domingo, 16 de maio de 2010

Rubi


NOME ORIGINAL
Rubí

ESCRITORAS
Ximena Suárez, Araceli Guajardo e Virginia Quintana (Baseadas na obra de Yolanda Vargas Dulché)

PAÍS DE ORIGEM
México

NÚMERO DE EPISÓDIOS
82

ANO DE GRAVAÇÃO
2004

ANO DE EXIBIÇÃO NO BRASIL
2005

EMISSORA
SBT

TEMA DE ABERTURA
La descarada

INTÉRPRETE
Reyli

Es una descarada por ser la más hermosa,
no tiene casi nada, pero le gusta la vida cara.
Y a mí me gusta ella y sé cuanto me ama,
sé que sueña conmigo pero amanece en otra cama.

El dinero le robó su corazón,
las mentiras le desalmaron el alma,
y me duele su dolor mucho más que su traición,
yo nací para quererla aunque se vaya.

Mujer de nadie, mujer de todos, mujer que mata,
mujer que duele, mujer que entrega y te arrebata.
Mujer tan cara, mujer ingrata,
sé que no me olvidarás aunque te vayas,
yo sé que no me olvidarás aunque te vayas.

En mi cartera guardo su foto delatada,
es mi mayor fortuna y mi desdicha la descarada.
Yo seguiré mi rumba, el mundo no se acaba,
esta vida es muy corta, te cobra y te paga.

Y es que el dinero le robó su corazón,
las mentiras le desalmaron el alma,
y me duele su dolor mucho más que su traición,
yo nací para quererla aunque se vaya.

Mujer de nadie, mujer de todos, mujer que mata,
mujer que duele, mujer que entrega y te arrebata.
Mujer tan cara, mujer ingrata,
sé que no me olvidarás aunque te vayas…

Descarada…

Mujer de nadie, mujer de todos, mujer que mata,
mujer que duele, mujer que entrega y te arrebata.
Mujer tan cara, mujer ingrata,
sé que no me olvidarás aunque te vayas,
yo sé que no me olvidarás aunque te vayas,
yo sé que no me olvidarás aunque te vayas…


ELENCO

Bárbara Mori: Rubi Pérez Ochoa de Ferreira / Fernanda Rivera Martínez Pérez

Sebastián Rulli: Heitor Ferreira Garza

Jacqueline Bracamontes: Maribel de la Fuente

Eduardo Santamarina: Alessandro Cárdenas Ruíz

Paty Díaz: Cristina Pérez Ochoa

Ana Martín: Rosário Ochoa de Pérez

Josefina Echánove: Magda Muñoz

Antonio Medellín: Inácio Cárdenas

Ana Bertha Espín: Elisa José de Duarte

José Elías Moreno: Genaro Duarte

Olívia Bucio: Carla Ruíz de Cárdenas

Leonorilda Ochoa: Dolores Herrera “Dona Lola”

Roberto Vander: Artur de la Fuente

Luis Gatica: Caetano Martínez

Arlette Pacheco: Líliam López de Duarte

Miguel Pizarro: Toledo Echagüe

Ofelia Cano: Vitória Gallegos

Jan: Marcos Rivera

Carlos Cámara: Dr. José Luis Belmiro

Adriana Roel: Hilda Méndez

Dolores Salomón 'Bodokito': Mariquinha

José Antonio Ferral: Cardoso

Eduardo Rodríguez: Raul Arce

Ingrid Martz: Lorena Treviño

Tania Vázquez: Sofia Cárdenas Ruíz

Marco Méndez: Luis Duarte

Sergio Argueta: Francisco Gómez Gallegos “Paco”

Mariana Rountree: Ingrid Mendoza

José María Torre: Leonel

Sergio Goyri: Thiago Pietrosanto

Marlene Favela: Sônia Chavarria

Yadhira Carrillo: Helena Navarro

Lorena Velázquez: Mary

Manuel Landeta: Lúcio Montemayor (Conde de Aragão)

Manuel 'Flaco' Ibañez: Onésimo Segundo Rabozo

Gerardo Albarrán: Gabriel Almanza

Alicia Fahr: Romina

Luz María Guizar: Mãe de Lorena

Liza Willert: Enfermeira de Carla

Nicole Vale: Natália Duarte “Naty”

Claudia López Benedetti: Lupe

Lilia Aragón: Nora de Navarro

Fernanda García: Valéria

Roberto Sen: David Treviño

Sergio Zaldívar: Gastão

Manuel Foyo: Ernesto Belmiro

Raúl Valerio: Doutor

Sergio Jurado: Advogado Millán

Roger Cudney: Howard

Amelia Zapata: Célia Fuentes

Hugo Macías: Isidro Roldán

Cristal Kasteele: Fernanda Rivera Martínez Pérez (Criança)


PERFIL DAS PERSONAGENS

Rubi (Bárbara Mori) – filha de Rosário. Irmã de Cristina. Esposa de Heitor. Foi noiva de Alessandro, mas sua ambição por querer de tudo, fez com que roubasse o noivo de Maribel, sua melhor amiga e casasse com ele. Termina fazendo todos sofre e até ela mesma. Sua beleza foi sua perdição.

Alessandro (Eduardo Santamarina) – doutor ortopedista no hospital Boaventura. Filho de Inácio e Carla. Irmão de Sofia. Foi namorado de Rubi, mas terminou com ela devido sua ambição e egoísmo. Foi marido de Sônia, mas esta morreu ao cair de uma ponte de cristal. Encontra a felicidade ao lado de Maribel, e junto a ela tem um filho no final, Carlos.

Maribel (Jacqueline Bracamontes) – filha de Artur. Foi noiva de Heitor, mas sua infidelidade fez com que tudo terminasse. Tentou um romance com Luis, mas soube que continuar com ele seria impossível, já que eram meio-irmãos. Termina por namorar e casar com Alessandro.

Heitor (Sebastián Rulli) – arquiteto. Afilhado de Genaro e Elisa. Foi noivo de Maribel, mas acabou casando com Rubi. Lamentavelmente foi ferido num impacto com seu carro contra um caminhão, depois de brigar com Rubi. No hospital, Gastão, o ajudante do Conde de Aragão inocula anti-coagulante no sangue de Heitor e este morre nas braços de Alessandro.

Elena (Yadhira Carillo) – secretária de Lúcio. Filha de Nora. Termina namorando Heitor, do qual tem um filho no final. É a única que enfrenta de maneira inteligente Rubi e a deixa na ruína.

Rosário (Ana Martín) – mãe de Rubi e Cristina. Amiga de Dona Lola. Morre chegando em sua casa, ao saber que Rubi foi quem colocou uma joia nos pertences de Caetano, fazendo com que este fosse para a prisão.

Magda (Josefina Echánove) – babá de Maribel. Morre de parada cardíaca no hospital, querendo contar a verdade a Heitor sobre as maldades de Rubi.

Inácio (Antonio Medellín) – esposo de Carla. Pai de Alessandro e Sofia. Amigo de Genaro e Elisa há anos.

Elisa (Ana Bertha Espín) – madrinha de Heitor. Primeira esposa de Genaro. Ao descobrir a bigamia de Genaro, ela o deixa e acaba casando com Artur.

Genaro (José Elías Moreno) – pai de Luis e Natália. Se casou com Líliam, mas acabou voltando com Elisa, com a qual já estava casado por mais de 30 anos.

Carla (Olivia Bucio) – abnegada esposa de Inácio. Mãe de Alessandro e Sofia. Possui Mal de Alzheimer, do qual Rubi tirou proveito em algum momento. Viu o momento no qual Rubi discutia com Sônia e esta caía da ponte.

Caetano (Luis Gatica) – motorista de Artur. Se casa com Cristina. Pai de Fernanda. Foi vítima de Rubi, que colocou uma joia nos pacotes que havia comprado, e foi parar na cadeia. Retorna à sua casa, mas no final morre devido a um tumor cerebral incurável.

Dolores “Dona Lola” (Leonorilda Ochoa) – vizinha e amiga de Rosário. Se casa com Onésimo Segundo. Mesmo sendo a mais fofoqueira do bairro é apreciada por seu engraçado jeito de ser. Foi vítima de Rubi, que roubou todas suas economias.

Artur (Roberto Vander) – empresário milionário. Pai de Maribel. Esteve casado com Silvana. Mas, depois de um acidente que a leva à morte não teve outro amor, até conhecer Elisa com quem se casou, depois desta ter deixado Genaro.

Vitória (Ofelia Cano) – milionária, divorciada e mãe de Paco. Amiga e benfeitora de Alessandro.

Toledo (Miguel Pizarro) – estilista e costureiro homossexual. Melhor amigo e confidente de Rubi, que lhe conta suas artimanhas e maldades. São famosas suas frases que comparam a beleza de Rubi com suas ações.

Cristina (Paty Díaz) – irmã de Rubi. Esposa de Caetano e mãe de Fernanda. Totalmente diferente da irmã.

Líliam (Arlette Pacheco) – mãe de Luis e Natália. Segunda esposa de Genaro. Na juventude, foi uma antiga namorada de Artur.

Marcos (Jan) – doutor no hospital Boaventura e grande amigo de Alessandro. Fiel apaixonado por Cristina, que nunca pôde corresponder seu amor. Somente o fez quando Caetano morre no final da novela. Depois de seu casamento com Cristina, adota Fernanda como sua filha, que desde esse momento leva o sobrenome Rivera.

Lorena (Ingrid Martz) – grande amiga de Maribel. Ex-namorada de Raul. Companheira de Paco ao preferir a convivência do que o casamento.

Lúcio “Conde de Aragão” (Manuel Landetta) – vilão. Dono do hotel deixado por Thiago. Astuto homem de negócios. Foi amante de Rubi, com a qual compartilhava um plano que foi por água a baixo. Morre em um enfrentamento com o doutor Belmiro.
Mariquinha (Dolores Salomón) – vizinha de Rosário e Lola. Fofoqueira e vendedora de queijadinhas na frente de sua casa.

David Treviño (Roberto Sen) – pai de Lorena. Ao saber que Paco é namorado de sua filha, o despede de sua empresa.

Cardoso (José Antonio Ferral) – doutor cúmplice de Belmiro ao incriminar Alessandro pela compra de aparelhos defeituosos. Caiu na armadilha preparada por Maribel, a qual também levou Belmiro à prisão.

Natália (Nicole Vale) – filha de Genaro e Elisa. Se apaixona por Paco, mas este amor dá resultado. Personagem que mudou fisicamente em três anos muito rapidamente.

Paco (Sergio Arqueta) – esteve apaixonado por Rubi, mas se decepcionou com ela a tempo. Depois se apaixonou por Lorena e trabalhou na empresa de publicidade que o pai desta lhe recomendou, mas ao saber que andava com sua filha, o despediu. Nunca quis que soubessem que era de família rica, alcançando tudo por seus próprios méritos.

Luis Duarte (Marco Méndez) – irmão mais velho de Natália. Namorado de Sofia. Foi amigo de Heitor, mas, depois que este deixou Maribel plantada no dia de seu casamento, desfez sua amizade com ele.

Sofia (Tania Vázquez) – irmã de Alessandro. Filha de Inácio e Carla. Namorada de Luis.

Isidro (Hugo Macías Macotela) – doutor do hospital Boaventura. Amigo de Alessandro.

Raul (Eduardo Rodríguez) – ex-namorado de Lorena. Depois de sofrer um acidente automobilístico, deixa para trás sua vida rebelde, depois de refletir. Tenta namorar Sofia, sem muito êxito.

Ernesto (Manuel Foyo) – filho do doutor Belmiro. Foi namorado de Maribel. Cúmplice das artimanhas de seu pai, por quem foi influenciado a causar danos a Alessandro. Ao saber a verdade, trai seu pai, chamando a polícia. Morre com tiro no pulmão, disparado por seu próprio pai ao querer acertar Elena.

Fernanda (Kristel Casteele / Bárbara Mori) – filha de Caetano e Cristina. Vítima de sua tia Rubi, que a envenena a alma manipulando-a. Em sua juventude decide se vingar por sua tia.

Belmiro (Carlos Cámara) – pai de Ernesto. Culpou Alessandro por haver comprado aparelhos de segunda mão, ao final foi preso, saindo com a ajuda do Conde, o qual acaba matando em um duelo armado por Rubi. Ao querer escapar da polícia, tendo Elena como refém, mata seu filho.

Nora (Lilia Aragón) – mãe de Elena, a qual renegava como sendo sua filha, culpando-a como a responsável pela morte de sua irmã. Com o apoio de Heitor, ambas se reconciliam.

Onésimo (Manuel “Flaco” Ibáñez) – encanador brincalhão. Ajudou Rubi e Toledo a escarrarem de Heitor. Se casa com Dona Lola.

Hilda (Adriana Roel) – secretária de Genaro. Cúmplice da verdade sobre a bigamia de seu chefe, mesmo não estando de acordo.

Ingrid (Mariana Rountree) – foi namorada de Raul. É presumida e orgulhosa por sua fortuna. Acabou sem nada, quando a empresa de se pai é levada à falência, fazendo-a tornar-se bondosa.

Sônia (Marlene Favela) – ex-namorada de Thiago. Se casa com Alessandro, mas morre ao cair de uma ponte em sua mansão, após uma discussão com Rubi.

Thiago (Sergio Goyri) – vilão. Ex-namorado de Sônia. Dono do Hotel Cancún. Foi amante de Rubi. Morre ao estilhaçar sua lancha.

Gabriel (Gerardo Albarrán) – advogado de Genaro e Líliam, depois de ambos decidirem se divorciar. Pouco depois se torna o namorado de Líliam.

Mary (Lorena Velásquez) – tia de Sônia. Sofre muito ao perder sua sobrinha, que não tinha muitos parentes.

Célia (Amelia Zapata) – enfermeira de Carla. Foi testemunha da morte de Sônia. Não suportando o acontecido, foge e se refugia em um convento. É encontrada por Maribel e levada à Alessandro, a quem confessa que Rubi não teve nada a ver com a morte de sua esposa.


INTRODUÇÃO

A história original de Rubi já havia sido levada à tela anteriormente em duas ocasiões. Em 1968, a primeira versão desta novela, protagonizada por Fanny Canno, apesar das limitações televisivas da época, como pouca cobertura do canal e imagem em preto e branco, obteve grande êxito. Em 1970, a segunda versão estreou em formato de filme.

Rubi não é uma novela clássica, que retrata a bondade da personagem principal, seu grande amor distanciado pelo destino, e finalmente um final feliz. Pelo contrário, Rubi nos mostra a grande força da mentira, um claro exemplo de que a ambição e a vaidade não são bons conselheiros. É uma novela diferente, na qual a protagonista é a vilã, e o fim não acaba em casamento, mas sim, em juras de vingança.


RESUMO

No coração de Rubi reina uma luta constante entre o desejo de toda mulher de encontrar o verdadeiro amor e uma obsessão desesperada pelo dinheiro. O destino, que lhe negou uma boa condição econômica, em troca a favoreceu com uma extraordinária beleza física, a qual Rubi está decidida a utilizar para se casar com um homem rico que lhe ofereça uma vida de luxos a qual almeja.

Rubi é pobre e estuda numa universidade particular graças à uma meia bolsa, enquanto sua irmã Cristina sustenta a casa, já que a mãe, Rosário, está muito doente. Rubi já está farta da vida que leva e não vê a hora de seu destino mudar.

Na universidade, Rubi é a melhor amiga da milionária Maribel, uma jovem meiga e doce. Diferente de Rubi, para Maribel, dinheiro não é o mais importante, já que ela não é feliz por uma deficiência física que a faz mancar, causada por um acidente de carro anos atrás, no qual morreu sua mãe. Maribel pensa que encontrou em Rubi mais que uma amiga, uma irmã, e gosta dela sinceramente, sem saber que o afeto de Rubi está envenenado por sua inveja.

Os maiores protetores de Maribel são Artur, seu pai, multi-milionário, e Magda, sua babá, que a quer como a uma filha, e que não gosta de Rubi, pois percebe que a jovem apenas inveja o que Maribel tem.

Maribel namora, pela Internet, um jovem que está vivendo nos Estados Unidos, Heitor. Os dois estão muito apaixonados, e agora que ele voltará ao México, é a grande oportunidade para os dois finalmente se encontrarem. Entretanto, por medo do desprezo de Heitor, Maribel não conta de sua deficiência.

Quando Heitor chega, Maribel sente um misto de felicidade e medo. Heitor a conhece e não dá importância para o problema em sua perna, os dois estão muito felizes de estarem juntos finalmente e começam a pensar até em casamento. Com Heitor, chega seu melhor amigo, Alessandro, um médico que foi fazer especialização nos Estados Unidos graças a uma bolsa. Esse fato, Rubi desconhece, e assim que vê Alessandro, se interessa por ele, julgando que ele tem tanto ou mais dinheiro que Heitor. Assim, Rubi e Alessandro se apaixonam. Rubi está radiante, pois pensa que finalmente encontrou o homem perfeito.

A convivência entre os quatro jovens é amigável, apesar de ficar claro que Rubi é a mais atraente das duas. Mas Heitor está apaixonado e pede Maribel em casamento. Não demora para Rubi descobrir que Alessandro não tem o dinheiro que ela pensava e rompe com ele, transparecendo sua verdadeira personalidade: gananciosa, inescrupulosa e capaz de tudo pelo que deseja.

Alessandro tem certeza que, apesar de tudo, Rubi a ama, e insiste em uma reconciliação. Rubi o dispensa, pois percebe que não é ao lado de Alessandro que está o futuro que ela sonhou. Apesar disso, esse amor a tortura, pois ela já estava completamente apaixonada por ele. Ao se dar conta da personalidade da filha, Rosário passa mal e tem um ataque do coração. Heitor faz cargo dos gastos com o hospital, então Rubi coloca seus olhos nele, e tem certeza que fará de tudo para tirá-lo de Maribel.

Rubi, como forma de agradecimento, decide ir trabalhar ao lado de Heitor em seu escritório de arquitetura. Heitor é um bem-sucedido profissional que herdou a fortuna de seus pais, já mortos. Ele foi criado pelos padrinhos, Genaro e Elisa, um casal aparentemente feliz, se não existisse o fato de Elisa ser estéril e nunca ter dado um filho a Genaro. O que Elisa nem desconfia, é que longe da capital, Genaro mantém uma outra família, que também desconhece sua bigamia: sua outra mulher Líliam, e os filhos, Luis que é colega de Rubi e Maribel na universidade e a pequena Naty.

Heitor e Rubi estão cada vez mais juntos e envolvidos, até o ponto que ele não resiste ao desejo provocado por ela e a beija. Rubi finge certa culpa por causa de Maribel, mas inventa que está apaixonada por ele. Heitor, totalmente confuso, não tem coragem de terminar com Maribel, além disso, está em jogo sua amizade com Alessandro. Este, por sua vez, percebe as sujas intenções de Rubi, embora ainda tenha esperanças de voltar com ela.

Para completar os problemas de Alessandro, é diagnosticado que Carla, sua mãe, sofre do Mal de Alzheimer. A notícia abala a família.

Rosário, no hospital, tem uma recaída ao descobrir que sua filha Rubi gasta, com caprichos, o dinheiro que sua irmã Cristina ganha com tanto esforço e que seria utilizado para pagar a universidade.
Na despedida de solteira de Maribel, Rosário descobre, ainda, que, a pedido de Maribel, Artur também tem dado dinheiro a Rubi para pagar seus estudos.

Prestes a se casar, e para fugir de Rubi, Heitor vai até sua casa de campo no Vale do Bravo. Ela, ao saber disso, vai atrás dele e o convence a não se casar com Maribel, somente por compromisso e não por amor. Heitor fica sem saber o que fazer. Rubi lhe pede para que ele não se apresente na igreja no dia do casamento, pois ela estará lhe esperando em sua casa.

Heitor, deixa se envolver e, no dia de seu casamento, deixa Maribel esperando no altar e foge com Rubi para o litoral. A notícia deixa a todos impactados. Abandonados, Alessandro e Maribel tentam apoiar um ao outro, pois ela está entrando numa profunda depressão.

A princípio, Artur não aceita Alessandro como amigo de sua filha, ao vê-lo como o melhor amigo de Heitor, mas graças à intervenção de Magda, Alessandro consegue sua confiança e ajuda à jovem como médico e como amigo. A partir daí, a amizade de entre Alessandro e Maribel vai crescendo e ela começa a vê-lo com mais admiração a cada dia. Alessandro propõe ajudá-la, melhorando seu caminhar com terapias e uma intervenção cirúrgica, que ela finalmente aceita.

Agora casados, Rubi e Heitor começam a desfrutar de sua suposta felicidade. Porém, Rubi não consegue esquecer o amor que a une a Alessandro. Logo ela fica amiga dos costureiro Toledo que vai ser seu cúmplice e confidente inseparável.

Em meio a isso, Alessandro viaja ao litoral para participar de um congresso de medicina. Seu projeto é apoiado pela poderosa empresária Vitória Gallegos. Ele não sabe, mas aí está começando a sua ascensão social, mesmo que o Dr. Belmiro, chefe de Alessandro, tenha planos de tomar o projeto para si, e desprestigiar o nome de Alessandro. Ele até consegue por um tempo, mas Alessandro, com a ajuda de Maribel, prova sua inocência. Maribel, pouco a pouco, apaixona-se por ele.

O inevitável encontro entre Rubi e Alessandro acontece. Embora os dois se amem, a ambição de Rubi impede que fiquem juntos. Heitor mostra seu lado ciumento, e tem vários embates com Alessandro, o que deixa Rubi bastante atormentada.

Heitor vira sócio do poderoso Thiago Pietrosanto, um multi-milionário dono de um hotel que logo fica encantado pela beleza de Rubi e em um evento Heitor e Rubi se encontram com Luis, o filho de Genaro e noivo de Sofia, a irmã de Alessandro.

Pietrosanto tem uma assistente, Sônia Chavarria, que também é sua namorada, em um namoro liberal. Ela esteve junto de Thiago durante muitos anos, mas apesar de amá-lo sempre recebeu indiferença em troca. Ainda mais agora que Thiago resolveu que Rubi deve ser sua.
Ele começa a mostrar para Rubi o quanto é rico, e em meio a crises no casamento com Heitor, ela se deixa deslumbrar. Alessandro conhece Sônia e entre eles logo começa a surgir uma amizade que depois vira um curto namoro, o que faz com que Rubi fique com muito ciúme.

Heitor, que fica sabendo que Genaro vendeu seus ranchos, pede-lhe o dinheiro das vendas, mas Genaro lhe diz que não lhe entregará até que Heitor se dê conta d que Rubi somente está a seu lado por interesse. Para se vingar, Rubi organiza um encontro entre Genaro, Elisa e Luis para que saibam sobre as duas famílias de Genaro. Este sofre um sério ataque de gastrite e é levado à clínica recém-inaugurada por Vitória Gallegos, onde trabalha Alessandro.

No hospital, Genaro se debate entre a vida e a morte. Rubi pede a Líliam para que vá a Cancún para ver seu marido que está muito doente e ali se encontram Líliam e Elisa, que descobrem a verdade. Luis não perdoa seu pai, agride Sofia e se perde no alcoolismo. Elisa e Líliam abandonam Genaro, e este vai para a prisão por um curto tempo.

Rosário vai visitar Rubi, também na tentativa de fazer a filha refletir. Mas nem seus esforços, nem os de Alessandro são capazes de fazê-la mudar. Ao contrário, cada vez consegue mais problemas.

Caetano, o humilde noivo de sua irmã Cristina, acusado de roubo graças a uma cilada de Rubi, vai preso. Não conseguem provar sua inocência e ele abandona Cristina grávida poucos dias antes do casamento. Quem lhe dá apoio é Marco, médico amigo de Alessandro que esteve apaixonado por Cristina.

Rubi confessa a Rosário o que fez a Caetano. Para Rosário, saber dessa notícia é um golpe muito forte, e como sua saúde estava muito delicada, morre. Rubi fica um tanto chocada com o que aconteceu, mas nem isso faz com que ela mude o rumo de sua vida.

Após três anos entre viagens, Rubi e Heitor voltam ao país, mas a relação entre eles já está bastante deteriorada devido a indiferença de Rubi e ao ciúme compulsivo de Heitor, tanto que pensam até na separação. Porém, ao chegarem, deparam-se com muitas surpresas: a maior delas é que, agora, Alessandro é um renomado ortopedista que goza de uma boa situação econômica. Além disso, está prestes a se casar com Sônia. Rubi tenta impedir o casamento rogando a Alessandro, mas ele não cede aos seus pedidos. Ela então resolve voltar com Heitor, que nesse tempo descobre que tem um problema incurável na coluna, mas ele pede um tempo para pensar.

Rubi reencontra Thiago Pietrosanto, e como no momento está sem Heitor e sem Alessandro, decide seguir o jogo do milionário. Graças a um plano de Rubi, Alessandro invade o hotel quando ela está com Thiago e, ela finge-se de vítima. Thiago, para vingar-se manda seus capangas darem uma surra em Alessandro. Rubi, para evitar, aceita por fim passar a noite com ele. Mesmo assim, Alessandro é ferido.

Maribel, que, durante todos o tempo, esteve apaixonada secretamente por Alessandro, tenta uma relação com Luis. O romance não é possível, porque Luis, na verdade, não é filho de Genaro como todos pensavam, e sim de Arthur, pai de Maribel.

Rubi muda sua tática e começa a fingir um arrependimento. Volta com Heitor e diz que Thiago tentou abusar dela. Heitor desfaz sua sociedade com Thiago, que desaparece e em seu lugar chega o novo sócio do hotel, Lúcio Montemayor, o Conde de Aragão. Heitor também conhece a sua assistente, a sofisticada Helena Navarro, que se apaixona por ele. Helena logo percebe que Rubi não o ama.

Sônia havia dito a Heitor sobre a noite que Thiago e Rubi passaram juntos, esta por sua vez, vai até a casa dela para reclamar. Mas ocorre um terrível acidente. A ponte de cristal quebra e Sônia cai, morrendo na hora. Muito assustada, Rubi foge sem se dar conta a principio que deixou um broche com Carla, que agora, já está bastante debilitada pelo Alzheimer, e já diz muitas coisas sem sentido. A enfermeira que cuidava de Carla foge, pois tem medo que descubram que deixava Rubi entrar para ver Carla às escondidas. Rubi mais tarde percebe que esqueceu seu broche com Carla, e Alessandro sabia que ela usava o broche no dia da morte de sua esposa.

Quando Heitor descobre que Rubi tem visto Alessandro, a estupra. A partir de então, Rubi pede ajuda de Genaro para que controle o ciúme doentio de Heitor. Eles decidem passar um tempo separados. Enquanto Heitor viaja com Helena a negócios, Rubi vai para Cancún, onde encontra casualmente Alessandro. Dizendo a ele que vai pedir a separação a Heitor, logo o tem a seus pés novamente. Finalmente podem consumar sua paixão em dias de muita felicidade.

Porém, quando regressam, os problemas novamente os separam. Maribel descobre que Rubi esteve na casa de Alessandro no dia da morte de Sônia. Ele fica indignado e pede que Rubi seja presa, mesmo que ela alegue inocência muitas vezes. Ela fica ressentida pela desconfiança de Alessandro e decide voltar com Heitor. Magda, a babá de Maribel, tenta contar a Heitor sobre os dias de Alessandro e Rubi na paria, mas morre antes que possa conseguir.

Lúcio consegue tirar Rubi da prisão, em troca, ela faz com que Heitor assine papéis que favorecem ao Conde. Helena descobre a fraude e conta a Heitor, mas Lúcio convence Heitor que nada obscuro aconteceu e Heitor fica bravo por Helena ter mentido para prejudicar Rubi. Maribel encontra a enfermeira que estava desaparecida, e esta revela que Rubi não foi culpada pela morte de Sônia.

Mas uma reviravolta muda os rumos da história: Rubi descobre estar grávida. Ela não revela a Heitor que a criança é de Alessandro. Este por sua vez, também tem suas dúvidas se realmente é o pai, pois Rubi tem várias versões para a história. Maribel, por sua vez, finalmente toma coragem para revelar a Alessandro que sempre o amou. Ele, aos poucos percebe que há uma mulher, e não apenas a amiga que sempre compartilhou seus bons e maus momentos.

Porém, agora Maribel é cortejada por Lúcio Montemayor e por Ernesto, que entrou secretamente para trabalhar no hospital, mas esconde que é filho de Belmiro, e que está ali para se vingar de Alessandro, o que ele não sabe é que Alessandro não é o culpado dos problemas de seu pai como sempre acreditou.

Caetano após sair da prisão, regressa com Cristina, pois Marcos decide ficar de lado para que eles possam ser felizes. Eles vivem agora felizes junto com Fernanda. Rubi logo que conhece a sobrinha fica encantada com a garota.

Rubi compra um exame para tranquilizar Heitor quanto a paternidade da criança. Mas logo ele descobre pela própria Rubi, que acidentalmente, é ouvida pelo marido enquanto fala para Toledo sobre o verdadeiro pai de seu filho. Tomado pelo ódio a deixa trancada em casa e pensa em matar Alessandro, mas é impedido. Rubi descobre que Maribel e Alessandro agora são namorados.

Após escapar da casa de Heitor, Rubi vai viver com a irmã. Mas Genaro decide que Rubi deve viver com Alessandro, já que ele é o pai do filho dela. Heitor, dividido entre sua obsessão por Rubi e a bondade de Helena, tenta se dar uma nova oportunidade.

Rubi sabe que sua única chance de casar com Alessandro é se assegurar nesse filho que espera. Porém, ela perde o bebê. Mas como Alessandro finalmente lhe havia proposto casamento, ela finge que ainda está grávida graças a ajuda de Lúcio.

Maribel aceita o convite de Lúcio para ir a Las Vegas, já que quer esquecer Alessandro. Porém, ele vai atrás dela tentando reconquistá-la. Mas recebe uma notícia e precisa voltar: Rubi perdeu o filho que esperavam. Ela aproveita uma discussão que teve com Heitor e o culpa pela morte do bebê.

Alessandro, indignado, ameaça Heitor de morte. Ele, sem querer, descobre o acidente que Rubi sofreu tentando salvar Fernanda e resolve verificar. Descobre que Rubi já havia perdido a criança quando eles discutiram e resolve levá-la para contar a Alessandro. No caminho, os dois tem uma forte discussão e Rubi foge. Heitor então vai até Alessandro para provar sua inocência, mas sofre um terrível acidente de carro no caminho.

Quando Heitor chega ao hospital, Rubi pede a Alessandro que o mate na operação. Alessandro fica muito transtornado durante a cirurgia. Quando tudo ia bem, Heitor morre inesperadamente. Era uma armação de Belmiro aliado ao Conde Lúcio. Porém, Elisa acusa Alessandro pela morte de Heitor.

Rubi é um grande apoio para Alessandro nesse momento. Quando ela descobre o que realmente causou a morte de Heitor, chantageia Maribel pedindo que ela se afaste de Alessandro para que assim ele possa sair da cadeia. Maribel, com dor, aceita.

É provada então a inocência de Alessandro. Antes disso, Belmiro assassina Lúcio e sem querer, também Ernesto, que acabava de descobrir que seu pai realmente era o culpado dos crimes que o acusavam.

Lúcio, antes de morrer, havia deixado ações para Rubi na bolsa, porém as ações sofrem uma grande queda e Rubi fica sem nada. Antes havia já comprado as escrituras da casa que pôs no nome de Fernanda.

Genaro, por acaso, encontra nas coisas de Heitor, o exame que comprovava a farsa sobre a perda do bebê e entrega à Alessandro. Ele vai furioso reclamar com Rubi, que implora seu amor. Mas num acidente, ela cai e fica gravemente ferida. Rubi não morre, mas fica desfigurada e perde uma perna. Helena descobre que algo ficou do amor que sentia por Heitor: um filho. Caetano morre em decorrência de um tumor no cérebro e Cristina decide se dar uma nova oportunidade com Marcos.

No dia do casamento de Alessandro e Maribel, Rubi aparece com suas muletas, com o rosto coberto e com uma arma, disposta a matar Alessandro. No entanto, não pode fazê-lo, pois o ama demasiadamente. Decide, então, matar Maribel, ainda que esta não seja uma solução, já que Alessandro nunca voltaria com ela, que agora é feia e coxa. Ao tentar disparar, Fernanda, sua sobrinha, a quem tanto ama, se aproxima dois noivos junto a Cristina para colocar o laço. Rubi desiste de atirar.

Quando parabenizam os noivos, que não haviam dado conta de nada, Cristina se dá conta de que Fernanda não aparece. Descobrimos que está a falar com Rubi, que combina com a menina de sempre se encontrarem. Rubi a convence de que a ajudará sempre para que seja rica, tenha casas, hoteis e tudo o mais.

Alessandro e Maribel partem para Nova Iorque e iniciam uma nova vida, onde ele tem um excelente contrato.

Passam-se quase vinte anos de felicidade. Alessandro e Maribel voltam para o México com um filho, um jovem rapaz chamado Carlos, que adora seus pais, e que também deseja cursar medicina.

No entanto, no colégio, estuda uma jovem idêntica a Rubi, mas com o cabelo loiro, é Fernanda, que agora se faz chamar por Rubi. Certa vez, esta procura sua tia que vive abandonada e amargurada em uma pobre vila. Esta lhe diz que por fim chegou o momento esperado de sua vingança: Alessandro voltou de Nova Iorque, Fernanda deverá procurá-lo e conquistá-lo, não somente a ele, como a seu filho, para que pai e filho se odeiem por amá-la, até que a família de Maribel esteja destruída.

Alessandro, agora dono do hospital, entra em sua sala e se surpreende ao ver uma bela garota igual a Rubi. Assustado, somente consegue dizer: Rubi…, Fernanda se dirige até ele, e lhe pergunta se ainda se lembra dela, e beija-o, esperando que a história se repita.


COMENTÁRIOS

Desde o início, Rubi não foi um projeto qualquer. Muita especulação foi feita a respeito de quem encarnaria a protagonista, nomes como Aracely Arámbula, Patricia Manterola, Vanessa Guzmán, Arleth Terán, entre outras foram cogitadas, até que foi anunciada a chegada à Televisa de uma atriz de fora: Bárbara Mori, uma revelação da TV Azteca.

Tanta especulação, tem uma explicação: Rubi é um clássico da literatura popular, e o papel já foi vivido por atrizes que ficaram consagradas: Fanny Cano na versão para a TV em 1968, e Irán Eory nos cinemas.

Esse remake, porém, foi bastante diferente das versões anteriores, que eram bem curtas e mais simples. Nessa ocasião, foram criados novos personagens e entrechos folhetinescos para alargar uma história de 25 capítulos para 115. Mas uma coisa se repetiu: o êxito.

Rubi foi realmente um acerto, mas não começou arrasando como se esperava. Uma certa lentidão nos primeiros capítulos fez com que a história só deslanchasse após a fuga de Rubi com Heitor para Cancún.

Muitos foram os destaques do elenco: Bárbara Mori, com sua extrema beleza e sensualidade, compôs uma Rubi inesquecível, cheia de dualidades e conflitos; Jacqueline Bracamontes, que fez uma Maribel com grande sensibilidade; Sebastián Rulli, que surpreendeu vivendo o neurótico Heitor, sempre explodindo de ciúmes por Rubi; Ana Martín, mais uma vez cativante e comovedora com suas mães abnegadas.

Houve também atores que estavam sumidos e ressurgiram das cinzas, como Paty Díaz, que deu vida à Cristina e Miguel Pizarro, que após uma depressão, voltou a trabalhar, e esteve simplesmente impagável como Toledo, com direito a todo exagero possível.

O elenco maduro também esteve em alta. Dessa vez, não se limitavam a dar conselhos aos jovens, mas tinham historias próprias. A bigamia de Genaro, os dramas de Elisa, o sensível trabalho de Olívia Bucio como a portadora do mal de Alzheimer Carla. Todos os atores maduros tiveram chance de se destacar.

Novos atores se incorporaram ao elenco durante a novela: Sergio Goyri, que como sempre é um destaque, Marlene Favela, que mostrou uma evolução do seu trabalho, Manuel Landeta, que há tempos não tinha uma personagem de peso em uma história, e Yadhira Carrillo, que estava linda, como a sofisticada Helena, embora teve importância, não esteve à altura de uma atriz com dois papéis de protagonista no currículo.

Rubi apresentou-se como uma novela diferente. Realmente, é incomum que a vilã da história a protagonize, mas no fundo, era só essa a diferença para outras novelas, os bons clichês estavam todos lá.

Nessa versão, pela primeira vez, foi mostrado um envolvimento romântico entre Maribel e Alessandro. É bem verdade que Maribel às vezes era um pouco chata em seu excesso de bondade, e no fundo, sempre pareceu que Alessandro não havia esquecido Rubi.

Embora no Brasil muitos já sabiam qual era o final, no México, o destino de Rubi foi um suspense até o último capítulo. E gerou uma série de elogios e críticas. No final, Bárbara Mori surge como Fernanda, sobrinha de Rubi, em uma peruca loira de gosto duvidoso para seduzir o já maduro Alessandro. Esse final aberto deixou margem para uma possível continuação da novela, o que não se confirmou.

Rubi foi a melhor novela de 2004 no México, e esteve em primeiro lugar de audiência, levando inclusive o prêmio TVyNovelas nas categorias novela, diretor (Benjamín Cann), atriz (Bárbara Mori), ator (Eduardo Santamarina), atriz coadjuvante (Ana Martín), novela de mais audiência e produtor (José Alberto Castro).

O êxito não se restringiu ao México. Rubi deu a volta ao mundo, com êxito na maior parte dos países, inclusive no Brasil, chegando a picos de 18 pontos nos últimos capítulos. Foi lançado um DVD no México, contendo o resumo da novela e alguns extras, como o final da primeira versão.

Falando no Brasil e no êxito de Rubi, cabe destacar o lamentável corte que a novela teve, sofrendo bruscas edições devido à venda de seu horário ao programa Roda a roda. Justamente em sua fase final a novela, que não ia muito bem na audiência, teve enorme crescimento, encerrando seu último capítulo com média de 16 pontos e picos de 19 no horário das 19h50. Sua primeira exibição teve apenas 82 capítulos e 9,8 (10) pontos de média geral.

Em março de 2006 a novela ganhou reprise nas tardes do SBT, foi uma nova chance que a emissora deu à novela acreditando que ela, agora exibida sem nenhum corte faria sucesso desde seu início, o resultado não foi o esperado, a novela não passou dos 9 pontos, chegando na época da Copa do Mundo a marcar apenas 2 pontos. Encerrou sua reprise com média geral de 6,9 (7) pontos. Apesar disso, na emissora, a novela foi considerada um sucesso.
Blog Widget by LinkWithin

28 comentários:

Anônimo disse...

Rubi é um clássico da literatura popular, Qual Classico?? Procuro e nao encontro esse livro!!!
COmeço a acreditar que é apenas uma invenção, mas nao precisava a novela por si já é um classico.

Anônimo disse...

a rubi foi tudo de bom!
dferente dessas novelinhas chatas que a protagonista é uma santinha e nuca faz nada de errado, ou seja, entediante!

a rubi veio p revolucionar é ela foi a melhor protagonistade todas!

e eu odiava aquela manca da MARIBEL ela mereceu tudo que a rubi fez so p ela deixar de ser tao estupidamente ingenua!

rubi-the best!

Andy disse...

RUBI foi mesmo uma grande novela. Bárbara Mori deu um show como a bela e safada protagonista. Adorei o final dela.

Anônimo disse...

Eu acho q a novela "Rubi", a qual está sendo reprisada novamente agora, desde segunda-feira, novamente pelo SBT, de inovador mesmo só tem o fato de a protagonista ser a maior vilã da trama. No mais, para os padrões mexicanos, é até uma boa novela, é bem amarrada, bem movimentada, mas no fundo é um dramalhão mexicano como tantos outros, com direito a muito troca-troca de casais, muitas vinganças, muitas paixões, muitas mortes, assassinatos, acidentes fatais, e até mesmo uma vilã que se achava linda e irresistível e debochava da amiga manca, e termina sem uma perna e com o rosto deformado. Quanto drama!! Se fosse uma novela brasileira, não ia fazer nenhum sucesso, mas como é mexicana, fez bastante sucesso. E é isso... O padrão mexicano é outro. Se fosse uma novela brasileira, com atores brasileiros, na Globo, por exemplo, não ia ter aceitação alguma. Na verdade, eles (Globo) nem iam passar. Dramática demais, e fantasiosa também, pois todos os vilões são punidos na mesma medida de seus erros e na mesma moeda_ até como falei a q se achava linda e debochava da amiga "coxa", sofre um acidente e termina feia, deformada, deficiente, sem uma perna.... É ruim de na vida real ser assim, hein!!!!!!!!??????? Bjssssssss!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Estava louca p/ o SBT repetir essa novela, não perco um capitulo.
Chega de novelas da Thalia, a Barbara é muito mais bonita e otima atriz.

Anônimo disse...

Estava louca p/ o SBT repetir essa novela, não perco um capitulo.
Chega de novelas da Thalia, a Barbara é muito mais bonita e otima atriz.

Anônimo disse...

Eu prefiro mil vezes as novelas da Talia,essa rubi so tem de bonito o olho nada +,parece com a leda da usurpadora uóó

Anônimo disse...

Quem defende a Rubi é porque é igual a ela. Quem faz o mal recebe o mal. Ou será que alguém gostaria que matassem um parente seu e o assassino ficasse solto, impune?

Bruna loewe disse...

Realmente Rubi foi uma novela maravilhosa,mas gostaria de ver a versão original de Rubi,a versão de 1968.

Bruna loewe disse...

Realmente Rubi foi uma novela maravilhosa,mas gostaria de ver a versão original da novela Rubi,a versão de 1968.

Anônimo disse...

Não é questão de quem defende a Rubi seja igual a ela, essa novela é totalmente diferente de muitas, na qual a protagonista é a boazinha, sofre a novela toda e só no ffinal descobre quem a fez mal, já na novela Rubi não tem enrolação todos sabem o quanto ela é má, ambiciosa e vingativa, os únicos que não enxerga isso são Heitor e Alessandro que são loucos por ela, Alessandro nem tanto porque logo ele percebeu.. Mas a novela é ótima e seria melhor ainda se fosse em espanhol porque a dublagem do sbt ninguém merece né...

Anônimo disse...

Nao tinha outro final para rubi a nao ser esse d fica manca e desfigurada!!!!!





Anônimo disse...

Vdd vdd vdd, amizade dia nao si podi confiar em amizade

Anônimo disse...

Chega de novelas de thalia..repete dez vezes.e sempre a mesma coisa...é enjoativa..o bom é rubi...uma novela que inova pois a protagonista é a vilã......e todos sabem de sua personalidade....não tem lenga-lenga.que me desculpe fãs de thalia....mas sou , mais rubi

Anônimo disse...

O final não tem sentido, a sobrinha chega feixa a porta a ai termina a novela , muito mal escrita

Anônimo disse...

A Rubi é linda , mais a MARIBEL é sem duvida a melhor , afinal quem não queria ter uma amiga verdadeira como ela , só uma psicopata como a Rubi pensaria diferente !!!!!!!

Anônimo disse...

Nada a ver o final dessa novela! Essa novela quer mostrar as pessoas que o mal sempre prevalecerá! A Rubi e muito má gente!

Anônimo disse...

nada a ver o final dessa novela rubi ficar assim no final;


a morte do hector ;e ainda dar a entender que a historia vai se repetir...

Anônimo disse...

Não esse final foi muito tragico muita morte vários ocorridos rubi apontando e sempre se dando bem os anos se passam e o alessandro ainda com essa paixão fixiada na rubi sinceramente noiz não merecemos este finalll a maribel tinha q ser feliz e a rubi ter virado moradora de rua e ter se contentado cm o despreso do alessandro...

Anônimo disse...

A rubi e MARAVILHOSA....
E uma NOVELA, tem gente protestando como se fosse vd real , se nao esta contente com o final da NOVELA nao assisti. Simples!

Anônimo disse...

A rubi foi e esta sendo uma otima novela,uma novela que te prende para ver rs.Apesar dela ser muito má,ela acaba sendo verdadeira tbm,desejando oq todo mulher quer... Amor e Dinheiro. Poxa,bem que poderia ter uma continuação,agora sendo com a sobrinha da rubi,que esta vingando a tia. Seria maravilhoso rsrs bjos a todos

Anônimo disse...

Está novela e muito triste.
Acho que o Heitor deveria ter ficado com a Helena.
É a Fernada não deveria ouvir a tia má.
Vai ter continuação?

princezinhah erica oliveira disse...

Eu amo essa novela, é uma otima novela, ja que a principal nao é boazinha.
Pena que ha muitos momentos tragicos na novela, inclusive o final.
Erica de Olliveira

Ruby disse...

Só uma coisa..A rubi é perfeita..As vezes até tenho medo..Eu me pergunto se seria capaz de fazer o que ela fez e receber o castigo..Gente vamos e venhamos..Acabar sem dinheiro..Sem beleza e sem amor?Ninguém merece..Digam o que disserem..Mas a rubi não merecia..Mesmo depois de tudo o que ela fez...Ah rubi..Como na música de abertura"LA DESCARADA"Aliás essa música é show..Tenho ela no meu celular..E só pra encerrar gente a Barbara Mori é sul americana como nós..Sim ela é do Uruguai nosso vizinho de baixo haha..Hoje ela é naturalizada mexicana.

gih silveíra disse...

adoro essa novela,assisto todas as vezes q reprisa sooooo nao keria que a fernanda seguisse o caminho da tia...
mass a novela e otima!!!!!!!
e se passar d novo eu assisto outra vez!

Vinicius Oliver disse...

O SBT esá sendo uma vergonha na reapresentação da novela. Não só trechos curtos foram editados, mas capítulos inteiros. Ações importantes dos personagens são completamente ignoradas, sendo que as vezes, vc não entende como determinada situação chegou a aquele ponto. É a primeira vez que assisto, é um dramalhão sem dúvida, mas é um costume mexicano, assim como não podem ditar oq devemos fazer com nossas novelas, não podemos fazer o mesmo com as deles. Um elenco muito bom, muita beleza em cena, e apedar dos clichês, uma ótima novela, digna do horário nobre da GLOBO. Repito, é uma vergonha a reapresentação pelo SBT, uma das piores edições que eu já ví na vida, sem dúvida. Rubí é um sucesso!!!

Anônimo disse...

Eu simplesmente amo essa novela... eu queria mto que a Rubi ficasse com Alessandro e a manca idiota da Maribel deveria ter ficado sozinha, aquela bondade toda me irritava. Queria muito que tivesse uma continuação e que a Fernanda fosse tão má como a a Rubi e destruísse a familia da Maribel!

Anônimo disse...

Te juro que apesar de tudo o que a Rubi aprontou eu ainda queria um final feliz para ela.É serio,eu me apaixonei por ela do mesmo jeito que o Heitor kkkkkkkkk.Rubi só queria no fundo ser rica e ter um grande amor,quem não desejaria o mesmo?
Infelizmente os meios para os fins eram terríveis e infelizmente ela se lascou.Foi duro ver ela sofrer tanto.Mas...fazer o que né?O vilão ou fica louco ou morre no fim.

Besos
Sara