sábado, 29 de maio de 2010

Mariana da noite


NOME ORIGINAL
Mariana de la noche

ESCRITORA
Liliana Abud (Baseada na obra de Delia Fiallo)

PRODUTOR
Salvador Mejía Alejandre

PAÍS DE ORIGEM
México

NÚMERO DE EPISÓDIOS
133

ANO DE GRAVAÇÃO
2003

ANO DE ESTREIA NO BRASIL
2006

EMISSORA
SBT

TEMA DE ABERTURA
Yo te recuerdo

INTÉRPRETE
Juan Gabriel

Sabes amor, nunca te he olvidado,
te recuerdo en cada estrella siempre que aparece.

Sabes amor, siempre te he recordado
y te miro en cada flor
que al colibrí se ofrece.

Sabes amor, yo siempre te he encontrado
en cada malva que florece,
en cada pájaro que canta,
y cuando amanece y anochece.

Yo te recuerdo,
cuando las hojas bailan,
cuando el aire no las mece,
cuando la noche es blanca,
cuando as las siete se oscurece,
cuando la lluvia cae,
cuando desaparece,
cuando la luna sale
y cuando el sol se mete.
Yo te recuerdo…


ELENCO

Alejandra Barros: Mariana Montenegro / Elisa

Jorge Salinas: Inácio Lugo Navarro

César Évora: Atílio Montenegro

Angelica Rivera: Márcia Montenegro

Alma Muriel: Isabel Montenegro

Adriana Fonseca: Tatiana Montenegro

Patricia Reyes Spíndola: Maria Lola

René Strickler: Camilo

Patricia Navidad: Jandira Guerrero

María Rojo: Lucrécia Vargas

Raúl Ramírez: Padre Pedro

José Carlos Ruiz: Isidro Valtierra

Sergio Acosta: Cupincha

Roberto Blandón: Iván Lugo Navarro

Aurora Clavel: Lupe

Ignacio Guadalupe: Meio Mundo

Jaime Lozano: Eládio

Aleida Nuñez: Angelina

Esperanza Rendón: Irma

Rafael Rojas: Geraldo

Agustín Arana: Oropo

Marjorie de Sousa: Carol

Juan Inácio Aranda: Dr. Jorge

Jose Luis Avendaño: Francisco

Cándida Chávez: Esther

Socorro Bonilla: Nelly

Arturo Muñoz: Max

Benjamín Islas: Libório

Miguel de León: José Ramón Martínez

Valentino Lanus: Xavier Mendieta

Sandra Montoya: Itzel

Daniel Continente: João Paulo

Joustein Roustand: Gonçalinho

Ileana Montserrat: Teresinha

Roberto Vander: Ângelo


PERFIL DAS PERSONAGENS

Mariana (Alejandra Barros) – Mariana é uma jovem sensível e compreensiva, filha de Atílio Montenegro a quem cuida possessivamente. Mariana conhece Inácio e vai lutar para não perder esse amor. Sonha em se casar e construir uma família, mas todos os seus pretendentes foram mortos. Ela pensa que é amaldiçoada, por isso sempre esta vestindo negro. Está sempre de luto porque nunca poderá encontrar o grande amor de sua vida. 

Inácio (Jorge Salinas) – apesar de sua aparência de ser um homem rude, Inácio é um homem bastante sensível e está sempre em busca da justiça e da verdade, e adora escrever poesias. Se esconde atrás de um nome fictício quando chega ao povoado, pois está em busca de respostas e dos segredos obscuros sobre a sua origem e da morte de toda a sua família. Seu encontro com Mariana se dá no meio da noite e ali surge um grande amor. 

Atílio (César Évora) – Atílio é um homem dominador e possessivo que não tem escrúpulos para ter o que deseja. Amou loucamente a mãe de Mariana, Elisa. Como Mariana é a viva imagem de sua mãe, também se apaixona por ela. Um amor que mantém em segredo porque Mariana acredita que ele é seu verdadeiro pai. Ele não tolera que outros homens se aproximem da garota e é capaz de matar para evitar que ela tenha algum romance com alguém.

Márcia (Angélica Rivera) – Márcia é a irmã mais nova de Atílio. Uma mulher dura e cruel. Trata muito mal todos os seus empregados e sempre se veste de maneira muito masculina. Nunca se apaixonou por alguém porque se sente superior a todos os homens da região, mas quando conhece Inácio se apaixona. Terá muito ciúmes dele quando descobrir que na verdade ele ama Mariana. Fará de tudo para ter Inácio ao seus pés.

Tati (Adriana Fonseca) – Tati é uma garota mesquinha e caprichosa que foi criada como irmã de Mariana, mas tem inveja da garota. Sempre está competindo com Mariana em tudo. Sabe que Mariana é a favorita de todos e por isso sente um grande rancor sobre ela.

Camilo (René Strickler) – Camilo é um homem bastante atraente. Ele é o medico da região e está interessado em Mariana, mas Tati é quem está apaixonada por ele, e Atílio aprova uma possível relação com ela.

