essas carências com uma grande capacidade de se entregar a tudo o que faz, tanto às coisas que empreende, quanto às relações pessoais. Pode-se dizer que sua alma é a de uma grande justiceira. Após a morte de seu pai, quando era pequena, foi criada em orfanatos, onde ninguém lhe deu afeto, exceto Pedro Recalde, um jovem apenas oito anos mais velho, que a tomou sob sua proteção sendo ela apenas uma criança. Valentina acredita estar realmente apaixonada por Pedro, mas isso se deve a fato de nunca haver conhecido outro homem que pudesse despertar nela sentimentos profundos. Após se relacionar com Sebastião começará a sentir coisas que nunca antes experimentou.

Sebastião (Alfonso Herrera) - é um jovem rapaz muito carismático, de enorme simpatia. É muito aplicado mas, sobretudo, um grande sedutor. É muito diplomático e quase sempre pensa antes de falar. Foi criado rodeado por obras de arte. Seu pai, Armando, o ensinou, desde pequeno, a desenvolver o gosto pela beleza em todas as formas. Sebastião sofre, pois seu pai foi condenado a vinte anos de prisão, acusado injustamente de falsificador de quadros e faz oito anos que está preso.

Solange (Sherlyn) - é a única filha dos donos do famoso colégio São Bartolomeu. É rebelde por natureza e não suporta que lhe restrinjam sua liberdade; tem alma de líder e muitas vezes conduz a turma de alunos. Solange continuamente questiona a atuação de sua mãe como diretora e se opõe a ela, mas, na realidade, seu maior objetivo é que seus pais voltem a ficar juntos.

Ulisses (Pee Wee) - frequenta o colégio porque conseguiu uma bolsa de estudos por se destacar nos esportes. É um bom aluno, muito seguro e com boa autoestima; tem valores e os defende. O grande problema que enfrenta junto de sua mãe, Lupita, é o desaparecimento de seu irmão Roberto, que era policial. Isso os angustia permanentemente, já que não sabem o que ocorreu com ele já faz três anos.

Francisca (Edith González) - é a mãe de Solange, diretora e dona de 49% do colégio São Bartolomeu. Francisca foi criada por pais restritos, extremamente católicos; essa repressão a afetou e de alguma maneira foi  transmitida à sua filha Solange. Desde que se separou de Augusto, há dois anos, Francisca não voltou a se apaixonar.

Augusto (Guillermo García Cantú) - é o pai de Solange e dono de 51% do colégio São Bartolomeu, além de ser o diretor da Brigada de Investigações da Polícia Metropolitana, inimiga dos Camaleões. Augusto é um homem de muitas caras, contraditoriamente é policial, mas tem as características de um verdadeiro delinquente. É egoísta e narcisista ao extremo. Em seu mundo somente existe ele mesmo e não lhe importa o sofrimento que possa ocasionar aos demais, contanto que alcance suas metas. Essas metas são muitas, mas podem ser resumidas em somente uma: o poder. Augusto tem o anseio por mais e mais poder. É um hábil manipulador e mantém enganada sua filha Solange, que culpa sua mãe Francisca pela separação. Augusto quer voltar a ser seu marido, não só porque isso lhe favoreceria em suas ambições políticas, como também pela fortuna que Francisca possui.

Pedro (José Luís Reséndez) - é fisicamente atraente, com um corpo muito bem cuidado e com um sorriso que poucas mulheres resistem. Conhece Valentina desde sua infância e desde então tem sido seu protetor. Pedro, diferentemente de Valentina e Sebastião, é um delinquente nato. Se trata de um jovem obscuro, que detrás de um rosto agraciado e sedutor esconde uma personalidade fria, egoísta e ressentida. Não é inteligente, mas, sim, muito astuto.

Leônidas (Manuel "Flaco" Ibáñez) - é um homem não muito brilhante, mas com a sabedoria conquistada pelos anos de vida dura. Parece muito ingênuo, no entanto, tem um lado misterioso. Se apresenta como alguém muito confiável; apenas o conhecem e já lhe contam seus segredos mais íntimos.

Lupita (Ana Bertha Espín) - é a mãe de Ulisses. Se trata de uma mulher de bom coração que amava com todas as forças seus esposo Miguel, que morreu após uma longa e terrível enfermidade, que fez com que Lupita gastasse todo o dinheiro que possuía. Sofre desde o desaparecimento de seu filho Roberto e diante da incerteza sobre seu destino. É muito religiosa e todo o tempo reza pela saúde de seus dois filhos. Sua relação com Ulisses é muito boa, ambos se amam muito e seu grande sonho é vê-lo casado com uma boa mulher que lhe dê netos e volte a formar uma família numerosa.

Armando (José Elías Moreno) - é o pai de Sebastião. É um famoso crítico e restaurador de arte, bem como um reconhecido artista. Foi vítima de uma injustiça pela qual foi acusado de ser o autor de numerosas falsificações de quadros muito importantes, o que lhe valeu uma condenação de 20 anos de prisão, que atualmente se encontra cumprindo. Armando é um homem de grande coração e retidão, muito amado por seu filho, a quem serviu como pai e mãe. Porém, seu grande defeito é ser muito mulherengo.

Patrício (Ferdinando Valencia) - é filho único, sua mãe morreu em um acidente quando ele tinha três anos. Seu traço principal é a agressividade e a falta de controle sobre seus impulsos, tanto maus como bons. É o líder dos rapazes da sala. É violento, rebelde, indisciplinado e propenso a ataques de ira, que não pode controlar, mesmo assim, é irônico e zombador, mas sem a sutileza de Solange. É um mau aluno, ainda que não lhe falte inteligência. Todos o temem, menos Ulisses.

Ricardo (Roberto Ballesteros) - é o pai de Patrício. Ficou com um braço e uma perna inutilizados após um acidente automobilístico, no qual foi o único responsável. Nesse acidente morreu Carmélia, a mãe de Patrício. No entanto, Ricardo não assume a culpa pelo trágico acidente e culpa Patrício pela morte de sua esposa. É um homem de grande inteligência e sutilieza, preparado profissionalmente para negociar e convencer. Com estas armas, trabalha permanentemente sobre a consciência e a vontade de Patrício, destruindo sua autoestima e levando-o a cometer atos que o prejudicam.

Eusébio (Luís Manuel Ávila) - é o chefe dos coordenadores, nomeado por Augusto. Ex-policial, com mentalidade antiquada e repressora que desconfia de todos, sobretudo dos jovens. É muito restrito e abusa de seu poder. Frequentemente cai nas armadilhas preparadas pelos alunos e, em algumas ocasiões, por Sebastião e Valentina. Igualmente a seu chefe Augusto, pode chegar a ser um homem bastante desapiedado.

Ágata (Karla Álvarez) - é tão repressora e restrita quanto seu chefe Eusébio, porém mais inteligente, pois não se deixa enganar. É muito intrigante e a todo tempo trata de ganhar a confiança de Francisca, tentado levá-la contra os alunos, contra Sebastião e Valentina.

Carmen (Mariana Ávila) - é professora de biologia e anatomia do colégio. Se trata de uma mulher de grande beleza, delicadeza e elegância. Compartilha com Francisca toda sua formação católica. Tem uma verdadeira personalidade camaleônica, já que toda sua formalidade, seriedade e severidade se esfumam ao ver um homem que lhe atraia fisicamente.

Magdalena (Marisol Santacruz) - é professora de história do colégio. É uma mulher normal, que não é restrita com os alunos, mas tampouco demasiada permissiva. Tem bastante senso comum e é amiga íntima de Francisca. É quem escuta e aconselha Solange.

Conrado (Ricardo de Pascual) - é o professor de geografia do colégio. É muito antiquado em seus métodos de ensino e bastante severo, gosta de reprovar os alunos, os quais não vão com sua cara. Tem uma característica fundamental: é surdo. Sua surdez causa situações cômicas, como quando Carmen, que necessita desabafar com alguém, o usa como interlocutor, sabendo que Conrado não entenderá uma palavra do que ela diga.

Geraldo (Erick Guecha) - é o professor de matemática do colégio. É um homem afável, mas que vive no mundo da lua, distraído todo o tempo, pensando em equações e problemas de lógica. Suas aulas são dadas em um ambiente tomado pela indisciplina e caos total, mas isso parece não lhe importar. É muito analítico e fanático pelos livros de Sherlock Holmes e Ágata Christie.

Frederico (Alberich) - é muito seguro, em muitas ocasiões soberbo e quase sempre se dá bem com as garotas porque tem muita confiança e, sobretudo, dinheiro. Ama sua mãe e todo o tempo trata de chamar sua atenção, mas essa vive para seu trabalho e não o leva em consideração. É um garoto muito ressentido interiormente devido ao menosprezo de sua mãe e por isso tem muito baixa sua autoestima, além disso é muito manipulador e vingativo.

Ronaldo (Paul Stanley) - precisa desesperadamente ser aprovado e reconhecido pelos demais, pois seu sonho é ser líder do colégio. Ronaldo sofre uma grande angústia interior, se sente confuso, sozinho e desprotegido. Mesmo que seus pais o amem bastante, o confundem ao cobrir esse amor com excesso de dinheiro ao invés de atenção. Está apaixonado por Lorena, mas acredita não ser suficientemente capaz de conquistá-la.

Bruno (Juan Carlos Flores) - tem um problema que não pode controlar: frequentemente cai em estados de transe, nos quais se depara com visões ou sonhos premonitórios. Há quem diga que é um paranoico. É muito reservado e antissocial.

Rosa (Lucía Zerecero) - o traço mais pernicioso de seu caráter é que tem um lado masoquista e procura ser maltratada. Paralelamente, acredita nos amores impossíveis e que a capacidade do afeto de uma mulher poder transformar um homem.

Lorena (Mariluz Bermúdez) - sente-se inferior aos demais porque é de classe baixa, e quer ser rica. Estuda no colégio porque é bolsista. Seus pais e irmãos vivem num povoado e ela mora com sua avó, muito harmoniosamente. Lorena necessita de segurança e afeto, mas os procura de uma maneira equivocada: através da sedução e da paquera.

Betina (Michelle Renaud) - é tremendamente tímida, porém inteligente e culta. Custa-lhe muito se relacionar com outros adolescentes e com as pessoas em geral porque sua timidez a vence. Além disso, valoriza as coisas do espírito, lê muito e é mais madura que os outros garotos, por isso, sem se dar conta, muitos a tem como sua confidente e conselheira. É a melhor aluna, junto a Mercedes e Ronaldo.

Lúcio (Erick Díaz) - provém de uma família tradicional. O traço principal de Lúcio é que para cumprir com as regras familiares se faz de machão. É o primeiro na hora de exercitar a violência, se agarrar nos golpes e discriminar aos homossexuais e aos nerds. É indisciplinado e péssimo aluno, mas o dinheiro de seus pais faz com que não o expulsem do colégio.

Cristina (Taide) - é muito lenta para entender as coisas, muito ingênua e sempre despistada. Porém, Cristina é uma boa pessoa, de bons sentimentos. É muito ansiosa e fala a todo o momento. Também é muito fofoqueira e vai contando por todos os lados as coisas que descobre, gerando, muitas vezes, intrigas ou controvérsias.

Mercedes (Carla Cardona) - vive obcecada com a perfeição, tanto no aspecto externo como em suas atividades, sempre tenta alcançar o nível mais alto, a excelência, como diz sua mãe. É sempre depreciativa e discrimina os pobres, mas isso esconde sua baixa autoestima e seus medos mais profundos. Acredita que não valeria nada se a deixassem sem suas roupas de grife, sua posição social e seu primeiro lugar entre os alunos destacados.


INTRODUÇÃO

Produzida por Rosy Ocampo para a Televisa em 2009, Camaleões foi estrelada pela atriz e cantora Belinda e o ex-RBD Alfonso Herrera, que deram vida a dois delinquentes que se viam obrigados a entrar em um colégio onde continuariam seus delitos.


RESUMO

A aventura em Camaleões se inicia com um encontro de dois estranhos que, disfarçados, tentam roubar valiosas jóias e obras de arte avaliadas em milhões de dólares; porém são descobertos e ao fugirem se conhecerão da maneira mais insólita.

Eles são Valentina Izaguirre, sexy, ágil e atraente, que rouba por amor e Sebastião Jaguaribe, atlético, sagaz e impetuoso, que rouba por justiça. Ambos são obrigados a cometer esses crimes, manipulados por um personagem anônimo misterioso que para alcançar seus objetivos se vale de ameaças de morte contra Pedro Recalde, o namorado de Valentina, outro ladrão que está cumprindo pena na cadeia da cidade, e Armando Jaguaribe, o pai de Sebastião, que por uma injustiça está preso.

Valentina e Sebastião se apelidam de Camaleões, pois têm de se disfarçar, modificando suas aparências, para cometer os crimes. Ninguém sabe até onde chegará esta união, porque são como água e óleo, se detestam mutuamente, mas o amor é camaleônico e tudo pode acontecer.

Perseguidos pela polícia e com a suposta intenção de protegê-los, o misterioso anônimo lhes pede para se esconderem, fingindo ser irmãos, no prestigiado colégio São Bartolomeu, uma escola de classe alta, propriedade de Augusto Ponce de León, um diretor de polícia corrupto, e sob a direção de Francisca Campos, sua ex-esposa.

O desafio não é fácil, Sebastião deve usar suas habilidades para ser professor de arte. Por sua vez, Valentina se torna uma coordenadora de alunos totalmente peculiar. Aí conhecem um grupo de alunos endinheirados, como Solange, uma bela garota, filha dos donos do colégio; Patrício, seu namorado, um rapaz bem agressivo e violento, e outros jovens que, a princípio, os rejeitam. Como se isso não bastasse, dizem que no colégio acontecem coisas inexplicáveis e misteriosas.

Também nesse colégio trabalha Leônidas, o jardineiro, que na verdade é um policial encoberto que planeja colocar Augusto na prisão por seus crimes e pela morte de seu filho que foi lançado de um edifício, mas que todos acreditam haver se suicidado. Leônidas se esconde no sótão do colégio e de lá planeja uma vingança contra Augusto, por pretender ser algo que não é.

Para Augusto, o colégio somente lhe serve para resguardar sua imagem de benfeitor. Para encobrir uma de suas maldades, oferece uma bolsa de estudos integral para Ulisses, um rapaz humilde, filho de Lupita, uma mulher simples que perdeu seu outro filho, Roberto, que era policial, desaparecido no cumprimento de seu dever. Ulisses é humilhado por Patrício, mas graças a suas habilidades esportivas, leva o colégio ao triunfo e vai ganhando o carinho de seus companheiros, especialmente de Solange.

Algumas noites, obrigados pelo misterioso personagem, os Camaleões se arriscam ao saírem para roubar, e, não sendo capturados, aumentam sua fama, a qual não agrada Augusto. Ninguém pode suspeitar que o professor de arte e sua suposta irmã são os ladrões, mesmo que a ameaça de serem descobertos esteja sempre presente.

As coisas se complicam quando Armando e Pedro conseguem escapar da cadeia após um incêndio. Pedro chega ao colégio como suposto professor de educação física e não somente inquieta Valentina, que já não vê Sebastião com tanta diferença, como também deixa Francisca, a diretora, apaixonada. Esta, separada de Augusto, vê em Pedro a oportunidade para iniciar uma nova etapa no amor.

Agora, por fim, tudo está pronto para uma fuga, Sebastião com seu pai e Valentina com seu namorado. No entanto, os Camaleões, que já haviam ganhado a confiança dos jovens, são incapazes de abandoná-los, pois eles precisam de sua ajuda para resolver seus problemas. Isso faz com que fiquem e decidam por apoiá-los, sem saber que esta ação lhes trazem muitos problemas.


CURIOSIDADES

Em outubro, o SBT auto-classificou a trama como imprópria para menores de 10 anos, ou seja, poderia exibi-la em qualquer horário. Em 30 de novembro, o Ministério da Justiça advertiu a rede de que a telenovela continha cenas inadequadas para essa classificação indicativa e ameaçou reclassificá-la. O SBT foi novamente advertido em 8 de fevereiro, mas continuou a exibir conteúdos inadequados para a faixa de 10 anos.

No dia 18 de março, o Ministério da Justiça reclassificou Camaleões como imprópria para menores de 12 anos, por detectar assassinatos e insinuação de consumo de drogas ilícitas. O órgão deu cinco dias úteis para o SBT adaptar sua grade de programação.

A partir de hoje, 25 de março, a emissora só poderia levar Camaleões ao ar depois das 20h00, porém, para não alterar o horário de exibição, o SBT concordou em fazer cortes em cenas consideradas mais fortes.

Também hoje, 25 de março, o SBT anunciou no site oficial da telenovela (http://www.sbt.com.br/camaleoes/), que a partir de segunda-feira, 29 de março, a emissora exibirá os capítulos originais dublados em português no site.


COMENTÁRIOS

Segundo muitos críticos, Camaleões representou uma decadência, um erro e uma das piores produções já realizadas pela Televisa, apesar de ter sido uma ideia original de Rosy Ocampo, que já havia realizado com grande destaque produções como A feia mais bela, O diário de Daniela, entre diversas outras tramas juvenis.

Mesmo contando um elenco de peso, que incluiu os nomes de Edith González, Guillermo García Cantú, Ana Bertha Espín, Manuel "Flaco" Ibáñez, José Elías Moreno, Karla Álvarez, para citar alguns, a trama foi duramente criticada por dar aos atores principais - Belinda e Alfonso Herrera - o papel de delinquentes, mostrando-os como símbolos sexuais e jovens divertidos, justificando seus delitos com base no amor ou por haver nascido pobres.

Entretanto, para grande parte dos jovens brasileiros a novelinha foi uma história perfeita, com atuações perfeitas e todos os elogios possíveis, o que vai contra a opinião de críticos especializados.

Para Felipe Brandão, colunista do blog Além do Entretenimento, Camaleões se sobressaiu em sua primeira semana pela qualidade da cenografia – coisa rara nos folhetins da Televisa - exceto pela humilde casa dos Morán, que não foi além das típicas paredes de isopor, os demais ambientes fechados foram convincentes e bem acabados, sobretudo as instalações do São Bartolomeu.

O texto apresentou controvérsias; foi afiado e divertido nos momentos-chave dos “tapas e beijos” entre Valentina e Sebastião, além de conduzir muito bem a ação e promover um contexto atraente ao núcleo juvenil. Entretanto, os diálogos soaram pobres e infantilizados em algumas sequências, haja vista as ambientadas na sala de aula de Solange e seus colegas. A proposta da telenovela em retratar as tribos urbanas no núcleo adolescente seria interessante, se não pecasse pela abordagem; afinal, colocar cada aluno do grupo escolar como representante de um determinado estilo alternativo não só foi abusar do artificial, como remeter aos programas do canal infantil Discovery Kids.

O elenco colecionou altos e baixos. Belinda e Alfonso Herrera deixaram a desejar como o casal de anti-heróis, principalmente ela, que como atriz se mostrou uma ótima cantora. Sherlyn convenceu no papel de Solange, e o cantor Pee Wee, como Ulisses Moran tampouco esteve mal, considerando que era sua estreia na telinha. O núcleo juvenil foi, no geral, habilidoso; o duro foi ter de aturar atores aparentando mais de 20 anos fazendo o papel de colegiais – como o caso da própria Sherlyn.

Os maiores destaques ficaram por conta dos veteranos, como Edith González, Guillermo García Cantú, Ana Bertha Espín e Karla Alvarez. Embora tendo iniciado sua carreira apenas em 2006, com A feia mais bela, Luis Manuel Ávila brindou o público com uma das melhores interpretações do elenco, na pele do odioso e cômico Eusébio Portinho.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Telemundo apresenta detalhes sobre Mi corazón insiste



A nova telenovela de Telemundo Mi corazón insiste contará com atuações estelares do cantor e ator Jencarlos Canela, além das atrizes Carmen Villalobos, Ana Layevska e Angélica María, anunciou a emissora nesta quinta-feira.

A história de dois jovens apaixonados que enfrentarão diversos obstáculos em sua luta para estarem juntos terá sua estreia nos próximos meses e será produzida nos estúdios da Telemundo, em Miami.

O tema musical da telenovela será de Canela, que interpretará o protagonista Andrés Santacruz, junto a Carmen Villalobos, que dará vida a Lola Volcán. Essa colombiana que se tornou conhecida graças à sua personagem Catalina, em Sin senos no hay paraíso, retorna à telinha da Telemundo logo após um papel principal em Niños ricos, pobres padres.

Ana Layevska, de origem russa-mexicana, a qual interpretou há pouco tempo as gêmeas Elena e Daniela Calcaño em El fantasma de Elena, neste novo papel também tentará ganhar o amor do protagonista da telenovela.

Angélica María, conhecida como “La novia de México”, dará vida a tia de  Lola, a qual se tornará o eixo central desta história de amor, adiantou o canal.

Mais detalhes da telenovela serão adiantados através da conta do Twitter @Corazon_insiste e no Facebook.


Colaboração: Portal Terra

Edith González: Uma mulher perseverante em Cielo Rojo



Edith González está contando os dias para que se comecem as gravações da primeira telenovela que irá protagonizar na Azteca: Cielo rojo, onde dará vida a uma mulher perseverante.

“Ainda não iniciamos as gravações. Estamos para começar, acredito que temos um bom produto nas mãos. É um drama, e será forte, mas bastante coloquial. É uma telenovela muito viva, com muito ritmo, e o título me encanta. Conquistou-me desde o princípio”, explicou a atriz durante um evento da fundação CIE.

No melodrama, Edith interpretará uma mulher que, após enfrentar uma série de tropeços, conservará a bondade e a alegria. “É uma mulher boa, mas forte. Viverá uma série de injustiças, mas seguirá em frente apesar das duras experiências. Conserva sua parte boa, ainda que chegue a clamar justiça, mas justiça mesmo, não vingança”, esclareceu.

Neste projeto, a atriz compartilhará créditos com Mauricio Islas, ator que, assim como ela, esteve trabalhando na Telemundo e, agora, forma parte do casting da Azteca. Porém, para Edith, a mudança de empresa não significou um problema, pois garantiu que após sua experiência em Dona Bárbara, telenovela que gravou na Colômbia para a Telemundo, já estava a acostumada a uma forma de trabalho diferente.

“Já tive a experiência de trabalhar em outra emissora, a expectativa é a mesma, chego a partir a alma e entregar o melhor de mim”.

Havia rumores de que nesta produção Edith dividiria créditos com Niurka, mas, como supostamente a decisão não lhe havia agradado, a vedete já não estará no projeto. Ainda assim, a atriz negou fazer comentários a favor ou contra a cubana: “Não me interessa esclarecer este assunto, não tenho mais comentários a esse respeito”.

Cielo rojo será produzida por Rafael Urióstegui, que recentemente realizou Mujer comprada. Este novo melodrama terá locações em Hidalgo e no Distrito Federal, o que fez com que Edith González não se distanciasse de sua família.

De acordo com a atriz, a telenovela terá sua estreia no dia 19 de maio, às 21h30, pela Azteca 13.


Colaboração: Jornal El tiempo

Rapidinhas…

  • Carla Estrada, produtora de êxitos como Alondra, Amor real, Alborada, Paixão e Sortilegio, informou ao programa de rádio La fórmula perfecta que a Televisa já deu o sinal verde para que ela possa levar à telinha a adaptação do livro  A la sombra del Angel, de Katherine S. Blair. A produção se dará nos finais deste ano e no início do próximo ano. Neste momento, a produtora se encontra trabalhando na adaptação e na escolha da equipe que irá trabalhar com ela, já que ainda não há atores definidos para protagonizar o projeto.

  • Outra produtora que em breve poderia estar realizando um novo projeto é Angelli Nesma. Segundo se comentou no programa de rádio Todo para la mujer, a produtora de êxitos como Al diablo con los guapos e Un gancho al corazón, realizará uma nova versão da telenovela El padre Gallo, uma produção de 1986, protagonizada por Ernesto Gómez Cruz, Alejandra Ávalos e Fernando Ciangheroti. Ao que parece, Raúl Araiza poderia ser o protagonista.

  • E já há uma data confirmada para a estreia da telenovela Teresa pela Univision, nos Estados Unidos. E isso acontecerá na segunda-feira, 12 de abril, no horário de Eva Luna. Desse modo, Teresa Mendoza (Kate del Castillo) não terá que enfrentar Teresa Chávez (Angelique Boyer) para ver qual das duas alcançará mais audiência.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Rapidinhas…

  • A estreia de Rebelde pela Rede Record, folhetim que inaugurou um novo horário de telenovelas na emissora, obteve uma audiência média de 12 pontos no Rio de Janeiro, com 19% de participação. Em São Paulo, atingiu 9 pontos e 14% de participação, e em Brasília o remake marcou 15 pontos, abrangendo 26% dos televisores sintonizados no horário.
 
  • A Venevision International informou que a telenovela Eva Luna alcançou uma média de 11,9 pontos durante as primeiras duas semanas de março no Chile, onde é exibida de segunda a sexta-feira, às 15h00, pelo canal Chilevisión.
 
  • As produções distribuídas pela Caracol TV Internacional, Las muñecas de la mafia e La teacher de inglés, estrearam nesta segunda-feira passada, 21, no México e no Equador, respectivamente. Las muñecas de la mafia chegou à telinha da Unicable, no México, no horário das 20h30, já La teacher de inglés passou a ser transmitida pelo canal TC, do Equador, às 21h15.

Rafaela estreia na Venevisión


Na tarde desta quarta-feira, 23 de março, às 14h00, a Venevisión estreia a telenovela mexicana Rafaela, uma das produções mais esperadas de Nathalie Lartilleux, mas que em seu país se tornou um fracasso total.

Apesar de marcar o ingresso de Scarlet Ortiz ao casting da Televisa, e dar a Jorge Poza seu primeiro papel protagônico, a telenovela parece não querer engrenar. Deste modo, grandes mudanças estão previstas para a história.

A primeira grande mudança se viu no dia 14 de março, quando a telenovela passou a ser exibida uma hora mais cedo, das 17h00 passou para as 16h00. A estratégia até fez com que o melodrama subisse alguns pontinhos na audiência, mas não o suficiente para se tornar um grande êxito. É por isso que se diz que os libretos originais de Delia Fiallo serão deixados de lado e de agora em diante serão os adaptadores que continuarão desenvolvendo o drama.

Outro dos canais que se encontra promovendo a exibição da história é o equatoriano Gama TV, para que seja transmitida em breve.

Além de Scarlet Ortiz e Jorge Poza, Rafaela conta com um elenco de renome internacional, como Rogelio Guerra,  Patricia Reyes Spíndola, Diana Bracho, Chantal Andere, Tiaré Scanda, Arleth Terán, Manuel “Loco”  Valdés, Juan Carlos Flores, Evelyn Cedeño,  Iliana Almaguer e Sheyla.


SINOPSE

Rafaela é uma bela jovem que, apesar dos escassos recursos financeiros, conseguiu estudar medicina, graças a muito esforço. Após ter concluído sua preparação como doutora, ela se dispõe a reencontrar sua família, depois de tanto tempo ausente. Inesperadamente, um acidente na pista atrasa a chegada de Rafaela, que trata de socorrer um homem ferido, que necessita de ajuda médica; homem este que não é outro senão Víctor Acuña, um reconhecido jogador de futebol.

Na casa de Rafaela, Caridad faz todo o possível para alegrar a chegada de sua filha, já convertida em uma doutora. Para espanto dos paramédicos, os primeiros socorros de Rafaela salvaram a vida do jogador, mas ela é confundida com a esposa de Víctor.

De forma irônica, José María, médico que atende o paciente, ordena que Rafaela saia da sala de emergência, sem que ela explique o que aconteceu. No dia seguinte, Rafaela recebe a notícia que sua solicitação para se especializar em Neurologia foi aceita no hospital. O doutor Rafael Antúnez, diretor da clínica a recebe, sem imaginar o laço de sangue que os une.

Antúnez é o pai de Rafaela, um homem maduro que no passado foi um jovem irresponsável, ao abandonar Caridade quando estava grávida. Agora, apesar dos protestos de sua esposa Morelia, Antúnez tenta ganhar o amor de sua filha, que lhe trata com frieza. Morelia não suporta o escândalo de ter tão próxima a filha ilegítima de seu esposo e tenta se desfazer da jovem doutora.

Rafaela, que decidiu prosperar na vida, amargurada pela miséria na qual vivia com sua mãe e seus cinco irmãos de pais diferentes: Rosalba, Chucho, Belén, Luli e Goyito, ao chegar ao hospital, novamente se depara com José María, um médico brilhante, porém machista e antiquado, que considera a medicina uma profissão para homens. Entretanto, o embate constante de personalidades, irá, pouco a pouco, se tornar uma atração que Rafaela não quer aceitar, pois José María pode ser encantador quando quer, mas também é um Dom Juan e, além disso, é amante de Ileana, uma mulher casada.

José María termina com Ileana porque sua atração por Rafaela já é irresistível. Ele a convida à praia e, apesar de sua decisão de nunca aceitar um homem como ele, Rafaela se deixa dominar por seu coração. Após, sente-se decepcionada de si mesma, já que havia jurado nunca se entregar a um homem sem se casar, para não ser mãe solteira, como foi Caridad, e causar dor a um filho pela rejeição de seu pai, como aconteceu com ela.

Porém, definitivamente, Rafaela já não pode negar o amor que sente por José Maria e aceita sair com ele de férias. A semana que passam juntos é inesquecível e José María lhe promete que ao voltarem viverão juntos e em breve se casarão; no entanto, o que espera Rafaela é uma desagradável surpresa e uma enorme decepção. Ela não sabe que tem sido enganada, pois José María tem uma esposa, Mireya.

A princípio, Rafaela sente impulso por lutar por ele, mas depois se dá conta que será inútil, já que Mireya o domina completamente, e decide distanciar-se para sempre. Agora, a história de sua mãe está a ponto de se repetir, pois Rafaela está esperando um filho de José María. Porém, conta com seu amigo Víctor, aquele jogador, que se apaixonou por ela e lhe propôs casamento para dar seu nome ao filho que espera.

Rapidamente, Rafaela se vê em uma difícil situação: deve decidir se é melhor aceitar a oferta de um homem generoso que dará a seu filho um nome e um lar, um homem a quem estará eternamente agradecida, mas que não ama; ou se vale a pena lutar pelo pai de seu filho, o homem que é, e talvez seja para sempre, o amor de sua vida.

terça-feira, 22 de março de 2011

Mi corazón insiste: A nova telenovela da Telemundo



Jencarlos Canela está em um bom momento, e isso porque seu singleMi corazón insiste”, o qual se encontra em promoção, servirá também como nome para sua nova telenovela com a Telemundo, a mesma que começará a ser gravada oficialmente a partir de 11 de abril de 2011. Os vídeos promocionais da produção começaram a ser transmitidos ontem, durante a exibição da telenovela Aurora.

Desta forma ficam sem efeitos os rumores que apontavam que a telenovela levaria por nome Camila Volcán. O que ainda está em jogo é quem será oficialmente a protagonista da telenovela. Atualmente se rumoreja Carmen Villalobos mas, ao que parece, ainda não é oficial.

Em uma recente visita a Porto Rico o ator e cantor comentou em uma coletiva de imprensa:

“O que me agrada nesta telenovela é o fato de ser muito diferente de Más sabe el diablo.  Sempre quis fazer comédia e agora consegui. É uma história de amor muito intensa.  A peça-chave é o amor entre os protagonistas e os antagonistas e tudo com humor.  Na programação da Telemundo já não há muito assassinato, tiroteio e ação, necessitamos rir um pouco. Meu personagem é um louco, impulsivo e apaixonado”, concluiu.


Colaboração: TVBoricua.USA

segunda-feira, 21 de março de 2011

Marimar Vega: A filha de Emperatriz



Marimar Vega (a última à direita, na foto), filha mais velha do primeiro ator Gonzalo Vega, já começou as gravações de Emperatriz, a nova telenovela da Azteca, onde será a filha de Gabriela Spanic, atriz que recentemente se integrou aos talentos da emissora mexicana e que será a protagonista do melodrama.

 “Sinto-me emocionada por regressar à televisão, já começamos as gravações e temos um grande elenco neste projeto”, comentou a linda namorada de Adrián Uribe, que interpretará a personagem de Esther, a mais velha entre as filhas de Emperatriz.

Sem dúvidas este ano está carregado de trabalho para Marimar, que além da televisão, seguirá fazendo teatro, pois garantiu que atuar em uma peça teatral é algo que a enche de muitas satisfações.

“Trabalhar no teatro é algo que não quero deixar de fazer, tenho toda a intenção de me envolver em mais projetos deste tipo e com pessoas tão talentosas como foram meus companheiros em “No sé si córtame las venas o dejármelas largas”. Foi uma experiência muito agradável trabalhar com Manolo Caro”, comentou a atriz de 27 anos.

Por outra parte, Marimar mencionou que a saúde de seu pai está melhorando consideravelmente e que seguirá com seu tratamento médico por algum tempo mais: “Me dá trabalho falar da saúde de meu pai porque ele não gosta de tocar neste tema. Está melhorando, todos estamos muitos contentes por ver como se enche de vontade a cada dia”, explicou Marimar, que estreou na televisão em 2003, na telenovela Enamórate.

Por último, mencionou que sua relação sentimental está indo as mil maravilhas com o ator e apresentador Adrián Uribe.


Colaboração: Quién

Rebelde estreia na Rede Record


Nesta segunda-feira, 21 de março, às 19h00, estreia pela Rede Record - em parceria com a Televisa - a versão brasileira de Rebelde, telenovela mexicana produzida em 2004, baseada na original argentina Rebelde Way, de 2002, idealizada por Cris Morena.

Produzida em alta definição, a versão brasileira de Rebelde é protagonizada por Micael Borges, Sophia Abrahão, Artur Aguiar, Melanie Fronckowiak, Chay Suede e Lua Blanco, que interpretam os papéis que, na versão mexicana, pertenceram à Alfonso Herrera, Anahí, Christopher Uckermann, Maite Perroni, Christian Chávez e Dulce María.

A trama narra o cotidiano de seis adolescentes que estudam num colégio em regime de semi-internato e enfrentam os dramas típicos desta fase, como a descoberta do primeiro amor, os conflitos da autoimagem, o desenvolvimento de distúrbios alimentares, o relacionamento conflituoso com os pais e o alcoolismo.


SINOPSE

Pedro Costa, um jovem brilhante e inteligente, tem nas mãos a grande chance de sua vida ao ganhar uma bolsa de estudos na escola Elite Way. Ele se muda para uma pequena vila no Rio de Janeiro com sua mãe, Dona Beth, e seu irmão caçula, Raí. Na cidade grande, ele poderá mostrar todo seu talento musical e também terá a chance de fazer novos amigos, como Diego Maldonado e Roberta.

Apaixonados pela música, eles decidem formar uma banda ao lado de Alice Albuquerque, filha do importante empresário da moda internacional, doutor Franco Albuquerque. Nesta briga pela popularidade, os jovens são tomados por sentimentos de paixão e ódio.

Pilar, uma jovem mimada e invejosa, que faz parte da turma de vilões da Elite Way, fará de tudo para atrapalhar o relacionamento de Pedro e Alice, já que está a fim do garoto. Entretanto, a maldosa filha de Jonas, diretor da escola, será desmascarada por Roberta.

Mas nem só de tramas e armadilhas é feita a vida do aspirante a músico e de seus amigos. Eles também contam com grandes aliados, como o professor Vicente e seus vizinhos na vila, Genaro e Teresa.

Filhos das pessoas mais ricas do Rio de Janeiro, Alice, Diego, Roberta, Carla e Tomás são adolescentes rebeldes, que vão descobrir na música um objetivo comum. Ao lado de Pedro, eles unirão forças para mudar as suas vidas e de quem os cerca.


PERFIL DOS PERSONAGENS

Pedro Costa (Micael Borges)

17 anos. Inteligente, forte, impulsivo, valente e tenaz. Não se importa com convenções sociais, muito menos com regras que ele julga absurdas. Um rebelde por natureza e também por necessidade: ele quer vingar a morte do pai e o sofrimento da mãe. No entanto, acaba se apaixonando por Alice Albuquerque, a filha do inimigo. Pedro tem uma paixão secreta: a música. Ele toca violão e faz melodias lindas. Além da música, Pedro adora um futebol de praia e vôlei. Vai sofrer muito na escola, pois seus adversários querem ver o rapaz expulso. Pedro conduz os rebeldes sem querer, é um líder nato com muito talento para causas perdidas. Defensor da verdade e da sinceridade, sério oponente de Jonas. Aliado de Vicente na guerra contra as regras mais rígidas da escola e um herói do começo ao fim.

Alice Albuquerque (Sophia Abrahão)

17 anos. Finge ser uma menina mimada e sem coração. Muito preocupada com a beleza, está sempre com uma boa escova e um batom na bolsa. Possessiva, ciumenta, mandona, fiel, determinada e tem uma fé absoluta na verdade e na justiça. Para muitos poucos ela mostra seu eu de verdade. Alice é rebelde e quando está socinha compõe letras lindas que vão de encontro às melodias de Pedro. Alice também se apaixona por Pedro e também não gosta dessa emoção: acha o rapaz mal vestido e grosseiro. Busca o afeto do pai distante e é também uma líder natural; as meninas imitam o comportamento de Alice, querem sempre saber do que ela gosta ou do que ela não gosta. Alice segue em busca daquilo que acredita: uma vida de sucesso.

Diego Maldonado (Artur Aguiar)

17 anos. Nasceu em uma família poderosa de políticos e empresários bem sucedidos. Diego sempre teve tudo o que queria menos a atenção do pai, que é um homem ocupado e sem tempo para o filhos e a mulher. Diego adora o poder que o dinheiro dá e sabe que tem o melhor estilo da escola. É um rapaz bonito, que atrai as meninas tanto pela beleza quanto pelo dinheiro. Quando conhece Pedro se vê desafiado pelo talento o outro. Diego também compõe músicas, mas faz escondido da família, que abomina hábitos rebeldes. Mas Diego é rebelde, ainda mais depois de descobrir que o pai não é aquele homem íntegro que ele pensava que fosse e que paga para o filho passar de ano. Diego pede ajuda para ser um bom estudante e ingressa na banda clandestina formada pelos rebeldes da escola.

Carla Ferrer (Melaine Fronckowiak)

17 anos. Tem um corpo escultural, mas sofre com a ditadura da magreza. Quando fica nervosa ataca doces e chocolates. Compulsiva, morre de medo de ficar gorda demais porque quer ser bailarina, sonho que Carla não tem coragem de dividir com ninguém. Carla treina dança sozinha, pois tem vergonha do corpo e sofre alguma pressão para perder peso. É a última menina a entrar na banda. Acontece por acaso: Carla gosta de dançar e cantar, mas é tímida demais para fazer isso em público. Pedro um dia escuta a voz belíssima de Carla e a convida para entrar no grupo. Ela recusa, por vergonha. Acontece que Carla é apaixonada por Tomás e quando ele a convida, ela não consegue negar. É Carla quem começa a fazer as coreografias para a banda e se sai muito bem. Meio-irmã de Becky.

Tomas Penedo (Chay Suede)

17 anos. Nadador, a maior preocupação de Tomas é o sexo. Quer todas as garotas que puder e quando consegue um beijo, espalha que passou a noite com a menina. Mimado demais, é o filho caçula de uma família rica e tradicional. É daquele tipo que perde o amigo e jamais a piada. Doa a quem doer, Tomas quer mais é se divertir. Em princípio, ele entra para o grupo musical para arrumar garotas – ele sabe que músicos são populares entre elas. Mas Tomas tem talento e começa a compor junto com Pedro e Alice. Tomas canta muito bem e através da música o rapaz vai descobrir que a vida não é feita só para sexo e diversão.

Roberta Messi (Lua Blanco)

17 anos. A mais vivida do grupo, talvez por ter sido criada de forma diferente. Roberta é filha de uma cantora famosa e viveu cercada por artistas, mas busca sua própria identidade. Para evitar confrontos com coração, Roberta de esconde atrás de uma máscara de menina má. É independente, arrojada e forte. Roberta e Alice se estranham no início, mas a música irá unir essas duas moças de temperamentos tão diferentes. Roberta vai se apaixonar por Diego que será dono do coração dessa rebelde.

Pilar Araripe (Rayana Carvalho)

17 anos. Filha do diretor da escola, mimada, invejosa e mentirosa. Pilar não tem o menor compromisso com a verdade. Sabe tudo o que se passa na escola por saber dos segredos dos alunos e se aproveita disso para ter poder. Pilar faz um jornal escondida e escreve tudo o que é fofoca, as verdadeiras e as que ela inventa. Apaixona-se por Pedro e não admite ver o rapaz com outra menina. Por causa dela, Pedro quase perde a bolsa de estudos por diversas vezes. Pilar tem uma relação mentirosa com o mundo: ela mostra para as pessoas aquilo que ela acha que as pessoas querem ver e manipula quem quer.

João Alves (Michel Gomes)

17 anos. Irmão de Lupi. A família era pobre e, com o esforço do irmão, enriqueceram. João tem vergonha da origem humilde e esconde a família de todos os amigos, ou melhor, de toda a escola. Apaixonado por Pilar, ele faz o que pode para ser aceito no seleto grupo da moça. Mente por ela e com ela. Arma situações para separar casais, acabar com festinhas escondidas e não deixa os pais aparecerem na escola em nenhum evento.

Vitória Paz (Pérola Faria)

17 anos. Entrou na escola como bolsista e tem um sonho: casar com um rapaz rico e de boa família. Vive com o irmão, Artur, na Vila Lene. Artur tenta controlar Vitória sem nenhum sucesso, já que ela é independente e sabe o que quer, apesar de toda a aparência romântica.

Téo Marques (Bernardo Falcone)

17 anos. Tímido, adora computador. Suporta todo o tipo de brincadeiras dos amigos que debocham do seu jeitão tranquilo e solitário. Amigo fiel de Márcia e Alice. Na verdade, ele é amigo de quase todas as meninas, apesar de não ficar com nenhuma. É bolsista também e não tem a menor vergonha do fato. Estuda muito para não perder a bolsa e tem orgulho de ser quem é.

Márcia Luz (Carla Diaz)

17 anos. Está na escola faz tempo. Entrou ainda menina e batalha muito para ficar. É bolsista, ótima aluna. Orgulhosa, quase obsessiva na busca da verdade. Órfã, saiu de um orfanato direto para a escola e descobre que não entrou por conta própria: alguém para seus estudos e ela precisa saber quem é. Não quer namorar, não quer cantar, na quer nada a não ser estudar e provar que pode ser alguém na vida.  Márcia nunca chora em público. Solitária, teima em não mostrar a ninguém o que sente. Tem apenas um amigo, Téo.

Jonas Araripe (Floriano Peixoto)

45 anos. Diretor da escola, vive para organizá-la e lucrar com ela. Não tem o menor controle sobre a filha, a quem imagina uma menina doce. Viúvo, não casou de novo e é alvo de todas as mães divorciadas da escola. Engraçado no trato com a garotada, rígido nas regras da escola que todos burlam sempre que podem. Jonas tem uma queda por Teresa, a dona da cantina, mas não dá o braço a torcer. Os dois são amigos quando não tem ninguém mais por perto. Jonas não gosta de Pedro, pois acha o rapaz péssima influência para os outros alunos e faz o que pode para tirá-lo das aulas. No entanto, Vicente, professor e mentor de Pedro, está sempre atento.


Teresa Silva (Cristina Silva)

45 anos. Cozinheira de mão cheia, tem uma cantina na escola e uma paixão secreta por Genaro. Mora na vila e adota todos os jovens no coração. Na casa dela eles se encontram para cantar e compor.

Lupicínio Alvez “Lupi” (Rocco Pitanga)

30 anos. Ficou rico com algum programa para a Internet e hoje tem uma empresa dentro de casa. Mora com os pais. Lupi conseguiu tudo o que sonhou muito cedo e agora resolve se reinventar. Vai dar aula na escola de Jonas, no laboratório de informática. Lupi não acredita em paixão e no amor, após ter sido abandonado pela noiva poucos dias antes do casamento. Ajuda a garotada, tem carinho por eles. Vai se apaixonar por Cilene. Débora também entrará na disputa quando descobre que o rapaz é muito rico e que dá aulas por prazer.

Silvia Torres (Cassia Linhares)

30 anos. Uma vilã engraçada. Foi riquíssima, mas hoje vive de aparência. Mora em uma casa grande e decadente. Foi casada duas vezes: o primeiro marido morreu e o segundo faliu, levando com ele tudo o que Silvia tinha de dinheiro. Silvia vive para dar golpes: quer um marido rico e se oferece para dar aula de etiqueta na escola de Jonas. Quando conhece Genaro, acha que ele é rico e investe nele também.

Vicente Campos (Eduardo Pires)

26 anos. Mora em uma antiga fábrica na Vila Lene e para pagar o aluguel divide o lugar e aluga quartos para amigos. Inteligente, é o mais novo professor da escola de Jonas. Dá aula de português, formou-se em letras e fez mestrado. Tem uma paixão secreta: quer ser artista plástico e tira fotos muitos bem. Determinado, Vicente se apaixona pela moça mais burrinha que ele já viu na vida: a Becky.

Pingo (Sylvio Meanda)

35 anos. Ajudante de Teresa. Mora com ela e a leva à loucura porque tem uma preguiça absurda. Simpático, irá ajudar muito Carla quando a menina começar a sofrer de bulimia. Pingo esconde seu verdadeiro nome, não se sabe se é por vergonha ou simplesmente porque ele adora ser o centro das atenções.

Eva Messi (Adriana Garambone)

34 anos. Uma cantora de sucesso, que teve a filha Roberta quando tinha 16 anos e a criou como uma irmã mais velha. Não colocou limites, não soube controlar a menina e hoje é muito ocupada com a carreira para perceber que a filha precisa dela. Eva é mimada, cheia de vontades, mas tem um coração bom e o sonho secreto de encontrar um verdadeiro amor. Tem uma bipolaridade acentuada e faz da vida dos outros um inferno quando está de mau humor. Ama a filha, mas ainda tem um lado rebelde dentro dela, que se recusa a crescer e assumir responsabilidades com a prole. Vai se apaixonar por Leonardo e quem sabe viver um grande amor.


Franco Albuquerque (Luciano Szafir)

40 anos. Pai de Alice, um homem rico, herdeiro de um império: é dono de uma cadeia de lojas de elite. Adora a filha, mas passa pouco tempo com ela por conta dos compromissos familiares. Viúvo, não quer mais casar, mas se diverte com as mulheres que aparecem na vida dele. Tem uma queda por Eva, mas tem receio em se envolver com ela porque sabe que seria um problema.

