...

domingo, 4 de abril de 2010

O diário de Daniela


NOME ORIGINAL
El diario de Daniela

ESCRITORAS
Marcela Fuentes-Berain e Fernanda Villeli 

PRODUTORA
Rosy Ocampo 

PAÍS DE ORIGEM
México

NÚMERO DE EPISÓDIOS
100

ANO DE GRAVAÇÃO
1998

ANO DE ESTREIA NO BRASIL
2000

EMISSORA
SBT

TEMA DE ABERTURA
El diario de Daniela

INTÉRPRETE
Daniela Luján e Martín Ricca

Ellos no saben, ni se imaginan
que una persona y una hoja
pueden hablar y oír.

Por más que pienso con quién platica,
sigo pensando y me paso horas,
no puedo decidir.

Y el todo el día busco el momento
de conversar con mi diario a solas,
me siento a escribir.

Y sólo espero que un buen día
pueda ser yo el que la enamora,
sin ti no sé vivir.

En el diario de Daniela
se han escrito tantas cosas,
sus secretos escondidos
y sus ratos entre amigos.

En el diario de Daniela
se han escrito tantas cosas,
las tristezas que se han ido
y alegrias que nunca se acaban…

Y el todo el día busco el momento
de conversar con mi diario a solas,
me siento a escribir.

Y sólo espero que un buen día
pueda ser yo el que la enamora
sin ti no sé vivir.

En el diario de Daniela
se han escrito tantas cosas,
sus secretos escondidos
y sus rato entre amigos…

En el diario de Daniela
se han escrito tantas cosas,
sus secretos escondidos
y sus ratos entre amigos.

En el diario de Daniela
se han escrito tantas cosas,
las tristezas que se han ido
y alegrias que nunca se acaban…

TEMA DE ABERTURA 2
O diário de Daniela

Eu gosto tanto deste momento,
quando estou só com meu diário
adoro escrever.

Eu só espero que algum dia,
possa te ver apaixonada
e ter você pra mim.

No diário de Daniela
são escritas tantas coisas,
seus segredos escondidos,
seus recados sempre amigos.

No diário de Daniela
são escritas tantas coisas
as tristezas de um dia,
alegrias que jamais vão se acabar...


ELENCO

Daniela Luján: Daniela Monroy

Yolanda Ventura: Natália Navarro de Monroy

Marcelo Buquet: Enrique Monroy

Gerardo Murguía: Enrique Monroy (Substituto)

Martín Ricca: Martin Linhares Moreno

Letícia Calderón: Leonor de Monroy

Gaspar Henaine: Capulina “Capu”

Mónika Sánchez: Elena Ruiz

Odiseo Bichir: Joel Castillo

Anahí: Adélia Monroy

Carlos Manuel Castillo Villanueva: "Pepito"

Juan Pablo Gamboa: José Linhares “Pepe”

Marcela Páez: Rita Moreno de Corona

Amparo Arozamena: Amparinho

María Prado: Dona Emma

Carlos Puerto: Jorge

Mariana Huerdo: Tânia

Mónica Riestra: Crista Linhares

Carlos Peniche: Ricky

Paulina de Labra: Flor

Yulyenette Anaya: Lídia “Lidi”

Isaac Castro: Fantasma Yuls

Melina Escobedo: Malu

César González: Toby

Óscar Larios: Chuy

Christopher Uckermann: Christopher Robin

Fernando Rodríguez: Sérgio

Odamaris Ruiz: Gina

Fátima Torre: Fátima

Rodrigo Soberón: Juancho “Lagarto”

Eduardo Liñán: Det. Quintana

Roberto Ballesteros: Arturo Barto

Manuel Saval: André Zamora

Yamil Yitani Maccise: Yamil

David Ostrosky: Gustavo Corona


PERSONAGENS

Daniela (Daniela Luján) - tem apenas dez anos, é bonita, simpática, encantadora e conquista a todos com sua meiguice. Além dos amigos inseparáveis, Daniela tem como aliado um diário onde ela conta seus sonhos, segredos, tristezas e, principalmente, confessa suas travessuras. Mas Daniela tem um amigo especial, um garotinho fantasma que vai ajudá-la a enfrentar momentos muito difíceis.

Martin (Martín Ricca) - é um menino inteligente, esperto e apaixonado por Daniela. Ele é filho de José, diretor teatral e o melhor amigo do pai de Daniela. Divorciado, ele tenta de todas as formas conseguir a guarda do filho, pois os dois são muito unidos. Mas enquanto isso não acontece, o menino vive um terrível drama familiar, pois além de estar longe do pai ele sofre muito nas mãos de Gustavo, o padrasto, um homem muito violento, que também maltrata sua mãe, Rita.

Natália (Yolanda Ventura) - uma jovem bonita e de bom coração que cuida do guarda-roupa do teatro. Dona de uma belíssima voz, ela recebe apoio e incentivo de Henrique e se transforma numa grande cantora. Natália e seu tio são os melhores amigos e aliados de Daniela e sua turma sem esquecer, é claro, o amigo fantasma. Juntos eles vão lutar contra as maldades de Helena e tentar provar que o amor sincero e a amizade vencem qualquer obstáculo.

Henrique (Marcelo Buquet) - é um homem bem sucedido, dono de um importante teatro. E feliz por que tem uma linda família. Mas o que ele nem imagina é que sua sócia, Helena, a quem ele considera uma amiga, vai transformar sua vida para sempre.

Capu (Gaspar Henaine) - é o zelador do teatro. Um homem bom que apesar da idade avançada conserva sua alma de menino. Junto com sua neta Natália, são os melhores amigos de Daniela e sua turma.

Lídia (Yulyenette Anaya) - a melhor amiga de Daniela. É uma garota com um grande coração e assim como Daniela está sempre ajudando os amigos.

Malu (Melina Escobedo) - sobrinha de Helena. É uma garota invejosa que está sempre procurando um jeito de prejudicar Daniela e seus amigos.

Elena (Mónika Sánchez) - sócia do teatro. É uma mulher muito perigosa, capaz de qualquer coisa para conseguir o que quer. Apaixonada por Henrique, ela fará de tudo para destruir a felicidade da família Monroy.

Leonor (Leticia Calderón) - uma linda mulher, mãe dedicada e esposa apaixonada. Ela será a grande vítima do amor obsessivo que Helena sente por Henrique.

Rita (Marcela Páez) - mãe de Martin, ela vive um segundo casamento conturbado ao lado de um homem muito violento.

Gustavo (David Ostrosky) - um homem mal sucedido em tudo que faz que desconta na família e, principalmente no enteado, todas as suas frustrações.

José (Juan Pablo Gamboa) - pai de Martin e amigo de Henrique, ele é diretor teatral. Ele vai ajudar muito o amigo Henrique nos momentos difíceis pelos quais ele terá que passar.


INTRODUÇÃO

O Diário de Daniela é uma telenovela que tem como objetivo principal despertar nas crianças sentimentos e atitudes que vão ajudá-las a valorizar o ser humano. A importância da amizade, a solidariedade e o respeito ao próximo são alguns dentre os muitos exemplos mostrados através da história de Daniela e seus amigos.


RESUMO

O diário de Daniela conta as aventuras de uma turminha comandada por Daniela Monroy, que tem apenas dez anos, é bonita, simpática, encantadora e conquista a todos com sua meiguice. Além dos amigos inseparáveis, Daniela tem como aliado um diário, onde ela conta seus sonhos, segredos, tristezas e, principalmente, confessa suas travessuras. Daniela tem um amigo especial, um garotinho fantasma que vai ajudá-la a enfrentar momentos muito difíceis.

A família de Daniela é formada por cinco pessoas. Henrique e Leonor são seus pais, Adélia e Joãozinho, seus irmãos. O amor, a união e a compreensão fazem da família Monroy uma família muito feliz, mas que também tem problemas como todas as outras.

Leonor e Henrique são apaixonados mas apesar da felicidade, Leonor reclama da sua dedicação em tempo integral ao teatro, o que acaba provocando algumas desavenças entre eles.

Adélia é a filha mais velha, entre quinze e dezesseis anos, que tem a rebeldia e a ansiedade típicas da idade. Joãozinho, o caçula, é um garotinho encantador, mas muito travesso.

Daniela é o ponto de união dessa família. Carinhosa e sensível, ela se preocupa por todos e está sempre disposta a ajudar a família e os amigos.

A história dessa turminha se passa no interior do Teatro Principal, de propriedade do pai de Daniela, Henrique Monroy. No palco ou nos bastidores eles vivem intensamente no limite entre o real e o imaginário.


CURIOSIDADES

No show que conclui a trama, quando Martin pede Daniela em namoro, aparecem todos os atores que estiveram no elenco da telenovela. Outra trama infantil produzida mais tarde, Cúmplices de um resgate, que também contou com Daniela Luján e Martín Ricca, foi encerrada da mesma maneira, com um grande show.

A morte da personagem Lidi causou muito polêmica para o público infantil, depois do terrível acidente após salvar o Joãozinho irmãozinho da Daniela.

No Brasil, a telenovela foi um sucesso. Foi exibida durante as férias de Chiquititas e alcançou boa audiência (mais do que a própria Chiquititas, naquela época). Isso fez com que o SBT lançasse, junto com a extinta gravadora Abril Music, uma versão em português da trilha sonora da telenovela. Além disso, Daniela Luján veio ao Brasil pela primeira vez, divulgando a versão original da trilha sonora (lançada pela Warner Music).

A partir do capítulo 72, o ator Gerardo Murguía entra para o elenco da telenovela, interpretando o personagem Henrique Monroy e substituindo o intérprete original, Marcelo Buquet.

Anahí e Daniela Luján interpretaram novamente irmãs em Primeiro amor - A mil por hora.


COMENTÁRIOS

Não é difícil de imaginar porque O diário de Daniela, de 1998, fez tanto sucesso. Era um momento onde as telenovelas infantis, apesar que continuarem mantendo seu público fiel, necessitavam novas histórias. Rosy Ocampo deu início a sua primeira telenovela, contando com um super elenco.

O diário de Daniela começou com a mania da produtora de colocar em suas telenovelas uma banda. Porém, a intenção de Rosy Ocampo era que a banda se limitasse a telenovela, mas o sucesso foi tanto que a trilha sonora, que já era um sucesso, explodiu em vendas quando começou uma turnê com o elenco cantando os temas musicais. O final foi surpreendente, já que os atores lotaram o Estádio Azteca, no México. A partir daí, todas as produções de Rosy Ocampo tiveram o mesmo caminho, sempre com uma turnê e com a última cena no Estádio.

Revelada em Luz Clarita, Daniela Luján interpretou agora Daniela, uma menina rica e bem diferente do papel anterior. Com essa telenovela, Daniela passava a reinar absoluto no território infantil. Porém, uma revelação masculina veio com Martín Ricca, que vivia Martin, que a partir dessa telenovela viraria também um ídolo. E ambos começariam uma carreira musical de sucesso.

Além das crianças, houveram outros destaques como a inesquecível participação especial de Letícia Calderón como Leonor Monroy, mãe de Daniela, assassinada friamente nos primeiros capítulos da telenovela. Também a participação do palhaço Gerardo Henaine “Capulina”, que viveu o simpático Capu, amigo da criançada.

No ramo das maldades, Odiseo Bichir ressurgia muito bem como Joel, um terrível vilão que fez de tudo por sua ambição. E também Mónika Sánchez, que foi a grande vilã Helena, uma megera que a todo custo tentava se dar bem. Foi o primeiro papel realmente marcante na carreira de Mónika, que dali em diante, ficaria estigmatizada como má.

O maior destaque, com certeza, foi a atuação juvenil de Anahí, como a rebelde Adélia, irmã mais velha de Daniela. Principalmente, porque Anahí já era muito conhecida e representou uma nova faceta em sua carreira que deu muito certo. A semelhança com a atriz Daniela Luján foi muito comentada e ainda seria explorada em Primeiro amor - A mil por hora.

Um dos casos mais inesquecíveis da telenovela com certeza foi a mudança do ator principal (que seria outra tradição nas produções de Rosy Ocampo). Nesse primeiro caso, Marcelo Buquet, que vinha sendo um grande destaque como Henrique, achou que merecia um salário maior. Sem conversa nenhuma, foi mudado por Gerardo Murguía, que assumiu o papel dali em diante. Rosy Ocampo jurou que nunca mais trabalharia com ele. E pelo jeito, ninguém da Televisa, já que depois dessa, ele nunca mais foi visto nas novelas.

Outra saída foi a menina Lídia, que morreu de maneira trágica. Dizem que o motivo da saída da personagem foi uma indisciplina. Estranhamente, a menina participou da turnê da telenovela, mesmo após sua saída inesperada.

Em compensação, inspirada nos seres mágicos que costumam aparecer nas telenovelas infantis para ajudar crianças, Rosy Ocampo colocou o personagem do Fantasma Yuls, mas que desta vez não teve o mesmo encanto. No final, ele vai embora voando, pois o anjo recebe asas, graças a um efeito especial de gosto duvidoso.

Nessa telenovela, Rosy Ocampo denunciou os mal tratos às crianças, com o personagem Gustavo, padrasto de Martin, que o agredia. Foi um dos melhores pontos da telenovela.

O diário de Daniela foi um grande sucesso. Representou uma nova forma de fazer tramas infantis, lançando novos rostos e redescobrindo outros. A telenovela foi vitoriosa e alcançou todo o êxito que merecia.

Como toda trilha sonora infantil, a de O diário de Daniela também foi um sucesso, a música de abertura "El diário de Daniela" foi cantada pelos protagonistas Daniela Luján e Martín Ricca. No Brasil, foram lançados dois CDs da telenovela, o original e uma versão brasileira com a música traduzida. O interessante é que na capa do CD nacional vinha a foto da cantora brasileira, e quando Daniela Luján visitou o nosso país, não gostou nada de ver o CD da telenovela com outra pessoa na capa.
Blog Widget by LinkWithin

5 comentários:

Anônimo disse...

otimo personagens eu amei

Anônimo disse...

eu amei a novela

Anônimo disse...

eu ueria saber o nome original do "joaozinho" personagem da novela?????????

Anônimo disse...

muito boa essa novela amei quando passou deviam reprisar ela novamente

Anônimo disse...

eu nao gostei nenhum pouco de terem trocado o marcelo buquet pelo gerardo murguia