...

segunda-feira, 12 de julho de 2010

A escrava Isaura estreia na TVes


Hoje, 12 de julho, às 21h00, estreia na emissora pública venezuelana TVes, sem intervalos comerciais, a telenovela brasileira A escrava Isaura, versão produzida pela Rede Record em 2004, com 167 capítulos.

Baseada no romance de Bernardo J. Guimarães, a telenovela foi adaptada por Tiago Santiago e Anamaria Nunes, com a colaboração de Altenir Silva; esteve sob a direção de Herval Rossano, Fábio Junqueira, Emílio Di Biasi e Flávio Colatrello Jr.

Protagonizada por Bianca Rinaldi e tendo como os antagonistas Leopoldo Pacheco, Patrícia França e Renata Domínguez, e como o co-protagonista Théo Becker, A escrava Isaura conta uma história cheia de amor, aventura e luta social que cativará os venezuelanos desde seu primeiro episódio.

A telenovela mostra a luta dos escravos pela liberdade, exibindo o começo dos movimentos abolicionistas. As cenas que mostram o cotidiano das senzalas e destaca as crenças, as danças e os rituais dos negros foram muito bem reproduzidas.

A primeira versão de A escrava Isaura, protagonizada por Lucélia Santos, foi produzida pela Rede Globo em 1976 e se tornou um dos melodramas brasileiros mais influentes da América Latina e uma das telenovelas mais lembradas na Venezuela.

Essa nova versão de 2004, com Bianca Rinaldi, também representa o maior sucesso de vendas da Rede Record, que já vendeu a produção para cerca de 50 países.

A trama principal centra-se na vida de Isaura, que sendo órfã desde o nascimento, passa por muitos sofrimentos até encontrar a felicidade. Sua mãe era mulata e foi mucama na fazenda onde ela nasceu e viveu. Isaura sempre recebeu amparo de Gertudres, sua senhora, como se fosse uma filha, mas foi desprezada pelo seu senhor, o Comendador Almeida.

Muito dócil, o sonho de Isaura sempre foi conquistar sua liberdade, principalmente depois que conhece Tobias, um jovem dono das terras vizinhas. No entanto, no caminho dos dois surge Leôncio, o único filho do Comendador Almeida.

Totalmente desprovido de caráter para conquistar Isaura, Leôncio mata Tobias ao incendiar uma cabana onde ele se encontrava, Isaura foge e assume outra identidade. Numa chácara perto de São Paulo, Isaura vive um novo amor com o abolicionista Álvaro, mas numa festa de gala, é desmascarada. Mais sofrimento pela frente até Álvaro descobrir que Leôncio está falido. Este, então, perde tudo para Álvaro e acaba se matando com um tiro.
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário: