quarta-feira, 17 de março de 2010

A mulher proibida


NOME ORIGINAL
La mujer prohibida

ESCRITOR
Alberto Gómez (Baseado na obra de Manuel Muñoz Rico)

PRODUTOR
Arquímedes Rivero

PAÍS DE ORIGEM
Venezuela

NÚMERO DE EPISÓDIOS
127

ANO DE GRAVAÇÃO
1991

ANO DE ESTREIA NO BRASIL
1998

EMISSORA
Rede Mulher

TEMA DE ABERTURA
La mujer prohibida

INTÉRPRETE
Guillermo Dávila

Nadie imagina que estamos envueltos en las miradas,
saludos de lejos, amigos silentes amor de día, angustia presente.
He logrado ver, quizás equivocado pasión en tu cuerpo
pidiendo en silencio que te haga el amor,
que te llegue al alma, mujer prohibida.

Y me come las entrañas, la rabia desmedida
de querer hacerte mía, solo mía.
Las noches me endurecen, las ganas de tu piel,
solo quiero todo y no podemos nada.

Y cuando me acuesto descubro fantasmas
y en pleno silencio se queda mi mano
soñando contigo mujer prohibida, mujer de mi vida.

Por todos los cielos escribo poemas,
creyéndome loco, sabiéndote de otro que bien te conoce
y entonces, y entonces ya muero.

Y me come las entrañas, la rabia desmedida
de querer hacerte mía, solo mía.
Las noches me endurecen, las ganas de tu piel,
solo quiero todo y no podemos nada.

Y me come las entrañas, la rabia desmedida
de querer hacerte mía, solo mía.
Las noches me endurecen, las ganas de tu piel,
solo quiero todo y no podemos nada.


ELENCO

Mayra Alejandra: Irene Rivas

Andrés García: Germano Gallardo

Fernando Carrillo: Carlos Luis Gallardo

Tatiana Capote: Yarima Baez

Manuel Carrillo: Álvaro

Concha Rosales: Pilar Martínez

Miguel Alcántara: Alberto Moncada

Liliana Durán: Flora

Carolina Cristancho: Rosalinda Pacheco

Maria Antonieta Avallone: Milagrinho

Joel de la Rosa: Motorista Matias

Hans Schiffer: Guavino

Wilmer Ramírez: Chucho

Elizabeth López: Ivonne

David Bermudez: Cido

Henry Galue: Diego Ley

Francisco Ferrari: Jesus Rivas

Alberto Marín: Toneco

Chumico Romero: Lázaro

Barbara Mosquera: Peruca

Carmen Julia Álvarez: Estella di Salvatorri

Zoe Ducos: Fiorella di Salvatorri

Daniela Alvarado: Martina Gallardo

Juan Carlos Vivas: Daniel


INTRODUÇÃO

A mulher proibida é uma bela história de um amor impossível entre duas pessoas que se amam profundamente. Amor, esperança, paixão, ciúmes e intrigas, serão os ingredientes desta grande novela, que marcam sua forte e realista história dentro dos mais belos cenários de Venezuela e Espanha.


RESUMO

Irene Rivas é uma jovem muda de vinte e seis anos que, irremediavelmente, para salvar seu pai da prisão, tem que se casar com um homem que ela não quer, Germano Gallardo, um homem autoritário, poderoso e arrogante, nada em comum com o grande amor de Irene, Carlos Luis.

Germano Gallardo ameaça colocar injustamente na cadeia o pai de Irene caso ela se recuse a se casar con ele. Esse é o drama em que se encontra a bela e muda jovem ao voltar de sua viajem a Espanha onde havia conhecido Carlos Luis, o homem de sua vida.

Irene trata de encontrar a felicidade de todas as formas, mas descobre vários secredos de seu passado que a podem destruir para sempre. Ela vive um destino cruel e contra o que deverá lutar sem descanso para conseguir sua felicidade.

Irene vê destruídas suas ilusões de realizar uma vida feliz junto a seu novo amor. Sabe que o futuro de seu pai está nas mão desse perverso personagem que há anos vem prejudicando sua família. No passado esteve apaixonado pela mãe de Irene e sem esperanças de ser correspondido, a deixou louca e fez todos acreditarem que ela havia morrido.

Mas o pesadelo de Irene é ainda mais doloroso quando depois de seu casamento sem amor, descobre que Carlos Luis, o homem a quem realmente pertence seu coração, é filho de seu marido, Germano Gallardo.

Ambos os jovens deverão agora lutar contra vento e maré para ver seu romântico e apaixonado amor virar realidade e alcançar a felicidade que merecem.

Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

Unknown disse...

Parabéns por esta iniciativa! Muito legal ver tantas novelas catalogadas, inclusive com elenco de dublagem! Obrigada! Nesta novela, A Mulher Proibida, eu dublei a Irene. A própria mulher proibida! rsss. Beijim

Andy Pereira disse...

"A Mulher Proibida" foi exibida pela Rede Mulher em 1998. Em 1991, a Rede Mulher nem sequer existia (a mesma só entraria no ar em 1994).