sexta-feira, 30 de julho de 2010

Biografia de Fernando Colunga


INTRODUÇÃO

Fernando Colunga Olivares nasceu em 03 de março de 1966 na Cidade do México, México. Filho único do engenheiro Fernando Colunga e de Margarita Olivares, dona de casa, é um grande ator; todas suas telenovelas se tornam um tremendo sucesso, o que lhe atribui o título de maior galã do México e o torna o ator mais cotado para as tramas de televisão deste país.


SUA HISTÓRIA

Fernando Colunga nunca foi um garoto prodígio da interpretação; de fato, seus interesses abrangeram diferentes áreas e, antes de se tornar ator, se dedicou a muitos outros trabalhos. Além de ser formado em engenharia civil, entre outras coisas, também se dedicou à administração de empresas, à venda de automóveis, à uma loja de ferragens e a um trabalho como barman.

Seu primeiro contato profissional com o mundo do cinema não se estabeleceu pelos caminhos mais habituais, visto que começou trabalhando como dublê em certas produções mexicanas. Além disso, tornou-se popular ao participar da versão mexicana da Vila Sésamo, além de programas como La telaraña, Hora marcada e Todo de todo.

Em 1988, trabalhou como dublê de Eduardo Yáñez na telenovela Dulce desafío e, rapidamente, se deu conta de que ser ator era sua paixão, antes disso já havia tido pequenas aparições em La pobre señorita Limantur, de 1985 e em El carruaje, de 1987, como dublê. A partir daí optou por iniciar uma carreira profissional neste âmbito e se matriculou no Centro de Educación Artística da Televisa no ano de 1990.

Já em 1990, atua em Cenizas y diamantes e, um ano depois, em Madres egoístas e Alcançar uma estrela II. Em 1992, aparece em Maria Mercedes, protagonizada pela bela atriz Thalía.

Em 1994, Fernando Colunga é convidado para participar da série Mujer, casos de la vida real, e logo Carla Estrada o chama para se integrar ao elenco da telenovela Más allá del puente, com María Sorté. Neste mesmo ano obtém um papel em Marimar, novamente ao lado de Thalía e estreia o filme Bésame en la boca, com a cantora Paulina Rubio.

Em 1995, atua em Alondra, mais uma produção de Carla Estrada, e, neste mesmo ano, consegue seu primeiro papel protagônico ao lado de ninguém menos que a própria Thalía, em Maria do bairro, dando vida à Luis Fernando de la Vega, personagem com o qual Fernando passou a ser reconhecido em vários países. Sua participação em Maria do bairro não somente lhe traz sucesso, mas também, seu romance com a atriz e cantora, um caso de aproximadamente um ano que ambos confirmaram mas não deram maiores detalhes.

Em 1997, protagoniza Esmeralda, ao lado de Leticia Calderón, dando vida à José Armando, um jovem médico que se apaixona pela pobre camponesa cega. Com esta telenovela, Colunga se lança ao estrelato em centenas de países, inclusive em lugares distantes como Indonésia e República Checa e, recebe seu primeiro prêmio TVyNovelas, como Melhor ator protagônico do ano.

Em 1998, Fernando protagoniza A usurpadora, junto da famosa atriz venezuelana Gabriela Spanic e de atores como Libertad Lamarque, Juan Pablo Gamboa, Chantal Andere, Alejandro Ruiz, Enrique Lizalde, Dominika Paleta, entre outros. Nesta telenovela, o ator interpreta Carlos Daniel Bracho, um homem que ignora que a usurpadora, Paulina, ocupa o lugar de sua mulher Paola, sob chantagem desta. A telenovela teve uma sequência que se chamou Más allá de la usurpadora.

Em 1999, sobe ao palco pela primeira vez para atuar na peça teatral Pecado no original, ao lado de Chantal Andere, interpretando Bill e Jenny, respectivamente, em uma matrimônio infeliz, em processo de dissolução. Ainda neste ano, Colunga protagoniza Nunca te olvidaré, ao lado de Edtih González, que interpreta a órfã Esperanza que, aos dez anos, vai morar na casa de Antonio Uribe e Consuelo, pais de Luis Gustavo, interpretado por Fernando. Os dois jovens se apaixonam imediatamente, mas Consuelo não aceita a relação e manda seu filho estudar na Europa. Para este papel, Colunga não somente se prepara para atuar como também fisicamente, com uma dieta estrita e várias horas de academia. Ainda em 1999, participa da minissérie Cuento de Navidad.

Em 2000, começa a gravação da telenovela Abraça-me muito forte, do produtor Salvador Mejía. Sua parceira nesta ocasião é Aracely Arámbula, que também divide os cenários com Victoria Ruffo, César Évora e Nailea Norvind. Nesta trama, Fernando Colunga encarna Carlos Manuel Rivero, um jovem médico casado com a perversa Déborah, mas que se apaixona por María do Carmo. Este papel significa para Fernando um enorme êxito em sua carreira, pois com ele consegue o prêmio TVyNovelas como Melhor ator masculino do ano.

Após este papel, Fernando se distancia por um tempo das telenovelas e aproveita para estudar atuação e produção. Ainda assim, atua em Navidad sin fin, de 2001.

Em 2003, volta às telinhas para protagonizar um de seus papéis mais importante em Amor real, onde interpreta Manuel Fuentes Guerra, o filho bastardo de um rico fazendeiro, cuja mãe deixa o deixa nas mãos de seu pai para que receba uma boa educação. No entanto, somente recebe maltratos deste e, graças ao pároco do povoado, Manuel se torna um grande médico. Quando seu pai morre, Manuel é reconhecido legalmente como o herdeiro de todos seus bens. Nesta ocasião, conhece Matilde, interpretada por Adela Noriega, uma jovem aristocrata que, por sua vez, está comprometida com Adolfo, interpretado por Mauricio Islas, um pobre tenente.

Amor real se torna um enorme êxito no México e em todos os países onde é exibida, e, sem dúvida, é um dos papéis mais completos em que Fernando havia trabalhado até então. Graças a Manuel Fuentes Guerra, Colunga recebe, em 2003, outro prêmio TVyNovelas, como Melhor ator protagonista.

Após o enorme êxito de Amor real, Fernando toma um tempo para descansar, mas logo regressa a um gênero que o havia fascinado, o teatro. Junto de César Évora, adapta roteiros e coloca em marcha Trampa de muerte, obra com a qual realiza turnês por vários meses.

Em 2005, Colunga volta à televisão com Alborada, outra produção de época de Carla Estrada, em uma história ambientada no México do século 18. Protagonizando com Lucero, compartilha créditos com Valentino Lanús, Daniela Romo, Mariana Garza, Luis Roberto Guzmán, Vanessa Guzmán, Arturo Peniche, Irán Castillo e uma extensa lista de atores.

A telenovela não decepciona e não somente alcança uma boa audiência sendo exibida em horário nobre, mas também recebe os melhores elogios por parte da crítica. Além disso, o trabalho se vê compensado nos prêmios TVyNovelas, ao ser a telenovela mais galardoada, com os prêmios de Melhor telenovela e Melhor ator e atriz do ano para Fernando e Lucero, respectivamente.

Em 2007, o ator volta a protagonizar mais uma telenovela de época, Paixão, também produzida por Carla Estrada. Esta vez, compartilhando créditos com Susana González, Sebastián Rulli, Daniela Castro, Juan Ferrara, entre outros grandes nomes da teledramaturgia mexicana. Neste mesmo ano realiza o filme Ladrón que roba a ladrón junto de Miguel Varoni, Gabriel Soto, Sonya Smith e Saúl Lisazo.

Em 2008, protagoniza Amanhã é para sempre, ao lado de atores como Silvia Navarro, Lucero, Rogelio Guerra, Guillermo Capetillo, Dominika Paleta e María Rojo, entre outros. Telenovela esta produzida por Nicandro Díaz, onde Colunga interpreta Eduardo Juárez, um homem que, para se vingar de Bárbara Greco, interpretada por Lucero, muda seu nome para Franco Santoro.

Em 2010, Fernando Colunga participa de Soy tu dueña, onde divide cenários com Lucero, Gabriela Spanic, David Zepeda, entre outros. Esta produção de Nicandro Díaz narra a história de Valentina, interpretada por Lucero que, após ser abandonada no altar, deixa de ser uma jovem doce, justa e sensata para ser uma mulher fria, arbitrária e cheia de amargura, jurando para si mesma que jamais voltará a se apaixonar. No entanto, ao se distanciar e ir viver na fazenda Los cascabeles, conhece José Miguel, interpretado por Colunga, que se apaixona imediatamente por ela, por sua beleza e por seu gênio difícil. Apesar de todos os obstáculos, Valentina e José Miguel lutam contra o orgulho e a fortaleza que construíram ao redor de seus corações até que Valentina seja a dona de seu amor.


SUAS ATUAÇÕES

TELENOVELAS

2010 - Soy tu dueña (José Miguel)
2008 - Amanhã é para sempre (Eduardo/Franco)
2007 - Paixão (Ricardo “Antilhano”/Diego)
2005 - Alborada (Luis)
2003 - Amor real (Manuel)
2000 - Abraça-me muito forte (Carlos Manuel)
1999 - Nunca te olvidaré (Luis Gustavo)
1999 - Más allá de la usurpadora (Carlos Daniel)
1998 - A usurpadora (Carlos Daniel)
1997 - Esmeralda (José Armando)
1995 - Alondra (Raúl)
1995 - Maria do bairro (Luis Fernando)
1994 - Más allá del puente (Valerio)
1994 - Marimar (Adrián Rosales)
1992 - Maria Mercedes (Chico)
1991 - Alcançar uma estrela II
1991 - Madres egoístas (Jorge)
1990 - Cenizas y diamantes
1988 - Dulce desafío
1987 - El carruaje
1985 - La pobre señorita Limantur (Francisco)

MINISSÉRIES

2002 - Navidad sin fin (Pedro)
1999 - Cuento de Navidad (Jaime)
1993 - Marianela (Pablo)

FILMES

2007 - Ladrón que roba a ladrón (Alejandro)
1999 - La cenicienta
1995 - Bésame en la boca (Arturo)
1995 - Esclavos de la pasión
El mar
Fuenteovejuna
Los hijos del sol
El primo Basilio

PEÇAS TEATRIAIS

2003 - Trampa de muerte
1999 - Pecado no original
1999 - Un engaño no hace daño

SÉRIES

2003 - XHDRBZ “La hora Derbez” - Una de lobos (José)
1994 - Mujer, casos de la vida real - Te olvidaré
1986 - La telaraña
Plaza sésamo


SEUS PRÊMIOS

PRÊMIOS PEOPLE EN ESPAÑOL

2009 - Melhor casal com Silvia Navarro (Amanhã é para sempre)

PRÊMIOS TVYNOVELAS

2006 - Melhor ator protagônico (Alborada)
2004 - Melhor ator protagônico (Amor real)
2001 - Melhor ator protagônico (Abraça-me muito forte)
1998 - Melhor ator protagônico (Esmeralda)

PRÊMIOS JUVENTUD

2007 - ¡Qué actorazo! (Ladrón que roba a ladrón)

PRÊMIOS ACE

2004 - Melhor ator de televisão cênica (Amor real)
2001 - Melhor ator de televisão cênica (Abraça-me muito forte)

PRÊMIOS EL HERALDO DE MÉXICO

2000 - Melhor ator protagonista (Abraça-me muito forte)
Blog Widget by LinkWithin

18 comentários:

Anônimo disse...

Sem falar que ele tem fama de GAY, nada contra mais é bom relatar isso.

Andy disse...

