...

terça-feira, 15 de junho de 2010

As noivas das telenovelas

Não existe telenovela sem casamento, isso é um fato, e a verdade é que cada vez mais esses acontecimentos tem rendido ótimos momentos, inclusive de bom humor, como no caso do casamento de Candy e Patrício em As tontas não vão ao céu.

O que era para ser um mar de rosas, se tornou um pesadelo, mas, ironicamente, tirou boas risadas e até mesmo suspiros de espectadores que puderam ver Jacqueline Bracamontes em trajes íntimos no primeiro capítulo da telenovela, exibida atualmente de segunda à sexta pelo SBT às 16h00.

Mas, deixando "as tontas" de lado, por um instante, aqui vai uma breve relação de casamentos que também marcaram as telenovelas latinas com algumas desventuras ou escândalos.

Carlota (Yadhira Carrillo), de A outra, é a noiva mais azarada das telenovelas. Primeiro, Álvaro (Juan Soler) pensou que ela havia morrido, Adriano (Sergio Sendel) só quis seu dinheiro e a abandonou, e pra completar, Joaquim (Sergio Ramos) foi outro que morreu a caminho do casamento civil. Ou seja, três tentativas frustradas de se casar e finalmente se livrar das garras de Bernarda (Jacqueline Andere).

As filhas de Clemente Soriano (Eric del Castillo), em Menina, amada minha, também tiveram casamentos fracassados. A primeira foi Carolina (Ludwika Paleta), que acreditando que Paulo (Julio Mannino) era seu irmão, aceitou se casar com o violento Rafael (Roberto Palazuelos). Já Isabela (Karyme Lozano) decidiu fugir vestida de noiva com Vitor (Sergio Goyri), para não ter que se casar com César (Juan Pablo Gamboa). E pra terminar, Diana (Mayrin Villanueva) decidiu refazer sua vida ao lado de Edgar (Giovan D´Angelo), mas Otávio (Otto Sirgo), rasgou a certidão de casamento antes que Diana assinasse. Clemente viveu à beira de um ataque de nervos, já que a casa parecia ter um mau olhado contra casamentos.

No limite da paixão usou uma herança como motivo para que Otávio (César Évora) se casasse com Ana Cristina (Susana González). Em meio a brigas, tapas e também beijos, o dia do casamento foi um dos mais tristes para a jovem, já que Frida (Sabine Moussier), amante de Otávio, disse na festa que em breve se casaria com ele.

A telenovela Salomé brindou a felicidade dos protagonistas em um feliz casamento. Mas o que Fernanda (Edith González) e Júlio (Guy Ecker) não esperavam era que o pai do noivo, Artur (Aaron Hernan) fosse ser assassinado misteriosamente no dia da boda, e o pior, que a heroína fosse acusada do crime, e que ao invés de ir para a lua-de-mel, fosse direto para atrás das grades.

O casamento mais cheio de imprevistos foi o de Rosalinda. Fernando José (Fernando Carrillo) enfrentou todos os obstáculos para chegar a tempo de impedir o enlace matrimonial de sua amada, vivida por Thalía, com o mafioso Augusto (Sergio Reynoso). O casamento começou cercado de perigos, já que Demétrio (Eduardo Liñan), irmão do noivo, planejava cometer um atentado. Mas Fernando José chegou a tempo de despojar o noivo original, e se casar ali mesmo. Ou seja, ele se casou numa festa paga pelo antigo noivo! Augusto foi embora a cavalo, e o atentado simplesmente não aconteceu.

Por teu amor mostrou Maria do Céu (Gabriela Spanic) se casando para proteger o casamento da irmã. Mas Marco (Saúl Lizaso), o noivo, impôs uma condição: apesar de não se amarem, seriam fiéis. Mas um engano fez com que ele pensasse que Céu havia beijado Sérgio (Gerardo Murguía) e isso foi o início de uma guerra entre o casal.

Bígamos também fizeram heroínas sofrer. Camila mostrou Miguel (Eduardo Capetillo) casado com a humilde camponesa vivida por Bibi Gaytán, mas que, também por um mal entendido, se casa com Mônica (Adamari López), a filha do patrão. A descoberta desse segredo não poderia ter sido pior. Meses de sofrimento para a doce Camila, que acabou por perdoar a traição.

Em Maria Isabel, a protagonista indígena, vivida por Adela Noriega, foi humilhada até no dia de seu casamento com o patrão Ricardo (Fernando Carrillo). Enquanto entrava na igreja, todos os convidados saiam, debochando da humildade e ignorância da moça que acabou se casando com a igreja praticamente vazia.

Alguns casamentos curiosos são aqueles que acontecem por imposição da família. Em Esmeralda, Graziela (Nora Salinas) é obrigada por sua mãe Fátima (Laura Zapata) a se casar com Emiliano (Marco Uriel). Até aí, nenhuma novidade, mas o fato insólito se deu quando o chofer da limusine que a levou para a igreja foi justamente seu verdadeiro amor. Suportando a humilhação e a tristeza, Adrian (Alejandro Ruiz), viu sua amada se casar com outro.

A mentira nos mostrou uma Verônica (Kate del Castillo) feliz com seu noivo Demétrio (Guy Ecker) até o dia do casamento, porque o que se seguiu foi uma verdadeira disputa de amor e ódio entre os dois. O motivo era Virgínia (Karla Alvarez), que por sua vez, foi desmascarada pela própria Verônica no dia do casamento dela com João (Sergio Basañez). Verônica invadiu a igreja, e mostrou a todos os Fernandes Negreti quem na verdade era a angelical Virgínia.

Mas nenhum casamento impactou mais que o da telenovela Amor em silêncio. Felizes por finalmente superarem os obstáculos que impediam sua felicidade, Marcela (Érika Buenfil) e Fernando (Arturo Peniche) subiram ao altar, sem imaginar que naquele dia, a psicótica Mercedes (Margarita Sanz) viria para atirar contra os dois, matando-os.
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário: