domingo, 28 de novembro de 2010

Biografia de Mauricio Islas


INTRODUÇÃO

Juan Mauricio Islas Ilescas, mais conhecido como Mauricio Islas, nasceu na Cidade do México, México, em 16 de agosto de 1973. Filho do empresário Juan Islas e de Rosalinda Ilescas é o mais novo de dois irmãos.


SUA HISTÓRIA

Aos dez anos de idade, em 1983, Mauricio Islas sofreu com a perda de sua irmã mais nova. O ator sempre desejou ter um irmão menor e se sentia muito feliz, já que seu desejo ia se realizar, porém, tal felicidade durou pouco já que a bebê faleceu após 12 horas do nascimento. Tal fatalidade o afetou muito e ia diariamente ao cemitério visitá-la. Outro golpe duro foi a separação de seus pais, aos catorze anos, o que fez com que se tornasse um pouco agressivo e mantivesse uma certa distância de seu pai.

Em 1990, decide se dedicar à atuação, e mesmo estudando teatro desde o ensino médio, graças a sua namorada Yolanda Andrade, entra para o Centro de Educación Artística da Televisa. Desde então, passa a conhecer o mundo artístico, realizando algumas peças teatrais.

Em 1992, é convidado a participar de Carrossel das Américas, telenovela infantil produzida em celebração aos 500 anos de descobrimento da América, protagonizada por Gabriela Rivero, interpretando a professora Helena. Neste mesmo ano, grava Mágica juventud, uma telenovela juvenil, produzida por Emilio Larrosa com as atuações protagônicas de Héctor Soberón e Kate del Castillo.

Em 1994, interpreta Freddy Landeros na telenovela Volver a empezar, produzida por Emilio Larrosa e protagonizada pela atriz e cantora Yuri e pelo ator e cantor portorriquenho Chayanne, com a participação antagônica da comediante Claudia Silva e de Rafael Sánchez Navarro, nos papéis de vilãos.

Em 1995, participa de Pobre niña rica, adaptação da telenovela Pobre Clara, de 1975, uma produção de Enrique Segoviano, protagonizada por Victoria Ruffo e Ariel López Padilla, com a participação estelar de Paulina Rubio e Laura Zapata.

Em 1996, atua, como Edgar, em Canción de amor, protagonizada por Eduardo Capetillo e Lorena Rojas, sob a produção de Luis de Llano, nesta que foi um remake da telenovela argentina Los cien días de Ana, protagonizada por Andrea del Boca e Silvestre, em 1983.

Neste mesmo ano, é convidado para atuar no remake da telenovela Paloma, de 1975, intitulado desta vez Mi querida Isabel, uma produção de Angelli Nesma, protagonizada por Karla Álvarez, Ernesto Laguardia e com a participação antagônica de Jacqueline Andere.

Em 1997, participa em Mi pequeña traviesa, produzida por Pedro Damián e protagonizada por Michelle Vieth e Héctor Soberón, onde interpreta Juan Felipe, um jovem que ajuda sua amiga Julia a lutar e a seguir em frente com seu pai paralítico e seus dois irmãos pequenos. A telenovela juvenil ganha, em 2002, um remake brasileiro chamado Pequena travessa, protagonizada por Bianca Rinaldi e Rodrigo Veronese e recentemente uma outra versão mexicana, Niña de mi corazón, protagonizada por Paulina Goto e Erick Elías, com a atuação antagônica de Lisette Morelos.

Em 1998, chega sua grande oportunidade, ao ser convocado para protagonizar Preciosa, uma produção de Pedro Damián, onde atua junto de Irán Castillo, que interpreta uma jovem bonita e meiga, que mora e trabalha num circo com o grande sonho de ser uma trapezista famosa para ganhar dinheiro e assim poder operar sua perna inválida.

Em 1999, em outra produção de Pedro Damián, divide créditos com Mariana Seoane, Alejandro Camacho, Nailea Norvind, María Rubio, Susana González, Ana Layevska e Valentino Lanús, em Amor gitano, um remake de La mujer de aquella noche, produzida em Porto Rico no ano de 1969, que posteriormente ganharia um remake argentino chamado Amor gitano, de 1983, com Luisa Kuliok e Arnaldo André nos papéis principais.

Também em 1999, participa como ele mesmo em DKDA: Sueños de juventud, produzida por Luis de Llano e protagonizada por Litzy, que é substituída por Andrea Torre, e Jan, com a participação antagônica de Alessandra Rosaldo, José Suárez, María Sorté, Eugenia Cauduro, Otto Sirgo, Nora Salinas e Luis Gatica.

Ainda neste ano, grava Cuento de Navidad, uma minissérie de fim de ano que conta com as atuações de Susana González, Fernando Colunga, Karla Álvarez, Chantal Andere, Itatí Cantoral, Leticia, Nuria Bages, entre outros.

Em 2000, atua em Mi destino eres tú, protagonizada por Lucero e Jorge Salinas, onde seu personagem, Ramiro, morre na noite de núpcias, deixando a protagonista viúva. Tal melodrama conta com um roteiro original de Carmen Daniels e Jorge Lozano Soriano, que dão à telenovela um grande sucesso graças à sua trama cheia de paixão, segredos familiares, crimes e assassinatos, além da atuação de Jaime Camil, em sua estreia em telenovelas e da participação antagônica de Susana Zabaleta.

No mesmo ano de 2000, é convidado a se integrar ao elenco de Primeiro amor - A mil por hora, outra produção de Pedro Damián, baseada no grande sucesso Quinze anos, de 1987, onde divide cenas com Anahí, Ana Layevska, Kuno Becker e Valentino Lanús, interpretando seu primeiro vilão, Daniel. Para o ano de 2011, a Televisa prepara a terceira versão da telenovela, que será protagonizada por Danna Paola e Natasha Dupeyrón. Graças à sua atuação em Primeiro amor - A mil por hora, Mauricio consegue alguns destaques nos prêmios TVyNovelas de 2001.

Em 2001, Mauricio Islas protagoniza Manancial, onde atua ao lado de Adela Noriega, com a presença de Daniela Romo, Karyme Lozano, Alejandro Tommasi e Sylvia Pasquel, como personagens antagônicos. A trama, uma produção de Carla Estrada, reprisada no Brasil há dois anos, chegou a ser anunciada como Fonte do amor pela Rede CNT, mas foi exibida com o título original, traduzido, como em 2002, quando foi transmitida pelo SBT. Graças à sua atuação, o ator recebe, em 2002, o prêmio de Melhor ator protagônico nos prêmios TVyNovelas, além disso, graças à sua popularidade e reconhecimento obtidos, é convidado a participar em obras teatrais como Drácula, Las mariposas son libres e no musical Aventurera.

Ainda em 2001, no dia 29 de novembro, se casa com a modelo venezuelana Patricia Villasana, com quem tem uma filha chamada Camila, que nasce em 03 de maio de 2002, mas o casamento dura até 2006, quando se divorcia. Mesmo não dizendo os motivos da separação, se especula em revistas locais que Villasana não havia superado a infidelidade reconhecida por Islas, quando se envolveu em um escândalo sexual com a filha de José Luis Rodríguez, “El Puma”.

Em 2002, estreia no cinema interpretando Sergio, no filme Punto y aparte, estreado na 17° Mostra de Cinema Mexicano em Guadalajara, escrito e dirigido por Francisco “Paco” del Toro, que reúne um grupo de atores jovens e famosos, como Geraldine Bazán, Evangelina Sosa, Mariagna Prats, Hugo Semoloni, Evangelina Martínez, José Luis Reséndez, Lucila Gallart, para explorar, com tom dramático, o tema do aborto e suas consequências; além disso, fazer um questionamento sobre a gravidez indesejada nas famílias marcadas pela violência e pela miséria; tudo isso, através da história entrelaçada de dois casais.

Em 2003, o ator é escalado para estar em Amor real, remake do clássico de Caridad Bravo Adams, Bodas de odio, produzida, em 1983, por Ernesto Alonso, onde interpreta Adolfo Solís, o filho de uma família humilde, que estuda no Colégio Militar, e que apaixona-se profundamente por Matilde, interpretada por Adela Noriega, recusando-se a terminar com ela, mesmo sabendo que a família o desprezará por não ter fortuna.

Em 2004, o ator muda de emissora e vai para a Telemundo, em Miami, onde grava Prisionera, remake de María Fernanda, produzida, em 1981, pela Venevisión, ao lado da venezuelana Gabriela Spanic e de Diana Quijano. Neste mesmo ano, Mauricio é acusado de corrupção de menores ao ser indiciado por abusar de Génesis Rodríguez, a atriz filha do reconhecido cantor José Luis Rodríguez. Ambos se conhecem durante a gravação de Prisionera, a qual tem que deixar, sendo substituído por Gabriel Porras. Mauricio Islas é detido em Miami e tem que pagar uma fiança de 7 mil e 500 dólares para sair em liberdade, além de prestar serviço comunitário e pedir desculpas publicamente.

Em 2005, também com a Telemundo, protagoniza Los Plateados, telenovela baseada na telesérie chilena Los Pincheira, exibida pela Televisión Nacional de Chile, em 2004, que conta a lenda de um grupo de bandoleiros do século 20 que tem a missão de lutar pela justiça, vingar a morte de seu pai e nunca se apaixonar.

Também em 2005, Mauricio Islas estreia o filme Don de Dios, que vinha sendo gravado desde 2003, que trata sobre os conflitos internos do famoso bairro de Tepito, na Cidade do México, onde, como diz um personagem: Tudo se vende, menos a dignidade. Os protagonistas, Mauricio Islas e Luis Felipe Tovar, dão vida à José Luis e Jorge, dois jovens amigos criminosos que trabalham sob as ordens de Reyes, interpretado por Tomás Goros.

Em 2006, atua em Amores de mercado, uma telenovela produzida por Hugo León Ferrerna, na Colômbia, pela Telemundo, e protagonizada por Paola Rey e Michel Brown, que dão vida à Lucía e Diego, duas pessoas que se propuseram a conseguir o que nunca tiveram na vida: uma família e um amor verdadeiro.

Neste mesmo ano, apresenta Ambiciona, um filme protagonizado ao lado de Fabiola Campomanes, que relata a história de um grupo de amigos que costuma realizar fraudes, mas que ao se envolverem com o narcotráfico sofrem uma terrível fatalidade. A première teve lugar em Sinaloa, onde foi filmada.

Em 2007, Islas forma parte do jurado do Miss Universo 2007, realizado no Auditorio Nacional da Cidade do México, juntamente com a atriz, cantora e modelo portorriquenha Dayanara Torres, Miss Universo 1993. Também em 2007, grava o episódio Un amor para toda la vida para a série da Telemundo, Decisões da vida, em colaboração com a Caracol Televisión e a RTI, da Colômbia.

Ainda em 2007, Mauricio protagoniza Pecados ajenos, ao lado de Lorena Rojas, juntamente com as participações antagônicas de Catherine Siachoque, Sonya Smith e a primeira atriz Lupita Ferrer. A trama é a história de duas pessoas, Natalia e Adrián, que têm seus casamentos fracassados, se conhecem por casualidade, se apaixonam e se dão conta que encontraram o amor de sua vida, mas as circunstâncias não são nada fáceis, ambos têm dois filhos e seus respectivos parceiros se opõem à união dos apaixonados.

Em 2008, participa no filme El cártel, que se baseia no clima de insegurança e criminalidade enfrentado pelo México, para contar a história de um jornalista jovem e bastante ingênuo que se vê comprometido com o mundo do narcotráfico mexicano.

Em 2010, é convidado a ir para à TV Azteca e protagonizar La Loba, uma produção de Maricarmen Marcos, baseada no original argentino Los ángeles no lloran, onde atua ao lado de Ivonne Montero e de Regina Torné. A telenovela narra a história de Ángeles Fernández, uma mulher aguerrida, bonita e inteligente, que consegue cativar Emiliano Alcázar, um empresário que jurou não voltar a se apaixonar e é herdeiro de uma grande fortuna. Ángeles é uma jovem que foi abandonada por sua mãe, María Segovia, encarcerada injustamente pela malvada Prudencia Alcázar. María, ao sair da prisão, tem dois objetivos: encontrar sua filha e consumar sua vingança.

Também em 2010, protagoniza, ao lado de Christian Bach, Miguel Pizarro, Juan Ferrara, Germán Robles, Lucero Lander, Sergio Reynoso, Ana Belén Lander, María Prado, Flora Fernández e Alan Ciangherotti, o filme de suspense e terror El secreto, baseado no conto La casa de las sanaciones, uma produção de Gilberto de Anda, que conta a história de Emília, uma jovem que, após o misterioso assassinato de sua mãe, se muda para Guanajuato, para viver com sua tia Claudine, que jamais havia visto antes, o que ela não sabe é que sua tia guarda um segredo que envolve toda sua família, mas que está a ponto de ser descoberto. O filme tem data de estreia no próximo dia 03 de dezembro, nas principais salas de cinemas do país azteca.


SUAS ATUAÇÕES

TELENOVELAS

2010 - La Loba (Emiliano)
2007 - Pecados ajenos (Adrián)
2006 - Amores de mercado (Fernando)
2005 - Los Plateados (Gabriel)
2004 - Prisionera (Daniel)
2003 - Amor real (Adolfo)
2001 - Manancial (Alexandre)
2000 - Primeiro amor - A mil por hora (Daniel)
2000 - Mi destino eres tú (Ramiro)
1999 - Cuento de Navidad (Edmundo/Toño)
1999 - DKDA: Sueños de juventud (Mauricio)
1999 - Amor gitano (Renzo)
1998 - Preciosa (Luis Fernando)
1997 - Mi pequeña traviesa (Juan Felipe)
1996 - Mi querida Isabel (Marcos)
1996 - Canción de amor (Edgar)
1995 - Pobre niña rica (David)
1994 - Volver a empezar (Freddy)
1992 - Mágica juventud (Alfredo)
1992 - Carrossel das Américas

SÉRIES

2007 - Decisões da vida - Un amor para toda la vida (Fabricio)
2005 - Una segunda oportunidad

FILMES

2010 - El secreto
2009 - El cártel (Santos)
2006 - Ambiciona (Raúl)
2003 - Don de Dios (José Luis)
2002 - Punto y aparte (Sergio)


SEUS PRÊMIOS

PRÊMIO TVYNOVELAS

2002 - Melhor ator protagônico (Manancial)
Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

Andy disse...

Mauricio Islas é um ator incrível, sinto falta em vê-lo em novelas em exibição no Brasil. Bem que poderiam exibir tramas como PECADOS AJENOS (Telemundo, 2007/08), LA LOBA (TV Azteca, 2010) ou qualquer outra.
De qualquer modo, adoro o trabalho dele. Independente de viver mocinho ou vilão, o cara arrasa em tudo o que faz.

De tudo um pouco disse...

gente ue tenho um amigo q eh identico a ele perfeito se falar que sao irmaos gemeos o povo acredita