quinta-feira, 22 de abril de 2010

Salomé


NOME ORIGINAL
Salomé

ESCRITOR
Arturo Moya Grau

PRODUTOR
Juan Osorio

PAÍS DE ORIGEM
México

NÚMERO DE EPISÓDIOS
150

ANO DE GRAVAÇÃO
2001

ANO DE ESTREIA NO BRASIL
2002

EMISSORA
SBT

TEMA DE ABERTURA 1
Si tú quisieras

INTÉRPRETE
Los Temerarios

Si tú quisieras yo daría mi vida
sólo por un beso de ti.
Si tú quisieras gritaría al mundo
que te amo y que sólo pienso en ti.
Que te amo, que te amo, que te amo
y que sólo pienso en ti.
Si tú quisieras le darías a mi alma,
con tu amor la fe que ya perdí.
Me haces falta, me haces falta
le haces falta a mi corazón,
y te pido…

Que vuelvas, que me perdones,
te juro que ya no te haré sufrir.

Vivo arrepentido,
pero si tú quisieras, pero si tú quisieras
yo te haría feliz.

Si tú quisieras le darías a mi alma
con tu amor la fe que ya perdí
Me haces falta, me haces falta
le haces falta a mi corazón
Y te pido…

Que vuelvas, que me perdones,
te juro que ya no te haré sufrir.

Vivo arrepentido
pero si tú quisieras, pero si tú quisieras,
yo te haría feliz.

Yo te haría feliz…

TEMA DE ABERTURA 2
Si no te hubieras ido

INTÉRPRETE
Marco Antonio Solís

Te extraño más que nunca y no sé que hacer,
despierto y te recuerdo al amanecer.
Me espera otro día por vivir sin ti,
el espejo no miente, me veo tan diferente,
me haces falta tú.

La gente pasa y pasa siempre tan igual,
el ritmo de la vida me parece mal,
era tan diferente cuando estabas tú,
sí que era diferente cuando estabas tú.

No hay nada más difícil que vivir sin ti, no,
sufriendo en la espera de verte llegar.
El frío de mi cuerpo pregunta por ti
y no sé dónde estás,
si no te hubieras ido sería tan feliz…

La gente pasa y pasa siempre tan igual,
el ritmo de la vida me parece mal,
era tan diferente cuando estabas tú,
sí que era diferente cuando estabas tú.

No hay nada más difícil que vivir sin ti, no,
sufriendo en la espera de verte llegar.
El frío de mi cuerpo pregunta por ti
y no sé dónde estás,
si no te hubieras ido sería tan feliz…

No hay nada más difícil que vivir sin ti, no,
sufriendo en la espera de verte llegar,
y no sé dónde estás,
si no te hubieras ido sería tan feliz…
Si no te hubieras ido sería tan feliz…


ELENCO

Edith González: Fernanda Quiñones de Lavalle "Salomé"

Guy Ecker: Júlio Montesino

Niurka: Karina

Rafael Amaya: José Juliano

Aarón Hernán: Artur Montesino

Mónika Sánchez: Ângela de Montesino

María Rubio: Lucrécia de Montesino

Julián Bravo: Guilherme

Rosy Calderón: Rosy

Raúl Castellanos: Joãozinho

Iliana de la Garza: Leonor

Marín Hernández: Romário

Patricia Reyes Spíndola: Manuela

José María Torre: José Armando Lavalle

Rafael Amaya: José Juliano Lavalle

Ernesto D’Alessio: José Miguel Lavalle

Thaila Amezcúa: Roberta

Kelchie Arizmendi: Natália

Lorena Álvarez: Luísa

Jaime Garza: Hipólito

Sebastián Ligarde: Diego

Katie Barberi: Laura de Cansino

Alessandra Rosaldo: Karla Cansino

José Roberto Cantoral: Lúcio

Jacqueline Voltaire: Isabelle Winther

Milton Cortés: David "Matador"

Pablo Cheng: Willy

Juan Imperio: Animador

Susana Zabaleta: Susana

Marco Uriel: Roberto

Mario Casillas: Rodrigo

Constanza Fernández: Jandira

Jacqueline Arroyo: Irma

Eduardo Verástegui: Eduardo

Carlos Szavozd:. Guerreiro

Marco Méndez: León

Patricia Ramírez: Mercedes

Hilda Aguirre: Nery

Yalda: Ana

Denisse: Denise

Jessica Segura: Estelinha

Silvia Eugenia Dérbez: Brenda

Julio Camejo: Xavier

Carmen Becerra: Diana

Paty Díaz: Marta

Andrés García Jr.: Vítor

Rodrigo Vidal: Soraya 

Carlos González: Cairo

Arturo Guízar: Abel

Roberto Palazuelos: Beto "Figurino"

Serio Jiménez: Armando

Carmen Molero: Adélia

Yolanda Montes: Yolanda

Leo Naverro: Caretas

Alejandra Procuna: Rebecca Santos

Yuliana Peniche: Money

Damián Mendiola: Mauro

Roberto Vander: Maurício

Romina Ivana Pasos: Lupita

Rosita Pelayo: Suzy

Leticia Perdigón: Lola

Armando Quiñónez: Nicolau

Raúl Ramírez: Doutor Inácio

Carlos Eduardo Rico: Ciro

Fernando Robles: Chico

Luis Romo: Marcelo

Damián Sarka: Dente de ouro

Moisés Suárez: Germano

Teo Tapia: Gustavo

Thelma Tixou: Teporocha

Rosario: Zully Keith

Yamile Bolahesen: Salomé (Criança)


PERFIL DAS PERSONAGENS

Salomé (Edith González) – uma mulher bonita e sensual. Dança e canta em um cabaré. Mas sua vida é repleta de desilusões. É muito sensível. Apaixona-se por Júlio e enfrenta todos os riscos de ter um relacionamento com um homem casado.

Júlio (Guy Ecker) – um advogado muito atraente e de grande personalidade. É casado com Ângela, mas sofre por causa da doença da mulher. Conhece Salomé e com ela experimenta novas emoções, mas se sente culpado por trair a esposa.

Ângela (Monika Sánchez) – é uma mulher bonita, mas está doente. Sabe que está com câncer, mas luta para viver. É compreensiva, apaixonada pelo marido e capaz de perdoar todos os seus erros.

Yolanda (Yolanda Montes) – uma mulher muito bonita. Na juventude, foi uma grande dançarina. É uma mãe para Karina e Salomé.

Lucrécia (María Rubio) – é uma mulher muito forte e costuma manipular as pessoas. Apesar disso, ama a família e adora cuidar de sua casa. É capaz de tudo para conseguir seus objetivos.

Karina (Niurka) – ela sabe que é bonita e sensual. Adora seu trabalho de dançarina.

Artur (Aarón Hernán) – é um homem bom. Ama Lucrécia, mas não se sente amado por ela. Gosta de ajudar as pessoas.

Manuela (Patricia Reyes Spíndola) – trabalha para a família de Lucrécia há anos e ajudou a criar Júlio. Consegue controlar Lucrécia, pois sabe de alguns segredos.

Diego (Sebastián Ligarde) – é irmão de Ângela. É um grande conquistador. Espera com ansiedade a herança da irmã.

Beto (Roberto Palazuelos) – sedutor. Seduziu Salomé e a abandonou. Mas depois volta e fica sempre a perseguindo. É vingativo e capaz de prejudicar Salomé.


INTRODUÇÃO

Salomé é um remake da telenovela Colorina, de 1980, onde Lucía Méndez personifica uma dançarina de cabaré. Nesta versão, a personagem é interpretada por Edith González.


RESUMO

Órfã desde a infância, Fernanda Quiñones teve muitas decepções durante a vida e aprendeu muito com elas, tornando-se uma mulher com profundo sentido da realidade. Bela e provocante, ela, que trabalha como dançarina em um cabaré, acredita que um dia conseguirá sair da pobreza.

Artisticamente, é conhecida como Salomé e trabalha no salão de espetáculos D' Rubí na Cidade do México, juntamente com sua amiga Karina. O salão é propriedade de Yolanda que é como uma mãe para Salomé e para Karina. Estas duas são amigas inseparáveis e têm como sonho se tornarem as "Rainhas da Noite".

Salomé é diferente das demais mulheres do lugar. Apesar de haver levado uma vida miserável pelas ruas, carecendo de estudo e família, ela sonha com o verdadeiro amor que espera encontrar um dia. Entretanto, se consola bebendo, dançando e aguentando as atenções de Figurino, um amante ocasional que tem vínculos criminais.

Numa noite de trabalho, Salomé conhece Diego, um rapaz que aparece no cabaré sem dinheiro para pagar a conta. No dia seguinte, ela decide ir com sua amiga Karina até a casa do moço para cobrar o que ele deve. Salomé não suspeita que essa atitude mudará seu destino para sempre.

Diego vive na mansão da família Montesinos, que fica num dos bairros mais ricos da cidade. Sua irmã, Angela, esposa de Júlio Montesinos, sofre de câncer, não podendo gerar filhos.

Salomé é recebida com desprezo por Lucrécia, a mãe de Júlio, que vive obcecada por ter um neto e não suporta Angela, desejando que Júlio se divorcie dela e se case com quem possa lhe dar filhos. Júlio presencia o incidente e sente uma certa simpatia pela moça.

Júlio decide ir ao cabaré com o pretexto de averiguar se Diego saldou a dívida. Ao ver Salomé dançar, ele sente uma forte atração por ela e a convida para sentar em sua mesa.

Quando conheceu Júlio, na mansão, Salomé sentiu que ele era o homem de seus sonhos, mas a vida a fez desconfiar até mesmo dos sonhos. Ela sabe que a diferença de classe social entre os dois é uma barreira e se contenta com os momentos que fica ao lado de Júlio, sem ter muitas ilusões. Ao longo do tempo Salomé e Júlio se encontram várias vezes e o amor entre eles cresce.

A noitada, porém, é interrompida por uma violenta briga, quando Salomé é ofendida no cabaré e Júlio tenta defendê-la. Todos terminam a noite na prisão.

No dia seguinte, Júlio e Lucrécia convidam Salomé para uma visita à mansão. O plano de Lucrécia é simples: tendo notado o interesse do filho pela dançarina, a mãe do rapaz acredita que, propiciando as circunstâncias, Salomé poderia lhe dar o neto que tanto deseja e que Angela não pode conceber por causa de sua enfermidade.

A aproximação aumenta a atração entre Júlio e Salomé. Nessa noite eles não conseguem resistir à paixão, ainda que sabendo que esse amor é proibido.

Os amantes de uma noite, porém, decidem pela separação. Salomé regressa ao cabaré e, em pouco tempo, descobre que está gravida. Quando Lucrécia fica sabendo, oferece à dançarina uma quantia em dinheiro suficiente para que ela inicie uma nova vida. Mas, para isso, Salomé terá que lhe entregar a criança.

Salomé, sabendo que não terá futuro com Júlio, a princípio, aceita a proposta de Lucrécia, mas ao saber que Júlio, apesar de amá-la, não deixará sua esposa Angela, Salomé descobre que será esta que criará a criança como sendo seu filho, então ela se arrepende e com a ajuda da boa Manuela, governanta da mansão Montesinos e que guarda um grande segredo, Salomé consegue fugir para o interior com seu bebê e ainda os dois filhos de seu amigo Hipólito. Ela tem a ideia de registrar os três filhos como gêmeos, inclusive os bebês abandonados como seus verdadeiros filhos. Ela se estabelece como cabeleireira em Cidade Juárez.

Passam-se vinte anos e Salomé, que agora utiliza o seu verdadeiro nome Fernanda, torna-se uma rica mulher de negócios que deixou para trás sua vida no cabaré e vive com seus três filhos, José Armando, José Miguel e José Juliano.

Retorna ao México para se encontrar novamente com sua velha amiga Karina, que leva uma vida miserável após seu fracasso da sua relação sofrida com os maltratos por Lúcio. Mas as coisas se complicam quando ela se encontra por acaso com Júlio e sua mãe, que quer saber a tudo custo qual dos três jovens é seu verdadeiro neto e herdeiro da fortuna dos Montesinos.

Salomé descobre que Angela, a esposa de Júlio morreu, e os dois voltam a ser felizes juntos. Mas há muita gente querendo que esse amor não dê certo e muitos segredos a serem revelados.


COMENTÁRIOS

A ideia de fazer a novela Salomé, fariar renascer um clássico da Televisa: a novela Colorina. Estrelada por Lucía Méndez e Enrique Álvarez Félix, a trama foi um verdadeiro escândalo nos anos 80, quando foi exibida. Originalmente, o remake se chamaria La güera Salomé (A loira Salomé), mas o público achou muito vulgar e impediu que a novela tivesse esse nome. Para viver a dançarina, foi chamada a atriz Edith González. Juan Osório, produtor da novela, já havia trabalhado com ela em Nunca te olvidaré, uma trama de sucesso, por isso voltaria a repetir a dobradinha.

Para viver o galã da história, vários atores foram chamados e recusaram o papel, que acabou ficando para o brasileiro Guy Ecker. María Rubio, que havia trabalhado em Colorina, foi chamada para encarnar a víbora Lucrécia. E Mónika Sánchez teria uma oportunidade para viver uma personagem diferente do que estava fazendo: a boa Ângela.

Começava então Salomé. Logo de cara, uma cena chocante: Salomé se joga do alto de um prédio em um pesadelo. Os mexicanos acharam a cena muito forte, e ela quase não vai ao ar. Na Univisión, nos EUA, a cena não foi exibida. Justo a primeira cena da história. Vale a pena lembrar que os mexicanos ainda são muito conservadores, e principalmente católicos, o suicídio ainda é um tabu nacional.

No primeiro capítulo, já foi apresentada a conformidade de Salomé em viver em um ambiente promíscuo, e que apesar disso, Salomé era feliz em ser a estrela do Salão D’ Rubí. Também mostrou Karina, a fiel amiga da cabareteira. E os maus tratos que Ângela sofria por parte da sogra diabólica, Lucrécia, e por fim, a infelicidade de Júlio, por causa da esposa que não era capaz de dar filhos, e por isso, sua mãe a odiava.

Uma trama consistente e promissora entrava ao ar, mas a trama se perdeu já no seu princípio, com a lentidão da trama, e personagens demais sem função. Como Lola, uma boa atriz em um papel sem importância, Laura, depois de pequena participação, sumiu e aparecia esporadicamente, e também a violência com que Chico tratava a esposa Leonor. A maioria dos secundários só tiveram alguma importância no final da primeira fase, por causa de seus filhos que estariam na próxima etapa de Salomé. A maior prova disso, é que na última semana, houveram muitas mortes para acabar de vez com as personagens desnecessárias.

Lola estaria na segunda fase, mas pediu para sair da novela para poder estar em Así son ellas. Também tivemos banhos de interpretação. Edith González teve seu maior desafio na primeira fase, compondo uma Salomé debochada, escandalosa, vulgar, mas também romântica. Ao mesmo tempo que tinha que aproximar sua atuação da Colorina original, tinha que afastar, para evitar comparações. Júlio também se saiu melhor na primeira fase do que na segunda, mas não foi por mudança de comportamento, mas sim pelo esvaziamento de situações de seu personagem na fase seguinte.

A personagem Salomé, apesar de bem interpretada, não foi aceita logo de início. Seu maior obstáculo sem sombra de dúvidas foi Ângela, a doente esposa de Júlio. O público não torcia contra Salomé, mas também não aceitava que ela tirasse o lugar da sofrida esposa, apaixonada. A comovente atuação de Mónika emocionou o público e proporcionou um dos melhores momentos da trama: a sua agonia.
Vale destacar o excelente trabalho de Rodrigo Vidal na pele de Soraya, a transformista apaixonada. Essa atuação lhe rendeu o prêmio de melhor ator coadjuvante do ano no TV y Novelas.

Apesar do fracasso da primeira fase no México, por ser um tanto cansativa e lenta, ela foi a que mais se aproximou do universo marcado por Colorina, com o luxo e o glamour proporcionados pelas noites de cabaré, que trouxeram o contraponto da elegância e da decadência de valores na sociedade mexicana.

O grande trunfo da segunda fase de Salomé foi descobrir quem era o verdadeiro filho de Júlio. No México, inclusive foram abertos números para o público telefonar e opinar quem achava que era um Montesinos. Foi esse gancho que fez a audiência alavancar e transformar a novela em um grande sucesso.

Fernanda tentava a todo custo impedir um reencontro com seu passado, mas foi inevitável com a incursão de seus filhos na faculdade de Júlio. Não demorou para que Júlio e Fernanda se reencontrassem e que assim, se instalasse o calvário da heroína para manter seu segredo.
Foi por intermédio da faculdade, que foi injetada juventude em Salomé. Foi daí que surgiram personagens que cativaram o público, como Money, uma inusitada amiga dos irmãos Lavalle. A filha de Laura que foi adotada por Júlio, Karla, inicialmente disputada pelos três irmãos, que acabou por ficar com José Juliano. E também Natália, a princípio, uma menina apagada que era simplesmente a melhor amiga de Karla. Mas que se casou apaixonada por José Armando e acabou por descobrir que tinha uma doença incurável, com uma morte irremediável.

Em outro polo da história, ainda existia o salão D’ Rubí, mas totalmente decadente e vulgar, por culpa da administração de Diego, que viria a se tornar um grande vilão na trama, e escravizar a doce Roberta, tornando-a uma bailarina, a Dama Mascarada, por quem José Miguel se apaixonaria sem saber da verdade, e ao se revelar tudo, a desprezaria tal qual fez com sua mãe. No salão D’ Rubí voltaria a encontrar Karina, completamente dominada pelo álcool, e assim fazendo desta uma das personagens mais queridas na história.
Essas mudanças radicais na trama tornaram Salomé um êxito inegável.

Amor, ação, mistérios e muitas revelações fizeram a trama ficar imperdível. Muito mais inspirada que na primeira fase. Em compensação, Edith González ficou estranha ao ser mãe de rapazes que mais pareciam seus irmãos, e Guy Ecker reclamou de seu personagem, esvaziado pela história. Não era pra menos, apesar dele ser o mais interessado no segredo de Fernanda, não houveram muitas situações para Júlio.

Vale lembrar momentos como o sequestro dos filhos de Salomé, e também o desaparecimento de Fernanda, onde a produção deu um banho de competência, exceto no acidente de avião, exatamente a mesma cena usada em A alma não tem cor. E um dos momentos mais marcantes também foi a descoberta do passado de Fernanda, quando seus filhos a desprezaram.

Sobre a atuação dos jovens, vale destacar Ernesto D’Alessio, com sua personagem interessante onde humilhou Roberta, mesmo quando o destino da moça era igual ao de sua mãe. E José María Torre como “o mais ambicioso dos irmãos Lavalle” como ele mesmo se definiu, e sua vontade de ser o herdeiro da fortuna de Ângela e sua simpatia por Lucrécia.

A loucura de Maurício fez com que sua personagem se tornasse mais crível que no início. E Diego começou uma execução de personagens que não teve fim.

O único erro da segunda fase foram os constantes esticamentos, que resultou em uma perda de memória desnecessária para Júlio e que pouca função teve.

Salomé encerrou sua exibição como uma trama que não conseguiu superar a versão original, mas que adquiriu uma personalidade própria ao longo de sua exibição. Boas personagens, bem interpretadas e uma produção que soube dar o tom exato que cada cena necessitava.

Apesar de aqui no Brasil a trama ter passado por sérios problemas de audiência, enfrentando uma concorrência desleal com programas de gosto duvidoso, recebendo um horário fracassado, Salomé foi uma trama que conseguiu cativar o público, empolgando os telespectadores.

O amor de Júlio e Salomé acabou por se concretizar em uma trama muito querida, e mesmo que aqui não tenha funcionado, foi uma das mais vendidas dos últimos tempos, causando um enorme furor em muitos países.

A trilha sonora de Salomé foi lançada para os Estados Unidos com músicas diferentes da trilha mexicana que não chegou a ser lançada. No Brasil, tocaram as mesmas músicas do México.

Salomé chegou ao final como uma trama cheia de contrastes, de altos e baixos, mas, felizmente, com saldo positivo. Amor, ódio, alegria, tristeza, desprezo e vingança fizeram dessa trama uma obra inconfundível.

Blog Widget by LinkWithin

4 comentários:

tata costa disse...

eu gostaria q o sbt reprisasse de novo a novela salome

tata costa disse...

eu queria assisti salome de novo

Anônimo disse...

Queria muito ver essa novela novamente,é um novelão.Não sei porque o SBT não passa ela novamente.

Anônimo disse...

Quero saber o nome da música quem canta a canção do casal jose Miguel e roberta