Leonardo Maldonado (Juan Alba)

Pai de Diego, homem poderoso, controla quatro empresas bem-sucedidas e ainda visa cargo na política. Cria Diego para ser seu sucessor e fica possesso quando descobre que o filho tem inclinações artísticas. No mundo de Leonardo não existe lugar para arte, emoção e sensibilidade, mas no fundo tem uma queda por Silvia. Leonardo teve um caso entre um casamento e outro e desse caso nasceu Márcia. A mãe da menina morreu cedo e ele não sabia onde encontrar a filha, mas contratou detetives para procurá-la. Jamais assumiu o papel de pai, mas paga os estudos dela em completo anonimato.

Elizabeth Costa (Claudia Lira)

41 anos. A dona Beth. Mãe de Pedro. Dedicada aos filhos, acaba trabalhando com Franco, pois é uma modista de mão cheia. A paixão entre os dois acontece sem que ambos notem. Beth é amiga de Teresa e também ajuda na cantina da escola para ter algum dinheiro, pois o emprego na loja de Franco demora a acontecer. Vai causar furor quando se mudar para a Vila Lene.


Ofelia (Eliana Guttman)

65 anos. Avó de Tomas. Gananciosa, forte, uma mulher que não mede nada para ter o que quer. Faz de tudo para manter Tomas longe do dinheiro que o pai deixou para ele. Internou a filha longe do Rio para ter o total controle sobre a vida do neto.

Débora Torres (Lisandra Parede)

22 anos. Sobrinha de Silvia. Mora com a tia, pois os pais morreram há um tempo. Débora quer subir na vida e não mede consequências. Vai dar em cima dos coroas ricos e acaba se apaixonando mesmo por Vicente, um rapaz que não tem um tostão.

Helena Ambrust (Nanda Ziegler)

35 anos. Sempre gostou de moda, fez faculdade fora do Brasil e hoje trabalha com Franco Albuquerque. Helena faz de tudo para não demonstrar que ama Franco. Suporta as mulheres na vida dele por saber que ele jamais amou nenhuma. Ela tem paciência e sabe que ele depende dela em quase tudo. É uma mulher sensível, inteligente e tranquila até a entrada de Beth na vida de Franco. Helena perde o rumo, pois dessa vez sabe que Franco está apaixonado e vai fazer o que puder para impedir essa relação. Ela irá revelar o lado sombrio de sua personalidade. Talvez encontre a reciprocidade de um amor sereno com Artur, que vai se apaixonar por ela assim que a conhecer.

Raul Costa (Lucas Cotrin)

14 anos. Irmão de Pedro e garoto problema. Um rebelde por natureza. Quer ser rico e não admite que Pedro estude na escola cara e ele na escolinha do bairro. Raul inferniza a vida da mãe e do irmão, mas as coisas melhoram quando Franco descobrir no menino a capacidade que ele tem de jogar bola.

Luciana Pontes “Luli” (Andrea Avancini)

34 anos. Assistente de Eva. O sonho de Luli é ser bailarina, cantora. Bom caráter, fofoqueira, não pode saber de nada que logo passa na frente. Confidente de Roberta quando a moça está em casa.

Artur Paz (Daniel Erthal)

Irmão de Vitória. A vida de Artur sempre foi definida pelo colégio: estudou lá desde a adolescência, se formou com excelentes notas, e para ele foi muito doloroso sair e fazer uma faculdade de Matemática, pois foram quatro anos sem amigos e sem vida social. Isso porque Artur é um chato, do tipo que sabe e se orgulha disso. Tanto que, assim que se formou, voltou correndo para o colégio, agora no papel de professor. Tem como ídolo Jonas Araripe, seu mentor e líder para toda a vida, por quem nutre imensa admiração e uma devoção que beira o “puxa-saquismo” da pior qualidade. Sonha em um dia virar o diretor da escola. Metódico, rígido, irá conflitar com Vicente. Nutrirá uma paixão impossível justamente por Cilene, em que vê uma alma gêmea.

Beatriz Alves (Juliana Xavier)

Adolescente, a caminho de ser rebelde. Tem uma queda por Raul quando conhece o menino. Adora Teresa e Pingo.

Bernarda Pirez “Becky” (Lana Rodes)

Modelo profissional. Engraçada, desengonçada. Amiga de todos os rebeldes e sem noção de nada; ela tem uma lógica própria e deixa a todos completamente aturdidos com isso. Os meninos da escola cedo ou tarde se apaixonam por ela, que não está nem aí: quer ter sucesso profissional. Becky canta também.

Alceu Alves (Antônio Pompêo)

65 anos. Boa pessoa, mas fraco na bebida. Não é violento, mas fica desagradável quando bebe e se recusa a frequentar reuniões ou grupo de apoio para o alcoolismo. Anos atrás, Alceu assinou contrato com uma gravadora, mas o disco nunca foi gravado. Ele diz que por conta dessa decepção bebe de vez em quando, mas na verdade bebe sempre que tem uma oportunidade. Briga na justiça até hoje pelo direito de indenização da gravadora.

Dalva Alves “Dadá” (Zezé Motta)

Mãe de Lupi, se torna grande amiga de Tersa e dona Beth. O único problema na vida de Dadá é o marido, Alceu, que bebe muito. Dadá é uma mulher forte, engraçada, canta muito bem e adora o filho.

Genaro Zanetti (Edwin Luisi)

50 anos. Divertido, generoso, amigo de todo mundo, mas não consegue esconder a frustração com a vida que leva: sempre quis ser uma pessoa fina, sofisticada, seu sonho era ter um bar charmoso, moderno e bem frequentado.  Ele tenta fazer isso em seu próprio bar, inventando bebidas, mudando o cardápio do almoço, colocando cópias de quadros famosos nas paredes, mas o resultado sempre deixa a desejar. Viúvo, tem uma filha, Cilene. Acaba se enrolando com as viúvas e separadas ricas. Genaro guarda um segredo dentro de um armário que ele mantém fechado a sete chaves. Vaidoso, compra roupas boas em liquidações e é moderno.  Tem uma relação de amor e ódio com Teresa.

Cilene Zanetti (Karen Marino)

25 anos. Filha de Genaro, jovem muito séria. Em parte para compensar a morte da mãe, em parte para compensar as extravagâncias do pai, Cilene acabou se tornando uma pessoa fechada e tímida. Não ri e é incapaz de entender uma ironia. Não sabe o  que é relaxar, já que está sempre ocupada com alguma coisa, se não está trabalhando, está estudando. Sofre com TOC profundo – quando anda na calçada precisa pisar com o pé esquerdo a mesma quantidade de ladrilhos pretos com que pisou o direito. Está sempre arrumando tudo por onde passa. Não liga para dinheiro. Aos poucos irá relaxar e se soltar, especialmente porque irá se apaixonar por Lupi.