quinta-feira, 11 de março de 2010

A paixão dos brasileiros por novelas mexicanas

O que o público televisivo mexicano e o brasileiro tem em comum? A resposta é bem simples: paixão por telenovelas. Seria fenomenal se não fosse algo já tão corriqueiro neste universo de tramas que prendem milhões de pessoas na frente do televisor para acompanhar uma boa história e, ao mesmo tempo, novas tendências.

É bem verdade que muito antes do SBT importar as novelas mexicanas e aos poucos conquistar o público brasileiro com elas, a hegemonia das nossas novelas jamais fora ameaçada até porque, as novelas se tornaram uma tradição do nosso público e um grande filão para as nossas produtoras. Alguém já disse inclusive que, se Hollywood é o templo em produções cinematográficas, a Rede Globo aqui no Brasil, é o templo em teledramaturgia. Bem, essa verdade um tanto questionável deve ser dividida com a poderosa Televisa mexicana, que produz dezenas de novelas anualmente e com elas cativa públicos de diversos países, inclusive o Brasil, onde suas novelas se tornaram uma febre que a gente nem faz, em princípio, uma ideia real.

Ao longo dos anos, não só a Rede Globo produziu grandes tramas, tivemos no passado a extinta Rede Tupi de Televisão, a Rede Bandeirantes, a também extinta Rede Manchete, o próprio SBT e a Rede Record, que está na ativa criando grandes produções do gênero para o nosso público. Num passado não tão distante, a então Rede OM de Televisão passou também a exibir novelas e naqueles tempos, colocou no ar novelas às pencas, atraindo um grande público também. Entre altos e baixos, Rede OM virou Rede CNT – Central Nacional de Televisão e continuou com suas novelas por mais uns tempos.

O SBT do Senior Abravanel abraçou ainda mais as novelas mexicanas e por mais um tempo agradou os fãs dessas produções, porém, recentemente os deixou na mão, devido à questões internas ou contratuais, afinal estas produções mexicanas imprimem custos elevados e nem sempre o nosso mercado publicitário aposta suas fichas nestas novelas. É uma pena, porque no geral, as produções mexicanas são bem tramadas e conquistam rapidamente o telespectador que, mesmo sendo fiel às novelas nacionais, sempre encontra uma pontinha para acompanhar uma trama mexicana.

Em 2008, A Rede CNT retomou a transmissão de novelas da Televisa após uma nova e salutar parceria, trazendo logo de cara a novela Manancial, que já havia sido exibida pelo SBT em outros tempos. O público foi chegando de mansinho e a CNT trouxe Sonhos e caramelos, uma novela mais direcionada ao público infanto-juvenil mas que acabou cativando muita gente grande. A emissora também optou por reprisar Marimar, estrelada pela cantora Thalía, que possui fãs ardorosos de norte a sul do Brasil.

A Rede CNT trouxe, além das novelas, alguns bons seriados, como S.O.S. Sexo e outros segredos, E agora, que faço?, O pantera e 13 medos – seriados que já fizeram sucesso no México e em diversos países de língua espanhola. Essas escolhas feitas pela Rede CNT contribuíram de maneira esplêndida para que a rede começasse a evoluir no mercado e, já no final de 2008, a Rede CNT era incluída entre as oito empresas do seu segmento na preferência do público brasileiro segundo a conceituada revista Meio & Mensagem. Visando dar novos passos, o canal exibe Amanhã é para sempre, que no México atingiu elevados índices de audiência, e A outra, já exibida pelo SBT, ambas se encontram em suas retas finais.

Além dessas duas novelas, a Rede CNT trouxe ainda a segunda temporada da série S.O.S. Sexo e outros segredos e a segunda temporada de O pantera, além de já estar fazendo estudos para a escolha das próximas novelas para 2010 bem como de outras produções da Televisa.
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário: