terça-feira, 12 de dezembro de 2017

ZAP Novelas anuncia a estreia de Cesur


Um novo sucesso internacional chega brevemente à ZAP Novelas. O canal já deu início à divulgação de Cesur (Cesur ve Güzel), série dramática da produtora Ay Yapim, distribuída internacionalmente pela companhia Eccho Rights. Recém-finalizada na Turquia, país de origem onde foi transmitida pela emissora Star TV de novembro de 2016 a junho de 2017, Cesur chega agora a Angola e Moçambique, dublada em português, para ocupar a programação da emissora nas próximas semanas.

Estrelada por Kıvanç Tatlıtuğ, o galã de Amor Proibido, e Tuba Büyüküstün, premiada atriz de grande destaque internacional, a história de Cesur tem percorrido o mundo nos últimos meses e tem sido acompanhada por diferentes países da Europa, Ásia e Oriente Médio. Já na América Latina, sua exibição ganhou espaço em canais do México (Imagen Televisión), Colômbia (Canal Uno) e Porto Rico (Wapa TV) e brevemente chegará a mais emissoras do território hispânico.

A ficção, centrada em um envolvente romance marcado por uma histórica rivalidade familiar, tem como arranque a cruel disputa entre duas mulheres, onde, uma delas, capaz de tudo para arruinar silenciosamente a vida da outra, planeja um acidente que pode terminar em tragédia. Porém, o que parecia se aproximar do fim, dá lugar a um encontro inesperado quando um valente herói salva a vida de uma bela amazona justamente no momento em que sua vida corre perigo.

Em Cesur, Tahsin (Tamer Levent) é o patriarca da família Korludag, conhecida por sua tradição na produção de azeite, além das inúmeras empresas de diferentes seguimentos. Sua riqueza e sua grande influência na sociedade o tornou temido e respeitado por todos. Não existe um só lugar ou qualquer pessoa na cidade que ele não controle. Tahsin tem dois filhos: Korhan (Erkan Avcı), que é uma grande decepção para o pai, e Suhan (Tuba Büyüküstün), uma jovem inteligente e muito bonita, por quem ele sente um grande carinho.

Cahide (Sezin Akbaşoğulları) é a esposa de Korhan e, desesperada por ter um filho, tenta de todas as formas ficar grávida. Sem nenhum sucesso, teme que sua cunhada Suhan dê um herdeiro a Tahsin antes dela e que receba toda a fortuna da família, por isso tenta matá-la. Entretanto, seus planos malignos são arruinados quando um valente defensor entra na história para salvar a vida de Suhan e tornar-se o seu grande amor, ocupando, inclusive, o lugar do filho que Tahsin sempre sonhou.

Este valente desconhecido é Cesur Alemdaroglu (Kıvanç Tatlıtuğ), porém, o que ninguém imagina é que a vingança corre pelas veias deste forasteiro e que não é por nenhuma coincidência que ele tenha aparecido na vida desta família.

Cesur entra para a lista de dramas turcos transmitidos atualmente com grande sucesso pela ZAP Novelas. O canal que teve sua primeira experiência com produções otomanas no início de 2016, com a estreia de Fatmagul, tem apostando cada vez mais em títulos inéditos. Desde então, já passaram pelo canal folhetins como Uma Questão de Honra (Şeref Meselesi), Guerra das Rosas (Güllerin Savaşı), Amor Proibido (Aşk-ı Memnu), Cidade Proibida (Bu Şehir Arkandan Gelecek) e Segredos de Família (Babam ve Ailesi). Atualmente, a grade da emissora é ocupada por atrações como Amor e Pecado (Aşk ve Günah), Não Te Deixarei Ir (Asla Vazgeçmem) e Sol de Inverno (Kış Güneşi), todas dubladas em português do Brasil.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Sangre de Mi Tierra estreia na Telemundo

Duas famílias produtoras de vinho e uma tragédia que provoca um forte enfrentamento entre elas é o ponto inicial de Sangre de Mi Tierra, nova produção da Telemundo que chega esta noite (29) aos lares latinos nos Estados Unidos substituindo Sin Senos Sí Hay Paraíso 2.

Com a premissa de uma história que foge das atuais ofertas do canal, baseadas em séries sobre o tráfico de drogas, Sangre de Mi Tierra promete resgatar o clássico melodrama estampado em um romance um tanto quanto rosa, mas não sem as pinceladas de ação e os toques de intriga, suspense e o trato de temais sociais que completam a fórmula de uma boa telenovela contemporânea.

Produzida pela Telemundo Studios e rodada nos estados da Flórida e Califórnia, conhecidos por seus famosos vinhedos, a atração abre as portas da casa à atriz e modelo mexicana Ana Belena, que com este trabalho já estreia como protagonista em sua primeira telenovela pelo canal hispânico, depois de sua participação no programa de concurso “Sí Se Puede”, realizado em aliança entre a Azteca e a Telemundo.

Com um currículo de grande trajetória pela emissora Azteca, Ana Belena estará acompanhada pelo conterrâneo Lambda García, também lançado pelo canal mexicano, e juntos darão vida a dois personagens que estarão em meio a uma guerra familiar na qual não haverá nem bons nem maus, apenas seres humanos com emoções e defeitos profundos, dispostos a se levantarem após cada queda.

Giros inesperados e personagens complexos também serão os ingredientes de Sangre de Mi Tierra, que tocará problemáticas sociais como a discriminação, a identidade sexual, o uso de drogas e o relacionamento de casais que lidam com os mais diversos tipos de abuso, algo comum e muito presente na vida real. História original de Valentina Párraga (Dona Bárbara, A Patroa), María Helena Portas e Marco Tulio Socorro, o folhetim conta com a direção de Tony Rodríguez, Ricardo Schwarz e Otto Rodríguez, sob a produção executiva de José Gerardo Guillén.

O elenco ainda integra os nomes de Santiago Ramundo, Miguel de Miguel, Daniel Elbittar, Carolina Gómez, Antonio de la Vega, Gloria Peralta, Maky Soler, Gabriel Rossi, Laura Chimaras, Josette Vidal, Dad Dager, Rubén Morales, Alba Roversi, Francisco Porras, Roberto Plantier, Keller Wortham, Héctor Medina, Stefany Oliveira, Carlos Santos, Johanna Cure, Liz Dieppa, Fernando Pacanins, Gabriel López, Federico Díaz, Aneudy Lara e vários outros.

O primeiro capítulo de Sangre de Mi Tierra vai ao ar nesta quarta-feira, às 21h, pela rede Telemundo, nos Estados Unidos.


SINOPSE

Crisanto Castañeda (Antonio de la Vega) e Natalia Martínez de Montiel (Carolina Gómez) cultivam a terra e os vinhedos. Para eles, a uva, o seu cultivo, a elaboração dos mostos e a qualidade de seus vinhos não são apenas um ofício nem uma forma de sobrevivência... São uma paixão, um estilo de vida. A única forma de respirar e de sentir.

Esta será a história narrada: duas famílias intensas e complicadas, os Castañeda e os Montiel, seus encontros, sua inimizade, seus amores, seus ódios e suas intolerâncias, em contraposição à grande paixão que compartilham: a vida.

Crisanto chegou à Napa há trinta anos, vindo de sua nativa Michoacán, sem um centavo. Depois de muitos anos de trabalho árduo, conquistou seu mundo: tem uma esposa fiel, Mercedes (Gloria Peralta), quatro filhos: Emilio (Daniel Elbittar), Aurora (Ana Belena), Paloma (Josette Vidal) e Leonardo (Héctor Medina); tem seus esplêndidos vinhedos, mas, sobretudo, é dono de uma vinícola de vinhos fortes e poderosos, assim como ele.

Natalia nasceu nos grandes vinhedos de Napa e cresceu beliscando as uvas ao lado de seus pais, Joaquín Martínez (Rubén Morales) e Emilia Martínez, humildes colhedores que lutaram para lhe dar um futuro melhor nesta nova terra e, graças a eles, ela pôde conseguir uma formação universitária. Se casou com Francisco “Paco” Montiel (Miguel de Miguel), um homem culto e bondoso, que a apoiou em seus sonhos de se tornar dona de sua própria vinícola e, hoje em dia, continua empenhada nos planos de expansão. Teve um único filho, Luis Montiel (Gabriel Rossi), casado com Anita Carmona (Estefany Oliveira), e graduado como Enólogo, assim como seu pai. Além disso, foi a responsável por criar o filho mais velho de seu marido, o problemático Juan José Montiel (Lambda García)… O simpático e caótico “Juanjo”.

Os Castañeda e os Montiel têm uma amizade de longa data. Joaquín ajudou Crisanto a comprar seu primeiro terreno e Crisanto, muitos anos depois, emprestou o restante do dinheiro para que os Montiel pudessem abrir sua pequena vinícola. A harmonia dessa relação terminou com a morte de Emilio, o filho mais velho de Crisanto, em um acidente automobilístico causado pela imprudência de seu melhor amigo, Juanjo Montiel, o filho de Paco.

A partir dessa tragédia familiar, trava-se uma guerra entre famílias e vinícolas. Isso porque Crisanto, consumido pela dor e pela raiva devido à perda, dá entrada em um processo que agrava a sentença de homicídio não intencional de Juan José, que passa um ano e meio na prisão e dá por terminado o relacionamento que mantinha clandestinamente com Aurora, a filha de Crisanto.

Logo após, acontecem uma série de desencontros entre Natalia e Crisanto e, consequentemente, entre os demais integrantes de ambas as famílias. Porém, em meio ao ódio, o amor se sobressai: o amor de Juanjo por Aurora, que é casada. Surge, também, um apaixonado romance entre Paco, o marido de Natalia, por Paloma, a filha mais nova dos Castañeda. Esta relação termina por intensificar as contínuas brigas e trapaças que castigam Natalia e Crisanto.

No momento mais culminante desta inimizade, surge um assassinato, o mesmo que colocará em xeque as duas famílias, pois muitos teriam motivos para cometê-lo. Além do suspense em torno do assassinato, cada um dos integrantes em ambas as famílias terá que lidar com seus próprios demônios até derrotá-los.

Juan José terá que superar sua culpa e demonstrar ao mundo e à mulher que ama que é muito mais que a ovelha negra dos Montiel. Aurora terá que aceitar que se equivocou ao escolher seu companheiro de vida e, além disso, terá que aprender a ser valente e estar preparada para brigar diante da ameaça física e psicológica de um marido abusador. Paloma e Paco descobrirão que o amor pode pegá-los de surpresa e arrastá-los a novas vidas e a novos sonhos. Luis e Anita, apesar do grande amor que alimentam desde adolescentes, se deixarão consumir por uma crise de consequências insólitas e desoladoras.

Leonardo, nascido no seio de uma família tradicional e machista, terá que descobrir e expor com orgulho sua verdadeira essência, que irá muito além do sexo com o qual nasceu. Mercedes aprenderá a fazer valer sua voz de mãe e sua força de mulher diante de seu autoritário marido. E Crisanto, por fim, saberá que de nada vale ganhar uma guerra contra seus inimigos, possuir as melhores terras ou produzir o melhor dos vinhos, se não pode desarrolhar uma de suas garrafas e comemorar com todos os seus familiares uma nova colheita.

Esta trama é um mural caleidoscópico, que conta a história e as paixões de uma gente bastante real e especial: gente plantada na terra, com raízes profundas, de cara ao sol e ao vento; gente intensa e forte como um desejado Cabernet Sauvignon de grande reserva. Neste mural, não existem nem bons nem maus, apenas seres humanos que sentem as emoções ao máximo e por isso erram, caem e se levantam... e aguardam que a nova colheita de amor e de esperança seja a mais abundante e lhes dê o melhor dos vinhos.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Telenovelas da Azteca são disponibilizadas no Brasil pela Amazon Prime Video


Após um recente acordo entre as companhias Amazon, dos Estados Unidos, e Azteca, do México, duas produções recém-lançadas pela emissora mexicana foram disponibilizadas também pela Internet através da plataforma de vídeo sob demanda Amazon Prime Video. O serviço, que chegou ao Brasil há um ano e atualmente oferece uma grande quantidade de títulos internacionais, entre séries, filmes, animes e produções originais próprias, vem ganhando espaço entre o público, que até então estava restrito à assinatura de serviços similares, como Netflix, Clarovideo e Google Play, ou mesmo aos portais de programação de canais fechados, como HBOGo, Fox Premium, Globosat Play, entre outros.

Disponíveis para toda a América Latina, Las Malcriadas (Bad Maids) e Dos Lagos (Two Lakes) fazem parte da atual estratégia da empresa de incluir seus conteúdos no catálogo das principais plataformas digitais dessa região, entre as quais também se destaca o Blim, o serviço oferecido pela Televisa, que infelizmente não contempla o mercado brasileiro.

Protagonizada por Sara Maldonado (Mundo de Feras), Rebecca Jones (Ambição) e Ernesto Laguardia (Lágrimas de Amor), Las Malcriadas, uma das recentes telenovelas lançadas pela Azteca, leva a assinatura do produtor executivo Joshua Mintz e conta uma história original de Ximena Escalante e Carmen Madrid, onde uma jovem jornalista chamada Laura (Sara Maldonado), descobre que sua verdadeira mãe é uma empregada doméstica e, com a intenção de se aproximar dela e descobrir toda a verdade, decide se passar por outra empregada contratada pela agência de empregos “Dulce Hogar”.

Em 90 capítulos, se conta um drama social onde são descobertas atividades ilícitas em torno de um crime organizado, além disso a ficção explora temas delicados no que diz respeito ao serviço doméstico, sua baixa remuneração e os delitos que podem ser praticados a partir das pessoas contratadas por tais agências de emprego, como o roubo de casas, o tráfico de crianças, a prostituição, e vários outros. O elenco ainda conta com nomes como Ivonne Montero, Ana Silvia Graza, Dolores Heredia, Anna Carreiro, Martín Barba, Alejandro de la Madrid, Elsa Ortiz, Cynthia Rodríguez, Juanita Arias, Gabriel García Vivanco, Vanessa Acosta, Rodrigo Cachero, Vince Miranda, Alexis Maena e Alejandra Ambrossi.


SINOPSE

O que acontece quando se descobre que a coisa mais importante de sua vida: o seu nascimento, tem sido uma mentira? Isto é o que acontece com Laura (Sara Maldonado), uma jovem jornalista que sofre a perda de sua mãe logo no início da história. Depois de revirar seus objetos pessoais, descobre evidências que a levam a supor que sua mãe biológica foi outra mulher.

Após uma investigação, se dá conta de que sua mãe foi uma empregada que trabalhou em sua casa durante uma temporada. Laura conclui que esta mulher chegou à sua casa enviada por uma agência de empregadas domésticas conhecida por uma reputação perigosa.

Sentindo tristeza pela morte de sua mãe adotiva e com nojo de sua família por terem mentido, Laura toma a decisão mais difícil de sua vida e decide buscar informações por conta própria sobre o paradeiro de sua mãe biológica. Como não consegue obter informação por vias legais, se faz passar por uma empregada para ser contratada pela agência de domésticas e encontrar sua mãe. 

Neste processo, descobre que sua viagem é mais perigosa do que imaginava. A agência de domésticas resulta ser a fachada de um negócio corrupto manipulado pelo próprio diabo vestido de mulher. Aí se depara com as empregadas que são vítimas dos negócios mais terríveis. Algumas desaparecem ou morrem assassinadas. Sua própria mãe foi forçada a alugar o seu ventre e por isso foi que Laura nasceu.

Na agência de domésticas, Laura se encontrará com outras quatro mulheres que sonham em seguir adiante. Juntas, serão chamadas pela imprensa e pela sociedade mais adiante como “Las Malcriadas”. Laura se envolverá em suas histórias, e ao mesmo tempo continuará procurando sua mãe, desse modo, criará uma reportagem para expor os delitos que elas se veem obrigadas a cometer pela proprietária da agência.

Laura ainda se apaixona por um detetive encoberto que investiga o caso de “Las Malcriadas”, tudo para chegar à verdade sobre sua origem e encontrar a paz que sempre lhe faltou. 


Já em Dos Lagos, série de suspense coproduzida com a Fox, inspirada na minissérie britânica “Lightfields”, a trama principal aborda fenômenos paranormais e em sua versão adaptada por David Shuler narra o thriller de um fantasma que perturba a tranquilidade de uma família durante três gerações, nos anos de 1944, 1975 e na época atual. Estrelada por Cecilia Piñeiro e Matías Novoa, Dos Lagos é composta por 12 episódios e a produção executiva leva o selo de Benjamin Salinas Sada e Roberto González Pesqueira. No elenco, também atuam Ernesto Álvarez, Citlalli Anaya, Natasha Esca, Karla Rico, Alejandra Redondo, Ariana Ron Perdique, Ramiro Tomassini, Carlos Torres Torrija, Fernando Becerril, Matías del Castillo, Gabriela Andrade, Fernando Sartafi e León Peraza.


SINOPSE

A série conta a história de três famílias que habitam a mesma casa em três momentos históricos distintos (1944, 1975 e 2015). Além de viverem na mesma casa, as três famílias “compartilham” uma pavorosa presença: o espirito de uma menina que morreu de forma estranha em 1944 e que não descansará até que o mistério de sua morte seja solucionado pelos habitantes da casa em Dos Lagos.

Em 1944, Eva (Natasha Esca) chega a Dos Lagos com sua pequena irmã Viviana (Fátima Valentina) para ajudar no rancho, propriedade de Alberto (Ernesto Álvarez) e Marta de la Garza (Cecilia Piñeiro). Rapidamente, torna-se amiga de Lucía (Citlalli Anaya), a filha dos De la Garza, que mais tarde morre tragicamente em circunstâncias suspeitas que envolvem um soldado proveniente da cidade, com quem Lucía mantinha um relacionamento secreto. O restante deste período mostra a família de Lucía em duelo por sua filha morta e a determinação de Eva para averiguar o que realmente aconteceu com Lucía.

Em 1975, Viviana (Karla Rico), junto com sua filha Clara (Alejandra Redondo), chegam a Dos Lagos durante o verão para permanecer no rancho durante seis semanas, tempo que ajudará Viviana a repensar seu casamento distante de seu marido. Pouco tempo depois de sua chegada, se dão conta de que uma presença paranormal ronda a propriedade e Viviana começa a recordar, através de flashbacks, o que aconteceu ali em 1944.

Em 2015, Dos Lagos é agora um pequeno hotel boutique e continua funcionando sob a direção do sobrinho de Lucía, Bernardo (Fernando Sarfati), e sua esposa Laura (Gabriela Andrade). Quando o irmão Lucía, Pedro (Fernando Becerril) retorna a Dos Lagos para descansar por motivos de saúde, coisas muito estranhas começam a acontecer. Ele acredita que estão sendo aterrorizados pelo espírito inquieto de sua falecida irmã Lucía. A medida que estas aparições continuam, o ex-marido da falecida filha de Bernardo, Pablo (León Peraza), se aproveita destes fatos para manipular a situação e tomar a custódia de seu filho, Leonardo (Matías Castillo), que vive com os seus avós em Dos Lagos desde a morte de sua mãe.


Apesar de estarem disponíveis em seu áudio original - o espanhol - as duas produções contam com legendas em português e inglês. Novos capítulos são adicionados a cada semana. Atualmente, a assinatura do serviço de vídeo sob demanda da Amazon no Brasil chega ao consumidor ao preço de R$ 7,90/mês nos seis primeiros meses e o assinante não paga pelo serviço nos 7 primeiros dias, uma cortesia da empresa chamada de período de teste gratuito. Após esse período, a inscrição passa a custar R$ 14,90/mês. O conteúdo da plataforma pode ser assistido através do computador, de uma Smart TV, de consoles como Xbox One e Playstation 4, ou mesmo pelo aplicativo Prime Video para dispositivos móveis, como celulares e tablets.

Tormenta de Amor: Telenovela da RCN completa dois anos engavetada

Totalmente gravada desde o final de 2015, Tormenta de Amor, produção da FoxTelecolombia para o canal RCN Televisión, da Colômbia, ainda espera um dia para ir ao ar oficialmente por algum canal de televisão local, ou ser adquirida por alguma emissora internacional.

Ideia original de Arleth Castillo, a história de 80 capítulos gravada em belas paisagens do país vizinho recria o romance entre Domingo “El Macho” Cárdenas, interpretado por Gregorio Pernía, e uma bela indígena, vivida pela atriz Mabel Moreno.

Ambientada no universo do vallenato, gênero musical popular na Colômbia, Tormenta de Amor desde o início sofreu percalços durante sua produção. De fato, em um certo dia de gravações, momentos de pânico tomaram conta da equipe de técnicos e atores da telenovela, quando um objeto encontrado nas locações onde se rodava determinado capítulo causou terror entre todos os membros da produção.

Durante uma das sessões de gravação matutinas, um dos membros da produção encontrou um objeto desconhecido abandonado e procurou alguém que pudesse identificá-lo. Pouco depois, um figurante que havia prestado serviço militar foi quem pôde identificar o artefato, alertando a todos no local que deviam se afastar, pois se tratava de uma granada de fragmentação, bomba explosiva altamente perigosa. O mais assustador aconteceu quando o próprio figurante lançou a granada para verificar o perigo e ela realmente explodiu. Por sorte, ninguém ficou ferido, mas todos os atores presentes no local sentiram muito medo e indignação devido à falta de segurança.

Passado o momento de tensão, a telenovela retomou suas gravações e foi finalizada, mas até hoje não há nenhum registro de sua exibição, seja pela própria RCN Televisión ou por qualquer outro canal internacional. Algo semelhante aconteceu no Brasil, quando apenas em 2001 a versão nacional do folhetim O Direito de Nascer, realizada pela produtora JPO, com Guilhermina Guinle e João Vitti nos papéis principais foi ao ar pelo SBT pela primeira vez, após ter ficado engavetada desde 1997.

O elenco de Tormenta de Amor reúne, entre outros, os atores Lorena García, Alejandro Estrada, Manuela González, Julio César Herrera, Moisés Angulo, José Daniel Cristancho, Carlos Manuel Vesga, Shany Nadan, Lucho Velasco, Lorna Cepeda, Orlando Valenzuela, María Irene Toro, Jerónimo Cantillo, Julián Beltrán, Victor Navarro, Rodrigo Celis, Juan David Traslaviña, Victor Rodríguez, Felix Marcado, Victoria Hernández, Ivette Zamora, Luis Fernando Montoya e Miriam Lanzoni, além de vários talentos locais.


SINOPSE

Em uma época incerta e em uma terra sem lei, Tita Basante (Lorena García), princesa indígena herdeira da tradição artística ancestral, com a força do amor e o poder da música que corre em suas veias, enfrenta o mal encarnado em Nuncia Pompeya (Manuela González), cruel e desapiedada contrabandista que deseja ser a mulher mais poderosa de todo o Caribe. Por culpa desse desejo, Nuncia fica obcecada em conseguir o amor e as terras de “El Macho Cárdenas” (Alejandro Estrada), que a despreza por estar apaixonado pela humilde Tita Basante.

Nuncia, em sua revanche contra o único homem que se atreveu a rejeitá-la, roubará de Tita os seus sonhos, o amor e até a vida, o que terminará por transformar Tita em “Tormenta de Amor”, uma cantora de romances vallenatos, que um dia retornará para recuperar o que Nuncia lhe arrebatou. Vinte anos depois, Tormenta (Mabel Moreno) e sua banda são chamados para tocar em uma festa na casa do governador Poncho Lasso (Julio César Herrera), um general que chegou a San Juan para impor sua ordem, com uma dor na alma que apenas Tormenta, com sua voz, conseguiu sanar. Os músicos comemoram a festa de compromisso entre Miranda (Shany Nadan), filha do general, e Arturo Ovalle (José Daniel Cristancho), filho de Nuncia. Durante a festa, Tormenta descobre em Miranda uma dor parecida com a sua e esta lhe conta que não ama Arturo, mas sim a Leandro, mas não pode fazer nada, pois o casamento já está arrumado. Tormenta, comovida, foge com Miranda e a ajuda a se encontrar com Leandro (Jerónimo Cantillo), desconhecendo que se trata de seu próprio filho.

Nesta odisseia, Tormenta se reencontra com “El Macho” (Gregorio Pernía), e descobre que ele é o pai de Leandro. “El Macho” não a reconhece, mas começa a desejá-la novamente, desta vez, não como Tita, mas sim, como Tormenta. Poncho Lasso captura todos, perdoa a cantora por ser a voz que cura suas dores, mas condena “El Macho” e seu filho à morte. Tormenta, ainda apaixonada, se sacrifica por ambos e pede a Poncho para deixá-los em liberdade em troca de ser sua esposa. O general aceita. Tormenta parte com ele, mas, pouco depois, foge com “El Macho”. Poncho os descobre, tenta cobrar a traição, mas acaba sendo assassinado pelas mãos de Nuncia e Arturo, que toma o poder e condena Tormenta e “El Macho” pela suposta morte do general.

A ponto de morrer, Tormenta conta a “El Macho” que é Tita e que nunca deixou de amá-lo. “El Macho” encontra na verdade o motivo para seguir lutando contra Nuncia, Arturo e um destino trágico que não deixa de jogar contra eles, dia após dia.


Confira o trailer de Tormenta de Amor:


sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Televisa inicia as gravações de Hijas de la Luna

Sob a batuta do produtor Nicandro Díaz (A Dona, Amores Verdadeiros), a Televisa inicia oficialmente nas próximas semanas as gravações de Hijas de la Luna, folhetim que terá como base o roteiro de uma história colombiana, Las Juanas, famosa produção do canal RCN, original do escritor Bernardo Romero, levada à televisão em 1997 e posteriormente adaptada no México em 2004 pela emissora Azteca.

Com Hijas de Luna, Michelle Renaud (A Sombra do Passado) retorna aos estúdios da Televisa com mais uma protagonista, depois de um ano afastada da teledramaturgia. Dedicada ao papel de mãe desde que engravidou de Marcelo, seu primeiro filho, após finalizar seu último trabalho na TV com Paixão e Poder, a atriz será agora uma das quatro protagonistas femininas do novo projeto de Nicandro Díaz, que, em vésperas de dar largada às gravações, segue definindo os nomes dos últimos integrantes que farão parte da produção.

E para acompanhar Renaud no papel principal, o galã da vez será Danilo Carrera, ator de origem equatoriana que chegou à Televisa há pouco mais de dois anos e obteve destaque em trabalhos como Paixão e Poder, Sin Rastro de Ti e La Doble Vida de Estela Carrillo. Em Hijas de Luna, Carrera dará vida a Sebastián, personagem que acredita ser o único filho de Juan e Leonora, interpretados respectivamente por Omar Fierro e Cynthia Klitbo. A história, porém, ganha um novo rumo quando Sebastián, além de descobrir que possui outras quatro meio-irmãs, se apaixona por Victoria, uma delas, e sua vida passa por uma grande transformação.

No elenco também já estão confirmados os nomes de Geraldine Galván, Lorena Graniewicz, Mariluz Bermúdez, Mario Morán, Eugenia Cauduro, Alexis Ayala, Gonzalo Peña, Miguel Martínez e Jonathan Becerra.

Vale lembrar que Las Juanas também serviu de inspiração para La Marca del Deseo, versão livre produzida pela mesma RCN Televisión em 2007, em parceria com os canais Univisión e Telefutura, dos Estados Unidos, e Antena Nova, da Espanha. A nova adaptação do roteiro é assinada por Alejandro Pohlenz e Palmira Olguín.

A aguardada estreia pelo canal Las Estrellas tem previsão para ir ao no início do próximo ano, com data provisória de lançamento para o dia 26 de fevereiro, na faixa das 20h30, atualmente ocupada por Papá a Toda Madre, comédia romântica liderada por Sebastián Rulli e Maite Perroni.