Jandira (Patrícia Navidad) – uma indígena que em busca de seus sonhos, se perde no caminho da vida. Jandira tem uma excelente voz e canta na cantina do povoado. Sonha em encontrar o amor de sua vida, que a ame, a respeite e que lhe dê uma família.

Lucrécia (María Rojo) – amante ocasional de Atílio, uma mulher que conserva a beleza de sua juventude. Lucrécia é a dona da cantina do povoado. Teve um filho de Atílio, mas acredita que esse filho está morto. Em baixo de seu lindo sorriso, ela esconde essa terrível dor da perda de seu filho.

Maria Lola (Patrícia Reyes) – uma mulher misteriosa que vive no povoado. Vive só e está sempre vestindo roupas sujas e esfarrapadas. Conhece os segredos dos Montenegro, mas um estranho temor a obriga ficar calada.

Isidro (José Carlos Ruiz) – Isidro é um homem que vive sozinho no monte. Um homem culto e sereno que ama a natureza, se dedica aos estudos e a cuidar dos pássaros. Ele é o único que conhece a verdadeira identidade de Ignácio.


INTRODUÇÃO

Produzida em 2003, a novela sempre gerou uma grande expectativa entre os fãs no Brasil. Proibida várias vezes por seu conteúdo forte (pelo menos na visão dos censores), finalmente Mariana da noite chegou às telas do SBT em 2006, trazendo uma grande história de amor, cheia de segredos e intrigas.

A novela conta a história de Mariana, uma jovem que acredita possuir uma maldição: todos os homens de quem se aproxima, morrem. O que ela não sabe é que essas mortes são provocadas por seu pai, Atílio Montenegro.


RESUMO

Mariana vive com seu pai, Atílio e é órfã de mãe. Atílio é um homem muito poderoso, dono de uma mina e chega a ser cruel quando alguém se opõe a sua vontade. Seu grande segredo é que Mariana não é sua filha e o que ele sente por ela está muito longe de ser um carinho paterno.

Atílio tem duas irmãs: Isabel, a mais velha, uma mulher boa e carinhosa, que criou Mariana e a quer como se fosse sua própria filha; Márcia, a mais nova é sua irmã de criação, arrogante e muito vaidosa, apesar de parecer um pouco masculinizada, possui um coração frio, nunca se apaixonou por ninguém, até chegar no povoado um rapaz muito atraente.

Atílio esconde outro segredo: a chacina que aconteceu anos atrás na família Lugo Navarro, cujo único sobrevivente, Inácio regressa ao povoado para descobrir o mistério do seu passado. Com uma identidade secreta, ele vai trabalhar na mina de Atílio e despertar a paixão de Márcia e até. Mas Inácio também conhecerá Mariana, e se verá completamente apaixonado por ela.

Quando conhece Mariana, Inácio sabe que nunca poderá amar outra mulher. A jovem também se entrega a ele, de corpo e alma. Porém, Márcia se apaixona por Inácio. O ciúme a consome, quando descobre que ele e Mariana se casam em segredo. Márcia fica furiosa, e vai correndo contar ao irmão que Mariana está casada.

Atílio está decidido a mandar matar Inácio sem saber que está sentenciando a morte de seu próprio filho, fruto de um romance que teve com Lucrécia, a dona da cantina do povoado. Mas o destino salva a vida de Inácio.

Mariana acaba descobrindo que Atílio não é seu pai biológico e fica horrorizada, ao saber que ele está loucamente apaixonado por ela. Desesperada, acreditando que na realidade ela é amaldiçoada, foge do povoado, levando em seu ventre um filho de Inácio. Márcia aproveita a situação para casar-se com um homem que não ama, para ter um filho. Mas, logo sofrerá um aborto e, com essa situação, fará de tudo para seduzir Inácio e roubar o filho de Mariana.


COMENTÁRIOS

Depois de muito esperar três anos, finalmente Mariana da noite foi liberada para passar no SBT. A novela sofreu problemas com o Ministério Público que a consideravam muito forte, então o SBT só pôde exibi-la depois das 8 da noite. O SBT, por conta disso, fez a festa, exibiu a novela de maneira alucinada: mudou de horário incontáveis vezes, mas o principal, teve forte redução de capítulos, chegando a exibir “clipes” para adiantar alguns acontecimentos, e boa parte da novela em capítulos de meia hora. Definitivamente, não fez sucesso, começando com 8 pontos e chegando a dar apenas 3.

No México, Salvador Mejía Alejandre, resolveu fazer este remake, uma história de Delia Fiallo. Ele chegou a chamar a própria Delia para reescrever a história e esta chegou a fazer dez capítulos. Ao chegar nas mãos do produtor, ele pediu que Liliana Abud readaptasse pois ele não havia gostado. Não é preciso nem comentar o quanto Delia ficou possessa com a arbitrariedade e retirou seu apoio a novela.

Apesar de tudo, foi a primeira vez que Mariana da noite fez sucesso. A primeira versão inclusive foi com Lupita Ferrer e fracassou na Venezuela. Anos depois, com o nome de Selva María, novamente na Venezuela, também não deu certo. Ainda que no Brasil Mariana da noite não tenha se dado bem, na maioria dos países ela sim funcionou, pela primeira vez, o que já é um mérito.

O que mudou em relação as anteriores: dessa vez, o público desde o primeiro capítulo já sabe que Atílio e Mariana não são pai e filha. Uma parte foi retirada da história, pois já havia servido para esticar No limite da paixão em 2002, era quando a protagonista, após perder o filho, tenta o suicídio, foge de todos e acaba indo parar em uma tribo. Também a reta final da novela foi modificada: depois que Mariana ia presa, ela ficava um bom tempo na prisão, e os últimos capítulos giravam em torno do seu julgamento.

Quanto ao elenco, o que sempre esteve definido é que César Évora seria o vilão. O nome mais forte para protagonizar a novela era o de Natália Esperón, mas ela deixou o projeto. Delia Fiallo fazia muita questão da presença de Osvaldo Ríos como o protagonista, mas na época ele acabou indo preso por uma acusação de agressão a esposa, Salvador Mejía, então, opta por Jorge Salinas. E a protagonista, depois de um longo casting (no qual Angélica Rivera inclusive fez audição para Mariana), acabou sendo escolhida Alejandra Barros (apoiada por Delia Fiallo). Mas o nome mais comentado foi o de Verónica Castro, que foi convidada para viver Lucrécia, mas ela achou o papel pequeno e recusou. O papel ficou com María Rojo, marcando seu regresso à Televisa depois de muitos anos na TV Azteca, assim como Roberto Blandón, que viveu o Iván.

No que se refere as atuações, a novela se saiu bem. O grande destaque ficou por conta de Angélica Rivera, que surpreendeu vivendo a vilã da história. Ela ofuscou definitivamente a protagonista, não restou dúvidas. César Évora também sempre competente, fez mais um vilão na sua carreira. Ambos foram premiados com os TVyNovelas por suas atuações. Quem também marcou sua presença com seu papel de Maria Lola, foi a primeira atriz Patrícia Reyes Spíndola. Adriana Fonseca decidiu deixar pra trás as tentativas frustradas de ser protagonista, vivendo aqui uma vilã bem louca e que chamou a atenção. Quem deixou a desejar foi mesmo a protagonista, Alejandra Barros. Desde o início, sua escolha foi considerada errada, até porque seus trabalhos anteriores não tinham sido tão destacados, ela não atuou mal, mas faltou a presença necessária para carregar o peso de ser a protagonista da novela das 21h00.

A ideia de usar o realismo mágico para marcar a história não era ruim, até porque realidade foi algo que nunca existiu nessa novela. Mas poderíamos ter sido poupados de cenas como a transformação de Isidro em águia, e sua grande interferência na história. Constrangedor, no mínimo. “Defeitos” especiais também puderam ser vistos na morte de Atílio. Por estar doente durante a gravação dos capítulos finais, Angélica Rivera preparou alguns takes de seu rosto antes, que foram inseridos de maneira nada natural com a dublê. Até o mais leigo conseguia notar o apuro. Apesar de contar com um cenário natural belíssimo, Mariana da noite teve uma produção bastante criticada.

Voltando a história, a novela teve seus pontos fortes, mas em geral, o resultado deixou muito a desejar, seja pelo excesso de clichês, incoerências, personagens e histórias pouco cativantes, Mariana da noite terminou com um gosto um pouco decepcionante, embora tenha sido uma novela entretida.

Foi exibida no SBT na tentativa de elevar os baixos índices da sua antecessora Os ricos também choram, que registrava médias em torno de 5 pontos no ibope contra 8 da Record. No início, a novela registrou bons índices no início com média em torno dos 8 pontos e empatando com a Record no horário, porém depois de alguns capítulos a audiencia foi caindo pouco a pouco chegando a registrar 3 pontos, o que fez com que o SBT picotasse absurdamente a novela.
Blog Widget by LinkWithin

7 comentários:

Tv de Noticias disse...

que Saudades desta nOvela gostava Muito quando passu no sbt



http://tvetecnologia.blogspot.com

Aleks disse...

Pois, era muito boa mesmo, pena que o SBT, pra variar, picotou muito a novela... tinha capítulos que eram como clips e por isso passou despercebida.

Leticia de Araujo disse...

essa novela ta passando no canal TLN hj o gonçalinho morreu... alguem sabe me dizer o q houve?? pq fiquei sem ver p alguns dias.....

Carla disse...

Muito booa essa novela amei,seria otimo se o SBT a reprisasse sem cortes,difcl,mas reprisando ela sem cortes ou não seria ótimo!

Anônimo disse...

Queria ver de novo ,porque no último capítulo na minha cidade sofreu um apagão,fiquei muito triste!

solange disse...

muito boa essa novela ,gostaria muto que o sbt reprisasse de novo

Júnior Lourenço disse...

Essa novela é fascinante😍