sábado, 18 de setembro de 2010

Biografia de Sabine Moussier


INTRODUÇÃO

Diana Sabine Moussier nasceu em Leverkusen, Alemanha, em 12 de julho de 1966. Ainda pequena, imigrou, junto de sua mãe, a Mazatlán, estado de Sinaloa, no México, onde cresceu tranquilamente. No entanto, queria se tornar atriz e se mudou para a capital da República Mexicana para estudar no Centro de Educación Artística de Televisa.


SUA HISTÓRIA

Após se formar no Centro de Educación Artística de Televisa, Sabine iniciou seu trabalho na televisão, em 1996, como apresentadora do programa Al ritmo de la noche, junto de Jorge Ortiz de Pinedo. Graças a essa oportunidade, sua imagem tornou-se conhecida e sua beleza singular passou a chamar a atenção do público.

Seu salto à fama veio quase que imediatamente, quando foi convidada a se integrar ao elenco de Morir dos veces, e, posteriormente à telenovela infantil Luz Clarita. Desde então, as ofertas de trabalho começaram a surgir, quase sempre para interpretar vilãs.

No próximo ano, em 1997, interpreta a pianista Mireya, em Maria Isabel, onde contracena com os atores Fernando Carrillo e Adela Noriega, os protagonistas da história.

Em 1998, já sendo uma estrela da televisão mexicana, se integra ao elenco da bem-sucedida O privilégio de amar, dando vida à Lourença, amante de André Duval, personagem de Andrés García. Graças a este trabalho, Sabine conhece o verdadeiro êxito graças a alta audiência alcançada pela telenovela. Alguns críticos dizem que este foi o melhor papel de Moussier, com o qual ganha o prêmio TVyNovelas como Melhor atriz revelação de 1999.

Também em 1999, interpreta duas personagens menores: Cristina, na telenovela Rosalinda, e Diana de Lizárraga, a infiel esposa do personagem de Arturo Peniche, em Mujeres engañadas, onde compartilha muitas cenas com Laura León e, novamente, com Andrés García. Ainda neste ano, inicia um romance com Rodrigo Santos, com quem permanece até o ano de 2002.

Em 2001, Sabine se une ao elenco do remake de El derecho de nacer, original de 1981, outra bem-sucedida telenovela com a qual segue demostrando sua grande capacidade de atuação interpretando Graciela, uma secretária recatada que, no entanto, se disfarça de freira e frequenta bordéis para satisfazer os desejos de seus clientes e os seus próprios. Com o papel da transtornada Graciela, os produtores descobrem o talento de Sabine para interpretar personagens loucos.

Em 2002, atua na telenovela No limite da paixão, protagonizada por César Évora e Susana González, onde dá vida à Frida, papel de uma intrigante vilã, que trama com o detestável Maciel, interpretado por Alberto Estrella, para se casar com Octávio, papel de César Évora, e, assim, se transformar na dona das terras Villarreal.

Neste mesmo ano, se casa com o empresário chileno Jorge Peralta e, após o término das gravações de No limite da paixão, interrompe, temporariamente, sua carreira artística para dar a luz à sua primeira filha, Camila, que nasce em 15 de julho de 2003, na Cidade do México.

Em 2005, junto a grandes atores como Victoria Ruffo, César Évora, Guillermo García Cantú e Cecilia Gabriela, Sabine atua em A madrasta, outra grande telenovela de sucesso mundial, onde dá vida à Fabíola de Mendizábal, uma das vilãs suspeitas de ter causado a morte de Patrícia, mas que no final da telenovela torna-se uma boa mulher e vive feliz com seu esposo Bruno, interpretado por René Casados, igualmente suspeito.

Três meses depois, em Piel de otoño, interpreta Rebeca Franco, uma mulher de negócios que tem uma aventura com Ramón, o esposo malvado da heroína, interpretado por Sergio Goyri. Após o término das gravações, Moussier se integra ao elenco da peça teatral Hombres. Em seguida, se retira novamente de suas atividades como atriz para dar a luz à Paulo, seu segundo filho com Peralta, que nasce em 03 de julho de 2006.

Após o nascimento de seu segundo filho, volta às telenovelas, ainda em 2006, como Eva Santoro, uma chefe mafiosa, em Amar sin límites, um papel diferente dos quais já havia interpretado, já que, mesmo sendo uma vilã, não se tratava de uma esposa infiel, nem de uma ladra de maridos, nem de uma péssima mãe, categorias que correspondem a seus papéis anteriores. Apesar de suas malfeitorias, Eva torna-se uma personagem popular e a audiência chega a preferi-la mais que Azul, a protagonista, interpretada por Karyme Lozano.

Por sua atuação em Amar sin límites, Sabine é nomeada para o prêmio TVyNovelas como Melhor atriz antagônica de 2007. Neste mesmo ano, se reúne com o elenco e A madrasta para gravar o novo final da telenovela para sua segunda transmissão. Alguns meses depois, ainda em 2007, é convidada a participar da produção Amor sin maquillaje, uma trama que homenageia os 50 anos da Televisa e de suas telenovelas, para dar vida à Beatriz, uma atriz temperamental, que, novamente, tem Sergio Goyri como namorado.

Em 2008, Sabine Moussier interpreta o papel de Marisa em As tontas não vão ao céu, uma personagem que se apresenta de maneira distinta às personagens anteriores; mesmo sendo orgulhosa e narcisista, Marisa se torna uma personagem que inspira mais simpatia no espectador depois de seu passado ter sido revelado e depois que seu noivo Santiago, interpretado por Jaime Camil, a deixa grávida e plantada no altar para ficar com sua amiga, Candy, interpretada por Jacqueline Bracamontes.

No entanto, para a infelicidade de Sabine, os escritores radicalmente transformam a personagem em uma verdadeira louca; algumas fontes dizem que a mudança foi necessária porque os espectadores queriam uma vilã tradicional, mas outras afirmam que os escritores temiam que os mesmos espectadores preferissem Marisa mais que a protagonista, Candy.

Também em 2008, Sabine e Jorge se separam e, mesmo que nunca estiveram legalmente casados, segundo Peralta, têm que se divorciar, já que a Constituição Mexicana diz que quando se vive em concubinato por mais de cinco anos e se tem filhos, as mesmas obrigações são válidas, como se tivessem assinado oficialmente.

Em 2009, após o término das gravações de As tontas não vão ao céu, Sabine substitui Edith González, como a protagonista Elena Tejero, no musical Aventurera, mas tem que abandonar a obra após ter lesionado a perna. Mais tarde, no mesmo ano, demonstra que a idade só lhe fez bem, e pousa com pouca roupa para uma revista masculina.

Também em 2009, Moussier dá vida à Justina Almada de Huerta, a mulher sensual e infeliz de Francisco Gattorno, e a amante de Sergio Goyri, em Mi pecado, telenovela na qual realiza seu primeiro papel como mãe de filhos adultos.

Enquanto grava a telenovela, a atriz é diagnosticada com a Síndrome de Guillain-Barré, uma doença que causa transtornos neurológicos que afetam o sistema nervoso. Mesmo alterando seu ritmo de gravação para dar um tempo para sua recuperação, a enfermidade faz com que abandone a telenovela antes do final.

O produtor Juan Osório, porém, não atribui a personagem à outra atriz, já que afirma que Sabine gravou as últimas cenas da personagem antes de sair. Segundo o produtor, a doença afetou a capacidade de aprendizagem da atriz para memorizar falas, além de ter lhe causado muita dor, por isso foi sedada algumas vezes.

Em novembro de 2009, Sabine declara que sua saúde havia melhorado e que não estava paralítica, ainda assim, enfatiza que a Síndrome de Guillain-Barré é uma enfermidade que dura meses. Cinco meses depois, volta a declarar e desta vez diz que sua saúde está complicada, mesmo se curando da Guillain-Barré, passa para um estado de fadiga crônica.

Na mesma época, seu ex-marido é processado pela atriz Sherlyn, que o acusa de fraude por dois milhões de pesos. Após algumas semanas, ela e Sherlyn chegam a um acordo, com o qual consegue tirar da cadeia seu ex-marido e pai de seus filhos.


SUAS ATUAÇÕES

TELENOVELAS

2009 - Mi pecado (Justina)
2008 - As tontas não vão ao céu (Marisa)
2007 - Amor sin maquillaje (Beatriz)
2007 - Amar sin límites (Eva)
2007 - La madrastra - 10 años después (Fabíola)
2005 - Piel de otoño (Rebeca)
2005 - A madrasta (Fabíola)
2002 - No limite da paixão (Frida)
2001 - El derecho de nacer (Graciela)
1999 - Mujeres engañadas (Diana)
1999 - Rosalinda (Cristina)
1998 - O privilégio de amar (Lourença)
1997 - Maria Isabel (Mireya)
1996 - Luz Clarita
1996 - Morir dos veces

SÉRIE

2007 - S.O.S. Sexo e outros segredos

PEÇAS TEATRAIS

2008 - Aventurera (Elena)
2005 - Hombres


SEUS PRÊMIOS

PRÊMIOS TVYNOVELAS

1999 - Melhor revelação feminina (O privilégio de amar)
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário: