...

sexta-feira, 12 de março de 2010

Chispita


NOME ORIGINAL
Chispita

ESCRITORES
Carlos Romero e Lucía Carmen (Baseados na obra de Abel Santacruz)

PRODUTOR
Valentín Pimstein

PAÍS DE ORIGEM
México

NÚMERO DE EPISÓDIOS
200

ANO DE GRAVAÇÃO
1982

ANO DE ESTREIA NO BRASIL
1984 / 1997

EMISSORA
SBT / Rede CNT - Gazeta

TEMA DE ABERTURA
Anjo bom

INTÉRPRETE
Sarah Regina

Corre no ar uma vibração,
que não dá pra explicar, que não tem versão,
atravessa o mar, chega a outra nação,
parece a cor que faz brilhar um gesto de amor.

A criança é quem diz se o mundo é feliz!
Um anjo bom, peralta,
no coração, faz falta,
com um anjinho ao redor,
tudo fica melhor.

Um anjo bom, peralta,
no coração, faz falta,
com um anjinho ao redor,
tudo fica melhor…

Corre no ar uma vibração,
que não dá pra explicar, que não tem versão,
atravessa o mar, chega a outra nação,
parece a cor que faz brilhar um gesto de amor.

A criança é quem diz se o mundo é feliz!
Um anjo bom, peralta,
no coração, faz falta.

Um anjo bom, peralta,
no coração, faz falta.

Um anjo bom, peralta,
no coração, faz falta.

Um anjo bom, peralta,
no coração, faz falta.

TEMA DE ENCERRAMENTO
A família

INTÉRPRETE
Sarah Regina e Turminha levada da breca

Lá, lá, lá, lá, lá, lá,
lá, lá, lá, lá, lá, lá,
lá, lá, lá, lá, lá, lá…

Um, dois, três, quatro,
turminha sapeca levada da breca,
essa é minha família.

A família, a família, mãe de todos, grande filha,
a família, lha, a família, lha, mãe de todos, grande filha, lha.

Como é gostoso sentir que tenho pra onde voltar,
que tenho de onde partir, que este é o meu lugar.

Papaizinho, me compra um brinquedo? (agora descansa),
mamãezinha, eu quero papá (ai, já vai querida),
hoje eu durmo mais cedo (prometem?)
pra amanhã mais cedo acordar.

A família, a família, meu encanto, maravilha,
a família, lha, a família, lha, meu encanto, maravilha, lha.

Às vezes um berro no ouvido,
um tapinha no meu bumbum (tem que ser corrigido!),
então eu choro sentido (não filho)
e mamãe não dá mais nenhum (ah é, é?)

Mas quando a gente se abraça, sente a força do criador.
Nos vem do céu essa graça, a família o berço do amor.

A família, a família, meu recanto, minha ilha,
a família, lha, a família, lha, meu recanto, minha ilha, lha.

Como é gostoso sentir que tenho pra onde voltar,
que tenho de onde partir, que este é o meu lugar.

Papaizinho, me compra um brinquedo,
mamãezinha, eu quero papá,
hoje eu durmo mais cedo,
pra amanhã mais cedo acordar.

A família, a família, mãe de todos, grande filha,
a família, lha, a família, lha, mãe de todos, grande filha, lha.

A família, a família, mãe de todos, grande filha,
a família, lha, a família, lha, mãe de todos, grande filha, lha.

A família, a família, mãe de todos, grande filha,
a família, lha, a família, lha, mãe de todos, grande filha, lha.

A família, a família, mãe de todos, grande filha…


ELENCO

Lucero Hogaza: Isabel "Chispita"

Enrique Lizalde: Alexandre de la Mora

Angélica Aragón: Maria Luisa / Lúcia

Roxana Chávez: Olga

Aurora Clavel: Flora

Elsa Cárdenas: Irmã Socorro

Leonardo Daniel: João Carlos

Alma Delfina: Glória

Josefina Escobedo: Diretora

Rogelio Guerra: Estevão

Javier Herranz: Bráulio

Manuel López Ochoa: José

Alberto Mayagoitia: Anjo guardião

Inés Morales: Pilar

Beatriz Moreno: Lola

Nailea Norvind: Sarita

Renata Flores: Irene

Marta Resnikoff: Alicia

Roberto Sosa: Pecas

Gastón Tuset: Padre Eugênio

Usi Velasco: Lili

Jorge Victoria: Benito

Aurora Cortés: Jesusa

Samuel Molina: Rogério

Hilda Aguirre: Tia Beatriz

Lorena Rivero: Mabel

Marco Muñoz: Doutor Torres


INTRODUÇÃO

Chispita é um remake da telenovela argentina Andrea Celeste produzida em 1979 e estrelada por Andrea del Boca, Raul Taibo e Ana Maria Picchio.

Em 1996, a Televisa fez um remake da telenovela que é intitulada Luz Clarita, com Daniela Luján, Ximena Sariñana e César Évora.


RESUMO

Esta telenovela conta a historia de Isabel, uma menina muito carismática, carinhosa e possuidora de uma energia muito particular, pelo que todos a chamam Chispita. Ela vive, em um colégio de freiras, junto a sua avó, que ai trabalha como cozinheira.

Lamentavelmente, a avó de Chispita falece, sem antes lhe contar que ela não é órfã, o que a menina havia acreditado ser até esse momento, já que sua mãe vive em algum lugar do México.

Pouco depois de morrer a avó de Isabel, a diretora do colégio se vê na obrigação de contratar uma nova cozinheira, para substituir a falecida avó da menina, e é assim como chega uma doce mulher chamada Lúcia, porém enigmática. Que não é nada mais que a mãe de Chispita, mas que, devido ao acidente de automóvel, em que faleceu seu marido, sofre de amnésia. Ela, junto a Lola, outra das cozinheiras, e a irmã Socorro se tornam as melhores amigas da menina no colégio.

Enquanto isso, em outro lugar da cidade, na residência do viúvo Alexandre de la Mora, sua filha Lili, que é a mais nova, continua com seus problemas de comportamento, que começaram no dia em que morreu sua mãe. Estes problemas se acentuam ainda mais, como consequência das más ideais que sua tutora Irene sempre colocam em sua cabeça. Irene é uma mulher amarga e autoritária.

Alexandre também tem outro filho mais velho, João Carlos, um jovem de bons sentimentos, que estuda medicina. O rapaz, por sua vez, está namorando com Olga , uma moça orgulhosa e caprichosa, que é, por sua vez, filha de Pilar, a noiva de seu pai.

Alexandre, sem saber, despertou o amor em outra jovem que está próxima a ele: Gloria, a empregada de sua casa, que, é também sobrinha de Flora, a cozinheira da família de Alexandre de la Mora.

Acontece que, através do Padre Eugênio, que é amigo e guia espiritual de Alexandre e seus filhos, é que Chispita, aos dez anos, chega até esse lar, pois o Padre pensou que se Lili tivesse ao seu lado outra menina de sua idade e conhecendo as características de Isabel, poderia mudar seu comportamento, o que, infelizmente não acontece, já que desde que Chispita chega à residência de Alexandre de la Mora, é rejeitada por Lili, que, seguindo os conselhos de Irene, a faz vítima de humilhações e desprezo.

Por sorte, os demais moradores da casa, a recebem muito bem, em particular Flora e Glória, com quem a menina acaba dividindo o quarto. E é, precisamente aí, onde nasce uma grande amizade entre ambas, ao passo de Gloria fazer de Isabel sua confidente, lhe contando seus sentimentos por João Carlos. A menina, por sua vez, se valendo do afeto e simpatia que lhe demonstra também o rapaz, faz com que ele veja o boa e bonita que é Glória, o que faz com que ele comece a suspeitar.

No entanto, apesar de Chispita estar muito bem instalada na residência de Alexandre, não deixa de pensar em sua mãe, a que anseia em poder encontrar algum dia. A menina pede ao Padre Eugênio que, por favor, faça todo o possível para encontrar sua mãe. Pedido este que faz com que o sacerdote inicie assim uma busca que, aos poucos, se torna muito difícil, ao ver que não possui informações sobre a mãe de Isabel.

Enquanto isso, Alexandre conhece Lúcia, nascendo entre ambos uma forte atração desde o primeiro momento, o que faz com que ele faça visitas frequentes ao colégio de freiras, do qual é um dos principais benfeitores.

Esta situação não passa despercebida por Pilar, que procura Lúcia, para lhe humilhar, lhe dizendo que Alexandre nunca poderia ficar com ela seriamente, já que ela era pouca coisa para um homem naquela condição social.

Por sua vez, José, que entrega as frutas e verduras no colégio de freiras, também começa a sentir ciúmes pelo que acontece entre Alexandre e Lúcia, já que ele vê, nesta última, a mulher ideal, com quem gostaria de formar uma família.

No entanto, João Carlos começa a esse apaixonar por Glória, o que faz com que Irene, ao perceber este fato, comece a hostilizar a mocinha constantemente, fazendo com que ela veja que, por ser uma simples empregada, nunca poderá ser aceita pela família do rapaz.

Alexandre, ao ver que o interesse por Lúcia aumenta cada vez mais, decide pedi-la em casamento, sem antes romper seu compromisso com Pilar, que, posteriormente, sofre um acidente de automóvel, situação que a mulher aproveita para fingir uma invalidez, a fim de recuperar Alexandre, o que consegue finalmente, lhe pedindo , ademais, que se casem o antes possível, obrigando Alexandre dizer que sim.

Lúcia, ao ver que Alexandre volta com Pilar, decide afastar-se do colégio, refugiando-se na casa de sua amiga Cristina, que a acolhe com muito afeto. A fuga de Lúcia é aproveitada por Pilar, que não perde a oportunidade para insinuar que ela fugiu porque tinha mais alguém.

A busca empreendida pelo Padre Eugênio começa a dar resultados, pois ele encontra Bertha, que diz ser irmã da mãe de Isabel, e que mostra, desde o princípio, interesse em levar a menina para morar com ela, o que, definitivamente, não se concretiza, apesar do grande carinho que nasce entre ambas.

Por sua vez, Chispita, decide se afastar da casa de Alexandre, depois de ter uma conversa com Irene, que a acusa de haver roubado o amor que havia entre Alexandre e Lili, como também de ser uma mal-agradecida.

A menina, então, decide falar com José pelo telefone, para lhe pedir sua ajuda, e este prontamente aceita o pedido, sem antes saber os verdadeiros motivos da fuga de Isabel.

Após o escândalo, a menina fala ao telefone com Padre Eugênio, altas horas da noite, para lhe avisar que está na casa de um amigo, o que preocupa a todos no colégio e na residência de Alexandre.

Entretanto, na casa de sua amiga, Lúcia, começa a recordar, lentamente, seu passado e diz para sua amiga Cristina que se recordou da capela onde sua filha foi batizada.

José, ao ver a preocupação causada pela desaparição de Isabel, revela seu paradeiro. A menina retorna à casa de Alexandre, onde é recebida com grandes demonstrações de carinho, inclusive de Lili, que começa, lentamente, ignorar Irene e manifestar afeto e simpatia por Chispita.

Alexandre, descobre o paradeiro de Lúcia, mas ela se nega a falar com ele, o que é aproveitado por José, que decide propor matrimonio à Lúcia, e ela acaba por aceitar. José, começa fazer planos para que, uma vez casado com Lúcia, eles possam adotar Isabel.

Uma amiga de Pilar, que, a fim de se vingar, conta à Alexandre que sua invalidez é fingida, situação que esta que ele não tarda em descobrir, dando por terminado assim o compromisso entre ambos.

Alexandre tenta novamente falar com Lúcia, mas tudo é inútil, já que ela já está comprometida com José, que, por sua vez, começa a suspeitar que Isabel poderia ser a filha de Lúcia, e decide investigar.

Durante o casamento de Lola, que acaba se casando com Rogério, motorista de Alexandre, a tia de Chispita consegue ver, de longe, Lúcia e diz a todos que sua irmã Maria Luisa (o verdadeiro nome de Lúcia) estava muito perto dali.

José decide terminar seu compromisso com Lúcia ao se dar conta que o verdadeiro amor dela é Alexandre. Lúcia, entretanto, recupera a memória e descobre que Chispita é sua filha, o que acaba por confirmar depois de se reencontrar com sua irmã Bertha, que, antes de viajar para os Estados Unidos, pede à menina que se apresente à essa senhora que tanto a ama.

Alexandre, por sua vez, confirma que Lúcia e Isabel são mãe e filha, e ambas acabam se reencontrando. Depois deste emotivo reencontro, Alexandre pede à Lúcia que seja sua esposa, e ela responde que sim.
João Carlos termina com Olga e pede à Glória que se case con ele, pedido que a moça aceita imediatamente. Seu sonho se torna realidade.

Irene pede perdão à Chispita e a Glória por seu mal proceder com as duas. Lili, agora, está feliz, pois terá uma nova mãe e uma irmã.

Alexandre e Lúcia combinam de se fazer um casamento duplo, juntamente com João Carlos e Glória, casamentos estes que são abençoados pelo Padre Eugênio.

Finalmente, Chispita tem sua madre e uma família que ela tanto desejou em seus sonhos.


CURIOSIDADES

Esta foi a primeira telenovela de Lucero que estrelou como um personagem principal.

No Brasil, Chispita teve sete reprises, sendo a última no ano de 1996.

Um fato curioso é que a abertura da novela era muito semelhante à abertura de Pai heroi, novela exibida anteriormente pela Rede Globo entre janeiro e agosto de 1979, no horário das 20 horas. Nos dois casos, era a montagem de um quebra-cabeças, cuja gravura era uma criança em um bosque. Ao final, sempre faltava a peça que representa a figura do pai ou da mãe. Havia ainda, nos dois casos, créditos em ângulos.


COMENTÁRIOS

Em 1982, Valentín Pimstein produziria Chispita, aproveitando o talento, a graça e a beleza de uma das participantes do programa "Chiquilladas", Lucerito, onde um grupo de talentosas crianças parodiavam as figuras adultas da televisão.

Em Chispita, uma menina de grandes tranças buscava sua mãe e ajudava aos demais a encontrar a felicidade com a colaboração de personagens imaginários. Primeiro triunfo de Lucero em telenovelas.

Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário: