...

domingo, 19 de setembro de 2010

TV Brasil apresenta Las Cruces, poblado próximo

A TV Brasil exibe neste domingo, 19 de setembro, às 23h00, o filme guatemalteco Las Cruces, poblado próximo, que resgata a história da guerra civil da Guatemala, finalizada em 1996, um dos momentos mais dolorosos do país. Em dezembro de 1982, sob a presidência de Ríos Montt, se produzem os massacres dos povoados de Dos Erres, La Libertad e Las Cruces. O filme se refere à história deste último e sua relação com um grupo idealizado de guerrilheiros que tentam evitar o genocídio.

Dirigido por Rafael Rosal e com roteiro de Ray Figueroa, o filme, gravado em 2006, remonta aos tempos desta guerrilha para contar, em 82 minutos, a história e o destino fatal de uma aldeia encravada na montanha, no momento em que um grupo de sete combatentes, sendo seis homens e uma mulher, surge na vida das pessoas do lugar.

Na década de 80, milagrosamente, Las Cruces não havia sofrido nenhum ataque do exército, mas sua pequena população vivia em constante temor, com medo de serem atacados como várias das aldeias vizinhas, onde nem pessoas, nem animais foram deixados vivos e tudo foi reduzido a cinzas. Sabendo ser a próxima aldeia a desaparecer, sete guerrilheiros decidem protegê-la. Os índios não sabem se devem confiar nesse grupo de jovens ou fugir.

A decisão de partir ou lutar deve ser analisada pelos líderes da comunidade e obter o apoio dos combatentes, liderados por Camilo, dispostos a arriscar suas vidas para proteger o povoado. Estes combatentes são os melhores da região, reunidos pela ideia da revolução. No entanto, o que surge é inesperado para todos e aparecem conflitos de opiniões, política e ideais entre os habitantes do povoado e os guerrilheiros. Os sobreviventes do massacre contam sua versão dos fatos, 20 anos depois.

Em Las Cruces conhecemos importantes tradições maias em suas festas, e seu modo de viver, rodeados pela natureza, ainda que com a intranquilidade causada pelo conflito interno que se desenvolve no país.

Um dos detalhes importantes do filme é justamente o uso do idioma dos Maias por parte da comunidade. De fato, muitos habitantes das locações onde foi filmado se tornaram figurantes e atores secundários. As gravações foram realizadas em Ciénaga Grande, San José Pinula e em Tac Tic, Alta Verapaz, além disso, contou com preparação militar durante dois meses para os atores.

Em 2007, Las Cruces, poblado próximo recebeu o prêmio de Melhor filme no Festivalito de La Palma, Espanha; Melhor filme no Festival Internacional de Cinema de Madri; Prêmio Oskarito no Cine Ceará; Melhor filme no Festival de Cinema Centro-americano, Viena, Áustria.
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário: