segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

A Rainha do Tráfico reestreia no +Globosat


A partir desta segunda-feira, 08 de fevereiro, às 22h10, a telenovela A Rainha do Tráfico ganha sua primeira reapresentação na tela do canal pago +Globosat. Estrelada por Kate del Castillo, a atração é uma superprodução da Telemundo, em parceria com a RTI Producciones, da Colômbia, e Antena 3, da Espanha, e narra em 63 episódios a vida de Teresa Mendoza, uma humilde mexicana, nascida na cidade de Culiacán, estado de Sinaloa, que tem sua vida mudada drasticamente por ter se apaixonado pelo homem errado.

Dublada em português e exibida pela primeira vez no Brasil entre agosto e novembro de 2015, a atração trata-se de uma versão televisiva do livro La Reina del Sur (2002), escrito pelo espanhol Arturo Pérez-Reverte, e traz em seu elenco nomes de destaque como Rafael Amaya, Iván Sánchez, Humberto Zurita, Cristina Urgel, Sara Maldonado, Gabriel Porras, Salvador Zerboni, Alejandro Calva, Dagoberto Gama e Christian Tappán, entre outros.

A exibição acontecerá diariamente, às 22h10, e em horários alternativos às 10h10 e 15h40. Para saber mais sobre a A Rainha do Tráfico clique aqui.
 

Corazón que Miente estreia no Canal de las Estrellas

Corazón que Miente, a nova telenovela da Televisa produzida por Martha Patricia López de Zatarain, mais conhecida como MaPat, chega hoje, 8 de fevereiro, às 19h30, ao Canal de las Estrellas, no México. Com uma nova adaptação de Laberintos de Pasión (1999), telenovela baseada em uma obra de Caridad Bravo Adams, a proposta traz nos papéis principais Thelma Madrigal e Pablo Lyle, que dividem os créditos com Dulce María, que retorna à teledramaturgia após alguns anos de ausência, Diego Olivera, Alejandro Tomassi, Mayrín Villanueva, Federico Ayos, Helena Rojo, Lourdes Reyes, María Sorté, Alexis Ayala, Fátima Torre, Eric del Castillo, Alejandro Ávila, Alejandra Procuna, Gerardo Murguía, Jessica Decote, Jessica Mas e Benjamín Islas, entre outros.


SINOPSE 

A história tem início em “Puebla de los Ángeles”, quando Mariela (Valentina Hazouri) e Alonso (Nikolás Caballero), tornam-se amigos ainda crianças. Alonso e seu irmão Santiago (Santiago Torres) são filhos de Demián Ferrer (Alejandro Tommasi), um poderoso empresário, proprietário do consórcio “Quadrum” e do centro comercial “El Campanario”, o maior e mais luxuoso da cidade.

Demián tem predileção por Alonso, seu filho mais velho, e despreza Santiago, o mais novo. É casado com Lucía Castellanos (Mayrín Villanueva), filha do primeiro proprietário da construtora, a qual Demián passou a presidir desde que o pai de Lucía morreu, tornando-a uma empresa próspera.

Na residência dos Ferrer, também moram dona Sara (Helena Rojo), mãe de Lucía e acionista da construtora, assim como sua prima Rafaela (Lourdes Reyes), que debaixo da máscara de uma boa parente esconde uma personalidade fria e ambiciosa, mantendo uma relação clandestina com Demián, com a esperança de tomá-lo de sua prima e chegar a ser a senhora Ferrer.

Mariela mora com seu avô, Manuel Salvatierra (Eric del Castillo), que é médico em uma pequena clínica da cidade. Manuel é proprietário de alguns terrenos próximos ao centro comercial dos Ferrer, onde tem sua casa. Estes terrenos estão na mira de Demián, que planeja construir um hotel no local, mas Manuel se nega a vender suas terras, já que sua intenção é construir uma clínica, um sonho e um patrimônio que serão herdados por sua neta Mariela.

Leonardo Del Río (Diego Olivera), após viver vários anos em Nova Iorque e tendo se tornado um reconhecido escultor, retorna a Puebla e descobre que Lucía, a única mulher a quem amou, é muito infeliz ao lado de Demián, isso faz com que os sentimentos que já haviam sido enterrados renasçam. Pouco a pouco, Leonardo se aproxima de Lucía, e um dia, deixando-se vencer por suas emoções, se beijam, mas Alonso os descobre e a partir daí nasce um ódio contra Leonardo.

Demián, farto da negativa de Manuel de lhe vender as terras por bem, decide tomá-las por mal e encarrega seu capanga, Rogelio Medina (Alejandro Ávila), a forçar o velho a lhe vender, porém, Rogelio decide queimar a casa de Manuel, onde o senhor morre asfixiado. A partir de então, Leonardo, apoiado por Carmen (María Sorté), sua madrinha, decide tomar conta de Mariela e criá-la como uma filha.

Lucía, com o desejo de ser feliz ao lado de Leonardo, aceita fugir com ele e levar seus filhos, mas Demián a descobre, brigam com uma arma e a mata. Leonardo é acusado por sua morte, mas, ao provar que não disparou, sai em liberdade, porém decide deixar Puebla junto de Mariela.

Passam-se vários anos, Mariela (Thelma Madrigal) se forma em Medicina e decide retornar a Puebla junto de Leonardo, porém Demián descobre que ele está na cidade e reacende seu rancor contra o escultor. Mariela, se dá conta de que um hotel está sendo construído nos terrenos de seu avô e promete recuperar as terras para realizar o sonho que tinham de montar uma clínica.

Renata (Dulce María), sobrinha de Demián, fica órfã e ele, com a ideia de administrar a fortuna que ela herdou, a convida para morar na mansão Ferrer, já que também deseja que ela se case com um de seus filhos, pois dessa forma também solucionaria seus problemas econômicos. Por outra parte, Mariela descobre que aquela amizade infantil que a unia a Alonso (Pablo Lyle), tornou-se um grande amor, porém ambos serão separados por Renata, que colocou seus olhos no rapaz, não sem antes se envolver com Santiago (Federico Ayos).

Mariela se refugiará em Leonardo, que há muito tempo está apaixonado por ela, mas se nega a aceitá-lo, pois acredita que o amor que deve sentir por ele tem que ser o de um “pai” e não o de um “homem”.

Essa é uma história onde segredos sombrios virão à tona e uma arrebatadora paixão envolverá Mariela e Alonso em um turbilhão de intrigas, ambições, amores e desejos, onde também haverá um... Coração que mente...
 

Band anuncia a estreia de Sila - Prisioneira do Amor

Apostando em mais um drama turco para sua programação noturna, a Band estreia em breve a telenovela Sila - Prisioneira do Amor, uma produção da companhia FM Yapim, rodada entre 2006 e 2008, sob a direção de Gül Oguz. Estrelada pela atriz, modelo e apresentadora turca Cansu Dere e pelo galã Mehmet Akif Alakurt, a atração, que chegou recentemente ao continente americano, onde já foi exibida no Chile, e atualmente está no ar no Peru, Uruguai, Panamá e Argentina, chega agora ao Brasil, dublada em português.

Sila - Prisioneira do Amor conta uma cativante história de amor e sofrimento que tem início quando Sila (Cansu Dere), ainda criança, é vendida por Celil (Menderes Samancilar), seu pai, a uma rica família de Istambul, onde é criada rodeada de luxos e oportunidades. O tempo passa e certo dia Sila recebe uma triste notícia sobre Bedar (Zeynep Eronat), sua mãe biológica: está muito doente e deseja conhecê-la antes de morrer. Acontece que, na realidade, isso não passa de uma tramoia, e o destino a fará voltar enganada ao lugar onde nasceu para pagar a desonra de seu irmão.

Azad (Cemal Toktas), um dos irmãos biológicos de Sila, na tentativa de fugir com uma mulher chamada Narin (Boncuk Yilmaz), foi surpreendido pelo irmão dela, Boran (Mehmet Akif Alakurt) e, segundo a tradição, a única maneira de se salvar do castigo se resume em entregar sua irmã em casamento ou pagar com sua própria vida. Desse modo, ao chegar ao povoado natal, Sila será obrigada a se casar com Boran, um homem a quem nem ao menos conhece e com quem começará uma história cheia de surpresas, se debatendo entre a dor da traição e o amor.

Com Boran, Sila viverá em uma casa onde tudo está regido sob costumes e tradições estranhas, ao contrário da vida moderna que levava na cidade, tudo isso para livrar seu irmão da morte. Porém, apesar de no começo ambos se odiarem, com o passar do tempo, Sila e Boran se conhecerão melhor e começarão a se aceitar.

Ainda sem data de estreia divulgada, Sila - Prisioneira do Amor ocupará o lugar de Fatmagül - A Força do Amor, de segunda a sábado, em março, na faixa das 20h20, na tela da Band.

Confira as chamadas de estreia de Sila - Prisioneira do Amor, na Band:



sábado, 6 de fevereiro de 2016

Os dubladores de O Imperdoável


Lançada pela Televisa em 2015, Lo Imperdonable, como é conhecida originalmente, foi produzida no México, por Salvador Mejía Alejandre, com base no texto original da escritora Caridad Bravo Adams, La Mentira, um clássico dos melodramas. Estrelada pela atriz, modelo e cantora mexicana Ana Brenda Contreras e pelo ator espanhol Iván Sánchez, a telenovela conta com a participação de Grettell Valdéz e Sergio Sendel como antagonistas, além de nomes como Juan Ferrara, Patsy, Claudia Ramírez, Alicia Machado, Sebastián Zurita, Gaby Mellado e grande elenco. Dublada em português pela Alcateia Audiovisual, em parceria com o estúdio Sigma, na capital paulista, O Imperdoável desembarcou em Angola e Moçambique no dia 1º de fevereiro deste ano, onde é exibida atualmente pela Zap Novelas. Confira a seguir os nomes dos principais atores que dão voz à versão dublada de O Imperdoável, com direção de dublagem a cargo de Leila Di Castro e Rosana Beltrame:


Luciana Baroli: Ana Brenda Contreras (Verônica Prado Castelo)

Thiago Zambrano: Iván Sánchez (Martim San Telmo)

Tatiane Keplmair: Grettell Valdéz (Virgínia Prado Castelo)

Glauco Marques: Sergio Sendel (Emiliano Prado Castelo)

Dado Monteiro: Pablo Montero (Dimitri Silveira)

Ricardo Fábio: Juan Ferrara (Jorge Prado Castelo)

Mara Lídia Manetti: Patsy (Selma Durán de Prado Castelo)

Angélica Santos: Claudia Ramírez (Madalena Castilla de Botel)

Tatá Guarnieri: Marcelo Buquet (Aquiles Botel)

Priscila Franco: Alicia Machado (Cláudia Ordaz)

Caio Guarnieri: Sebastián Zurita (Pablo Hidalgo)

Bruna Matta: Gaby Mellado (Ana Pérola Sanchez Alvarez)

Dláigelles Riba: Juan Ángel Esparza (Manuel Sanchez Alvarez)

Antônio Moreno: Salvador Sánchez (Hortêncio Alvarez)

Luiza Viegas: Paty Díaz (Raimunda Alvarez de Arroyo)

Claus Di Paula: Roberto Ballesteros (Joaquim Arroyo)

Shallana Costa: Mar Contreras (Nanciyaga)

Rosa Maria Baroli: Delia Casanova (Matilde Torres)

Fábio Moura: Guillermo Capetillo (Padre Juan)

Guilherme Marques: Raúl Magaña (Alfredo Diaz)

Leila Di Castro: Jackie Sauza (Mariana de la Corcuera Vivanco)

Raul Rosa: Gonzalo Vivanco (Pierre Dussage)

Gabriel Noya: Osvaldo de León (Dr. Daniel Fernandez)

Fernando Prata: Ricardo Franco (Júlio Luna)

Paulo Porto: Sergio Acosta (Medel)

Andressa Bodê: Nataly Umaña (Ireri)

Daniel Figueira: Michel Duval (Téo)

Nando Rocha: Jerónimo Medina (Apresentador Karaokê) 

Rosana Beltrame: Silvia Manríquez (Mãe do Martim)

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

O Imperdoável estreia na Zap Novelas


Acontece nesta segunda-feira, 1º de fevereiro, às 21h00 (AO) / 22h00 (MZ), a superestreia da telenovela O Imperdoável, na Zap Novelas. Produzida no México, pela Televisa, em 2015, e dublada em português, no Brasil, para Angola e Moçambique, a atração que leva a assinatura do produtor Salvador Mejía é a mais recente versão do clássico A Mentira, escrito por Caridad Bravo Adams, e traz como protagonistas os atores Ana Brenda Contreras e Iván Sánchez, além da participação de Grettell Valdéz e Sergio Sendel como antagonistas.

O Imperdoável reúne um elenco de primeira que inclui, também, Juan Ferrara, Patsy, Claudia Ramírez, Alicia Machado, Sebastián Zurita, Gaby Mellado, Marcelo Buquet, Salvador Sánchez, Juan Ángel Esparza, Paty Díaz, Roberto Ballesteros, Mar Contreras, Delia Casanova, Guillermo Capetillo, Raúl Magaña, Ricardo Franco, Gonzalo Vivanco, Sérgio Acosta, Gabriela Goldsmith, Jackie Sauza, Rodrigo Mejía, Nataly Umaña, Ruth Rosas, Guillermo García Cantú, Luz María Jerez, Silvia Manríquez, Tania Lizardo e Camil Hazouri, além da participação especial de Pablo Montero. 


SINOPSE 

Martim (Iván Sánchez) viaja às pressas a Mina Escondida depois de receber uma carta urgente de seu irmão, na qual ele implora a Martim que vá resgatá-lo do inferno que está vivendo. Ao chegar, Martim sofre uma grande dor ao descobrir que Dimitri (Pablo Montero), seu irmão, se suicidou. Aquele sentimento de dor se transforma em ódio e em desejo de vingança contra a mulher que causou o sofrimento de seu irmão e que o levou à morte.

Cheio de rancor, Martim jura diante do túmulo de seu irmão que irá se vingar dessa mulher sem piedade, que irá seduzi-la e trazê-la para a selva, onde irá desprezá-la da mesma forma que ela fez com seu irmão. A primeira pista para encontrar a culpada é um pingente que seu irmão sempre trazia consigo e que tem gravado o nome de “V Prado Castelo”.

Martim retorna à capital, sabendo que Prado Castelo é a marca de joias mais importante do país e, na tentativa de se relacionar com essa família, conhece Emiliano (Sergio Sendel), o único herdeiro do milionário casal Prado Castelo, que acaba de chegar ao México após dois anos de ausência.

Assim, Martim decide visitá-lo no mesmo dia em que os pais de Emiliano celebram uma elegante festa em sua mansão para dar as boas-vindas a seu filho. Martim conhece Verônica (Ana Brenda Contreras) e Virgínia (Grettell Valdéz), as primas de Emiliano que foram adotadas pelo casal Prado Castelo. Martim fica deslumbrado com a beleza e a personalidade forte de Verônica. Porém, ele não é o único a admirar a elegância da jovem, pois Emiliano voltou com a intenção de se casar com Verônica, por quem é apaixonado desde que eram crianças, sem ao menos imaginar que a mulher que está obcecada por ele é sua prima Virgínia.

Pouco a pouco, Martim se apaixona por Verônica, mas a maldade de Virgínia e suas intenções de arruinar sua prima e distanciá-la de Emiliano, a levam a mentir, dizendo que Verônica sempre teve vários amantes. Martim se convence de quem é a culpada ao escutar Virgínia confessar a Emiliano que Verônica foi amante de Dimitri Silveira, a quem seduziu por ambição, deixou apaixonado e depois abandonou.

Martim, debatendo-se entre o amor e o ódio, pede a Verônica que renuncie a tudo e se case com ele. No entanto, a felicidade de Verônica dura somente alguns instantes, já que, depois do casamento, seu marido muda radicalmente. Ele a leva para morar na mesma casa em que Dimitri morou, fazendo-a acreditar que está na miséria e dando a ela uma vida de prisioneira.

Cego e atormentado pela vingança, Martim está disposto a fazer com que Verônica sinta na própria carne a dor de sua perda, como se ela fosse a responsável pela morte de seu irmão, a mulher a quem mais odeia e ao mesmo tempo a que mais ama. Verônica sofre com a rejeição e a indiferença de Martim e não consegue entender em qual momento a felicidade escapou de suas mãos.

Somente o verdadeiro amor poderá lutar frente a frente contra o imperdoável, buscando, assim, o alívio da absolvição.


PERSONAGENS


VERÔNICA PRADO CASTELO (Ana Brenda Contreras)

É uma bela mulher, decidida e de personalidade forte, atraente e empreendedora. Não conhece sua mãe, pois quando era pequena seu pai a tirou do seu lado. Anos mais tarde, ele deixou se consumir pelo álcool, até morrer de cirrose, deixando-a órfã. Foi adotada pelo casal Prado Castelo, a quem chama de tios, ainda assim, nunca pôde estabelecer uma boa relação com Selma, sua tia, e com Virgínia, sua prima. Mesmo passando por uma infância difícil, a proteção de Jorge Prado Castelo permitiu que ela fosse feliz. Pratica com desenvoltura qualquer atividade, até mesmo as consideradas mais masculinas, como a esgrima e a equitação. É contra as injustiças, e não imagina que a dor que sofrerá em Mina Escondida será fruto de uma imperdoável injustiça. Verônica se apaixona e se casa com Martim, sem imaginar que viverá um inferno, pois será vítima da vingança de Martim, já que ele acredita ser ela a culpada pela morte de seu irmão Dimitri.



MARTIM SAN TELMO (Iván Sánchez)

É um homem atraente, de poucas palavras, mas apaixonado e direto, varonil e trabalhador. Quando sua mãe morreu, ficou responsável por cuidar de seu meio-irmão Dimitri. Ambos cresceram unidos e, mais que um irmão, Martim foi como um segundo pai para ele. Martim sempre amou e protegeu Dimitri, por isso não perdoa a mulher que o condenou a viver um inferno em Mina Escondida e que provocou sua morte. Após essa tragédia, Martim jura se vingar da mulher que causou seu sofrimento. Sua habilidade com a espada e os cavalos permitem se aproximar de Verônica, por quem se apaixona perdidamente. No entanto, um desejo de vingança provocará seu instinto selvagem e o ódio colocará em perigo o amor de sua vida, pois, acreditando ser Verônica a culpada pela morte de Dimitri, se casa com ela e a leva para morar em Mina Escondida. Apesar de querer odiá-la, não pode evitar amá-la e fracassa em seguir com sua vingança.



VIRGÍNIA PRADO CASTELO (Grettell Valdez)

É bonita, elegante e distinta, porém, manipuladora, chantagista, calculista e ambiciosa. Quando seus pais morreram, foi adotada por seus tios distantes, Selma e Jorge Prado Castelo, dos quais sempre desejou se apoderar de sua fortuna. Ainda pequena, teve um problema no coração e, apesar de ter se curado, finge continuar doente para ter toda a atenção e manipular todos que a rodeiam, principalmente Selma e Emiliano. Também utiliza os homens que se apaixonam por ela em benefício próprio. Interessada no dinheiro, convence Dimitri a acumular fortuna para se casar com ele, porém, quebra sua promessa ao descobrir que seu primo Emiliano, por quem sempre esteve apaixonada, retornará do exterior. É uma jovem sem escrúpulos, que mente e engana sem se importar com as consequências. Odeia Verônica profundamente e, para prejudicá-la e se livrar da culpa, faz com que Martim acredite que Verônica foi a culpada pela morte de Dimitri.



EMILIANO PRADO CASTELO (Sergio Sendel)

É o filho único do casal Prado Castelo. É um homem atraente, sociável e bom filho. Estudou Antropologia porque admira os costumes e tradições dos povos indígenas. Retorna do exterior decidido a trabalhar nos negócios do pai. Emiliano ama Verônica e tem a esperança de que, com o tempo, ela lhe corresponderá. Seu maior desejo é se casar com Verônica, mas a rejeição dela e a descoberta de que Martim, seu amigo, é o homem a quem Verônica ama, faz com que ele siga o caminho errado e se refugie no álcool. Com o tempo, se vê frustrado e finalmente cede à chantagem de sua mãe e aceita se casar com Virgínia. Em Mina Escondida encontrará a paz para seus tormentos e um motivo para continuar com seu projeto de vida.



DIMITRI SILVEIRA (Pablo Montero)

É um homem bonito e bondoso, mas de pouca personalidade. É o meio-irmão mais novo de Martim. Ao conhecer Virgínia, se apaixona por ela. Ela o convence a juntar uma fortuna em pouco menos de um ano para se casar com ele. Porém, Virgínia quebra sua promessa, o que provoca um enorme sofrimento em Dimitri, que acaba se suicidando. Entretanto, antes de tomar esta decisão, Dimitri escreve desesperado a Martim, pedindo que o resgate do inferno que tem vivido. Lamentavelmente, quando a carta chega até Martim já é tarde demais.



JORGE PRADO CASTELO DÍAZ (Juan Ferrara)

É o pai de Emiliano e marido de Selma. É um homem de valores firmes e, apesar de ser milionário, é humilde, simples e justo. Adota Verônica e Virgínia ainda pequenas e as educa como filhas da família. Ama sua esposa e sente-se orgulhoso de seu filho, por isso gostaria que ele se casasse com Verônica, mas se entristece ao saber que a jovem o rejeita. Devido às intrigas de Virgínia, Jorge começa a se decepcionar com Verônica, pois acredita que ela teve um romance com Dimitri.



SELMA DE PRADO CASTELO (Patsy)

É a mãe de Emiliano e esposa de Jorge. É uma mulher distinta e respeitada, dama da sociedade. Vive enganada, acreditando que Virgínia está doente do coração e que ela a ama, quando, na realidade, Virgínia a detesta e a manipula contra Verônica. Selma ama seu filho incondicionalmente e procura o melhor para ele, mesmo não aceitando que esteja apaixonado por Verônica, por isso, se alegra quando Verônica se casa e vai morar na selva com Martim. Assim, aproveita para aproximar Emiliano de Virgínia, esperando que seu filho finalmente a aceite.



MADALENA DE MARTINEZ (Claudia Ramírez)

É uma bela mulher, carinhosa e trabalhadora, dedicada a ajudar a todos em Mina Escondida. Ama Botel, com quem vive há bastante tempo, desde que ele a resgatou da violência que sofria nas mãos de seu marido. Mesmo assim, sente-se culpada por estar separada de sua filha, já que não pôde levá-la consigo quando, no passado, seu marido quase a matou a golpes. Convive com uma enorme tristeza que a impede de ser feliz e procura sua filha insistentemente. Sabe que cometeu um grande erro por não ter denunciado seu marido. Ao conhecer Verônica, sente uma conexão especial e a ajuda em tudo, convivem unidas, sem saber que na verdade são mãe e filha.



AQUILES BOTEL (Marcelo Buquet)

É médico em Mina Escondida e nunca temeu em sacrificar sua profissão afim de salvar Madalena dos maus-tratos de seu marido. Botel ama profundamente essa mulher. Costuma mostrar-se rude, mas no fundo é nobre e se preocupa pela saúde das pessoas do povoado. Seu propósito é ajudar Madalena a encontrar sua filha.



CLÁUDIA ORDAZ (Alicia Machado)

É uma jovem atraente e sensual, que sempre se comportou utilizando sua sedução, por isso é assediada por vários homens. Tem muito interesse pelo dinheiro. No passado, rompeu seu relacionamento com Martim, porque ele era pobre, mas agora que ele está bem de vida, está disposta a reconquistá-lo. Claudia não pensa duas vezes em correr atrás dele, mesmo depois que ele já estiver casado. Em Mina Escondida, encontrará com o verdadeiro amor, mas antes padecerá os dissabores causados por sua ambição.



PABLO HIDALGO (Sebastián Zurita)

É um rapaz sensível e talentoso, dedicado à pintura. Está comprometido com Mariana, que também é sua representante e promotora. Pablo chega ao povoado em busca de paisagens que o inspirem. Aí conhece Ana Pérola e desde o primeiro momento se apaixona por ela. No entanto, seu compromisso e os costumes do povoado serão um constante impedimento em sua relação.



ANA PÉROLA SANCHEZ (Gaby Mellado)

É bonita, nobre e comprometida com sua família e com a educação das crianças do povoado. Sonha em encontrar um príncipe encantado, como aqueles que aparecem nos livros de romance que costuma ler às escondidas de seu avô. Se simpatiza com Verônica e escuta seus conselhos, sobretudo quando se trata de defender seu amor por Pablo, o forasteiro a quem seu avô não aceita.



HORTÊNCIO ALVAREZ (Salvador Sánchez)

É um homem de origem humilde, mas que se tornou o mais rico do povoado, graças ao seu trabalho na mina “A Pérola”. É conservador e exigente com as tradições, por isso rejeita os forasteiros com seus costumes liberais, que querem se aproveitar das mulheres de seu povoado. O mais importante para ele é sua família, especialmente Ana Pérola, a quem cuida excessivamente, a tal ponto de mantê-la presa em casa. Apesar de sua mente fechada e vontade própria, Hortêncio conta com o respeito e a consideração de todos.



MANUEL SANCHEZ ALVAREZ (Juan Ángel Esparza)

É um rapaz prepotente e orgulhoso, covarde e ambicioso. Acredita que o povoado lhe deve respeito somente por ser neto de Hortêncio e que seu trabalho de capataz consiste em maltratar os mineiros. É encrenqueiro, mas se acovarda quando alguém lhe enfrenta com valentia. Extremamente machista, acredita que pode possuir qualquer mulher. Entretanto, será seu avô que irá obrigá-lo a se redimir de seus erros e rever seu comportamento.



RAIMUNDA ALVAREZ (Paty Díaz)

É casada com Joaquim, com quem leva uma relação harmoniosa e baseada no respeito, princípios que ensinou a seus filhos: Branca e Apolo. É doce e bondosa; está sempre disposta a ajudar. Porém, foi educada sob as normas de obediência de seu pai Hortêncio e isso a faz se curvar diante de suas decisões, mesmo contra a opinião de seu marido.



JOAQUIM ARROYO (Roberto Ballesteros)

É um bom homem, de origem humilde. Ainda que sempre tenha morado no povoado, defende que as mulheres têm os mesmos direitos que os homens e com esta convicção trata sua mulher com respeito e carinho. Joaquim ganha o ódio de Manuel quando Hortêncio toma de seu neto a direção da mina e a entrega a Joaquim.



NANCIYAGA (Mar Contreras)

É uma mulher indígena, bonita e sensual. Esteve a serviço de Dimitri e agora atenderá Martim, por quem se apaixona desde o momento que o conhece. Esse sentimento faz com que não se simpatize com Verônica. É sensitiva e sabe interpretar a essência dos seres humanos. Tem a sabedoria para curar com ervas. É impulsiva, ainda que, na maioria das vezes, o senso de bondade predomine sobre ela.



MATILDE (Delia Casanova)

É uma mulher bondosa, que está a serviço da família Prado Castelo. Sente um carinho especial por Verônica, de quem conhece toda a tragédia de sua infância. A afinidade de Verônica lhe permite ser sua confidente e aliada.