sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Para Ver-te Melhor: Record adquire telenovela venezuelana para exibição na África


No ar desde agosto pela TV Miramar, canal moçambicano de sinal aberto pertencente ao conglomerado brasileiro Grupo Record de Televisão, a telenovela venezuelana Para Ver-te Melhor (Para Verte Mejor) chegou às telas do país africano com uma proposta distinta da programação generalista veiculada pela emissora.

Produção original da Venevision, lançada em 2017 e distribuída internacionalmente pela companhia Cisneros Media, Para Ver-te Melhor é de autoria de Mónica Montañés e nasceu com a premissa inovadora de ser uma telenovela seriada, gênero onde uma mesma história pode ser dividida em várias temporadas, para ser exibida tanto como uma telenovela ou como uma série.

Em Para Ver-te Melhor, um edifício, seis apartamentos, uma cobertura, um porteiro e muitas histórias de amor se conectam entre si. Os telespectadores podem ver como são suas vidas particulares, através de uma presença invisível, observando a partir da janela, escutando suas conversas e compartilhando suas alegrias, tristezas, vitórias e derrotas. 

José Ramon Barreto e Michelle de Andrade
A luso-venezuelana Michelle de Andrade e o ator venezuelano José Ramón Barreto protagonizam a trama, onde há vários pares com amores impossíveis convivem neste mesmo edifício, e onde um vilão, que todos acreditam ser santo, converterá as suas vidas, já complicadas, num verdadeiro pesadelo.

A história tem início no dia em que os personagens se mudam todos ao mesmo tempo para um edifício, todos cheios de ilusões, medos e segredos, e nem imaginam o perigo que correm ao terem se mudado para o edifício. Todos são muito diferentes, mas unidos a um personagem: Onofre (Luis Gerónimo Abreu), que se mostra como um tipo encantador, um santo vizinho que na realidade é um criminoso, golpista e assassino. Põe câmera em todos os apartamentos para manipular seus vizinhos como fantoche.

Com muito romance, senso de humor e um toque muito forte de suspense e até de pânico, Para Ver-te Melhor ainda aborda assuntos como a negligência médica, o cuidado com os animais e o empoderamento da mulher, temas que dão forças ao enredo da telenovela.

No elenco, atuam conhecidos nomes da teledramaturgia internacional, como Sonia Villamizar, Dora Mazzone, Aroldo Betancourt, María Antonieta Duque, Rafael Romero, Eulalia Siso, Félix Loreto, Patricia Schwarzgruber, Adrián Delgado e muitos outros.

Criada em 1998, a TV Miramar é considerada a televisão em sinal aberto mais assistida em Moçambique, segundo os estudos de audiência fornecidos pelo mercado. O canal possui cobertura em todo o Moçambique via satélite, em sinal aberto UHF e também através das operadoras DStv, TV Cabo, GOtv e Startimes. Já para outros países do continente africano, como Angola, África do Sul, Uganda, Ghana e Cabo Verde, apenas através da DStv, além da transmissão online.

Para Ver-te Melhor é exibida de segunda a sábado, às 21h, dublada em português. A programação da emissora ainda contempla produções brasileiras, como Bela, a Feia, Topíssima e A Escrava Isaura, além de programas de conteúdo jornalístico, infantis e de entretenimento.

Boom TV anuncia a estreia de N° 309


Mais uma telenovela de sucesso chega até Angola e Moçambique através da Boom TV! O canal, distribuído na África pela programadora Box Brazil, em parceria com a Seven TV International, leva ao ar a partir do próximo dia 30 de setembro a comédia romântica Nº 309, uma história divertida e envolvente, produzida pela Gold Film e transmitida originalmente pela Fox Turquia, entre 2016 e 2017, em duas temporadas.

Em N° 309, Demet Özdemir e Furkan Palalı, dão vida a Lale e Onur, um casal de estranhos que, por pura coincidência, se encontram no mesmo local devido a um encontro às cegas organizado por suas mães, e durante a manhã seguinte, se encontram na mesma cama do quarto N° 309 de um hotel.

Onur é um jovem rapaz proveniente de uma família rica. Herdeiro de um negócio familiar junto de seu sobrinho Erol (Cihan Ercan), os dois aproveitam suas vidas de solteiro e não pensam em se casar tão logo. No entanto, seus planos para o futuro mudam completamente quando seu avô falece. Em seu testamento, ele declara que aquele que se casar primeiro e tiver bebê, será o escolhido para herdar o negócio da família.

Depois desta carta, Onur e Erol se encontram em caminhos diferentes. Seus pais começam a obrigá-los a encontrar alguém e se casar rapidamente, para que possam receber toda a herança. Para isso, tratam de escolher suas noras no círculo da alta sociedade e agendam encontros com algumas pretendentes. Por outro lado, está Lale, uma jovem ingênua e bonita, filha de uma família humilde. Lale trabalha com a mãe e a irmã em sua loja de flores e suporta a pressão da mãe para um casamento, embora não consiga esquecer a traição de seu ex-namorado.

Este é o motivo pelo qual Onur chega ao local indicado para conhecer uma garota que sua mãe arranjou e Lale vai ao mesmo lugar para encontrar um rapaz cujo nome também é Onur. Acidentalmente, Lale se senta na mesa de Onur supondo que ele seja o médico que sua mãe escolheu. Eles ficam completamente bêbados e perdem o controle. Depois de uma noitada, logo pela manhã se encontram no mesmo quarto N° 309, acham que não tiveram relações e tentam esquecer tudo sobre aquela noite.

O tempo passa e, três meses depois, Onur fica noivo de Pelinsu (İrem Helvacıoğlu), embora não esteja apaixonado. Enquanto isso, Lale, que está grávida, se encontra em uma difícil situação, pois não sabe nada sobre o pai da criança. Por sorte, vê a foto da cerimônia de noivado de Onur no jornal e consegue encontrá-lo. Sob a pressão da mãe, ela vai ao trabalho de Onur e explica que está grávida, diante da reação de Onur, que não acredita na sinceridade de Lale, pois acha que ela é uma aproveitadora. Agora, os dois terão que se entender e consertar este erro se quiserem continuar juntos. 

N° 309 chega à programação da Boom TV em substituição ao drama turco Asas do Amor, com transmissão exclusiva para Angola (14h55) e Moçambique (15h55), dublada em português.

Força de Viver estreia na ZAP Novelas


Conhecido originalmente como Elimi Bırakma, chega à ZAP Novelas nesta sexta-feira (13) o drama turco Força de Viver, produção da Üs Yapım, lançada na Turquia em 2018 e ainda em exibição pelo canal público TRT 1. Inspirada no drama coreano Shining Inheritance, Força de Viver reúne os atores Alina Boz e Alp Navruz em um romance que tem conquistado diversos territórios ao redor do mundo, tendo sido adquirida por mais de 20 países e dublada em vários idiomas.

A atração conta a história de amor entre Azra (Alina Boz) e Cenk (Alp Navruz). Ela, uma jovem rica, porém à beira da ruína, e cuja vida tem sido cheia de tragédias; ele, um típico filho mimado de família rica, que se culpa pela morte do pai e age como um rapaz irresponsável, se recusando a assumir os negócios da família e viver a vida tradicional que sua dominante avó tenta lhe impor.

A vida dessas duas personagens se cruza de maneira insólita, primeiramente, em um voo dos Estados Unidos a Turquia, quando Azra se incomoda com o volume do fone de ouvidos de Cenk, sentado ao seu lado. Posteriormente, já no aeroporto, uma troca equivocada de malas faz com que o casal volte a se encontrar mais tarde.

Azra retorna de férias à sua cidade natal depois de estudar nos Estados Unidos em uma escola de culinária, para se tornar uma chef, assim como o seu pai. Quando ele morre às vésperas do aniversário, em circunstâncias suspeitas em um incêndio que atinge o restaurante da família, o mundo de Azra entra em colapso. Agora, ela é o único apoio da família, já que sua madrasta, Sumru (Dolunay Soysert), tem outros planos e ambições em mente e esses não incluem Azra, nem Mert (Yiğit Kaan Yazıcı), seu irmão mais novo, que é autista.

Cenk é o jovem neto da renomada empresária Feride Celen (Seray Gözler) e também retorna à Turquia após ter sido expulso da faculdade nos Estados Unidos por mau comportamento. Sua avó, uma mulher madura e dona de uma rede de restaurantes, mantém um adequado equilíbrio entre o trabalho e sua família. Embora tenha perdido o filho muito cedo, ainda está com ele através do neto, em quem deposita grandes expectativas para que tome conta do legado familiar.

Aquele encontro acidental de Azra e Cenk terá um grande impacto na vida de ambos quando o destino tratar de levá-los ao mesmo caminho. Após a perda repentina do pai e o desamparo da madrasta, Azra vai parar na rua sem dinheiro, sem refúgio e com o irmão desaparecido. Certo dia, enquanto procura por seu irmão, conhece a senhora Feride. Ao sentir uma grande estima por Azra e seu modo de ser, Feride lhe faz uma oferta incrível e decide nomeá-la sua única herdeira.

A partir daí, os caminhos de Azra e Cenk se cruzam novamente e um forte sentimento surge entre os dois, já que um precisa do outro para que consigam superar suas perdas. Segurando a mão um do outro, eles vivem em amor absoluto, um amor tão profundo que nenhum dos dois é capaz de ver a sombra que em breve começa a se aproximar de seu relacionamento.

Azra, Cenk e Feride precisam de uma mão para segurá-los. A perda marca a vida dos três e, às vezes, é preciso perder tudo para começar a viver.

Força de Viver é distribuída internacionalmente pela companhia Mistco sob o título de Hold My Hand. Sua estreia na ZAP Novelas acontece amanhã, dublada em português brasileiro, com exclusividade para Angola (20h) e Moçambique (21h), em substituição à trama brasileira Gabriela.

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Boom TV anuncia a estreia de A Tempestade

Protagonizada pelo cubano William Levy e pela modelo mexicana Ximena Navarrete, A Tempestade (La Tempestad), volta às telinhas de Angola e Moçambique, desta vez, através da Boom TV, canal programado pela Box Brazil, em parceria com a Seven TV International, com transmissão exclusiva para África.

Em 122 capítulos, o folhetim assinado pelo produtor Salvador Mejía e baseado na telenovela colombiana La Tormenta (2005), conta a história de amor entre Marina Reverte (Ximena Navarrete) e Damian Fabré (William Levy), dois jovens que lutam por seu amor em um cenário rodeado por belas paisagens à beira-mar. 

Lançada em 2013, A Tempestade traz um elenco de peso, com destaque para nomes como Iván Sánchez, César Évora, Daniela Romo, Manuel Ojeda, María Sorté, Nora Salinas, Laura Carmine, Mariana Seoane, Luis Manuel Ávila, Alejandro Ibarra, Alfonso Iturralde, Roberto Blandón, Lucero Lander e muitos outros.

A atração chega à tela da Boom TV já no dia 26 de agosto, com exclusividade para Angola, às 16h45, e Moçambique, às 17h45, em substituição ao drama turco Minha Vida (O Hayat Benim), que, assim como no Brasil, encerra temporariamente sua exibição ao final da segunda temporada.

Atualmente, a Boom TV também transmite a trama portuguesa Jardins Proibidos, a reprise da mexicana Prisioneiros do Amor (Amores Verdaderos) e as turcas Asas do Amor (Bana Sevmeyi Anlat) e Novamente Apaixonados (Aşk Yeniden), dubladas em português.


SINOPSE

William Levy e Ximena Navarrete
Marina Reverte trabalha como gerente em um hotel, do qual é despedida quando denuncia ao importante empresário Ernesto Contreras (Manuel Ojeda), por tentativa de abuso sexual contra uma empregada. Ele jura se vingar dela.

Como se não bastasse, Marina recebe a dolorosa notícia de que sua mãe, Beatriz Reverte (María Sorté), padece de uma doença que põe em risco sua saúde e que a obriga a guardar constante repouso; e inclusive a mudar de residência por recomendação médica.

Paralelamente, no povoado de Nossa Senhora do Mar, Damian Fabré, um simpático jovem, capitão e proprietário de um barco pesqueiro chamado “A Tempestade”, trabalha fornecendo mercadoria para uma fábrica de conservas marinhas, chamada Netuno.

Esterzinha (Laura Carmine), a filha do prefeito do povoado, está obcecada por Damian; que não corresponde aos seus encantos, mas, finalmente, Damian cede, e ela consegue que ele a seduza.

Mercedes Artigas (Daniela Romo), uma elegante e misteriosa mulher, oferece a Marina o controle econômico e financeiro da empresa Netuno, oportunidade que aceita de imediato, já que não tem trabalho e que sua mãe precisa viver em um lugar tranquilo. É assim que Marina chega ao povoado, onde conhece Damian.

Mercedes, na realidade, é a mãe biológica de Marina. Em sua juventude ficou grávida e se viu à mercê de Ernesto Contreras, que lhe tomou sua outra filha gêmea, Madalena (Ximena Navarrete). Mercedes acumulou uma fortuna, com a qual também adquiriu o respeito dos mais próximos e o poder necessário para enfrentar seus inimigos. Mercedes dedicou sua vida tentando recuperar suas filhas e, para isso, teve que se envolver com gente do mundo do crime, do tráfico de pessoas, tornando-se “A rainha da noite”, cuja personalidade lhe permitiu salvar muitas jovens.

Em seu primeiro encontro na empresa Netuno, Marina se apresenta diante de Damian com arrogância, tratando-o como um empregado qualquer; por sua parte, Damian a ignora e se apresenta diante dela com toda sua autoridade. Marina, furiosa e sentindo-se humilhada, decide romper o contrato com ele. Olinto (Luis Manuel Ávila), o administrador, lhe explica que o contrato com o capitão não pode ser desfeito.

No povoado, Marina se encontra com Hernán Saldaña (Iván Sánchez), um antigo companheiro de escola, que, agora, é um poderoso empresário. Hernán trabalha com uma máfia que se dedica ao sequestro e tráfico de pessoas, especialmente mulheres, as quais destinam à prostituição. Fulgêncio (César Évora), o prefeito, é seu aliado. Hernán lhe ordena que destrua tanto a fábrica como o barco de Damian, pois dessa maneira eliminarão obstáculos.

Marina não imagina que Hernán está detrás dos ataques à fábrica, o que ocasiona perdas consideráveis, assim, Marina e Damian se veem obrigados a dar uma trégua para poder unir esforços; é quando reconhecem que se estão se apaixonando.


Confira a chamada de estreia de A Tempestade, na Boom TV:


sábado, 10 de agosto de 2019

TLN Network anuncia a estreia de A Cor da Paixão


Programada para substituir O Que a Vida me Roubou a partir do próximo dia 26 de agosto, chega ao TLN Network A Cor da Paixão (El Color de la Pasión), mais um folhetim inédito no Brasil, que, agora, poderá acompanhar a história produzida por Roberto Gómez Fernández para a Televisa através da Guigo TV, a primeira televisão por assinatura via internet legalizada no país.

História original de José Cuauhtémoc Blanco e María del Carmen Peña, A Cor da Paixão foi lançada em 2014 e trouxe como protagonistas os atores Esmeralda Pimentel, em sua estreia como protagonista, ao lado de Erick Elías, e que marcou o retorno de Claudia Ramírez à Televisa, após alguns anos de ausência.

Dividida em duas fases, A Cor da Paixão tem início 24 anos atrás, na cidade de Puebla, no México, onde paira uma maldição familiar em torno da vida de três irmãs com diferentes características, Adriana (Ariadne Díaz), Madalena (Ana Isabel Torre) e Rebeca (Michelle Renaud), órfãs de pai e mãe. Neste lar, o ódio e a maldade acabam se impondo e se prolongam até uma seguinte geração, na qual somente o amor poderá salvá-los de uma desgraça maior.

Adriana é casada com Alonso Gaxiola (Horacio Pancheri), dono de uma fábrica de cerâmica, e suas duas irmãs vivem com eles. O casal tem um matrimônio sólido, onde tudo parece maravilhoso, porque não se dão conta que Rebeca é uma mulher caprichosa e mal-intencionada, mas com a inteligência suficiente para passar a perna em todos, como um verdadeiro anjo disfarçado; somente Madalena conhece os defeitos de sua irmã mais nova e suspeita de suas intenções.

Rebeca sempre esteve secretamente apaixonada por Alonso e, por isso, inveja Adriana profundamente; esse sentimento torna-se ódio ao descobrir que muito em breve sua irmã se tornará mãe. Por sua parte, Madalena vive uma tragédia, pois seu noivo desaparece no dia de seu casamento. Sem poder enfrentar a situação, se reclui em um convento.

Alguns dias após a partida de Madalena à capital, Alonso viaja ao exterior para fechar um contrato e exportar seus produtos; neste período, o destino de Alonso e Adriana mudará para sempre; ela sofre um acidente e somente sua bebê se salva. Após a tragédia, Alonso se apoia em sua única filha, Lúcia, como único consolo e Rebeca se aproveita da situação.

Erick Elías e Esmeralda Pimentel
A história avança 24 anos. Alonso (René Strickler) e Rebeca (Claudia Ramírez) estão casados. Ela tornou-se uma verdadeira mãe para Lúcia (Esmeralda Pimentel), e não somente isso, também é a melhor esposa do mundo, uma verdadeira dama. O casal tem uma segunda filha, Nora (Ximena Romo), de 22 anos; ela é frívola, caprichosa e manipuladora, igual sua mãe.

Rebeca está cheia de frustrações, pois sabe que nunca terá o amor completo de Alonso, o que a faz viver relações extraconjugais, o que só aumenta sua solidão. Após humilhar um de seus amantes, este se suicida e ela pretende retomar sua vida como se nada tivesse acontecido, no entanto, não leva em consideração que a família dele, principalmente seu irmão Marcelo (Erick Elías), quer esclarecer o assunto.

Marcelo se muda a Puebla e não tarda muito em averiguar que no seio da família Gaxiola Murillo descobrirá o segredo que está detrás da morte de seu irmão. Com seu desejo de vingança, habilmente se relaciona com eles e, sem se dar conta, vai se apaixonando por Lúcia, que primeiramente o rejeita, e pouco a pouco vai aceitando.

As intrigas e problemas continuam e os mal-entendidos também; o passado parece retornar e envolver o presente. As tragédias são o pão de cada dia nesta família, onde o oculto, como costuma acontecer, vai saindo à luz.

O elenco de A Cor da Paixão integra ainda grandes nomes da teledramaturgia mexicana, como Helena Rojo, Nuria Bages, Eugenia Cauduro, Isaura Espinoza, Arcelia Ramírez, Patricia Reyes Spíndola, Angelina Peláez, Roberto Blandón, Moisés Arizmendi, Luis Gatica, Pablo Valentín, Luis Couturier, Rafael Inclán, Eduardo España, Arturo Vázquez, Luis Fernando Peña, Javier Jattin e muitos outros.

Dublada em português e com capítulos exibidos na íntegra, A Cor da Paixão estreia dia 26 de agosto e se une à atual programação do canal TLN Network, que conta também com as telenovelas Amores Verdadeiros, inédita no Brasil; Abraça-me Muito Forte; Poucas, Poucas Pulgas; Cuidado com o Anjo e as últimas semanas de O Que a Vida me Roubou, todas dubladas em português e transmitidas 24 horas por dia.


quinta-feira, 25 de julho de 2019

Os dubladores de Ouro Verde



Reconhecida pelo Emmy Internacional como a melhor telenovela em 2018, a trama portuguesa Ouro Verde, produzida pela Plural Entertainment originalmente para o canal TVI de Portugal, foi ao ar de janeiro a outubro de 2017, conquistando o título de telenovela mais vista da TVI dos últimos tempos. Assinada pelo produtor José Zetré e pela autora Maria João Costa, a história livremente inspirada no romance francês O Conde de Montecristo, escrito por Alexandre Dumas, é ambientada em Portugal e no Brasil e apresenta os atores Diogo Morgado, Joana de Verona, Luís Esparteiro e Sílvia Pfeifer no eixo de um drama familiar desencadeado após o assassinato de uma família, alvo de um banqueiro ambicioso e implacável, e de um jovem que consegue se salvar, muda de identidade, de país e se torna fazendeiro e agora se divide entre o amor pela filha do seu algoz e um plano de vingança. Recém-lançada no Brasil, pela Band, Ouro Verde ganhou tema de abertura e vozes diferentes para sua exibição nacional. Para melhor compreensão do público, os diálogos de atores portugueses foram dublados para o português brasileiro, devido à variação linguística entre os dois países e ao sotaque do português lusitano. Ainda assim, alguns atores brasileiros também ganharam novas vozes, como resultado de uma adaptação dos diálogos para o contexto da história. A versão dublada é uma produção dos estúdios da Universal Cinergia Dubbing, realizada em São Paulo sob a direção artística de Luciene Andreotti e Ricardo Vasconcelos. Na sequência, conheça os nomes dos principais dubladores que Ouro Verde.


Felipe Zilse: Diogo Morgado (José Maria Magalhães / Jorge Monforte)

Priscila Franco: Joana de Verona (Bia Ferreira da Fonseca)

Armando Tiraboschi: Luís Esparteiro (Miguel Ferreira da Fonseca)

Adriana Pissardini: Sílvia Pfeifer (Mônica Brandão Ferreira da Fonseca)

Lucas Gama: Pedro Carvalho (Tomás Ferreira da Fonseca)

Bruno Marçal: Rodrigo Paganelli (Salvador Ferreira da Fonseca)

Alexandre Marconato: Nuno Pardal (Antônio Ferreira da Fonseca)

Angélica Santos: Dina Félix da Costa (Rita Ferreira da Fonseca)

Carlos Campanille: Rui Mendes (José Ferreira da Fonseca)

Flora Paulita: Mónica Duarte (Mafalda Ferreira da Fonseca)

Dlaígelles Riba: Adriano Toloza (Eduardo “Edu”)

Alessandra Merz: Ana Sofia Martins (Vera Andrade)

Priscila Ferreira: Sofia Escobar (Inês Santiago)

Michel Di Fiori: Fernando Pires (Gonçalo Santiago)

Luiz Carlos de Moraes: Gracindo Júnior (Januário Cavalcantti)

Luiz Antônio Lobue: Nuno Homem de Sá (Otelo Monteiro)

Isabel de Sá: Manuela Couto (Amanda Nascimento)

Marcelo Pissardini: José Wallenstein (Joaquim Fernandes)

Cecília Lemes: Sofia Nicholson (Judite Sampaio)

André Sauer: Vitor D’Andrade (Lúcio Sampaio)

Amazyles de Almeida: Sofia Grillo (Paula Sampaio)

Kandy Kathy Ricci: Mafalda Marafusta (Cátia Sampaio)

Felipe Grinnan: Pedro Hossi (Hadjalmar “Hadja” Andrade)

Márcia Regina: Susana Arrais (Jéssica Andrade)

Gabriela Milani: Daniela Melchior (Cláudia Andrade)

Gabriel Noya: Fredy Costa (Tiago Andrade)

Maíra Paris: Úrsula Corona (Valéria Scarpa)

Fábio de Castro: Eduardo Gaspar (Josildo)

Rodrigo Nanal: Cassiano Carneiro (Edson)

Thiago Longo: Bruno Cabrerizo (Laurentino da Silva)

Sérgio RufinoÂngelo Torres (Padre Sebastião)

Melissa Lucena: Inês Nunes (David / Catarina Nascimento)

Patt Souza: Fernanda Diniz (Jaciara)

Monalisa Capella: Dylan Miguel (Henrique Silva)

Paulo Ávila: Paulo Pires (João Magalhães)

Karen Ramalho: Sílvia Rizzo (Madalena Magalhães)