sábado, 11 de setembro de 2010

Biografia de Yadhira Carrillo



INTRODUÇÃO

Yadhira Carrillo Villalobos nasceu em Aguascalientes, México, em 12 de maio de 1973. Filha caçula, a atriz, modelo e apresentaodra é neta e sobrinha de poetas e tem como irmãos Oralia, Noemi, Raúl, Rubén, Belén e Aída.


SUA HISTÓRIA

Após estudar Administração em Negócios Internacionais em Aguascalientes, Yadhira entrou para o concurso Nuestra Belleza México em 1994, representando seu estado e se posicionando em segundo lugar, já que quem recebeu a coroa foi Luz María Zetina.

No entanto, Yadhira tinha muito claro que não queria ser lembrada apenas como mais uma garota bonita. Assim, ao terminar seu ano de reinado como suplente, ingressou no Centro de Educación Artística da Televisa, como bolsista, para se preparar como atriz.

Em 1996, inicia sua carreira com um pequeno papel na telenovela Canción de amor e, no ano seguinte, após já ter se destacado em seus estudos, sendo uma das mais talentosas e perseverantes alunas, vê sua recompensa quando a produtora Carla Estrada lhe dá a oportunidade de interpretar Teresa na telenovela Sigo te amando, e Josefina, em Maria Isabel, ao lado de Adela Noriega e Fernando Carrillo. Ainda em 1997, participa na série televisiva Mujer, casos de la vida real.

Em 1998, atua no filme La primera noche, na telenovela O privilégio de amar, e nos dois episódios do especial Más allá de la usurpadora, onde interpreta a vilã Raquel.

Em 1999, interpreta seu primeiro papel co-estelar na telenovela infantil El niño que vino del mar, além de participar na minissérie Cuento de Navidad. No ano seguinte, em 2000, recebe o convite de Ernesto Alonso, “o Senhor Telenovela”, para integrar o elenco de El precio de tu amor, como antagonista, e, nesse mesmo ano, para continuar em La casa en la playa.

Em 2001, atua na minissérie Navidad sin fin e, em 2002, novamente Ernesto Alonso, que havia vislumbrado em Yadhira uma atriz com futuro, a brinda com a oportunidade de estrelar A outra, junto a Juan Soler, uma telenovela na qual enfrenta o desafio de ter que dar vida a duas personagens visivelmente opostas, Carlota e Cordélia. Graças à sua atuação recebe o Prêmio TVyNovelas do ano, além do Prêmio Silvia Derbez, como Melhor atriz protagônica.

Em 2003, já com oito anos de carreira, Yadhira estreia no exterior com um papel especial na bem-sucedida telenovela espanhola El secreto, na qual interpreta a perversa ex-namorada do protagonista, o também mexicano Eduardo Capetillo.

Também em 2003, como parte de seu crescimento como atriz, Yadhira estreia no teatro, sob a produção de Rubén Lara e direção de José Elías Moreno, com a comédia Un espíritu travieso, original de Noel Coward. Neste peça divide o cenário com Gabriela Goldsmith, Adrián Uribe, Consuelo Duval, Beatriz Moreno, Elsa Jaimes, Roberto Escudero, entre outros atores. Graças à sua atuação obtém o Prêmio da Asociación de Críticos y Periodistas de Teatro, na categoria Revelação feminina, em março do ano posterior.

Em 2004, atua em Amarte es mi pecado, outra produção de Ernesto Alonso, onde protagoniza junto de Sergio Sendel e Alessandra Rosaldo. A telenovela chega a ter altos níveis de audiência nos Estados Unidos, fato pelo qual é mencionada no The Miami Herald. Ainda neste ano, grava Rubi, produzida por José Alberto Castro e protagonizada por Bárbara Mori, Eduardo Santamarina e Sebastián Rulli.

Em 2005, integra o elenco de Barrera de amor, telenovela que alcança altos níveis de audiência em países como Chile e Estados Unidos.

Em 2006, Ernesto Alonso havia pensado em contratá-la para o papel protagônico de Sor Juana Inés de la Cruz, para a telenovela de mesmo nome, mas a desistência do produtor em agosto de 2007, impediu a realização do projeto. Neste mesmo ano é coroada Rainha do carnaval da Carolina do Norte.

Em 2007, torna-se apresentadora da revista eletrônica Nuestra casa, que sai do ar poucos meses depois. Em setembro deste mesmo ano, protagoniza Palabra de mujer, inspirada na telenovela El amor tiene cara de mujer, produzida por José Alberto Castro, na qual compartilha créditos Edith González, Ludwika Paleta, Cynthia Klitbo, Lidia Avila e Julio Bracho.

Em 2008, Yadhira se vê envolvida num escândalo ao iniciar uma relação amorosa com Juan Collado, então companheiro da atriz Leticia Calderón, com a qual tem dois filhos. A notícia se dá a conhecer quando saem em público fotografias de Yadhira e Juan se beijando, após, o mesmo confirma sua separação e lamenta a infidelidade de sua parte.


SUAS ATUAÇÕES

TELENOVELAS

2007 - Palabra de mujer (Fernanda)
2007 - Amor sin maquillaje
2005 - Barrera de amor (María Teresa)
2004 - Rubi (Elena)
2004 - Amarte es mi pecado (Leonora)
2003 - El secreto (Lydia)
2002 - A outra (Carlota/Cordélia)
2001 - Navidad sin fin (Toñita)
2000 - El precio de tu amor (Sandra)
2000 - La casa en la playa (Georgina)
1999 - El niño que vino del mar (Magdalena/Lena)
1999 - Cuento de Navidad
1998 - O privilégio de amar (Maria José)
1998 - Más allá de la usurpadora (Raquel)
1997 - Maria Isabel (Josefina)
1997 - Sigo te amando (Teresa)
1996 - Canción de amor

PEÇA TEATRAL

2003 - Un espíritu travieso (Ruth)

SÉRIE

1997 - Mujer, casos de la vida real - Una mirada dulce y desesperada (Lilia)


SEUS PRÊMIOS

PRÊMIO DA ASOCIACIÓN DE CRÍTICOS Y PERIODISTAS DE TEATRO

2004 - Revelação feminina (Un espíritu travieso)

PRÊMIO TVYNOVELAS

2003 - Melhor atriz protagônica (A outra)

PRÊMIO SILVIA DERBEZ

2003 - Melhor atriz protagônica (A outra)
Blog Widget by LinkWithin

Um comentário:

Loren.siqueira@hotmail.com disse...

Yadhira Carrillo é uma grande atriz,talentosa,edicada e linda.Tem uma postura e elegância invejavéis.