Fernando Colunga não é o meu ator favorito, mas concordo quando dizem que ele atua muito bem. Pra ser sincero, sou super fã de 3 novelas que ele participou. São elas: "Esmeralda" (1997), "Abraça-me Muito Forte" (2000/01) e "Amanhã é para Sempre" (2008/09). Essas tramas são demais. As que não gostei foram "Maria do Bairro", "A Usurpadora", "Paixão" e "Amor Real". Não curtia os personagens canalhas dele. Enfim, ele também merece todo o sucesso do mundo. Estou torcendo para que "Soy Tu Dueña" seja exibida por aqui, tanto faz pelo SBT ou pela CNT.

L.Karina disse...

Um dos meu atores favoritos do méxico.Amo o personagem dele em ''Paixão''.

###Ova Fritz...a### disse...

Me desculpe mas de longe "Paixão" é uma das piores produções ja feitas nos ultimos ano pela televisa!!!

Aleks disse...

Bom, gosto não se discute, mas discordo de você e digo que Paixão não é uma das piores não. Apesar de ser uma história de época, o vestuário, as interpretações e todo o figurino são de ótima qualidade visualmente. Realmente é uma superprodução. Porém não agrada a todos.

Anônimo disse...

já ouvi falar que ele é gay, mas não acredito nessa historia! ele é um ótimo ator, está velho e ainda faz sucesso com as mulheres' as novelas que mais gostei dele foi A usurpadora, Amor real, Maria do bairro, Amanha para sempre tbm!
é ele é um ótimo ator' e ainda é muito lindo né meninas kk

GIKA disse...

Fernando Colunga é simplismente o melhor ator mexicano. Sempre acompanhei suas novelas e gosto muito.Alem de ser LINDO, TUDO DE BOM.
AMO AMO AMO. Tomara que passe aqui Soy Tu Duena.

Anônimo disse...

...Mas todos sabemos que este ator é maravilhoso e que é muitooooooooo invejado. por isso fazem comentários maldosos sobre ele. Parabéns Fernando Colunga e mais sucesso!

Anônimo disse...

Fernando Colunga é tudo de bom,para mim a melhor novela que ele fez foi amor real,quantas mulheres queriam ser a matilde eu por ex: sou uma delas.kkkk

Anônimo disse...

PARABÉNS FERNANDO COLUNGA PELO SEU ANIVERSÁRIO AGORA 03 DE MARCO PROXIMO MUITA SAUDE E PAZ BJOS!!!!!!!!!

Anônimo disse...

esse ator fernando colunga é tudo de bom, gostei de todas as novelas que ele fez.Parabéns pelo seu aniversario que e agora dia 03 de março muita saude,paz,alegria etc... bjs

Anônimo disse...

Sou suspeita para falar do F.Colunga porque eu sou fã dele. Todas as cincos novelas dele que passou aqui no Brasil pela SBT amei mas foi em AMOR REAL que ele me conquistou de vez. Torço muito para que a sua ultima novela até então seja transmitida pelo SBT a novela Soy Tu Duenã que foi um sucesso. Sobre esse boato de que ele é gay eu não posso afirma e nem desmentir eu não acredito mais se for não tem problema vou seguir sendo fã dele e admiradora da pessoa que ele é.

Anônimo disse...

O bofe foi, é e sempre sera um escandalo de gostoso... Eu seria fiel a Esse hombre...
Ele definitivamente é o melhor...
Te amo

Val - Sao roque Brasil

Anônimo disse...

Ele é lindo!sempre achei ele um luxo!

Anônimo disse...

Ele e maravilhoso lindo de mais e tudo. De bom

Anônimo disse...

Eu só sei que o homem ai,, kkkkk.... é um pedeço, melhor dizendo inteiro mesmo... uma das minhas novelas preferidas que ele atuou foi; a usurpadora e Maria do Bairro... aff.. foi bom de mais.

katya disse...

pra mim o fernando é o melhor ator do mundo...ele é um gato; lindo ;charmoso e um fofo principalmente na novela a usurpadora junto com a gaby elas formam um casal perfeito!! eu amo ele.....

Karen Maisa disse...

Eu tenho certeza que você é um ótimo ator!E que aqui no brasil eu não sua única fã!!!Você aqui tem milhares de fãs!!!Espero muito que você vença na vida,porque é isso que você merece...VERCER!!!